Educadora da “ótica de Deus” é nova vítima do MEC

Iolene Lima, que ficou conhecida na internet por um vídeo onde dizia que a educação deve ser “baseada na palavra de Deus, onde a Geografia, a História, a Matemática vai (sic)  ser vista pela ótica de Deus” é a mais nova vítima do canibalismo que impera no Ministério da Educação.

Esta madrugada, no Twitter, ela anunciou que não faz mais “parte do grupo do MEC”, apenas sete dias depois de confirmada no cargo pelo Ministro Ricardo Vélez.

É o terceiro corpo estendido no chão da Secretaria Executiva da pasta.

Brasil acima de tudo, Olavo de Carvalho acima de todos!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

11 respostas

  1. Mais uma para a série:
    -Olha a chuva!
    -É mentira!

    Até onde vai essa quadrilha (nos dois sentidos)?

  2. UMA DEMENTE MENOS A NOS FAZER DESCER AO INFERNO.
    O desgaste provocado pelas idas e voltas ,já provoca um desgaste entre aqueles IMBECÍSque votaram no miliciasno só por ódio aos pts ,isso é perceptível no desencanto de muitos “odiadores” contumazes dos lulistas.

    1. Não, não estamos! Ouvi dizer que eles vão chamar o próprio. Só não sabem ainda se será o do esquizofrênico Abraão ou o verdadeiro. Mas eu aposto que será o dos doidos dizimistas.

  3. O que querem mais? A moça reúne todas as qualificações! Ela enfia deus em tudo e acima de tudo. Português? Português não percisa. Deus entende.

  4. Comunico ao chefe dos três bocós togados que pretendem tungar 2.5 bilhões de reais para fins escusos em nome da “luta contra a corrupção”, que estou tomado de forte emoção. O povo brasileiro é muito emotivo. O bocó mór nos mostrou o caminho: sob forte emoção temos o direito de mandar essa corja para a casa do Carvalho. Acim ceje!

  5. Sou otimista. Temos psicopatas no poder. “Criança, não verás nunca um país como este.” Ou “minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá, as aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá”. Meu Brasil de menino. Tomado agora por ladrões com vilegiatura. Um país que foi sábio, que teve governos ruins e bons. O normal. Mas que tem agora uma briga de quadrilhas criminosas para “governá-lo”. Psicopatas mansos, podem ser tratados. Psicopatas agressivos como esses que estão aí, cacete, cacete até que fiquem mansos. Continuo otimista. O Brasil voltará a ser o País que eu queria quando era menino. Estou tomado de forte emoção.

  6. a doidivana semianalfabeta já vai tarde. E reparem que ela deve fazer parte de uma `elite` intelectual dos zelotas desdentados que tenta dominar o país. Imaginem o resto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.