Saúde sem ideologia, também, Bolsonaro? Ou é doente sem médico?

Entre os 18.500 profissionais do “Mais Médicos”, quase a metade é de cubanos: 8.500.

São quase o dobro dos 4.700 brasileiros que buscaram vagas para trabalhar, pela simples razão de que não aparecem médicos brasileiros em quantidade para suprir as vagas, nas quais têm prioridade.

São os cubanos que estão nos lugares mais remotos, mais pobres, muitas vezes pequenas aldeias.

Em cinco anos, fizeram 113 milhões de atendimentos gratuitos, pelo SUS.

A tão alegada “incapacidade profissional”, em tantos procedimentos, jamais levou a um caso escandaloso de mau atendimento, e olhe que eles trabalham sob lupa: qualquer imperícia grave que cometam iria parar nas páginas de jornal.

Como foram os casos de médicos que “desertaram” do programa e que, em seguida, mostraram que queriam mesmo era uma oportunidade de ir para os Estados Unidos, patrocinados por organizações que estimulam a fuga de profissionais de Cuba.

Os cubanos têm contrato com seu governo e este, por sua vez, com a Organização Panamericana de Saúde, que “pilota” o contrato com o Brasil. Recebem uma parte lá, outra aqui.

O governo cubano, é evidente, “vende” serviços de saúde como fonte de receitas para o país. Exatamente como fazem os planos de saúde privados como empresas: pagam aos médicos muito menos do que recebem do cliente pelo atendimento.

Este é um problema deles com seus médicos e, sob a lei brasileira, o Supremo Tribunal Federal decidiu em 2017, já no Governo Temer, pela legalidade dos contratos .

O nosso problema é não ter, salvo pelos os cubanos, um número significativo de médicos dispostos a atender em locais pobres e remotos.

O que aconteceu não foi um “rompimento unilateral” de Cuba com o programa, mas uma grosseira provocação do governo Brasileiro, anunciando que exigia mudanças nos termos do acordo.

Cuba não é obrigada a fornecer médicos ao Brasil. Era o Brasil que, do ponto de vista social, estava fazendo um ótimo negócio.

É só conferir a imensa quantidade de reportagens e relatos sobre os avanços obtidos na Saúde Pública feitos pela imprensa internacional, como a Deutsche Welle, no interior de Sergipe.

É penosa a situação destes profissionais, como o médico Juan Melquiades Delgado, que ficou conhecido por ser vaiado e chamado de escravo por médicas brasileiras, ao chegar ao Ceará e hoje atende a população de Zé Doca, a 300 km de São Luiz (MA). Ele casou com um brasileira e pretendia voltar com ela a seu país em pouco mais de um ano. Mas ele é tão “escravo” que já disse que volta a Cuba.

Quem está colocando a ideologia à frente da saúde pública é o futuro governo brasileiro. Se Cuba estivesse indiferente não teria renovado o convênio com o Governo Temer, com quem tem as piores relações diplomáticas.

O mínimo que se poderia exigir seria um período de transição, longo, até que se suprissem as carências de médicos naqueles locais. Mas Bolsonaro “chutou o balde” e voltou a fazê-lo há pouco, numa entrevista coletiva.

Não dá a menor importância a perdermos, todo ano, mais de 20 milhões de consultas médicas pelo SUS, com a saída dos cubanos.

Os pobres, os desassistidos, os miseráveis que adoeçam e morram.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

90 respostas

  1. Para alegria de todos os médicús nacionais e da maioria, maioria mesmo, dos brasileiros Bostonaro caga o “Mais Médicos”.
    Parabéns brasileiros!
    E vai piorar!

    1. Como tenho lido muito nos útimos dias: “Isso porque ele nem assumiu ainda”. Que tristeza, que tristeza… :(

  2. E quem são,os inimigos dos ETERNOS PUXA SACOS DE RICOS,a AUTO INTITULADA CLASSE MÉDIA,que começa com a letra M,daquela coisa,e que são hoje,os componentes da NANICA BURGUESIA,ou ANÃ BURGUESIA,onde se alojam os MÉDICOS BRASILEIROS,que cursaram medicina,não para combater doenças,e sim,ficarem ricos,como os seus DEUSES,os BURGUESES.E então,os inimigos dessa canalha,são os POBRES.,que eles odeiam e gostariam que morressem todos.E a CLASSE MEDÍOCRE,é quem cumpre essas tarefas,que lhes mandam,seus PATRÕES.

  3. Até o momento, o governo bolsonaro está seguindo o roteiro com rigor. A merda prevista está se consolidando em seu potencial máximo.

  4. Cuba, mais uma vez dando uma lição a esse país.
    Os milhões de pessoas atendidas e as inúmeras vidas salvas entram agora como uma dívida eterna ao governo cubano.
    Exerceram seu ofício em condições precárias em postos de saúde e hospitais nos pontos mais longínquos do Brasil, nunca antes atendidos pelos médicos daqui.
    Some-se a isso as provocações asquerosas da nossa sociedade imbecilizada e de péssimo caráter, começando pelo famoso “Vai pra Cuba!”.
    Agora foram, não vão ser substituídos e o povo se estrepou – pra variar.
    E assim caminha essa republica bananeira.
    Parabéns a esses valorosos profissionais da medicina que honram sua profissão.
    Merecem nossa eterna gratidão,

    1. Para que os médicos cubanos continuassem a trabalhar no Brasil, o desgoverno bolsonariano achou que podia fazer exigências a Cuba. Exigiu que Cuba deixasse de ser socialista, abrisse uma filial da Igreja Universal e outra da Havan em Havana, renegasse Fidel Castro e pedisse desculpas de joelhos aos americanos por não terem permitido que eles continuassem com a farra eterna na ilha. Claro que Cuba não ia deixar barato a provocação de um arremedo de Trump.

  5. Ainda vamos passar muita vergonha internacional desse naipe, sem contar a indignação com a canalhice e o descaso desse governo que vai nos assolar por algum tempo. Sinceramente, não vejo saída a não ser na revolta popular. As esquerdas brasileiras fracassaram de modo retumbante e não conseguiram resistir ao avanço da selvageria fascista. Com lideranças fracas como as que estão por aí e com Lula na cadeia sem perspectiva de liberdade, vai ser difícil organizar a resistência. Que o povo assuma o seu lugar na história.

  6. E isso que a desgraça ainda nem começou. É nisso qie dá eleger um troglodita para governar um país de dimensões continentais. Apertem.os cintos que 2019 está logo ali na esquina.

  7. Cuba fez bem tirar osMédicos do Brasil e o Bozo enfia o kit gay no cu dele mesmo. O pior ainda está por vir.

  8. Em primeiro lugar, parabéns pelo seu aniversário. Muitos e muitos anos de vida, com saúde e se cuidando, pq muita gente precisa de vc. Quanto aos médicos cubanos… pessoas pobres morrendo é o sonho de consumo dessa gente sem princípios, com preço mas sem valor (desculpem o trocadilho). Tenho certeza que vão deixar saudades e prestar bons serviços em lugares que sejam mais reconhecidos, menos ignorantes e cruéis

    1. Pessoas pobres morrendo sem assistência, esterilização de gente pobre, assassinato com balas, fogo, porretes e drogas, tudo isso já foi tentado em diversas partes do mundo como política de massas para acabar com a pobreza em lugares onde o liberalismo extremado tomou assento. E não produziu resultado algum. Nos Estados Unidos mesmo, a pobreza avança firme e cresce cada vez mais, quanto mais avança a desigualdade e se torce o garrote no pescoço dos pobres. A única solução para acabar com a pobreza é a inclusão social dos pobres com moradia acessível, acesso a renda, farta educação e eficiente saúde pública.

      1. Temer e Bolsonaro querem acabar com a pobreza matando os pobres

        vão morrer de tanto trabalhar
        sem condições de melhorar de vida e sem assistência alguma
        morre rapidinho

        1. Não morrem, Rita. Os pobres não morrem por condições precárias de vida. Eles reinventam a sobrevivência, e se tornam um problema cada vez maior para os que querem matá-los.

          1. MORREM SIM
            POR MAIS QUE RESISTAM MORREM
            PRINCIPALMENTE AS CRIANÇAS

          2. OK, morrem. Morrem, e morrem muito. Mas não desaparecem dos países que assim pretendem se ver livres deles, pelo contrario, só fazem aumentar em percentual da população. Um proletariado precário, o vasto lumpenproletariado e os indigentes miseráveis de um país só desaparecem se forem absorvidos socialmente, jamais por serem exterminados em genocídio direto ou indireto.

          3. claro que vão aumentar
            o plano é manter todos no caritó – a começar pelos que foram de verde e a marelo gritar fora Dilma fora PT
            e já começou – os funcionários públicos já estão se danando

      2. a solução é mesmo a que vc aponta. Foi tentada por aqui, recentemente. Mas as “zelites” não gostaram

    2. ontem passei boa parte do dia no Teitter – os bolsomerdas estavam festejando e aplaudindo o traste

      estão se lixando pras pessoas que vão morrer
      e não teve argumento que os fizesse mudar de ideia

  9. É a vida…é a vida que esta massa imbecil escolheu pra viver.(ou escolheram por ela???,saberemos no futuro)

  10. Não tem o que se discutir, é um plano criminoso mesmo.
    Quem apoia essa medida, é um cúmplice do crime coletivo.
    Setores da sociedade não está imbecilizada, nada de desculpas, ela é cúmplice.
    Menos mais médicos e mais tanques.

  11. Mais um capítulo da série “acuse-os daquilo que você vai fazer” (no caso, ideologia). É Olavo de Carvalho fazendo escola.

    Em tempo, o presidente de Cuba estava hoje em Londres reunido com empresários. Como sabemos, Londres tem mais comunistas que Moscou.

  12. REFLEXÕES DE UM LUNÁTICO CONVIDADO POR UM DEMENTE PARA AS RELAÇÕES EXTERIORES:
    “O diplomata Ernesto Araújo, novo ministro das Relações Exteriores anunciado nesta quarta-feira (14) pelo presidente eleito Jair Bolsonaro, tem ideias controversas.
    No final de setembro, ele iniciou um blog chamado “Metapolítica 17: contra o globalismo” em que usa seu nome real e deixa claro sua identidade, apesar de não se definir como diplomata.
    “Sou Ernesto Araújo. Tenho 28 anos de serviço público e sou também escritor. Quero ajudar o Brasil e o mundo a se libertarem da ideologia globalista. Globalismo é a globalização econômica que passou a ser pilotada pelo marxismo cultural. Essencialmente é um sistema anti-humano e anti-cristão. A fé em Cristo significa, hoje, lutar contra o globalismo, cujo objetivo último é romper a conexão entre Deus e o homem, tornado o homem escravo e Deus irrelevante. O projeto metapolítico significa, essencialmente, abrir-se para a presença de Deus na política e na história.”
    O Itamaraty permite que posições pessoais sejam expressas se acompanhadas de um disclaimer, um aviso de que elas não refletem a posição oficial do governo. O blog inclui o disclaimer.
    Entre seus alvos preferidos estão a “esquerda globalista” e sua política “antinatalista”. Alguns posts mais antigos estão fora do ar. Veja a seguir o que Araújo escreveu sobre alguns temas:
    Sobre “grandeza” e adesão aos regimes internacionais [veja o post completo]:
    “O desejo de grandeza é o que de mais nobre pode haver numa nação que se coloca diante do mundo.
    Mas alguém decidiu definir a presença do Brasil no mundo por sua adesão aos “regimes internacionais”, por sua obediência à “ordem global baseada em regras”. O Brasil assim concebido quer ser apenas um bom aluno na escola do globalismo. Não quer nem mesmo ser o melhor aluno, pois isso já seria destacar-se demais, já envolveria um componente de vontade e grandeza que repudiamos. (…)
    A grandeza mobiliza e organiza um povo, cria sentido e gera energia humana, sabidamente a mais preciosa forma de energia. Nada pior para os planos da ideologia esquerdista. A esquerda não tem o menor interesse em justiça social, mas utiliza esse conceito para contaminar a água da nação, para criar pessoas raivosas e ignorantes e assim desmobilizar o povo, proibi-lo de ter ideais, separá-lo de si mesmo, desligar a energia criativa. Justiça social, direitos das minorias, tolerância, diversidade nas mãos da esquerda são apenas aparelhos verbais destinados a desligar a energia psíquica saudável do ser humano.
    A aplicação dessa ideologia à diplomacia produz a obsessão em seguir os “regimes internacionais”. Produz uma política externa onde não há amor à pátria mas apenas apego à “ordem internacional baseada em regras”. A esquerda globalista quer um bando de nações apáticas e domesticadas, e dentro de cada nação um bando de gente repetindo mecanicamente o jargão dos direitos e da justiça, formando assim um mundo onde nem as pessoas nem os povos sejam capazes de pensar ou agir por conta própria. O remédio é voltar a querer grandeza. Encha o peito e diga: Brasil Grande e Forte.”
    Sobre o Partido dos Trabalhadores [veja o post completo]:
    “Não há nada que o PT odeie tanto quanto a liberdade: liberdade econômica, liberdade de pensamento, liberdade de expressão. Isso porque o PT, fiel ao “belo ideal socialista”, odeia o ser humano.
    Deixado a si mesmo, o ser humano cria e produz, ama e constrói, trabalha e confia, realiza-se e projeta-se para a frente. Então não pode. O PT (que aqui significa não apenas “Partido dos Trabalhadores”, mas também Projeto Totalitário ou Programa da Tirania) não pode deixar o ser humano a si mesmo.
    Como você faz isso? Culpando. Criminalizando tudo o que é bom, espontâneo, natural e puro. Criminalizando a família sob a acusação de violência patriarcal. Criminalizando a propriedade privada. Criminalizando o sexo e a reprodução, dizendo que todo ato heterossexual é estupro e todo bebê é um risco para o planeta porque aumentará as emissões de carbono. Criminalizando a fé em Deus. Criminalizando o bom-humor e a piada. Criminalizando o orgulho de pertencer a um grupo. Criminalizando o patriotismo. Criminalizando a biologia ao proibir que se diga que uma pessoa nasce homem ou mulher. Criminalizando a competição (“esporte é uma coisa fascista”, ouvi dizer certa vez a uma colega esquerdista). Criminalizando a carne vermelha. Criminalizando o ar condicionado. Criminalizando a beleza. Criminalizando todos os pensadores ocidentais desde Anaximandro. Criminalizando a história e seus heróis. Criminalizando os filmes da Disney. Criminalizando o amor aos filhos e aos ancestrais. Criminalizando o petróleo ou qualquer energia eficiente e barata. Criminalizando a existência do ser humano sobre a terra. Criminalizando a justiça para proteger os corruptos.
    A única coisa que o Projeto Totalitário não criminaliza é o próprio crime e os próprios criminosos. Ou seja, o PT criminaliza tudo, menos a si mesmo.
    (…) O ideal do PT (já expresso por alguns ecologistas radicais) é que a espécie humana não existisse. Já que existe, ainda, vamos fazer dela o pior possível, para que a humanidade se odeie tanto a ponto de um dia cometer suicídio. Sim, o Projeto Totalitário, do qual o “Partido dos Trabalhadores” faz parte integralmente até a medula dos seus ossos e até o fundo do buraco que tem no lugar do coração, é levar a humanidade ao suicídio. Para isso precisa destruir a alegria de viver, que depende da liberdade. Censurar o Whatsapp é mais uma tentativa.”
    Sobre fake news [veja o post completo]:
    “Fake news é o poder da grande mídia de selecionar e reorganizar os fatos para induzir os leitores a uma certa reação pré-determinada. Quem é contra as fake news, como Trump, quer limitar esse poder da única maneira possível: chamando a atenção do público para sua existência e dando o máximo de liberdade para as fontes de informação alternativa, capazes de reunir e apresentar os pedaços de fatos que a grande imprensa recortou e jogou fora (…)
    A esquerda apoderou-se da expressão fake news e girou-a para o outro lado, passando a utilizá-la para atacar justamente as fontes alternativas de informação (redes sociais, Youtube, etc). “Cuidado com as fake News” passou a ser um pretexto para censurar e calar as vozes que tentam trazer ao público aqueles enormes pedaços da realidade que a grande mídia controlada pela esquerda desprezou, porque não correspondiam à narrativa que ela quer promover. (…)
    Na internet há muitas notícias falsas, outras verdadeiras, e a beleza da coisa é que o homem tem a capacidade de pesquisar, conversar, raciocinar e finalmente distingui-las. Já na grande imprensa globalista, tudo é potencialmente falso, porque tudo obedece a uma narrativa-mestra que visa à preservação e expansão do poder da elite sobre as pessoas comuns.”
    Sobre mudanças climáticas [veja o post completo]:
    ” O climatismo é basicamente uma tática globalista de instilar o medo para obter mais poder. O climatismo diz: “Você aí, você vai destruir o planeta. Sua única opção é me entregar tudo, me entregar a condução de sua vida e do seu pensamento, sua liberdade e seus direitos indivuduais. Eu direi se você pode andar de carro, se você pode acender a luz, se você pode ter filhos, em quem você pode votar, o que pode ser ensinado nas escolas. Somente assim salvaremos o planeta. Se você vier com questionamentos, com dados diferentes dos dados oficiais que eu controlo, eu te chamarei de climate denier e te jogarei na masmorra intelectual. Valeu?”
    Sobre um suposto projeto “antinatalista” da esquerda [veja o post completo]:
    “A esquerda (de modo muito claro no Brasil, mas também em outras partes) sabe que está perdendo a luta no terreno político-econômico, devido à sua opção preferencial pela corrupção e à sua incompetência na gestão pública. Diante disso, tenta levar o debate para o terreno da metapolítica e se concentra na pauta do aborto, da “laicidade”, da diversidade, da ideologia de gênero, da racialização da sociedade, da imigração irrestrita.
    Todas essas bandeiras se conjugam sob o conceito do antinatalismo. A esquerda se define, hoje, como a corrente política que quer fazer tudo para que as pessoas não nasçam. Aborto, criminalização do desejo do homem pela mulher, contestação do “patriarcado” e da diferenciação entre os sexos, desmerecimento da reprodução, sexualização das crianças e dessexualização ou androginização dos adultos, demonização de qualquer defesa da família ou do direito à vida do feto como “fundamentalismo religioso”, desvalorização da capacidade gestativa da mulher, tudo isso aponta num único sentido: não nascer. É triste, é difícil de entender, mas não há como não enxergar essa mensagem e objetivo no programa da esquerda.”
    Sobre raça e imigração [veja o post completo]
    “Já o racialismo – isto é, a divisão forçada da sociedade em raças antagônicas – e o imigracionismo irrestrito convergem para um antinacionalismo completo. O parentesco etimológico entre nascimento (de nasco, nascis, natum) e nação (de natio, nationis) corresponde a um parentesco lógico e sentimental. Nação é uma comunidade de nascimento, um corpo de pessoas nascidas em certo espaço cultural e físico – mais cultural do que físico – e que se ligam através de seus ancestrais também nascidos naquele espaço, bem como aos seus descendentes por nascer, o que proporciona ao conceito um sentido de continuidade no tempo.
    Existe uma profunda relação natural (de natura, evidentemente também proveniente da mesma raiz nat-) entre o nascimento, fato central na estruturação de uma família, e a nação, uma espécie de família estendida. Isto não implica negar que pessoas nascidas em outro espaço cultural e físico possam incorporar-se a uma determinada nação, mas para tanto é preciso que essa nação exista e possua a autoconvicção de sua existência de maneira a absorver os que nela ingressam – tanto assim que o ato de incorporar um estrangeiro à sua nação se chama ainda “naturalização”, o que significa “tornar conforme à natureza”, ou digamos “imitar a natureza, reproduzir a natureza”, quase como se a pessoa nascida em outro espaço que deseje incorporar-se a uma nova nação tivesse de passar por um novo nascimento ao “naturalizar-se”. De tal maneira, não surpreende que uma esquerda antinatalista seja também antinacionalista.”
    Sobre “mitos” e a teoria do “fim da história” de Francis Fukuyama [veja o post completo]:
    “No Brasil, o mito está tocando a história e fazendo-a renascer. Esse toque é raríssimo e precioso. Apenas o mito empresta vitalidade à história. O marxismo, que quer encerrar a aventura humana (por saber que nessa aventura o homem acabará encontrando a Deus), odeia por isso o mito, e consequentemente planeja o fim da história.
    A “utopia” marxista tem por objetivo eliminar toda as contradições da vida humana, criando a sociedade comunista e promovendo o fim da história. Sim, o fim da história é a uma meta marxista. A globalização triunfante que, no início dos anos 90, proclamou o fim da história, não estava senão enunciando um conceito marxista. Mais do que isto: sem o saber, estava hasteando a bandeira comunista ao mastro de uma nova sociedade universal materialista.”

    1. Bem doidão, quanta besteira junto! Será que tem defeito de fábrica mesmo ou tinha ingerido substâncias?

    2. Com esse pensamento imbecil, como ele irá “negociar” com a China, por exemplo? Ou com a Rússia? O mais estúpido no que esse idiota escreveu é que ele acusa o PT de não gostar dos humanos. Mas justamente o PT, do qual acusam de valorizar demais os direitos humanos? Qual o critério do novo governo para nomear ministros e outros cargos? Tem que ser psicopata ou burro ao extremo? PQP. Isso fere demais a minha inteligência.

  13. É doloroso. Onde vivo, conheci alguns deles, com dois (um casal), fiz boa amizade. Gente como a gente, atendendo seus pacientes (não “clientes”) como seres humanos, bem diferente dos arrogantes profissionais que por aqui apareciam; Como sempre digo, os profissionais brasileiros deveriam estagiar nas universidades cubanas para aprenderem que ser médico vai muito além de conhecer sintomas e medicamentos. Falo inclusive com conhecimento de causa, pois sou filho de um médico falecido em 1968 e que tinha em sua profissão um sacerdócio. Uma vez, eu, garoto ainda, o vi sair de casa pela madrugada, viajar uma hora sob chuva para atender uma mulher com dificuldades de parto. Detalhe: a viagem era a cavalo e nada recebeu pelo serviço pois tratava-se de gente muito humilde

  14. Esse (des)governo que ainda nem começou é um pesadelo de obscurantismo, ódio e cegueira. Não
    é miopia, é cegueira mesmo. Governo de estúpidos eleito por imbecis. Com o auxilio luxuoso de um STF canalha e covarde. Os municípios remotos vão voltar a não ter médicos. As cavalgaduras não estão nem aí.

  15. Como a maioria dos médicos formados aqui aceita se escravizar no litoral ou se encostar na rede do’r, quem ficará a ver navios são os eleitores de Lula/Haddad. Não foi mais uma fala equivocada do beócio eleito. Foi caso pensado. Amanhã vai aparecer numa “live” dizendo que esses médicos eram doutrinadores comunistas, professores travestidos de médicos para corromper a população.
    Vai vendo…

  16. A doença Vitiligo não tem cura. Aliás, não tinha, pois um médico cubano descobriu sua cura. A medicina cubana é referência em todo o mundo. Aí vem esses medicozinhos brasileiros formados por essas escolas particulares que usam aquele lema do “pagou, passou”, e quer criticar aquela medicina??? Ahhh …vão se catar!!!

  17. Em mais uma grande merda protagonizada pelo oligóide fascista quem ficou bem na fita foi o governo cubano ao se antecipar à humilhação que Bostonaro pretendia impor aos seus valorosos profissionais expulsando-os e faturando politicamente junto ao seu eleitorado idiotizado. Parabéns ao governo cubano por ter protegido a dignidade de seus compatriotas.

    1. Coisa que esse Coiso janais fará. Ele é burro por natureza. Se a China buscar outros mercados para produtos que importam do Brasil, viraremos uma Biafra dos anos 60. Fome geral!

  18. Deve-se acrescentar que o ensino médico cubano é muito superior ao brasileiro e, portanto, os médicos formados em Cuba são muitíssimo mais competentes que os brasileiros. Dificilmente um médico brasileiro conseguiria revalidar seu diploma no país caribenho. A prova disso é que no teste aplicado anualmente pelo Conselho Regional de Medicina de SP aos médicos recém-formados no Estado mais de 50% não atinge a pontuação mínima exigida. Por enquanto isso não impede o médico formado nas faculdades de SP (supostamente as melhores do país) de obter o registro no CRM, mas no futuro provavelmente será pré-condição para a prática médica no Estado de SP. Sei do que estou falando.

    #LulaLivre

    1. Mesmo nos EUA, cujos governos sempre fizeram de tudo para destruir Cuba e Fidel, a medicina cubana é reconhecida por sua excelência. Mas nós mergulhamos de cabeça no lixo ignorante da classe mérdia brasileira, burra e egoísta. Essa mesma que elegeu o capitão bolsa de cocô para ser seu comandante supremo.

  19. Pobre povo brasileiro, órfão de pai e mãe com esse novo (mais um) desgoverno!
    Mas como afeta pobres, pouco aparecerá na mídia!…

    1. E o mais interessante é que o homem se acha um campeão da democracia, depois de pregar aos quatro ventos que se um dia chegasse ao poder no mesmo dia fecharia o Congresso Nacional. Que respeito pode ter um político que ganhou a eleição
      às custas de uma chuva de mentiras disparadas do exterior com dinheiro ilegal de campanha, e que fugiu de todos os debates sobre os destinos do país? Fugiu dos debates de ideias e programas com outros concorrentes como o diabo foge da cruz, certamente por não ter ideia alguma e nada na cabeça a não ser o ódio cego contra aqueles que seu preconceito bestial escolheu como adversários políticos? Que tal ir agora pedir aos Estados Unidos que mande uma enxurrada de médicos “democráticos” para substituir aqueles que estavam manchando de vermelho a pureza do credo bolsonariano? Certamente os Estados Unidos o atenderão na mesma hora, basta ele estalar os dedos que tremem de tanto fervor anti-comunista. Francamente, isto parece ser só o começo de uma gigantesca palhaçada.

      1. e temos esse traste eleito por obra e graça desse judiciário podre e corrupto – todas as maldades que ele fará com o povo cairá em cima dos togados que nada fizeram pra impedir – deixaram um psicopata desequilibrado no poder

        1. A palhaçada ideológica continua: Bolsonaro oferece asilo político aos médicos cubanos, para que eles não abandonem seus locais de trabalho. Com pouco mais ele oferecerá especialistas para reeducar ideologicamente o Bernie Sanders.

          1. quro ver a cara desse demente quando levar um sonoro NÃO no meio das fuças

        2. Nao querida, ele foi eleito por 57 milhões de brasileiros, muitos dos quais fizeram campanha grátis para ele, como eu. Quanto seu candidato gastou com fundo partidário? O meu nao usou dinheiro da saúde e da educação em campanha. Quem lutou para tirar dinheiro do trabalhador para bancar campanha milionária? Conta aí pra gente

          1. 57 milhões. Uns 50 milhões são viúvas do Aécio (pó das Neves), também conhecido como “o honesto” ou “mata-primo”. Uns 7 milhões são pessoas que votaram também em gênios como Alexandre Frota, Tiririca, Janaína Paschoal, etc….

  20. O governo brasileiro não tem autoridade para ingerir na soberania de qualquer país na relação com seus cidadãos e cidadãs.

    Quem precisa de médicos é o Brasil.

    Juízo ideológico não justifica nada. O certo é que milhões serão atingidos. Um grande retrocesso!

    Além de ignorante ele é insano. Prejudicou a vida de milhões de brasileiros, com graves consequências sociais ao país!…

  21. Esse maldito governo ainda nem começou e os “aperitivos” já nos dão a maior indigestão. Mil vezes obrigada aos profissionais cubanos pelo bem que fizeram à nossa gente mais desassistida.

  22. São tantas monstruosidades que vemos no Brasil nos últimos cinco anos que, eu pelo menos, já perdi o ânimo e a esperança. Já começo a achar que o verdadeiro Brasil é esse aí que agora mostrou sua cara horrenda. Por mais que se busque explicação, e muitas até surgem, nenhuma jamais será convincente o suficiente, para explicar como nosso povo mergulhou na … por vontade própria e de forma tão estúpida

      1. soma aí esse judiciuário de merda que teve mil motivos pra detonar com o traste

      2. Em parte Alecs, pois não é possivel ficar nessa simplificação. Essa cultura existe para além e antes da existência desse cancer mediatico. Eh preciso buscar a resposta com os donos do poder, a oligarquia escravocrata que sempre fomentou a morte e o desprezo ao povo pobre, escravo e negro. Como diz Jesse Souza, é uma elite cruel que alimenta o pior e tem sempre o chicote afiado para calar a boca daqueles que se rebelam. Vide o nosso grande Lula.

  23. O Bolsonarismo é resultado do golpe iniciado em 2013. Em 2016 se aceleraram as formas de destruição da autonomia do Estado Nacional, dos direitos sociais e de entrega das riquezas nacionais. Os grupos dominantes foram derrotados, em parte, nestas eleições. Porém, a parte mais adoentada e sem vínculo algum com a democracia e a autonomia do povo e da Nação venceu, Bolsonarismo. E agora o processo de corrosão se intensifica de forma insustentável, mas por isso também, mais possível de ser enfrentado e vencido.

  24. Hitler cultivou o Nazismo na Alemanha, Mussolini o fascismo na Itália, Stálin o Stalinismo na URSS e Bolsoasno o Burrismo no Brasil!
    O imbecil dizia que não eram médicos, que eram guerrilheiros disfarçados.
    Depois o imbecil disse que ia mandar todos esses médicos comunistas embora pra Cuba.
    Logo Cuba com toda a dignidade do mundo se retira do programa, e o imbecil diz que Cuba foi irresponsável?
    Quem elegeu esse psicopata que arque com os 60 milhões de brasileiros que ficarão sem médicos.

  25. Não se admirem se ouvirem a frase: Deixa morrer que é mais barato. Os que vão assumir não dão a mínima para o social. A bússola moral deles é absolutamente medieval.

  26. Havia uma frase antiga que vamos voltar a ouvir: A melhor saída é o aeroporto do Galeão.

  27. Caro Fernando:
    Para êxtase dos coxinhas e demais imbecís darei alguns números sobre o atraso de Cuba em relação ao Brasil: ah.ah.ah.ah!!!!
    Investimento em Educação, saúde e A. Social
    Brasil = 30,4% do orçamento……………………………………Cuba= 65%
    mortalidade infantil
    Brasil = 26,3% para cada 1000 nascidos vivos……………Cuba=4%
    Obs: Estados Unidos = 5,98%
    leitos hospitalares para cada 1.000 habitantes (2012)
    Brasil = 2 leitos/1000………………………………………………..Cuba=5 leitos por mil
    Taxa de alfabetização
    Brasil = 91,3(ref. 2012 )……………………………………………..Cuba=99,8(ref. 2012)
    Obs: pessoas com mais de 15 anos de idade.
    Realmente os coxinhas e imbecís têm razão quando dizem: Vá prá Cuba

  28. Se Bolsonaro faz merda agora, imagina governando.
    Já sobre o julgamento do Lula…
    Podemos nos manisfestar no sentido de que a denúncia original do MP obrigatoriamente deve direcionar o processo ( se não gera nulidade) e sobre a qual as provas devem ser conduzidas e a defesa efetivada, é a inicial e diz de que Lula era dono do sítio como compensação por contratos na Petrobras.
    Agora a discussão que a imprensa leva a frente é de que as empreiteiras fizeram reformas para beneficiar Lula. SQN. A denúncia não pode ser modificada, não trata de reformas pagas com dinheiro da Petrobras.
    A competência de Curitiba se dá por corrupção na Petrobrás.
    Se a acusação não prova que lula era dono do sítio. Que o sítio não foi comprado pelo Fernando Bittar com o dinheiro da Petrobrás, a sentença tem que ser absolutória, no mais é oba, oba e fraude.

  29. A conta agora comecou a chegar, efetivamente, na vida, e no corpo, do povao. E’ so’ o comeco. Muita gente lamentando, sim, sem duvida; e muito gente celebrando, tambem. Afinal, 39 porcento votaram para ter isso ai’ e outras cositas mas prometidas pelo Bolsonaro; e 31 porcento se omitiram, portanto, afirmando claramente que preferiam o Bozo do que “um retorno do PT”, totalizando 70 porcento da populacao que escolheu o caminho fascista.

  30. Cuba = soberania e dignidade. República de bananas, brasil, minúsculo mesmo, subserviência e miséria.

  31. “A compaixão pelos fracos é um pecado original e uma traição da Natureza” (Adolf Hitler).
    Desumano
    1.
    falto de humanidade; cruel.

    inumano
    1.
    desprovido dos sentimentos de respeito, generosidade etc. esperados dos seres humanos.

    Pessoal: só falta o bigodinho. Até o cabelo é “pastinha”, penteado de lado.

  32. Presidente Lula preso desde 7 de abril de 2018. Quanta tristeza. O mundo não entenderá nunca que o país prendeu um presidente como chefe de quadrilha por ter como vantagem um triplex sem posse, nem escritura e agora essa maluquice de reformas no Sítio. Investigaram três anos o Lula e não acharam mala, conta, patrimônio. O STF não serviu nem para dizer que Guarujá fica em São Paulo assim como Atibaia e deixou todos os abusos da força tarefa do lava jato. Colocaram no Paraná juiz, polícia e promotor dentro de uma força tarefa, a arbitrariedade está na origem e o Brasil entrou numa decadência sem fim cujo ápice foi a eleição de um tipo como Bolsonaro. Não tenho mais estômago e figado para ler, assistir ou ouvir nada dessa farsa. São pessoas com sentimentos ruins e agindo como bandidos.

  33. Os médicos brasileiros são “tão bons” que somos os recordistas mundiais em cesarianas. Cuba tem 25 faculdades de Medicina e formam profissionais de diversas nacionalidades. Aí vem um psicopata e diz que eles nem médicos são. “Vamos expulsar os cubanos!”. E depois diz que Cuba tomou uma decisão unilateral! Tá bom. Se Cuba tomou decisão unilateral, então que esse mentecapto VÁ TOMAR NO C*.

  34. Mas essas aí da foto não são moças, não : são moscas. Observe que o anel delas já foi/está ocupado, mostrando que são “semhonras” da briosa (e “esperta”) classe mé(R)dia… Imagine se essas canalhas, quer dizer, essas “senhoras” iriam trabalhar em Zé Doca ! ! ! . . . Nunca uma foto me causou tanta revolta e raiva e indignação !!! Deviam ir pro “paredão” essas $emhonra$$ mo$$ASS (com dois c(h)ifrões, de, exatamente SS(=$$) neofaSS$$cinazi$$SSta) com “direito” a ficarem em fila indiana pra se gastar só uma bala e assim economizar dinheiro do povo para o bem da nação bras(z)ileira…

    :
    : VIVA CUBA LIVRE ! ! ! ! !

    :
    : Prêmio NOBEL da Paz para LULA 2018 Já ! ! ! ! ! . . .

  35. Ainda bem que o Bozossauro e os militares brasileiros não seguem nenhuma ideologia. PQP. Imaginem se seguissem!

  36. E o que ele pode fazer agora? Convocar os médicos que votaram nele para cumprir um ano de prestação de serviços nesses lugares ermos, pago pelo estado. Parabens!

  37. qui em São lourenço da Mata PE no bairro Parque Capibaribe o médico da família tá marcando consulta pra 44 dias,não é Cubano ,e não é sobrecarga pois é um bairro de classe média baixa onde parte da população tem planos de saúde

  38. Os pobres e sem assistência médica, que votaram neste presidente anti-povo, vão sentir na própria pele….

  39. Os meios de emburrecimento ja estao colocando a culpa em… CUBA!!!!
    Agora, o assassinato de milhares de brasileiros do interior do país, será atribuidos ao governo cubano.
    Espero que os medicos cubanos, expliquem a seus assistidos , os verdadeiros motivos de sua saida: BOLSONARO! BolsoNABO!

  40. O pior de tudo é que a CENSURA SEM CURA já começou. E é a de pior tipo: a internalizada (em quem diz-se a favor da liberdade de expressão…) Mas… Libertinagem, não, não é? Interessante que até Bandeira, salvo engano, teve uma obra com esse título… . . . e sobre seu conteúdo se diz : é o canto da liberdade ao máximo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *