A Lava Jato transformou a política em porta de latrina

Bem ao estilo do “valentão covarde”, Eduardo Bolsonaro está desmentindo – como se fosse possível – ter falado na volta do AI-5.

É a família do ‘deletou tá limpo’, como se tudo se pudesse deixar pelo não-dito depois de dito e transformado em sinal político para as suas falanges.

Apaga o vídeo das hienas, apaga as ofensas à mulher do presidente Emmanoel Macron, apaga a intromissão no julgamento do STF sobre presunção de inocência, apaga o cabo e o soldado, apaga o “golden shower”…

Antes disso, porém, está dado o sinal à matilha, que avança furiosamente.

Falta muito pouco para os transtornados do bolsonarismo partirem para a agressão física daqueles que identificam como “hienas”.

Não adianta a mídia fazer-se de espantada, alegando que está chocada com a selvageria que tomou conta do presidente e de seu entorno.

Ela a criou, erigindo o “prende e deixa enfiado na cadeia” como a grande solução dos problemas nacionais, agora não reclamem que seja isso a ferramenta que o bolsonarismo agita contra os poderes da República.

O seu herói e inspirador, Sérgio Moro, está lá, com sua sabujice interesseira, servindo de advogado do “mitismo”.

Ah, sim, com a devida guarda de dois generais senis.

O país está entregue a quatro mentecaptos, pai e filhos, que – ao contrário do “dia sim, dia não” que propõem – não deixam que a Terra complete um giro sem despejar uma torrente de sandices sobre os brasileiros.

De domingo para cá, xingou-se o presidente eleito da Argentina, ouviram-se os áudios dos “20 continhos” do amigo Queiroz, soltaram-se as hienas do STF, criou-se a crise do porteiro e, agora a propaganda do AI-5…

Que país suporta uma diarreia governamental?

Não há o que desculpar, há o que punir neste ataque, evidentemente combinado em casa, contra a democracia.

Antes que seja – se já não o for – tarde.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

29 respostas

    1. E os 74% e bote e força no messias? Aguenta.
      Como diz o Glenn o governo do Bozo ta mais perto do começo q dio fim

  1. Eles agem como representantes de um baixíssimo clero, a diarréia mental fascista é só uma característica extra. No básico, jogam no ar e nas redes qualquer sandice e esperam que a repercussão os mantenha nas manchetes o tempo suficiente para recolherem a baba dos puxa-sacos que os elegeram. Não sei até que ponto seria melhor se a mídia ignorasse esses factóides e absurdos, ao menos dos filhos. Do pai não dá para ignorar, devido ao cargo que o mentecapto conseguiu, mas acho um pouco demais o país inteiro ficar refém, diariamente, de um amontoado de besteiras e grosserias ditas por meros parlamentares e dois generais babacas, senis e de terceira divisão.

    1. Eles mesmos, os fascistas comportamentais, não têm consciência disso, mas são todos marionetes com os cordões sendo puxados pelo Olavo e pelo Steve Bannon. A maneira como criam confusão e como escapam dela segue o mesmo padrão olavo-banniano. O teatro de bonecos atrai cada vez mais atenção e por trás o Guedes vai empanturrando os bolsos dos banqueiros com bilhões e mais bilhões, enquanto segue implantando sorrateiramente a agenda antissocial e de relações de trabalho chilena agora prestes a ser banida do próprio Chile por insuportável ao extremo. Ele faz isso com o auxilio de um DEM que, embora rendido ao entreguismo e ao ferramento brutal dos trabalhadores, ainda conserva uma postura funcional de partido político e até aparece como um rosto sensato no meio do hospício geral. Parece que, para sairmos desse inferno, vamos ter que descer o rapel até o fim.do abismo de fogo.

  2. Hino Nacional
    Precisamos descobrir o Brasil!
    Escondido atrás das florestas,
    com a água dos rios no meio,
    o Brasil está dormindo, coitado.
    Precisamos colonizar o Brasil. (…)
    Precisamos educar o Brasil.
    Compraremos professores e livros,
    assimilaremos finas culturas,
    abriremos dancings e subvencionaremos as elites.
    Cada brasileiro terá sua casa
    com fogão e aquecedor elétricos, piscina,
    salão para conferências científicas.
    E cuidaremos do Estado Técnico. (…)
    Precisamos adorar o Brasil!
    Se bem que seja difícil caber tanto oceano e
    tanta solidão
    no pobre coração já cheio de compromissos…
    se bem que seja difícil compreender o que querem
    esses homens,
    por que motivo eles se ajuntaram e qual a razão de
    seus sofrimentos.
    Precisamos, precisamos esquecer o Brasil!
    Tão majestoso, tão sem limites, tão despropositado,
    ele quer repousar de nossos terríveis carinhos.
    O Brasil não nos quer! Está farto de nós!
    Nosso Brasil é no outro mundo. Este não é o Brasil.
    Nenhum Brasil existe. E acaso existirão os brasileiros?
    (Carlos Drummond de Andrade, Sentimento do Mundo,

    1. Do Haddad também. Haddad escreveu no twitter: “Eduardo Bolsonaro pediu desculpas por defender um novo AI-5. Poderia pedir desculpas por ter ofendido o filho do presidente eleito da Argentina. Por ter tentado usurpar o cargo de embaixador do Brasil nos EUA. Por homenagear miliciano e torturador. E pelo pai.” Pronto! Resolvido o assunto!

        1. Sim, mas será que ele não tem algo mais contundente a dizer sobre quem ameaça o fechamento do regime?

        2. Sim, mas será que ele não tem algo mais contundente a dizer sobre quem ameaça o fechamento do regime?

          1. por mim, já falou até demais sobre o assunto. Já repararam que são mestres em fazer declarações chamativas e recuar em seguida? São coisas graves? Sim. São crimes? Inúmeros. Mas extrapolam em repercussão, ficando maiores do que são, considerando que nenhuma providência é tomada seriamente.

            A gente cai como um pato da fiesp nesses factoides e o golpe segue seu curso tranquilamente,como nesse exemplo:

            https://clickpetroleoegas.com.br/petrobras-vende-navio-sonda-vitoria-10000-por-us-15-milhoes/?fbclid=IwAR0LnY2sPqCdUltWTh7GuK2bBU1vHkqBoXa6C8LQlvdTefah2-vEvuIrT8o

  3. Sr.Fernando.Eles tem milhões de seguidores,como no golpe de 64,A MILICAMA TEVE APOIO DE MILHÕES DE BRASILEIROS.Esse,é um povinho de “MIERDA”,como diria o castelhano,que so fica brabo,quando o seu time,perde.Ah!E adoram eleições.

  4. Pelo amor de Deus, alguém nos livre dessa familícia!!!!!!
    Será que essa tortura nunca vai ter fim??????

  5. Agora o “coiso” mandou cancelar (pode???) todas as assinaturas da Folha de São Paulo no governo(?) federal…

  6. Tarde é desde que que o canalha disse que a ditadura matou pouco, que deveria ter matado 30 mil, entre outras barbaridades, apoiando-se na imunidade parlamentar. Quando, naquele tempo, a Câmara deixou de levá-lo ao Conselho de Ética e não abriu processo de cassação, já começou a ficar tarde. Agora há cerca de dois mil e quinhentos militares inúteis e mal intencionados, espalhados pelas estruturas administrativas em Brasília, há um general sem noção e quase morto mandando recados e ameaças até à Virgem Maria por uma rede social que, provavelmente, ele nem sabe mais que utiliza, dado seu estado de saúde e incapacidade mental, há um vice indígena que se imagina europeu, há um bando de loucos, criminosos e mentirosos espalhados pelos ministérios, há falsários, do tipo que adultera mapas oficiais, há fanáticas em goiabeiras, há três energúmenos delinquentes, que se imaginam príncipes do Brasil, uma súcia a serviço das milícias e do caos dentro do Congresso Nacional e milhões de dementes fanáticos e analfabetos políticos espalhados pelos rincões deste país, só aguardando um sinal da hiena cancerosa que ocupa e imundicia com as próprias fezes e o conteúdo podre de sua mente a cadeira presidencial. Penso que é tarde, sim.

    1. Dou o braço a torcer. É tarde. Percorri o twitter (onde tudo acontece e por onde até se governa o país) depois que Eduardo Bolsonaro e general Heleno falaram em AI-5 e a reação dos comentaristas progressistas e dos líderes e deputados da dita esquerda me fizeram crer que realmente é tarde.

  7. Não está desmentindo, não, Fernando Brito, Eduardo Bolsonaro postou um vídeo no twitter às 16h justificando o que foi o AI-5. General Heleno fazendo eco à ameaça. Olha, é de desanimar, as lideranças de esquerda numa hora dessa não convocam para uma reação nas ruas. Lá no twitter cheio de gente comentando que a história do AI-5 é só pra desviar do foco do caso Marielle que estaria chegando no mandante (acuma? com essa justiça sob coturnos?) e que nós, que ficamos indignados com a ameaça do AI-5 somos “comedores de isca”. Os deputados falando em queixa-crime, código de ética. Haddad falando que Eduardo Bolsonaro tem que pedir desculpas (!!!) sobre várias coisas. Com a esquerda que temos, o melhor é ir dormir. Parece que não entende o que está acontecendo.

    1. Uma informação para corroborar o que você muito bem disse, Renata. O pt está se borrando de medo de interromperem o mandato do bozo porque isto torna complicada a eleição do Lula em 2022 (puro delírio ele recuperar seus direitos políticos). Agentes pagos pelo pt como alguns sites e seus acólitos que não nomeio por respeito ao Tijolaço, mas todo mundo sabe quem são, estão em companha aberta contra o impeachment ou qualquer outra fórmula para derrubar o bozo. Eles chamam isso de democracia e direitos adquiridos de quem ganhou as eleições e nós, povo, temos que aguentar estes estropícios, bozo, bolsomínions e ptmínions durante mais de três anos?

      1. Pode ser, mas tenho uma (duas) pulgas atrás da orelha com o tal DE e imagino que sua informação sobre os ‘agentes pagos’ do tal site de notícia venha do DE. Não sei a causa da moleza das lideranças de esquerda – não estou me referindo apenas ao PT.

      2. Pode ser, mas tenho uma (duas) pulgas atrás da orelha com o tal DE e imagino que sua informação sobre os ‘agentes pagos’ do tal site de notícia venha do DE. Não sei a causa da moleza das lideranças de esquerda – não estou me referindo apenas ao PT.

  8. Ontem acompanhei a CPMI das fakes news pela transmissão do VIOMUNDO e em determinado momento a Deputada Lídece da Mata comentou que o Ministro Dias Tófolli teve o carro cercado por defensores de Bolsonaro que tentaram agredi-lo chamando-o de Hiena do STF. Até agora não vi nada sobre isso na mídia. Será que é proibido falar?

  9. Saiu um apelido pro ato institucional do duda surfistinha: AI-5 cm.
    A ‘dita’ dura do pistolinha não assusta e nem empolga ninguém; tenebroso é aquele general caquético falar em “estudo” para implantar um novo AI-5.

  10. A fala do Eduardo Bolsonaro repercutiu pelo mundo, e se foi levada a sério por alguns sites, outros deram-lhe um toque de humor. A desmoralização chegou a tal ponto que começa a surgir por toda a parte o sentimento de que o Brasil não merece este governo.

  11. Triste ao fundo do poço a que se meteu as forças armadas, patrocinadora dessa lambança institucional. Generais mais preocipados com o reforço de seus soldos, mediucres traidores.

  12. Podem até apagar das redes sociais e amenizar as porcarias que dizem… Mas o Queiroz está lá, a casa do miliciano está lá, coladinha, as evidências do caso Marielle, as rachadinhas, o depósito pra “micheque”. O rastro de sangue, o dinheiro sujo e a reputação podre não apagam jamais… Sorte a nossa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.