Usar a filha para ‘pegar’ o pai. Os métodos sombrios de Curitiba

Mais um dia, mais um trecho das mensagens obtidas pelo The Intercept, mais um comportamento abjeto dos procuradores da Força Tarefa da Lava Jato: desta vez, uma operação de busca e apreensão e de retenção de passaporte contra uma mulher para “colocar pressão” sobre seu pai, alvo de fato da operação.

Foi, segundo publica o The Intercept, o que se fez contra Nathalie Angerami Priante Schmidt Felippe, filha do acusado Raul Schmidt, cuja extradição a Justiça de Portugal negou aos procuradores da Lava Jato.

O mesmo pedido de medidas de força – negado, da primeira vez, por, nas palavras de Moro, “não há provas muito claras” e era “prematuro de pronto impor-lhe medida de restrição de locomoção pessoal” – foi aceito, ao ser reapresentado, sem alterações, quando o pai de Nathalie precisava novamente ser localizado.

Francamente, mais nenhuma surpresa quando à abjeção dos métodos empregados pelos procuradores e por Moro – a reportagem sugere que ele tinha consciência de que as medidas era uma manobra visando o pai.

Mas é inacreditável que, depois da enésima ação irregular dos procuradores, nenhuma medida tenha sido tomada e eles continuem, como se vê no noticiário, a manobrar com ações policiais para obter apoio político e midiático para seu grupo.

Passou da hora de ser dissolvido o bunker conspiratório e fazer com que os processos sejam conduzidos dentro da normalidade do MP, como todos os demais são. Este foi o erro essencial: no momento em que todos os casos, por razões políticas, foram colocados na mão de um grupo de procuradores comandado por um fundamentalista e na vara de um “iluminado”, nenhuma justiça se pode esperar de lá.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

38 respostas

  1. Perseguir a filha para tentar agarrar o pai. Acho que vi esta cena em um filme de faroeste. O bandido agarrou a filha e mandou o cowboy jogar as armas no chão. Mas o desfecho da história não foi bom para o bandido.

    1. O desfecho não foi bom para o bandido porque era um filme. Aqui na bananalândia o bandido é ovacionado, premiado, condecorado, inflado e ainda zomba da cara de todos, exceto do chefe da quadrilha e seus filhos.

  2. DUAS PERGUNTAS BÁSICAS QUE NÃO QUEREM CALAR:
    1- até quando estes mentirosos, torturadores, chantageadores, mercenários, canalhas, neonazistas, moleques, corruptos com viés de mafiosos, agentes a serviço do capital vadio transnacional, golpistas, quadrilheiros lesa-pátria… Covardes sequestradores… Até quando estes monstros estarão fora de uma caDDeia perpétua de segurança máxima?
    2 – quando os órgãos do Poder Judiciário farão uma autocrítica, reconhecendo perante ao país a condição de que são vísceras podres destes monstros?

    1. Eu creio que está na hora de o The Intercept começar a mostrar ao Brasil e ao restante do mundo o grau de periculosidade dos comparsas do ‘SUJO mor(T)o’, do caDDeia et caterva imunda…
      Eu me refiro aos do TRF-4 PATETAS!
      Entenda
      [segundo a matéria cuja manchetona está estampada no portal uol/Folha – com fotografias da honrada e honesta presidenta Dilma Rousseff:
      Palocci não consegui fechar um acordo de delação premiada com a Procuradoria da República, que justificou falta de provas. Mas a colaboração foi aceita pela PF e homologada no Tribunal Federal da 4a Região.]
      Sim, é impossível o mínimo de democracia que nós temos resistir a este Estado Policial paralelo!

      ***

      Investigações da Lava Jato miram campanhas e núcleo de confiança de Dilma
      Após delação de Palocci, pessoas diretamente ligadas à ex-presidente se tornaram alvo da PF

      11.set.2019 às 2h00

      (…)

      Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/poder/2019/09/investigacao-da-lava-jato-mira-campanhas-e-nucleo-de-confianca-de-dilma.shtml

    2. Acrescento uma outra: até quando as pseudo-lideranças que se dizem de “oposição” vão continuar apáticas, caladas e acovardadas quando poderiam estar se reunindo (não em lançamentos de “frentes” picaretas ou notinhas inócuas), negociando uma pauta mínima, organizando e convocando o povo às ruas em marchas contínuas até a derrubada dos golpistas? Até quando? Até talvez chegarmos no ponto em que não haja mais um país e nem uma nação para serem recuperadas? Vamos deixar chegar a esse ponto?

      1. … Muito bem lembrado!
        Em outras palavras, “a esquerda que a direitona adora”!
        Coitado!
        Do eterno presidente Lula!
        Coitados de ‘nois’ outros pobres mortais!

      2. A esquerda que tem como lider de OPOSIÇÃO no senado um senador da REDE…..
        senador Randolfe Rodrigues…AMIGUINHO DA LAVA JATO, do Deltan, Moro…esquerda que acha que Ciro Gomes é de esquerda…que acha que PSB é de esquerda…Não precisamos de inimigos de direita já temos muitos..Agora tem um tal de “Direitos Já”….que abocanhou até o pessoal do The Intercept, que escreveu um artigo detonando o PT….talvez em busca da imparcialidade jornalistica “perdida” com a a Vaza Jato. Tempos sombrios e negros e não espero nada da esquerda, fora do PT, PCdB e PSOL. Existem partes, pequenas, no PDT, PSB e até no PMDB (Réquião da vida) que dá para acreditar, agora a imensa maioria….

      3. Até o momento em que estiverem lucrando. Para essa corja, autointitulada de esquerda, Lula vale mil vezes mais preso do que na rua. Lula é a galinha dos ovos de ouro deles.

  3. Pois eu acrescento ao comentário abaixo,que SÃO TODOS,SERVIÇAIS DA BURGUESIA,NÃO SOMENTE USANDO A GLOBO,COMO AS DEMAIS ARAPUCAS QUE CHAMAM DE IMPRENSA,para consolidar o GOLPE DE ESTADO.O resto,são ingenuidades,de cidadãos que acreditam nos céus.

  4. Mas é inacreditável que, depois da enésima ação irregular dos procuradores, nenhuma medida tenha sido tomada e eles continuem, como se vê no noticiário, a manobrar com ações policiais para obter apoio político e midiático para seu grupo.

    Também acho. E todo mundo – literalmente – está achando.
    E a conclusão que se chega é que todas as instituições brasileiras estão funcionando em modo “máfia oficial”, com a cobertura a Rede Globo Golpe.
    Agora está valendo aquela máxima de que a Rede Golpe é mais importante pelo que NÃO noticia.

    1. Já que aqui no Brasil nenhuma medida se toma, espero que esse pai e essa filha iniciem urgentemente uma ação em um tribunal português, contra esse juiz e esses procuradores, incluindo como réu também o MPF, cobrando uma indenização multimilionária pelo crime de tortura psicológica do qual foram vítimas.Se o pai é corrupto ou não, isso não importa. Um crime não justifica outro.

      1. Ou na Comissão de Direitos Humanos da OEA, da ONU, no Tribunal Penal Internacional, embora os dois primeiros estejam sob domínio do Imperialismo Anglo-Americano.

    2. Meu camarada, se vc perceber, infelizmente, tem político que esta surfando na onda. Se o Lula sair da prisão, acaba o discurso dele. Era, para os políticos de esquerda, estarem gritando, ofendendo o STF, tocando uma zorra total. É inadmissível o que está acontecendo. Mas não!! Estão fazendo frente com um partido já extinto, chamado PSDB, com o claro intuito de salvar a imagem destes neoliberais perante a esquerda. Enquanto os políticos eleitos do PSDB tocam a fundo a desnacionalização de todas as nossas empresas públicas e privadas. Além destas frentes impedirem o discurso LULA LIVRE.

  5. Somos todos bananas. Alguns tem coragem de dizer “sou banana”, outros preferem se esconder por trás da desculpa do republicanismo, da democracia, do pacifismo.

    1. Se não formos republicanos, se não formos democratas, se não formos pacifistas, deixaremos de ser bananas?

      1. Se tivéssemos sido republicano, não teríamos escolhido o MP e o STF e STJ que temos hoje. Temos é que ser democratas de verdade. E na democracia, os governantes escolhem pessoas para dar seguimento ao projeto político vencedor na eleição. Não escolhe os contrários a ele. E nem manda Ministro da Justiça tocar piano em horário nobre na emissora de televisão, que mais marginaliza o seu partido. E ser pacifista não exclui a defesa da vida, que pode ser necessária com o uso da força. Por isto, apesar dos vícios de linguagem do Carlos, concordo com ele. Mas também concordo com vc.

    2. Bananas são nossas falsas lideranças partidárias, sindicais, sociais, populares, estudantis que não se reúnem para organizar a resistência nas ruas. Para isso elas existem. Não podemos sair como “porras loucas” pelas ruas por conta própria, há que se organizar a resistência popular e aí sim, nós, que somos os peões, iremos maciçamente às ruas, de forma repetida, até a derrubada final dos golpistas.

  6. A justiça não nada contra a corrente. Só retrocederão quando estiver claro para eles que não há perigo. Historicamente é assim. Enquanto isso, continuarão a dar passagem ou a recusar tomar medidas de correção. Os operadores de justiça do Brasil desta vez entraram fundo na lama, foram agentes diretos dos fatos, ao invés de apenas serem atropelados por eles. Devem sentir medo para poderem retroceder. Por enquanto, isso não ocorreu. Quem entender de operações psicológicas, pode contribuir. Como induzir pavor no CNMP e no STF? Um exemplo é dizer para os ministros do STF que nunca serão levados a sério no exterior por ficarem imóveis ou referendar tanto descalabro. Eles não se sentem confortáveis ao sentirem que terão que responder sempre a mesma pergunta ao viajarem para o exterior: e o Bolsonaro, hem, que cagada, como permitiram aquilo ocorrer?

  7. O ex presidente Lula está refém dessa máfia. Seus filhos também são perseguidos, para atingir o pai.

  8. Isto se chama procedimento de chantagistas.
    Uma quadrilha através de chantagens procurando forçar uma pessoa se entregar.
    Aqui no Brasil acontece muito isto, tanto por telefone como fisicamente.

  9. É grande o risco de as matérias do TIB saturarem e caírem no vazio. E de a sociedade e suas acovardadas instituições naturalizarem os absurdos procedimentais com finalidade política e crimes praticados por quem deveria cumprir a lei. Os criminosos da LAVAJATO estão jogando com essa hipótese.

  10. ‘Intercepta ela’

    O Ministério Público Federal pediu duas vezes ao então juiz Sergio Moro uma operação contra a filha de um alvo da Lava Jato que vive em Portugal como forma de forçá-lo a se entregar. Apesar de ser titular de contas no exterior que receberam propinas, ela não era suspeita de planejar e executar crimes.

    O plano, revelado em mensagens de Telegram trocadas entre procuradores e entregues ao Intercept por uma fonte anônima, era pressionar o empresário luso-brasileiro Raul Schmidt. O MPF apelou a Moro mirando na filha do investigado: queria que o passaporte dela fosse cassado e que ela fosse proibida de sair do Brasil.

    Enquanto argumentavam no processo que a filha de Schmidt não poderia sair do país para não prejudicar a investigação sobre os crimes que teria cometido, no Telegram os procuradores admitiam que a finalidade das medidas era atacar o empresário. O procurador Diogo Castor de Mattos confessou na conversa com os colegas: “na minha perspectiva, ela nao poder sair do país é um elemento de pressão em cima dele”.

    Rafael Neves
    Repórter
    Leandro Demori
    Editor executivo

  11. Sem povo nas ruas não há e não haverá movimentos da “justiça”. E a esquerda quer resolver as questões do Brasil somente através das redes sociais. Ponham a cara nas ruas. Sem isto vamos ver o que eles quiserem fazer: ditadura, cleptocracia o diabo.

  12. Poxa, vejo pessoas impressionadas com o grau de baixeza desses playboys bandidos. Eu não me surpreenderia se às ações ilegais desses marginais, aparecessem torturas físicas, assassinatos e corrupção com muito dinheiro.

    1. Tocastes num ponto certeiro: quando as revelações mostrarem que mexeram com dinheiro alheio, se mexeram, ai sim a casa cai, enquanto for neste toque/semantica nada acontecerá.

  13. Que país é esse? cono diria Francelino Pereira.
    Um General tem medo de atritar-se com um simples vereador carioca, Ministros do Supremo e Procurador Geral com medo de enfrentar um Procurador regional.

  14. Brito, boa tarde
    Muito bom que se refira ao procurador chefe como FUNDAMENTALISTA.
    Está claro para todo mundo que são uma quadrilha de conspiradores.
    Esperando o STF se manifestar como guardador do direito ou da DIREITA.

  15. PROCURADORES E JUÍZ FORMANDO UMA QUADRILHA DE DELINQUENTES.
    SE ELES AINDA ESTÃOLÁ TENTANDO SALVAR A CARA DESSA CONSPIRAÇÃO É PORQUE ESTE É UM PAÍS QUE FOI TOMADO POR UM BANDO DE DELINQUENTES.
    USAM FARDA ,TOGA E GRAVATAS E RESPONDEM AO MESMO DONO ,O TIO SAM.
    PAREDÃO NOS TRAIDORES.

  16. E a globo, sbt, record continuam, criminosamente, omitindo informações da vazajato da população. Hoje saiu notícia requentada a respeito do irmão do Lula, frei Chico, e a mesada. Distrair. Desviar o foco. Manipular. Seja lá o que for, a quadrilha usa a mesma estratégia que deu certo para derrubar a Dilma, prender o Lula e destruir a democracia, a nação e o país.
    E nós? Vamos continuar a usar a mesma estratégia que já se mostrou inócua?
    Algo tem que ser feito, com urgência, para, ao menos, incomodar os mafiosos.
    Precisamos de lideranças fortes, contundentes que estabeleçam estratégia e táticas. Que chamem a população, os trabalhadores, os estudantes para manifestações. Em frente ao STF, às emissoras e ao MPF. Gente, muita gente nas ruas.

    (Mensagem recebida no meu WhatsApp)

  17. Passou da hora e vai atrasar ainda mais.
    Nada será feito contra os meliantes de Curitiba.
    Os poderes e as instituições deste país estão a serviço desses meliantes, todos respaldados pelo exército, marinha e aeronáutica.

  18. Em uma entrevista à Mônica Bergamo, ano passado, José Dirceu narrou o caso de João Santana, que lhe disse que iria delatar. Zé Dirceu conta que Mônica Moura foi levada para a triagem de Piraquara, uma das piores penitenciárias do Paraná, totalmente dominada pelo crime. Disse Dirceu: “Colocar na triagem significa o seguinte: te colocam numa cela pequena, sem luz, sem nada. Te dão a comida pela bocuda. Sai para tomar banho dez minutos e volta. Em dois dias você faz delação, né?” Depois desse fato, João Santana procurou Dirceu e falou – como um pedido de desculpas – que delataria.

    Agora minha expectativa é que esse assunto volte à tona se aparecer nas conversas grampeadas da #VAZAJATO>

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.