A semana da flecha (e agora, a da bomba)

ratemer

A política já prometia algum abalo na economia, por conta da provável apresentação da segunda denúncia de Rodrigo Janot contra Michel Temer, com o potencial explosivo das delações do operador de propinas do PMDB, Lúcio Funaro e os xingamentos de Joesley Batista, contra os quais, ambos, Temer não tem argumentos que não sua desqualificação. O que é pouco, pois aquilo do qual se acusa não seria, claro, praticado com anjos.

Boas razões para o nervosismo do mercado, que vê a crise política adiar a aprovação das “mordidas” prometidas pelo Governo, mas que ganharam a insólita companhia da bomba de hidrogênio da Coreia do Norte, que já tinha dado um susto nas bolsas internacionais na sexta-feira ao disparar um míssil que sobrevoou o Japão na sexta-feira. E, agora, mostrou que “tem o que colocar” dentro dele,  pondo fim ao “fica quieto aí” que se tinha, aparentemente, obtido de Donald Trump.

Do míssil tupiniquim, a flecha de Janot, ainda não se sabe o que traz na ogiva.

Ainda que poucos duvidem que o escudo de Michel Temer na Câmara ainda seja espesso o suficiente para para-lo sem risco maior, salvo surpresas, está cada vez mais esgarçado e sua maioria custa cada vez mais caro.

Boa parte do “centrão” pressiona pela entrega ao menos do ministério que cuida da articulação política, hoje nas mãos dos tucanos. E os tucanos, por conta própria, não saem, como até o decano FHC confessa em seu artigo dominical:

O PSDB apoiou o governo Temer pelo interesse nacional na governabilidade e porque ele se comprometeu com reformas que o partido deve assumir e liderar, lutando para garantir a conformidade entre elas e seu ideário. É inegável que houve avanços nas áreas econômicas e nas da educação, da habitação e da infraestrutura, assim como na política externa.
Não há apoios políticos incondicionais, nem por causa deles se deve deixar de criticar o que parecer errado. Se existirem divergências mais profundas e substantivas, que sejam explicitadas antes de um eventual “desembarque”.

Bem, talvez se possa dizer que hão haja “ divergências mais profundas e substantivas“, uma vez que o PSDB também está enfiado até o pescoço nas negociatas das malas de Batista.

Não há clima nem para festejar o “pibinho” de 0,2% no governismo. Setembro começou com crise política e o até o outro Kim : o Kataguiri está cada vez mais para os lados do Bolsonaro, esperando só ver se Doria não emplaca mesmo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

36 respostas

  1. Eu não xingo ninguém.

    Não ameaço de fuzilamento.

    Não prego a ditadura.

    Qual o motivo de meus comentários estarem sendo deletados, Fernandinho?

      1. KKK …O Cara é uma Voz atrás de tudo e quer dar pitaco…nos poupe…vai dançar com o Kim Kata Samurai que anda louco por um parceiro pra “treinar”…

    1. Mas você acertou uma ( eu acho pois não vi a entrevista ) quando disse que o repórter da Al Jazeera afirmou que Dilma era ….”ou desonesta ou incompetente”……….descarto a primeira hipótese pelo in dúbio pro ré, mas a segunda ficou patente.
      Como definiu magistralmente o ernesto ( quem diria ) “aquela senhora é um aborrecimento que já passou”.

      Se fosse o temer tentaria emplacar a Dilma como embaixadora do Brasil na Síria, quem sabe ela com diálogo, poderia resolver os conflitos com o DAESH !!!

      Não é lenita ( max…dance ) ???

  2. “É inegável que houve avanços nas áreas econômicas e nas da educação, da habitação e da infraestrutura, assim como na política externa”. Fhc.

    Avanços:

    Área econômica……maior depressão econômica pós 1929 no Brasil, maior rombo das contas públicas da história, alta de impostos generalizadas por perto, risco altíssimo de calote nos próximos meses, arrecadação federal caindo e percepção de paralisia da máquina federal;

    Área Educacional……reforma do ensino médio empurrada guela abaixo da sociedade, extinção do Conselho Nacional de Educação, extinção do FIES , transformado em enterro de anão, fim do Programa Nacional de Especialização Médica via SUS ( criado por Dilma em uma das poucas coisas que fez ), sucateamento das IFES, fechamento dos hospitais universitários, fechamento dos restaurantes universitários, intervenção na autonomia das universidade e institutos federais de ensino.

    Área de Habitação …………..Fim do financiamento de imóveis através dos fundos de FGTS ( que ainda em tese, pertence a classe trabalhadora ), fim do MCMV, paralisação das obras de esgotamento sanitário através do PAC Brasil afora.

    Área de Infraestrutura………Fim do PAC, sucateamento da indústria naval brasileira, sucateamento da indústria de defesa, sucatamento das FFAA, feirão de ativos da indústria de petróleo e gás a preços aviltantes, sucateamento da malha ferroviária instalada e paralisação da malha nascente, destruição da Eletrobras nos moldes da antiga Telebras tocada fraudulentamente pela dupla Sérgio Motta / Serra no governo deste fdp.

    Área de Política Exterior ……..bastaria citar o imbecil do Aluysio como chanceler, mas vamos lá, sucateamento das representações diplomáticas do Brasil na África e Ásia ( onde nosso comércio exterior possui superavit constante e crescente ), treta com a Venezuela, país que garantia ao Brasil 7 BILHÕES DE DÓLARES DE superavit anual, transformação do país num pária internacional, situação que repercute diretamente na vida de milhões de brasileiros que residem no exterior e dos milhões que viajam anualmente, trabalho, turismo , estudo , negócios.
    Fuga de investimentos produtivos.

    Esse é o estranho mundo de fhc e da imprensa que lhe cede lugar para escrever abpobrinhas, sandices e conjurações contra a soberania e o desenvolvimento nacional.

    1. A crise é produto do golpe. Dilma não governou em 2015, e sua fórmula para resolver a crise era competente ao extremo. Teria resolvido, se o Golpe já não estivesse em andamento e não lhe cortasse a implementação de qualquer solução. Essa exacerbação toda foi que deixou a situação insustentável, juntamente com o rastro de destruição da Lava Jato, que desmontou os alicerces mais fortes da economia brasileira. Hoje, o que o FHC chama de avanços inegáveis, é uma coleção de medidas que podam o projeto de um Brasil Potência, e o deixa fraco e submisso, como sempre o quis FHC, que tem vergonha de não ter nascido na Europa ou nos EUA, e sempre pugnou para que o Brasil se conformasse em ser um país de quinta categoria.

      1. Como o Blog não permite que a direita mercenária coloque aqui seus pit-bulls, o método de ação dos trolls neste blog é quase sutil. É um enfiar granadas de confusão pelas frestas de uma pseudo-conversação democrática. E à medida em que eles avançam, se tornam mais ousados, quase esquecendo as regras de contenção. Para ocupar os espaços do blog, estão fazendo o papel que receberam de seus superiores para fazer. Talvez em troca de remuneração. Confusão e desvio de discussão no blog.

  3. O MBL recebe dinheiro dos EUA. Uma das exigências é não ser nacionalista. Por isso não se aliam a Bolsonaro. Se insistirem nessa direção, terão que abrir mão do dinheiro americano.

  4. PQP esse blogueiro gosta mesmo dos machos e desbocados. Nesse blog pode jogar mulher na lama, até pisar em cima que o blogueiro fica tranquilo, ele publica tudo, desde que seja para destratar as mulheres. Bastou um homem, dois, ou três, reclamar do ambiente podre que o blogueiro veio rapido e ligeiro alisar a cabeça do cara mais canalha que ja frequentou esse blog. Eu até gostava desse blog mas não vou mais ler isso. Parece ser o unico blog onde as mulheres são maltratadas, tenho horror disso. Bando de canalhas estrumes ! Espero que todos vocês um dia levem na cara. Decepção com esse jornalista(?) rastaquera que faz pose de superior. PQP.

      1. Criticamos a Sacerdotisa deles, a Dilma !!!

        Aqui você pode destratar a marcela temer, a Lu alckmin, a esposa do dória, até a mãe do bostonazi, mas criticar a sacerdotisa é heresia punida com banimento e linchamento virtual , risível né ??? Mas é verdade.

        1. Dilma não é incompetente por ser mulher, assim como Waldir Pires não é incompetente por ser homem. O comentário sobre a incompetência de Dilma não tem nada a ver com seu sexo.

          1. Aqui existe um código de conduta secreto, se a mulher for de direita você pode escrachar a vontade, masse for da esquerda, dizer que é feia pode dar processo hahahaaha !!!!

    1. Você faz parte do exército de histéricas né ? Onde é normal destratar a marcela temer com os adjetivos mais hediondos possíveis, mas é crime criticar a Papisa Dilma Rousseff ?
      Se frequentasse este blog desde tempos imemoriais saberia quem é quem aqui, mas prefere aliar-se acriticamente a comentários pueris da esquerdopatia inútil, do mimimi sobre misoginia que existe, óbvio, mas na cabecinha deturpada de algumas e alguns frequentadores, tudo é misoginia, machismo etc etc etc blá blá blá.
      Aqui já fui apedrejado como esquerdopata, esquerdo-macho ( inclusive por você ) embora não saiba bem o que isso é, talvez o oposto de esquerdo-bicha, sei lá.
      Recentemente , através de um perfil criado sob medida para me atacar, fui reclassificado como direitopata, talvez por ter dinheiro para pagar impostos, pagar meus estudos, pagar os estudos de meus filhos e produzir para o Brasil , apesar de tudo contrário.
      Faça isso mesmo, volta pro grêmio estudantil, onde posa de fodão e onde não há contraditório fora dos padrões delimitados pelo grupo dominante, deixa o blog pros adultos.
      Blog inclusive, do qual me afasto amanhã, para cuidar da vida bem longe do estrume que este país se tornou, justamente por causa de carinhas como você , seus coleguinhas, que são infinitamente piores que os coxinhas.
      Saúde !!!!

      1. Tudo que é de direita tem que ser fulminado , olha a merda que vocês ajudaram a fazer com o BRASIL , vermes tem que ser aniquilados., me desculpe,m mas gosto de usar o mesmo discurso da direita.

        1. Concordo e digo mais, somente depois de degolarmos uns 30 mil coxinhas o Brasil voltará a ser uma nação

  5. Comentei a qui nesse blog que o retardamento em anunciar o defcit fiscal fazia parte do arranjo na câmara para agasalhar até as negociações da segunda denúncia contra o governo Temer . Comentários de alguns deputados foram publicados dizendo que o valor de 150 bilhões era pouca. Dito e feito esse valor não foi aprovado por várias artimanhas , não da oposição e sim dos governistas que viram que nem o primeiro acordo fora cumprido integralmente e o valor ” baixo” do defcit não daria para o governo cumprir os compromissos da segunda denúncia . Será colocado em pauta um defcit de 127 bilhões anteriormente estimada , enviará como complementar mais 40 bilhões para somar no total 190 bilhões para pagar a conta do “fico”. Não tem perdas de apoio ,são apenas negócios , acertos a fazer;

  6. A propósito, muito interessante a nota sobre o MBL nesse artigo:

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/como-san-francisco-fechou-as-portas-para-o-fascismo/

    Mas vai tudo indo até que esses jovens direitistas dos Kochs e Atlas, que trocam a leitura de livros de História por Veja e outras subliteraturas imbecilizantes, lhes prestem apoio e sejam, mais adiante, as próximas vitimas do bolsonazis xenófobos, racistas, homofóbicos quando chegarem ao poder.

    Era pura luta pelo poder, mas ideologicamente acreditada e justificada como um necessário combate ao homossexualismo e ao vício, a eliminação do grande apoiador Rohm por Hitler.

    Partido Sem Escola pode dá nisso, viu, fascistinhas do MBL que “mitarem”?

  7. Fico pensando no que o bostonazi acha do katacocô, com aquela cara de filipino morto de fome, deve ter um nojo danado dele, será o primeiro a ir ao forno crematório.

  8. Fhc teve a coragem de dizer que teve avanços nesse governo quadrilheiro?ele é um coalha cretino,invejoso estabelece que só se avançou na roubalheira que está escancarada.o pobre trabalhador até agora só se ferrou.

  9. Para esses sociopayas que criticam o blog, por que não vão para o Mainardi?
    Aqui é um blog de esquerda e vamos descer a lenha em homem e mulher, se forem de direita. Querem defesa para a Lu, a Cláudia e a outra, do Cabral, que nem lembro o nome? Blogs de direita, filhotes. Aqui descemos o sarrafo na direita, sem perdão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.