É o contrário, Carluxo: rápidas transformações, só as que a gente não quer

O filho pitbull de Jair Bolsonaro, Carlos, cometeu mais um ato de sincericídio no Twitter, ao afirmar que “por vias democráticas a transformação que o Brasil quer não acontecerá na velocidade que almejamos”, seguida de um ameaçador e enigmático “se isso acontecer”…

De alguma forma, ele, porém, tem razão: nos últimos tempos, rapidamente, só têm acontecido as transformações que o Brasil não quer.

Não saímos, em poucos meses, de uma ordem democrática para um autoritarismo nem tão disfarçado?

Não deixamos de ser tolerantes e transformamos o convívio social num festival de ódios em apenas dois ou três anos?

Não vendemos, em poucos meses, a BR distribuidora, que construiu por décadas a liderança na distribuição e comercialização de combustíveis desde os poucos “postos Petrobras” dos anos 60? Não vamos vender, num megaleilão, o resultado do trabalho e da capacidade brasileira de encontrar petróleo no pré-sal? Ou liquidar, na bacia das almas, os centenários Correios?

Também não tiramos, quase que num estalo de dedos, dos trabalhadores os direitos que, desde os anos 40 do século passado e estamos fazendo o mesmo com as aposentadorias?

Construir é lento e destruir é veloz.

Rápido só se pode fazer o mal. O progresso social, mesmo quando há revoluções políticas têm caráter democrático e popular, é necessariamente lento, porque demanda trabalho, educação, investimento, definição de objetivos estratégicos e inserção soberana do Brasil no mundo.

Tudo aquilo que o governo de seu pai despreza, a começar pela democracia.

Mas não se negue a capacidade dos Bolsonaro transformar: afinal, estamos mesmo virando selvagens com ele, talquei?

 

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

16 respostas

  1. O mais triste é ainda ver, aqui no Nordeste, trabalhadores de 1 ou 1,5 salário-mínimo apoiando o “capitão” e repetindo que tudo é culpa do pt, que saiu do governo em maio de 2016. Um dos piores obstáculos à volta da DEMOCRACIA é a total ignorância política de imensa parte da classe trabalhadora. Que se perde em conversas familiares ou com colegas de serviço (dos que ainda estão empregados) sobre o último capítulo da novela ou do resultado do futebol do final de semana. Enquanto isso for mais importante que analisar os problemas do país, não teremos um país sério.

    1. As pessoas comentam p ter o q conversar
      Entao a curto prazo a unica soluçao a vista e q pessoas comecem a falar de problemas locais da comunidade e rechaçar qualquer discussao sobre novela ou futebol (menos o South Park q estreia em 3 ou 4 semanas a nova temporada com sorte Bozonaro sera retratado.

    2. Permita-me discordar de sua colocação sobre o nordeste. Moro na área rural do sertão norte baiano e os sertanejos que apoiam Bolsonaro, na faixa de renda mencionada por vc, não são exatamente maioria. Se qualquer forma, são pessoas simples, que sofrem grande influência dos evangélicos e das rádios locais, em sua maioria extremamente reacionárias. O que choca é ver pessoas da classe média, com bom nível de escolaridade, apoiar o que está aí. No meu município (70 mil habitantes), apenas 25% votaram no Bolsonaro e, em sua maioria, moradores na sede

      1. Ah, as rádios! Já fui, inclusive, censurado por mencionar a postura fascista da esmagadora maioria do pessoal de rádio. Não sei se por aqui, mas, volto a dizer que, tanto quanto a praga evangélica e seu maldito e sanguinário deus do esquizofrênico abraão, as rádios, por esses interiores do país, e, talvez, na mesma medida da falaciosa globo, são instrumento de desinformação e de deformação da mente de pessoas simples, que costumam acordar e ir dormir ao som do rádio. Não sei se essa cultura de radialistas de extrema direita é algo do meio, exclusivamente, ou se se deve ao fato de serem proprietários da maior parte das rádios aqueles mesmos elementos daninhos, desclassificados que compõem o baixo clero do legislativo e se derramam pelos legislativos estaduais. Esses tais radialistas costumam mentir e desinformar de forma deliberada, imoral e mesmo criminosa sem nunca ser incomodada pelos órgãos de fiscalização do governo. Ainda não descobri se são canalhas mesmo ou se apenas se acomodam aos pés do patrão, como os cães, guardadas as exceções, que são poucas.

  2. Mas nesse ponto ele tem razão. As transformações que os bolsominions querem JAMAIS serão feitas pelas vias democráticas.

  3. Carluxo diz que “todo dia só vejo a roda girando em torno de seu próprio eixo”. Parece que está prisioneiro de uma ideia fixa.

  4. O PIG fica horrorizado com o governo do Coiso só até a página econômica. Aí é só elogios, como se um não dependesse do outro. “Apoiamos a privataria, mas fala diferente pra disfarçar”. Hipócritas merecem esse governo! Tomara que apanhem muito ainda. Merecem um Aras na PGR!

  5. Este filhinho de papai deve estar tomando muito Gardenal com querosene, só pode! Fala ai seu debiloide: Quem tem peito de dar um golpe de Estado??? Seu pai que é um rola bosta,o Mourão, ou aquele general que já morreu e esqueceram de enterrá-lo. O judiciário que é uma galinha morta ? De modo que um golpe de Estado com uma economia que já está no Brejo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!11
    Fala ai seu cagão???

  6. Um, o 03, aparece com arminha na cintura e logo em seguida o 02 falando contra democracia. O 01 fica meio calado pra ficar fora do foco da imprensa por causa das suas falcatruas reveladas. O rei elogiando ditaduras costumeiramente. A rainha com familiares na marginalidade e receptadora de cheques de origem desconhecida… Agora, me diz, que país no mundo é comandado por uma família desse porte a não ser uma republiqueta perdida no meio da África cheia de conflitos tribais?… O Brasil, do tamanho que é, não merece o que está passando. Uma vergonha.

  7. http://www1.folha.uol.com.br/colunas/vladimirsafatle/2016/03/1751218-o-suicidio-da-lava-jato.shtml – em 18 de março de 2016 o Filósofo e Professor da USP Vladimir Safatle escreveu ” Passam-se os dias e fica cada dia mais claro que a comoção criada pela Lava Jato tem como alvo único o governo federal. Por isso, é muito provável que, derrubado o governo e posto Lula na cadeia, a Lava Jato sumirá paulatinamente do noticiário, a imprensa será só sorrisos para os dias vindouros, o dólar cairá, a bolsa subirá e voltarão ao comando os mesmos corruptos de sempre, já que eles foram poupados de maneira sistemática durante toda a fase quente da operação. O que poderia ter sido a exposição de como a democracia brasileira só funcionou até agora sob corrupção, precisando ser radicalmente mudada, terá sido apenas uma farsa grotesca.”” É um Profeta né?

  8. Viram no que deu, foram ser republicanos com este tipo de gente, este tipo, fascista, é na pedrada.

  9. Por que será que o Carluxo está tão surtado? Será por causa da CPMI das fakes news ?
    Para quem sabe ler um pingo é letra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *