Corte de cargos pode paralisar universidades federais

O decreto assinado ontem por Jair Bolsonaro, extinguindo 21 mil cargos e funções gratificadas tem um alvo certo: as Universidades e Institutos Federais de Tecnologia.

São 11.261 funções com as quais se estrutura a administração das 70 universidades federais, com seus 1,3 milhões de alunos. E mais 1.870 funções comissionadas de Coordenação de Curso – FCC – destinadas aos professores que exercem  a coordenação acadêmica de cursos técnicos, tecnológicos, de graduação e de pós-graduação nas instituições federais de ensino.

Além disso, 119 cargos de direção e 460 outras funções, nestas escolas.

A grande maioria, gratificações modestas, variando entre pouco menos de R$ 300 e R$ 900.

Sem elas, porém, o seu funcionamento vira um caos.

Isso, na cabeça dos olavetes que controlam o Ministério da Educação, deve ser uma medida saneadora pois, segundo o seu guru, o astrólogo Olavo de Carvalho, “A Universidade brasileira é distribuidora de drogas e nada mais”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

31 respostas

  1. Começa, efetivamente o governo bolsonaro. Cuja grande missão é destruir o país, e principalmente destruir a possibilidade de pessoas da base e do meio da pirâmide social virem a estudar. Cabe uma pergunta neste momento crucial : – Este governo é mesmo o governo dos militares?

    1. Parece que estão perdendo a queda de braço. Pra população é muito pior que a ala ideológica olavista esteja ganhando, pois as forças armadas têm quadro técnico que poderia agir de forma impessoal e profissional. Já os haters só querem desconstruir, sem qualificação nenhuma. Porém, na hora em que for tudo pro buraco, os militares vão responder por esse hospício, haja vista que estão lá legitimando o (des)governo. Ninguém vai querer saber quem foi quem e em que ministério. A população vai associar governo Bolsonaro e governo dos militares e ponto.

      1. Esses milicos come e dorme são vice do Bozo, eles parasitaram tanto este desgoverno, que faltou espaço para os Magnos Maltas da vida.
        São igualmente asquerosos, só não estão sob os holofotes

      2. Não . nõ estõ neda. pace que eãto desconfiando de albergo… Breve e
        ser]ão surperencdido ´po r que estiverf teento.,

  2. Olavo de Carvalho é um agente da CIA.

    Conheço esse cara desde o tempo que o PT assumiu o poder lá em 2003 e O Globo passou a dar espaço a ele, com suas teorias conspiratórias que seria caso psiquiátrico – não fosse uma missão de um agente infiltrado.

    Pouco tempo depois, estava frequentando as páginas da revista do Clube Militar. Um agente da CIA nas barbas dos generais!

    1. Infiltrou-se entre os militares, da mesma forma que fez Francisco Glicério, o agente dos barões paulistas do café, para que eles dessem o golpe de estado de 1889. Só que ele não tem o gênio intelectual de Glicério, e nem está trabalhando como ele para a elite nacional, que naquela época já era americanófila, frequentadora da bolsa de NY pelos negócios do café. É um reles entreguista e falso louco, que copia artigos e ideias de ultra-direitistas americanos que lá, são tratados até pelos republicanos como um caso de psicopatia. Ele não se incomoda em ser uma pústula para os grandes intelectuais brasileiros, desde que, com seus métodos de mascate, convença as principais fontes de poder.

        1. Não, Guanabara. O Tea Party é muito mais civilizado do que ele. Muito mais popular e acessível. Ele bebe na turma que, lá nos EUA, é profundamente intelectual, mas para lá de conservadora. Mutatis mutandis, seria algo como se a Damares continuasse basicamente com suas mesmas ideias goiabísticas, mas as expressasse como se tivesse doutorado em Yale.

    2. Eu conheci esse verme em 2002. Mesa época eu assinava o JB e ele escrevia uma coluna, cujo espaço era preenchido por todo tipo de nonsenses. Às vezes ele se dedicava a atacar Carlos Nelson Coutinho, que elegantemente ignorava cada texto, pois não via utilidade dar ainda mais visibilidade ao idiota. Eu fazia, nessa época, um curso com o Carlos Nelson, então comentávamos em sala os despropósitos

      1. Não me lembro do Olavo no JB. Porém, naquela época já estava bem mal, principalmente nos editoriais.

        Cancelei minha assinatura no início de 2003, e ao me perguntarem o motivo, respondi: “o governo que vocês tanto defenderam (FHC) acabou com meu poder de compra”.

  3. Esse senhor que mora nos EUA fala das universidades brasileiras como se trabalhasse em alguma. Ele já deu aula em alguma delas? Estamos vivendo a era da insensatez.

    1. E eis aí um despertar muito amargo, à medida que as universidades desmoronam. Será que conseguirão usar seus cérebros para reagir à esta violência extrema, que ameça o futuro do nosso país?? LULA LIVRE !!!

  4. Não tenham dúvidas, estas aparentes maluquices da trupe que está no Poder tem um objetivo: destruir o Brasil, massacrar o povo.
    E o pior, tudo que eles falam é aceito, por mais louco que seja, porque eles têm o aval do antipetismo, ódio que a Lava Jato instalou fortemente no inconsciente das pessoas.

    1. O exercício em que o GOLPE subverteu a forma de pensar e enxergar coisas no nosso país é de uma eficiência realmente espantosa; até gente que estudou e sabe, por exemplo, ler e escrever, se revela reacionária, raivosa, babando contra o PT e tudo o que o Partido dos Trabalhadores fez pelo futuro do nosso país e de seu povo. Pavlov ficaria embasbacado com isso.

  5. Não pode paralisar, irá paralisar. É mais uma medida saída de alguma cabeça de planilha, cuja principal função é a de apartar uma orelha da outra.
    Além disso é burra por natureza, pois, nenhum gestor com o mínimo de noção daquilo que faz e das consequências dos seus atos comete esse tipo de corte linear e generalizado. Arriba de todo em termos financeiros o impacto sobre as contas públicas é ridículo. O orçamento da União para 2019 monta a 3,381 trilhões de reais. Destes, 759 milhões (22%) vão para o serviço da dívida, destinando 2,483 trilhões para gastos e investimentos e restando um déficit de 139 bilhões. Uma economia de 195 bi, embora seja uma montanha de dinheiro para qualquer mortal, representa 0,008% dos gastos primários do governo e traz uma redução do déficit de extravagantes 0,14%.
    Claro que, em uma terra de beócios, vai ter um monte de tranqueira batendo palmas. Como de hábito, adoram bater palmas pra louco dançar.
    E como não poderia deixar de ser – já que qualquer plano ou medida aplaudida pelo mercado obrigatoriamente tem que ter o pressuposto do povo se foder – vai cair no lombo dos barnabés, dos carregadores de piano. Do total de 21.000, somam 14.409, ou 68%, os que ganham menos de R$ 500/mensais de gratificação. Abaixo segue um resumo do quadro geral. Não sei se é para rir ou desatar no choro. A única satisfação que me resta é, que destes, os que estão levando na tarraqueta agora, no mínimo um 15 mil votaram no Bozo.
    https://uploads.disquscdn.com/images/7d2f8cb57731e50ebaf961b5d9bea89cfb9799310773d6220896d9c141ae6f76.png

    1. Idem: “A única satisfação que me resta é, que destes, os que estão levando na tarraqueta agora, no mínimo um 15 mil votaram no Bozo.”

    2. Podemos ter certeza de que os bilhões do bradesco e do itaú estão mais do que nunca garantidos, enquanto povo sua e geme para comprar o pão de cada dia. Isso quando tem trabalho.

  6. A que ponto esse BraZil desceu ! Chegar-se a ter como “guru” um canalha desses é a perda da perda de todas as perdas…

  7. E temos aqui este “pelotão” de cretinos em Brasília, que acreditam estar em alguma “batalha” contra algum dragão imaginário, implantado em suas mentes simplórias por algum estatístico-sociólogo de uóchinton, que obedientemente, desmontam, esfacelam e arrasam a universidade brasileira. Eles sequer se dão conta do que seja o termo universo, ou universidade. Devem imaginar que CONHCIMENTO é nome de uma mini-série do Discovery Channel. LULA LIVRE !!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *