Aposentadorias “retidas” subiam, mas só explodiram no fim do ano para fazer caixa

Ontem à noite afirmou-se aqui que o represamento das concessões de aposentadorias era uma “pedalada” do ministério da Economia para ajudar a melhorar seu fluxo de caixa.

Hoje, trago os números que sustentam esta afirmação, contidos na publicação oficial do INSS, o Boletim Estatístico da Previdência Social. Todos eles podem ser vistos aqui.

Em janeiro de 2019, quando o governo Bolsonaro assumiu, havia um total de 682,5 mil processos pendentes do INSS, divididos “meio a meio” entre os dependentes de análise e os que esperavam complementação documental.

Em outubro passado, este número havia subido para 904,7 mil, já agora quase 90% deles por conta de análise e pouco mais de 10% por documentação pendente.

Aceitemos que essa ampliação de 32,5% do estoque de processos (+ 220 mil) , em dez meses, seja o resultado dos problemas operacionais causados pela falta de funcionários.

Mas como, então, aceitar, que em apenas dois meses – novembro e dezembro – o atraso tenha saltado mais de 100% e chegado a dois milhões de processos em atraso?

Como, se com as mesmas deficiências, de setembro para outubro o numero de processos encalhados foi de pouco mais de 30 mil e, nos dois seguintes, teria subido, em cada um, mais de 500 mil?

Em dois meses, o nível de represamento subiu em mais de um milhão e processos e levando em conta que os pedidos, em novembro e dezembro foram supostamente menores, porque quem tinha direito não esperou estes dois meses em que já vigia a “nova previdência”, já alongando o tempo de serviço e a idade necessárias ao pedido.

Só há uma maneira de isso ter sido possível: com uma orientação para não liberar os benefícios no final do ano, como forma de fazer caixa com os recursos previdenciários.

Não é “falha no sistema”, é falha de caráter.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

15 respostas

  1. Para quem teve que lidar com a concessão do auxílio doença (como foi meu caso) teve a chance de saber o que esperar desse sistema.
    Confesso que teve vontade de agredir a mais de um perito/a ,o tratamento que esses VERMES MORAIS oferecem para as pessoas é denigrante.” Todo o mundo é falsário,vagabundo,simulador” ,esse é o lema que incluso é incentivado monetariamente.
    Lembro do presidente do sindicato nacional dessa QUADRILHA dizendo ,ao pleitar aumento para sua gang ” nós poupamos muito dinheiro ao governo,merecemos aumento”.LACRAS.
    Já sobre a aposentadoría,que estou pleiteando , eles voltam e meia exigem novos documentos para ir trancando o processo,mas,eu só quero que me digam que não o mais rápido possível ,para ingressar com processo na justiça.
    BANDO DE VAGABUNDOS DELINQUENTES ,A COMEÇAR PELO JUMENTO PRESIDENTE,EU SÓ QUERO O QUE PAGUEI POR MAIS DE 30 ANOS !!!!!

      1. Vc já tentou denunciar um médico ao CRM? Lembra da “grande preocupação” deles com a saúde do povo quando se implantou o Mais Médicos? Processar um advogado? Neste último caso, não encontrará um profissional disposto a representá-lo. Cara, parafraseando Guimarães Rosa, viver está cada vez mais perigoso no Brasil. Abraço

      2. Vc já tentou denunciar um médico ao CRM? Lembra da “grande preocupação” deles com a saúde do povo quando se implantou o Mais Médicos? Processar um advogado? Neste último caso, não encontrará um profissional disposto a representá-lo. Cara, parafraseando Guimarães Rosa, viver está cada vez mais perigoso no Brasil. Abraço

  2. Canalhas , canalhas , canalhas . Ladrões e mais ladrões . E do outro lado covardes , carneiros prontos para tolerar o virá por aí .
    O resumo do que somos nós hoje .

  3. Só tô com pena de quem não bateu panela e nem votou no Bozo. O resto, que se lasque! No mais, tem uma coisa engraçada acontecendo. A esquerda ganha prêmio Camões, ganha Emmy, recebe indicação ao Oscar, recebe título de cidadão de honra de Paris enquanto a direita ganha Troféu Imprensa e Prêmio Faz a Diferença. Quanta diferença!

  4. Com eu espero há quase dois anos pela minha aposentadoria, já estou qualificado para me tornar o primeiro homem-bomba brasileiro. De preferência explodirei bem juntinho de Guedes e Bolsonaro.

  5. A questão não é somente a liberação de novos benefícios, o governo está atrasando propositalmente os já concedidos para reforçar esse caixa.

  6. Chamemos de pedalada previdenciária embora, é óbvio, não seja causa de impeachment. Até porque Bolsonaro é uma usina de crimes de responsabilidade e há outros melhores em caso de necessidade.

  7. Eu, que tive sete anos e tantos trabalhados numa Estatal DIPOA-(Ministério da Agricultura), como Contratado, não tive isto acrescentado em meu processo de aposentadoria, apesar de o juiz ter dado ganho de causa (a espera pelo resultado durou SEIS anos). Os atendentes sequer me deram oportunidade de falar, ficou por isso mesmo: a advogada recebeu o dinheiro dela e eu fiquei a ver navios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *