Bolsonarista derruba cruzes pelos mortos da Civid. Veja

Muitos devem ter visto, nos jornais da manhã, o protesto pacífico de uma ONG, a Rio de Paz, que escavou e marcou com cruzes 100 covas simbólicas, para homenagear os mortos da pandemia.

Horas depois, um imbecil bolsonaristas entrou na areia – sem máscara, como costumam andar – e derrubou dezenas de cruzes.

No vídeo abaixo, você verá a revolta de um homem que perdeu seu filho para o vírus, recolocando no lugar as cruzes de madeira.

É este o nível de selvageria que os negacionistas da extrema direita atingiram, como um resultado de um presidente que diz “e daí” diante de dezenas milhares de mortes e, instado a agir, diz que não é coveiro.

Mas seus apoiadores, simbolicamente, são profanadores de túmulos, porque não respeitam a memória dos mortos e os sentimentos dos vivos.

Um dia, se não sumirem como covardes que são, vão acabar apanhando na rua.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

17 respostas

  1. Não sei não.
    Esse vândalo aí está com pinta daqueles milicos aposentados que moram em Copacabana.
    Aposentados aos 40 e poucos anos, ficam com a pele curtida de tanto não fazer nada na praia e no calçadão.
    Quem conhece o bairro sabe que são milhares assim.

  2. Bolsonaro e sua máquina de propaganda genocida são responsáveis diretos pela tragédia que o Brasil enfrentará.
    Cada dia de sobrevida do energúmeno na presidência equivale a mais brasileiros mortos.
    A inação do TSE e do Legislativo ao não arrancar o bando que se apossou do Planalto é TAMBÉM criminosa…

  3. Pior que é um tiozinho viúva da ditadura, se leva uma bofetada de um cara mais novo, cai duro.
    Eles acham que podem tudo, todo dia afrontam qualquer um, uma hora a tolerância vai acabar.

      1. O que será que o faz revoltado? A lembrança o impede de manter sufocada sua consciência pesada?

  4. O Brasil isolado do Mundo, vive sob a Lei de Murphy *

    O Governo Bolsonaro é o principal fator que aprofunda a crise do coronavírus, devido sua atitude estamos entrando numa espiral descendente de aniquilação do Estado e da Nação.

    As medidas de relaxamento no isolamento em todos os Estados do Brasil seguem as diretivas do Governo Bolsonaro em maior ou menor proporção, mas pouco se diferenciam.

    Este relaxamento, alem de causarem mortes que podem ser evitadas faz com que o Mundo tome medidas protetivas contra o país. Isolado politicamente devido ao atual doentio governo, agora o Brasil sera isolado por medidas sanitárias, cada brasileiro será visto como um agente portado de doença altamente contagiosa e portanto segregado, separado do mundo, o que per si já é uma tragédia. Mas a catástrofe não para por aí, devido a inoperância de nosso governo milhões de brasileiros devem morrer ao longo dos anos, devido ao fato que o coronavírus permanecerá ativo e provavelmente mais letal, se hoje ele atinge letalmente as pessoas da faixa etária acima de 60 anos, 16% da população, e uma taxa inespecífica de portadores de comorbidade, nada indica que ele ficará restritos a estes grupos. Pelo história conhecida das pandemias, os vírus tendem a se adaptar até atingir a maioria da população, ofendendo-os mortalmente dependendo do grau de sua letalidade até atingir o efeito rebanho, porém o Covid-19 tem mostrado uma nova face, a recidiva, ou seja pessoas recuperadas se reinfectam. Diante disso e da omissão do governo em relação ao isolamento total, o a Covid-19 no Brasil se tornará endêmica e todas as pessoas se infectarão e se reinfectarão, o que baseado nos resultados disponíveis até agora, nos levará a uma supressão de grande parte da população e nosso declínio como Nação.
    No entanto ainda há uma saída, a que é o isolamento total ou não haverá gente para enterrar os mortos, sem contar que outras pandemias podem aparecer enquanto o Covid-19 está grassando. Parece apocalíptico, pessoalmente gostaria de chegar a outro resultado lógico, mas é, este será o resultado e não queremos ver, assim foi na chamada Gripe Espanhola e se repete agora, lideres inconsequentes como o Governo Bolsonaro nos encaminham para um desastre desta monta. A Organização Mundial da Saúde- OMS diz isso claramente todos os dias, não ouve quem não quer, nos enchemos de falsas esperanças com resultados de tratamentos precários que são derrotados pela recidiva ou pela espera de uma vacina que se vier a ser produzida e efetiva, levará alguns anos para ser produzida e ser aplicada em toda a população mundial e o Brasil está fora do Grupo de Cooperação Mundial Para a Produção da Vacina Anti Covid 19.

    Obs.: Em uma visão ampliada na lógica proposta, este mesmo raciocínio se aplica aos EUA e levará à sua derrocada como Império.

    *Lei de Murphy : “Qualquer coisa que possa ocorrer mal, ocorrerá mal, no pior momento possível”

    Esmael Leite da Silva
    1162020 https://uploads.disquscdn.com/images/7f3ab68909ae5fdae0b680a441e9d7e456929352858bda3461b778ffda640f30.jpg

  5. Me parece que Brasil está enfrentando pela primeira vez um desafio para continuar existindo como a nação que ninguém explica como existiu até agora. A história oficial é babaca. Heroicos marechais, retumbantes generais…Nada disso: grilagem, os Andes, a floresta. Deu certo. Na Europa todos esses heróis teriam sido triturados, moídos a pancadas. Mas agora há um vírus competente, um governo escroto, burro e uma população que até agora foi mais inerte que gás nobre, mas não é gás nobre. O vírus e o povo miserável, destratado, com fome farão maravilhas. O heroicos de “selva! selva!” que se cuidem. “Naonde”, (como diz o povo que os marechais nunca trataram), vai a destruição da selva pelos criminosos que os heroicos retumbantes patrocinam? Em pouco tempo seu “grito de guerra” será “capim! capim!”. Como é possível que esses estúpidos não tenham consciência do que pode acontecer num país com fome, sem esperança e com um vírus competente comendo o rabo de todos? Gritem, patetas: “retrovírus!, retrovírus!”. Heroicos, retumbantes, ribombantes.

  6. Para tudo na vida há limites. Um dia destes e estes ventríloquos de meia tigela vão sofrer uns petelecos nas orelhas. Com força, pois a mágoa é grande!

  7. Para tudo na vida há limites. Um dia destes e estes ventríloquos de meia tigela vão sofrer uns petelecos nas orelhas. Com força, pois a mágoa é grande!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.