A Casa Verde de Assis

 

É isso mesmo que você está lendo aí na matéria da Folha.

“Um astronauta e um príncipe entraram na disputa pela vaga de vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro”.

Sim, o anódino Marcos Pontes e o senhor Luiz Philippe de Orleans e Bragança, descendente da família imperial.

De Pontes quase nada se sabe, exceto que vive de olhos arregalados.

Mas o “príncipe” é uma figura ímpar.

Ele nem sequer diz que precisamos de novas leis, já está escrevendo, ele mesmo, por conta própria, uma nova Constituição, segundo anuncia na internet.

Junto com a Dra. Janaína, acho que já dá para lembrar da Casa Verde d’O Alienista de Machado de Assis.

Quem sabe não chamam o Faustão da Globo para vice?

“Ô louco, meu!”

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

  1. Resolvido! Colocamos os três num foguete (lançado desde a Barreira do Inferno – Natal – RN), com Destino FINAL e Irreversível, á VÊNUS (nada contra o Planeta em si, porém, sua Atmosfera tem mais a ver com os “(ES)Tripulantes” e com a Base de Lançamentos…
    Lá (caso os “passageiros” tenham a SORTE [á nos, nem tanto], de não terem o Lançamento SABOTADO por nenhuma Potência Imperialista…), poderão Instituir vossas “Constituição Monarquista”, determinando seu imperador; ainda, seu primeiro ministro, até quem sabe, um presidente decorativo… kkkkk???

    1. Não vai dar, a base já deve estar sob controle americano. Foguete no Brasil só dos fogos Caramuru. Rsss

  2. Luiz Philippe de Orleans e Bragança, descendente da família real? Querem piada maior do que essa? Lula preso e o “Príncipe” querendo assumir o poder? Socorro!!!

  3. Um astronauta para quem vive no mundo da lua e um “príncipe” para quem quer voltar à Idade das Trevas. Combinou.

  4. CRISTÓVÃO, O GOLPISTA FRUSTRADO

    “Em meio às discussões sobre o seu vice, o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB/SP) voltou a atenção para o cenário político local. Por volta das 15h desta quarta-feira (25/7), o postulante ao Planalto recebeu Izalci Lucas (PSDB) e Rogério Rosso (PSD), ambos deputados federais, e o senador Cristovam Buarque (PPS). Os políticos chegaram à sede da legenda tucana…”

    https://www.metropoles.com/distrito-federal/politica-df/rosso-izalci-e-cristovam-se-encontram-com-alckmin-na-sede-do-psdb

    1. A direitalha tresloucada tanto esculhambou os rumos do Brasil que agora perdeu o próprio rumo!
      E esses sujeitos são mesmo patéticos. Não conseguem controlar os próprios puteiros mas querem comandar um país como o Brasil!
      O que a eles sobra em prepotência falta em noção de ridículo!

  5. O brasil (minúsculas) deve ser o único país do planeta que aboliu a monarquia e continua chamando certas figuras de príncipes e outras principescas. Dão nojo em lesmas.
    O tal ostronauta é aquele que gastou os tubos governamentais pra ficar na reserva de algum voo que, tão logo completado, deu no pé sem devolver a devida correspondência pela grana embolsada.

  6. Estamos vivendo um momento decisivo na história do Brasil. A prisão criminosa do Lula feita por pessoas da qualidade de um Moro, Gebran, Paulsen, Laus, Carminha, Fachin, Barroso, Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Fux, Felix Fischer, Janot, Dodge é o ponto mais extremo da luta de classe no país. Estamos agora diante de uma grande contradição, o direito ao voto e, ao mesmo tempo, a retirada do candidato do povo. Só a consciência popular nos movimentos sociais pode superar essa contradição. Marx explicou como funciona o modo de produção capitalista e o PT agora aprendeu a dialética do poder e suas contradições. Compreendemos com muito sofrimento como funciona os oligopólios de mídia (sobretudo a globo), como funciona o poder judiciário, ministério público e polícia federal. Esquecer a luta de classe é a mais grave das alienações. O PT aprendeu a lição dai o pânico das elites de uma volta ao poder.

  7. Não custava nada ao Pontes convidar o Bolsossauro para dar uma voltinha na Lua e esquece-lo por lá…

  8. Legal! Agora entendi, essa candidatura é uma forma de dizer: “Não estou nem aí, o povo tem mesmo é que trabalhar, nós somos de sangue azul.” Coxinhas bolssonaristas tem QI de ameba.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.