A “castração midiática” de Jair Bolsonaro

Dizia Otto Bismarck que muitos não dormiriam se  soubessem como são feitas as salsichas e as leis.

Pode acrescentar a esta lista as alianças partidárias envolvendo o tempo de televisão dos candidatos.

Como escreveu Bernardo Mello Franco, ontem, em O Globo, “a  turma se destaca pelo forte apego a valores”, assim, digamos, sonantes.

Vale para comprar e vale para não entregar a outro.

Jair Bolsonaro é, dizem os que não colocam Lula nas pesquisas eleitorais, o líder das preferêrncias eleitorais.

Como estes mesmos dizem que Lula não concorrerá nem arrastará um nome à liderança, Bolsonaro, sob este olhar, é favorito.

E desde quando candidato favorito não acha vice e é esnobado publicamente, anunciando que vai anunciar alguém para, em seguida, o “escolhido” dizer: “muito obrigado, fico honrado, mas tenho planos de me candidatar a uma “boquinha” no Senado que, como disse Darcy Ribeiro, é o paraíso na Terra?

Não duvide nada que algum espírito santo de orelha baixou nos dirigentes dos partidos de Magno Malta  e prometeu sonantes bênçãos para recusar autorização a seus pupilo para subir na garupa de Bolsonaro.

Afinal, como naquele comercial de cartão de crédito, Bolsonaro com apenas 10 segundos de televisão não tem preço.

Mesmo que não cresça, o tamanho que ele tem hoje é mortal para o crescimento de qualquer candidatura de direita.

Pior ainda se seus votos se reproduzirem.

É, portanto, necessário castrá-los midiaticamente, para que não proliferem mais.

Ainda assim, parece tarde demais para deter os zumbis.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

17 respostas

  1. “Quem votou para botar Temer no governo não merece seu voto”. Este será o refrão da gigantesca campanha que será realizada para renovação do Congresso Nacional.

    1. O que você disse, Alecs, no post anterior do Fernando Brito, faz todo sentido. PMDB está apostando em Alckmin, botando Meirelles de boi de piranha.
      Repito aqui minha resposta anterior. Faz sentido e casa com a declaração ontem de Meirelles de que estarão no 2º turno. Não é impossível um vazamento de votos de bolsonaro absorvidos por alckmin ao longo da propaganda eleitoral, a medida que o eleitor mais racional perceber o quão fácil será bater no bolnossauro num eventual 2º turno com o campo progressista. Em 2014, houve esse esvaziamento de Marina para Aécio em poucos dias.

    2. quem vai fazer essa campanha? pergunto pq é ambígua, a meu ver. nós sabemos quem colocou o temer no trono. os patos dizem que nós “elegemos” temer pq era da chapa da Dilma.

  2. Terrível dizer isto, mas o que o Brasil tem vivido desde 2013, se fosse por coerência, deveria desaguar na eleição de Bolsonaro mesmo. Metade do Brasil merece.

  3. O mesmo preceito que vale para as salsichas, leis e alianças partidárias vale também para as manchetes, edições de reportagens televisivas e notinhas na mídia…se o público soubesse como muitas delas são produzidas ficaria abismado…

  4. A esperança que nos resta é que ainda há tempo de evitarmos tamanha tragédia social ao eleger esse indigente mental para o cargo máximo do país. Basta ver os absurdos que o Trump original faz mundo afora e até dentro do território americano. Bolsonaro é um bossal. Ponto final.

  5. Freixo no rio foi para o 2o turno com 50 segundos. Bolsonaro não pode ser mais castrado. Para ele até melhor não se expõe. Será apenas o mito.

  6. Mas a ideia era essa mesma. Sem tempo de televisão ele posa de vítima e ainda por cima não precisa apresentar suas “propostas”. Daí ele não vai aos debates e cria uns memes legais para o facebook e o whats e tá eleito.

  7. parece que ele está bem organizado nas redes, que devem ter grande influência esse ano. E aí ele não tem limites.

  8. Pô Bolsa! Chama o vampirão pra vice! Aposto que ele topa mesmo dizendo que é só papel decorativo.

  9. Se o “mito” se eleger e falhar em seus propósitos, haverá suicídios em massa tal qual os seguidores de Hitler quando a Alemanha foi derrotada?

  10. Pois eu quero agregar,à GENIAL CONSTATAÇÃO DO SR.OTTO,que os que fazem as LEIS,são uma HERANÇA GRECO-ROMANA,criada somente para garantir às ELITES MINORITÁRIAS DAS SOCIEDADE DE CLASSES,nos nossos dias,OS BURGUESES,as PROPRIEDADES PRIVADAS ,OS ADVOGADOS.Essa gentil parcela da sociedade,cujo único objetivo na vida,é PROTEGER AS RIQUEZAS DOS SEUS DEUSES,a saber,os SEUS PATRÕES. Em resumo,ADVOGADOS,são para as maiorias,UM PRESENTE GRECO-ROMANO.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.