Bebbiano sinaliza um “arreglo” ao chefe

Gustavo Bebbiano, agora, tarde da noite, soltou uma nota para tentar amanhecer ainda ministro.

Em duas laudas, diz que Jair Bolsonaro não tem responsabilidade alguma pelos repasses de dinheiro do Fundo Eleitoral. O que, técnica e contabilmente, é verdade.

O problema é que tenta estender para si o mesmo papel, dizendo que os repasses foram “por conta e ordem” dos diretórios estaduais.

Como é por “conta e ordem” algo que é objeto de um cheque do responsável pela destinação do dinheiro?

Como, se na ata partidária publicada hoje pela Folha, fica claro que caberá a ele, como “Presidente da Comissão Executiva Nacional do PSL decidir sobre a distribuição dos recursos”, em razão de critérios político eleitorais?

A nota deixa claro que Bebbiano está disposto a pedir arreglo e virar um molambo que implora, até por telefone, a piedade de Moro e da matilha policial.

Não é mais possível, ao que parece.

Bolsonaro tem a escolha do golpe de misericórdia ou de deixá-lo sangrar a sua insignificância.

Ao que se sente, não vai haver piedade.

A solidariedade que Bebbiano teve nestas primeiras 24 horas se desvanecerá à medida em que se veja que ele se torna um trapo.

O medo do que Bolsonaro pode fazer, não.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

21 respostas

  1. Máfia contra Máfia. Um sabe muito, e se falar poderá causar estragos irreparáveis. Mas está vivo, por enquanto…O outro…tem o apoio das forças que tramaram e executaram o golpe, as milícias, extremistas. Não vão entregar “de graça’…Estar vivo tem seu preço…

  2. No entanto, há uma outra abordagem por aí. Joaquim de Carvalho levantou algo bem mais grave. Bebbiano mexeu no vespeiro do Hospital de Bonsucesso, dominado pela milícia, que decide até quem será operado, tudo abaixo de extorsão e graves ameaças aos infelizes pacientes que procuram o hospital. Se a trilha farejada pelo Joaquim for quente, Bebbiano pode ter mexido no leite dos “garotos” e isso a Águia de Davos, com Carluxo sobre suas costas protetoras, não admitiria, sem contar o risco mortal de encontrarem o que procuram e o que não deveria ser procurado.

  3. mas ele não vai cair atirando?
    se bem que Cunha tbm fez essa ameaça e está calado

    1. Você acredita que EC está preso? Há provas de que ele transitou, livre, leve e solto por Brasília por pelo menos 2 meses, quando se deslocou até a capital federal para supostamente ‘prestar depoimento’. Quando foi pedido o prontuário do “presidiário” Eduardo Cunha, a instituição prisional disse que “iria providenciar”. Mas prontuário de preso não é algo que se produz “a la carte”, atendendo a pedido de um “freguês”; qualquer estabelecimento prisional, POR LEI, deve ter o prontuário de TODOS os que ali estão internados/custodiados.

      Lembre-se da célebre frase dita por “MT” ao Joesley Batista: Tem que manter isso, viu!”. Então, consegur deduzir por que EduardoCunha está calado? Aliás, ode ele está mesmo? Por que NINGUÉM da família dele (mulher e filhas, que gastavam horrores em compras de luxo no exterior e no Brasil) sequer são citadas no noticiário e por que os cruzados lavajateiros sequer mencionam as falcatruas (investigar? Ha, ha, ha…) da família Cunha? Elaborando respostas para as perguntas, você pode deduzir as razões que levam EC a manter-se silente, em local desconhecido.

      1. onde eu falei que Cunha está preso?
        sei bem de tudo isso que vc. falou, não precisa me explicar nada
        basta vc. ler e tentar entender o que escrevi, sem deduzir nadas

        apenas digo que ele ameaçou e depois se calou – e fim.

        1. Eu não afirmei que você disse ou afirmou que Eduardo Cunha esteja preso. Apenas externei perguntas que todos devemos fazer.

          A maior parte das pessoas se esquece dos escândalos e das falcatruas de personagens públicas, tão logo as manchetes sejam ocupadas por outros escândalos mais recentes, com outros protagonistas.

          Eu não disse que você sabe, ou não, acerca do que escrevi. Até porque você se declara auto-suficiente, dispensando qualquer explicação, não é mesmo?

          Você nada diz ou sugere sobre onde e como está Eduardo Cunha. A única coisa que você afirmou é que ele se mantém calado. O que fiz foi apresentar dúvidas e perguntas que levem os leitores à reflexão. Se você sabe as respostas às perguntas que fiz, considero mais sensato publicá-las, em vez de criar polêmica e bate-boca virtual comigo.

  4. Meio off-topic, mas estava acompanhando uma postagem do Brasil247 sobre o Bozo usar uma camiseta falsificada do Palmeiras em meio a uma reunião sobre a reforma da previdência e um fato me chamou a atenção. Senti ânsia de vômito ao ver que um ser abjeto como ele tem mais de 10 milhões de seguidores no Instagram e aquela postagem mais de 365 mil likes. Ou seja, fez propaganda sobre como vai ferrar a aposentadoria do povo e ainda a legião de bucéfalos, pobres e classe média, diga-se de passagem, festejam na Internet sua própria desgraça. Pobre Brasil, um país que não tem povo que luta por seus direitos é facilmente devorado por saqueadores colonistas como essa corja que colocaram no Poder.

  5. De repente todo mundo só fala em Bebiano, um desconhecido que o neofascismo colocou no centro da cena pública brasileira. Mas acontece que é hora de gritar, por que estão arrancando o coração do Brasil. Privatização do Banco do Brasil é uma coisa que não existe, o que vai acontecer é a destruição pura e simples do Banco do Brasil. Transformado em banco privado, será mais uma tamboretezinho a ser comprado futuramente por um Itaú ou um Santander da vida. Ou será que, privatizado, o BB prestará melhores serviços ao Brasil, à sua agricultura, ao seu progresso? O criminoso que está em sua diretoria diz que, privatizado, o banco será “mais eficiente”. Pode ser, mas seu lucro não será mais da União, e sim, de meia dúzia de endinheirados sem qualquer compromisso com o progresso da Nação.

    1. Reduzir a discussão ao lucro é artimanha do privatista. A importância estratégica dos bancos públicos é milhões de vezes maior que o mero lucro. Porque um instrumento de regulação de dimensões continentais não tem preço, assim como o financiamento da Agricultura, a segurança alimentar de 200 milhões de habitantes, exportações, etc. são bens infinitamente mais valiosos que o lucro de qualquer banco.

  6. :
    : * * * * 04:13 * * * * * : Eles (Ou Mal lutar é lutar mal)

    Nunca se viu povo tão idiota
    militando contra a própria sorte!…
    Mesmo toda paciência se esgota
    quando os “fracos” idolatram o “forte”.

    E ainda esperam alguma cota…
    Coitados! Que o tempo não lhes corte
    a memória em meio à tal rota
    da vida indo ainda mais para a morte…

    ……………………………. Cláudio Carvalho Fernandes
    ……………………………. (Poeta (anarcoexistencialista))

    Poema dedicado ao eleiTORADO brasileño, no pós-eleições de 2018…
    (Se é que não houve participação ativa da maquininha caixa-preta do TSE nos resultados de 2018…)

    :.:

    Poema “Z”

    Para Dilma, Lula e o PT e todos/as os/as progressistas do mundo inteiro. Sinta-se homenageado/a, também.

    Penso

    Logo(S)

    ReXisto

    :.:

  7. Como comentei na última nota deste Tijolaço, se esse diretor do laranjal tiver alguma hombridade, em vez de arreglo ao pitibull do clã criminoso e às matilhas do Estado policial, o que ele deveria fazer é jogar toda a [email protected]#$ no ventilador, como fez Pedro Collor há quase 30 anos. Se Gustavo Bebbiano fizer isso, dizendo tudo o que sabe, não há como o generalato golpista manter-se escondido, usando o clã Bozo para personificar todo mal que as instituições e aparato repressor do Estado (Polícias, FFAA, MP, PJ, oligarquias da finança, do latifúndio, do empresariado…) têm d feito ao País.

    1. Concordo plenamente.

      Mas antes, faria uma viagem a um país mais civilizado (levando a família junto) e de lá é que jogaria as coisas no ventilador.

      Estratégia de defesa pessoal contra bandidos – fardados ou não.

  8. Eu em lugar dele procurava o passaporte e voltava correndo para Miami. Não ficaria de bobeira no Rio. Vai que é vítima d alguma bala “perdida”, também conhecida como queima de arquivo. PC Farias está aí para dar o exemplo.

  9. “… Se eu cair, o governo cai junto.” – Esses arroubos, no Brasil, já caíram no ridículo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.