Covid: casos dobram em 1 mês. Rio tem dia com mais casos da pandemia

Guilherme Boulos foi um, o mais notório, entre os 51.922 casos de pessoas detectadas como portadoras do novo coronavírus, o maior número de infecções diárias desde o início de agosto.

Com isso, a média móvel semanal de casos disparou para perto de 34 mil diários, marca que nunca foi alcançada desde o feriado de 7 de setembro.

A situação é especialmente grave no Rio de Janeiro, onde os 5.412 casos anotados de ontem para hoje foram a maior marca atingida ao longo de toda a pandemia.

O número de mortes, 587, se manteve no patamar de meio milhar por dia mas é inevitável que, com a elevação do número de casos crescendo nesta velocidade – desde a primeira semana de dezembro, quando totalizaram 118 mil, para a que se encerrou hoje (com 237 mil no total) aumentou em 100%) – é inevitável que entrem em uma espiral ascendente.

O povo brasileiro votou e está votando sem ter ideia do que nos vem pela frente.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *