A fria hora da execução

A ministra Rosa Weber, aquela que se preocupa com a delicadeza de “seguir o princípio da colegialidade” e votar contra o que – ao menos alegadamente – diz acreditar, resolveu “matar o mal pela raiz”.

Sem dizer claramente para o que é, marcou para sexta-feira uma sessão extraordinária do TSE que, na prática, será o fuzilamento da candidatura de Luís Inácio Lula da Silva à Presidência da República.

Não importa que a lei lhe garanta o direito de ser candidato se houver recurso plausível contra sua sentença.

Não importa que a ONU, através de seu comitê de Direitos Humanos, tenha exigido seu direito de candidatar-se.

Não importa que a maioria do povo brasileiro deseje, apesar de tudo o que se diz, dar-lhe o voto.

Roma não aceita que ele seja candidato e vença, como está claro que venceria, até pela boca de seus maiores inimigos.

Minto: nem em Roma, porque lá os melhores imperadores não voltavam o polegar para baixo quando a platéia do Coliseu clamava pelo gladiador derrubado.

O Judiciário brasileiro já há muito deixou “pra lá” o exercício de sua função de agir em nome do povo. Age em seu próprio nome e vontade, mesmo.

O novo presidente do STJ, João Otávio de Noronha, disse hoje que queremos ser “210 milhões de juízes” e que isso não pode ser tolerado, em nome do império dos “doutos”

Pois somos, excelência, somos 210 milhões de juízes dos que invocam o direito de usurpar nossa vontade e o dia haverá, ainda que na história, em que suas imunidades não os protegerão do julgamento destes 210 milhões.

Sexta-feira, não se iludam, os que querem ser donos da sua vontade, dos seus desejos, dos seus direitos, do seu voto decidirão que ele não pode ser dado a Lula.

O mesmo homem que, a vários deles, nomeou e deu poder, sem nunca lhes exigir submissão.

Não lhes pediu, mas não descobriu que eram submissos. Vassalos da mídia, vassalos das camadas dominantes, incapazes de porem retas suas colunas e dizer que a vontade do povo é soberana.

Vão disparar seus votos como o fariam com fuzis um pelotão de execução.

E, embora saibam, ainda não acreditam que nenhum corpo cairá à sua frente.

Ao contrário, levantar-se-á a vontade nacional, contra a qual nada podem.

Somos 210 milhões de juízes, sim,  e em meio a este jogo de cartas marcadas e imundas, há um povo que, a comover o coração de quem ainda o tenha,  está resistindo a esta camada de inúteis, para os quais a vontade popular é corrupta, burra e estúpida.

É o contrário.

Amanhã, proibindo Lula de ser candidato, os senhores e senhoras o elegerão, de alguma forma e não sem causar mais traumas a este país doído.

A pequenez de quem considera tão sábio – mas que não é capaz de ver o óbvio, que governos sem legitimidade, embora os senhores os considerem legalmente instituídos rapidamente se tornam isso que temos aí.

Mas os senhores dirão que têm objeções morais a Lula, que olha os pobres.

Mas nenhuma objeção a dormirem hoje, tranquilos, com seus aumentos embolsados.

Tripas forras das migalhas que lhes caem, por serem mansos.

 

 

 

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

27 respostas

  1. Que venha logo a decisão. É estranho, porque tudo indicava que iriam empurrar mais pra frente, para dificultar a transferência de votos. Talvez seja uma tentativa de acabar com a polêmica e a crescente pressão, mas eu acho que eles já perderam o controle da situação. Vamos ver, setembro promete.

    1. Agora o objetivo dos GOLPISTAS é que a imagem do Lula sequer apareça no programa do PT já no sábado. Estão com pressa. Aquela metáfora do “homem da máscara de ferro” feita pelo Brito é a imagem da violência do judiciário. Mas eles não compreenderam ainda o que o próprio Lula disse:

      “As pessoas não conseguem prender ideias, não conseguem matar ideias e não conseguem apagar ideias. As ideias são muito maiores porque elas estão no espaço. Uma vez dita, ela será milhões de vezes repetida” (LULA).

  2. Infelizmente, esse golpe foi dado e acredito q não só impedirão Lula de ser candidato, impedirão a chapa, pois sabem que Haddad vencerá com o apoio de Lula. Não importa o que diz a ONU, não importa o desejo da maioria do povo, importa apenas a vontade dos golpistas. Por isso, mais uma vez digo: a situação só vai mudar com sangue derramado na calçada! E será muito sangue do povão, pois será como um conflito Palestina x Israel. De um lado pedras e do outro fuzis, drones, bombas… Mesmo assim: Guilhotina neles!!

      1. Essa é a questão. Acho que do mesmo jeito que a Globo liderou os movimentos para golpear a presidente Dilma é preciso uma forte liderança para levar o povão às ruas. Por isso também, querem cortar a cabeça do presidente Lula – a maior liderança popular do país. Mostram força! Lula não chamaria o povo para uma revolução, mas o inutilizando tentam inibir o surgimento de outro líder.

  3. Só a “síndrome de Cristovam Buarque” pode explicar as acusações grosseiras e absurdas que o “professor” Wanderley Guilherme dirige à blogsfera. Acho que já merecem uma resposta.

  4. É uma covardia sem fim. O relator (mini$tro do stf – barro$o) da Candidatura de LULA, O considera Declarada e Predeterminadamente Inelegível, apesar de tudo (CF; CPP; CDH/ONU; OEA; CNDH; Congresso Nacional; Até mesmo de Suas Próprias Palavras e Decisões)…
    Sua Predisposição Diametralmente Antagônica ao Candidato (LULA), o levará a “justificar” vossa “sentença”, conforme uma Lei “menor” (Lei da Ficha Limpa), contra e sobre uma Determinação Maior e Superior… e, deverá ser seguido pelos demais jui$$$e$ do ste…
    Esta [email protected], este [email protected], estão precisando, ou melhor, merecendo, um forte corretivo… …É o que Eu Penso e Acredito!

    1. Quadrilha do supremo e tudo:
      Antes:
      O processo legal exige prova !
      Defendo a Constituição com a vida !
      Os tratados internacionais da ONU valem mais que as leis e autoridades do país !
      Agora:
      Cada caso é um caso, temos a questão do dominio de fato (seria o mesmo que condenar todos os ministros do supremo/CNJ devido aos desvios do lalau).
      A Constituição não serve para casos concretos, cada caso é um caso… para o Lula, para que a Constituição, nem fala no nome dele ? ou se fala (ele foi constituinte), nem cita o nome do pai, da mãe, data de nascimento para servir para ele …
      Os tratados internacionais são apenas recomendaçãozinhas… que não devem interferir em nosso poder de fuder o país…

  5. Tomei a seguinte decisão: não vou fazer campanha contra Bozonaro. O “mito” tomou grande parte do eleitorado do PSDB e seus aliados. O candidato do golpe é alckmin. Atacar Bozonaro é fazer exatamente o jogo dos golpistas para tentar recuperar a parte perdida de seu curral eleitoral e, assim, levar alckmin ao segundo turno.

    1. É o meu pensamento tbm. O Bozo tem que ir para o segundo turno. Se o PT fosse para o embate mesmo, teria que ir com Lula até o fim, desligitimizando essa farsa de eleição.

  6. Está me parecendo que essa reunião extraordinária do tse tem o objetivo permitir que Lula participe da campanha. Acho que é por ai que vão acatar a decisão da ONU.

    1. Quanta inocência sua rapaz. meu amigo, acorde pra vida.pois não estamos vivendo no”país das maravilhas”. parece que não Leu o artigo do Fernando Brito! VÃO CASSAR O LULA DE VEZ NESTA SEXTA!

  7. Não adianta “mostrar que lá no Morro ele é rei coroado pela gente”.
    Não dá nem para cantar aquele pagode do Bezerra, porque “meu bom juiz” não há ali. Mas não importa, vivo ou morto, preso ou solto, candidato ou não essa eleição é Lula e tudo o que ele e seu partido representa, é ao mesmo tempo a eleição entre democracia e ditadura, entre a legalidade e o árbitro, entre um país e uma gente solidária ou um país divido pelo ódio. a ganância, a meritocracia de quem confunde mérito com privilégios e exclusivos.
    “De que lado, de que lado, de que lado você quer sambar?”

  8. [MAIS UM] ESCÂNDALO SUPREMO!

    Da Série ‘legados hediondos do mafiosão vampiro mimiSHELL’!

    O nazigolpista &$ mega corrupto vulgar mimiSHELL ‘temero$$$o’ incorporou oficialamente o criminoso auxílio-MOROdia nos bolsos e bolsas “cheirosos(as)” dos tagados(as) desta republiqueta do ‘CU(nha)’ do mundo!

    LEMBRETE:
    infames togados(as), sejam parcimoniosos em suas compras nababescas de final de ano no exterior!
    Traduzindo: em primeiro de janeiro de 2019, o TRIpresidente LULA irá revogar todos [todos!] os crimes hediondos perpetrados pelo coleguinha de vocês, o tal mafioso mimiSHELL!
    Data venia o cacete!

    1. Segundo os sórdidos e sem-vergonha integrantes do poder ‘judi$$$iário’ ‘braZ$&leiro’, às favas os escrúpulos e, sobretudo, às favas o Teto dos Gastos do mimiSHELL!
      “Canalhas, canalhas, canalhas!”
      Perdão aos canalhas!

  9. Caso o PT se eleja, a minha duvida é, vai chamar esses juízes bandidos para sentar na mesa e propor paz e amor?

  10. Excelente texto, Fernando. Não podemos confiar nestes sete golpistas, vassalos, canalhas, do TSE. Eles querem decidir na marra em quem poderemos e deveremos votar. Estamos em pleno século 18. Esta gente não vale o que come, imagine se podemos confiar nesta catrefa. Mas o século 18 foi pelo menos o século dos iluministas. Acho que estamos mesmo é na baixa idade média. Afinal os senhores feudais estão aí por toda parte, principalmente nos tribunais (de exceção).

  11. Precisamos é ser 210 milhões de soldados para destruir os inimigos do Brasil e o judiciário é inimigo do Brasil.
    Com um judiciário podre e corrupto como esse vamos ao desastre. Para salvar nossas vidas precisamos acabar com o judiciário. E os juízes.

  12. Mestre Brito, me faltam palavras para externar a minha mais profunda admiração por mais esta peça de genuíno Jornalismo, totalmente ausente de nossa imprensa oficial, e principalmente pela sua coragem e desprendimento que podem, sem dúvida, lhe custar muito caro se chegarmos à “perfeição” de nova ditadura militar, como querem delicados e sutis porta-vozes”democráticos” de nossos melhores e mais bem equipados quartéis.Sem dúvida. vivemos momentos históricos. Como em 64, estamos de novo naquela velha encruzilhada para o Brasil – ou uma Nação ou uma Nova Colônia.Graças a Deus (em quem não acredito lá muito), tenho já 72 anos. Pobres de nossos filhos e netos, se a coisa novamente se passar como tem se passado desde Cabral (o mais velho, não o Serginho nem o maravilhoso biógrafo, historiador e crítico musical que em péssima hora contribuiu para gerá-lo.)

  13. Enfim, fodam-se.Obrigado pela Censura, como nos bons tempos do dr.Falcão.Vocês estão bem atualizados para o que vem por aí…

  14. Será um tiro no pé. O inicio do clamor popular que os hexonerão brevemente. Estão crentes serem imbstíveis como achavam aqueles generais alemães, terminaram na forca. Em vez de Nuremberg esse julgamemto se reslizará provavelmente na Rocinha.

  15. Gostaria de fazer uma pergunta: se um ministro ou mais ministros das cortes TSE ou STF não permitirem que Lula dispute a eleição, eles estão desrespeitando a nossa constituiçao, uma vez que a ONU determinou o contrário. Não seria o caso de pedir o impeachment desses ministros?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *