Ela não precisa saber…

A reportagem da Folha, em parceria com o The Intercept, revela que os procuradores da Força Tarefa da Lava Jato sonegaram, deliberadamente, da Ministra Rosa Weber, do STF, trechos da escuta feita sobre os telefones de Lula e de seu advogado, Roberto Teixeira, às vésperas da condução coercitiva que prendeu, por algumas horas, o ex-presidente no Aeroporto de Congonhas, no início de março de 2016.

Tinham medo – alegavam – que as informações vazassem no Supremo Tribunal Federal – vazamento bom eram só os que faziam – e chamasse a atenção para o “bote” sobre Lula que já estava determinado por Sergio Moro e se realizaria poucos dias depois.

E pedem a interferência de Moro junto à Ministra, de quem tinha sido assessor, para deixar com eles o caso:

Deltan- Não tem nada de errado tentar convencer a Rosa Weber ou um diálogo com ela… e a simples publicidade vai colocá-la na parede, aí sim concordo, quanto às decisões que ela vai proferir…

Não há informações para dizer que Moro fez este contato, mas fica evidente que a Lava Jato o fez, enviando o chefe de gabinete de Rodrigo Janot, Eduaro Pelella, para uma conversa com seu homólogo no gabinete de Weber:

Eduardo Pelella – Informações entregues. Memoriais entregues, de novo, também. Boa conversa com o chefe de Gabinete dela. Mas o cara é fechadão

Deltan- Sensacional!!!! Obrigado!!!

Rosa Weber não deu a decisão liminar pedida pela defesa de Lula e, com isso, abriu espaço para a realização da espalhafatosa condução coercitiva do ex-presidente.

Na prática, fica caracterizada a deslealdade processual, tanto que, ao recusar o pedido de Lula para que se sustasse as investigações até que se decidisse se o processo contra ele seria de competência da Justiça de São Paulo ou, como ficaria sendo, da de Curitiba.

Mas, a esta altura, falar em lealdade e Operação Lava Jato chega a soar debochado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

17 respostas

    1. Por isso o intercept devia selecionar so algo q comprometa trump e enviar para os democratas por q la o treco anda.
      Ai o marido do Bolsonaro leva um impeachment e o bozozo fica latindo q cortara relaçoes se warren binden sanders bloomberg vencer as eleiçoes

    2. O blogueiro Luis Fernando Miguel diz o seguinte: “As revelações da Vaza Jato estão comprovando de forma cabal que houve uma conspiração para retirar Lula das eleições de 2018. Já há indícios mais do que suficientes para sustentar a anulação do pleito. No entanto, passado o susto inicial, a Vaza Jato tornou-se parte da paisagem. Suas novas denúncias passam quase em branco, não importa o quão grave sejam. A elite política, os poderes de Estado e a mídia parecem conviver bem com um presidente eleito de forma fraudulenta e um ministro da Justiça corrupto”. https://revistaforum.com.br/politica/por-que-bolsonaro-nao-cai/

  1. Este timing do Intercept domesticado pela Folha é excelente. Como a Folha torce para a prisão em segunda instância, esperaram Rosa Weber dar o seu voto para só então publicarem a sacanagem que os bandidos lavajateiros fizeram com ela. Enquanto isso, o Intercept contina sentado sobre os 2000 áudios que anunciaram ter. Como os áudios são periciáveis, não são publicados. Por que será? Para permitir a Celso de Mello e Gilmar Mendes adiar o quanto puderem os votos sobre a suspeição de Sergio Criminoso Moro?

      1. Você continua não entendendo o papel do jornalista. A obrigação dele é publicar as provas dos crimes dos agentes públicos, dos quais se tornou ‘depositário’. Não interessa que o STF tenha ou não medo de algo contra ele. E é uma idiotice esse argumento de esperar ‘que os áudios já liberados surtam efeito’. O que interessa, e é obrigação do ‘depositário’, é que o público tome conhecimento dos fatos e não fique à mercê dos interesses de uma imprensa criminosa tornada ‘parceira’ do depositário. Nem muito menos que o ‘depositário’ comece a se comportar estranhamente como se tivesse seus próprios interesses como filtro para o que publica ou não.

    1. O Glen já disse que trm muita coisa de conversa pessoal nos áudios. E ele está certo em filtrar as informações. Não pode correr o risco de expor dados pessoais desses canalhas, sob o risco de ser processado Precisa desenhar? Correr para publicar tudo pode comprometer a seriedade da reportagem.

      1. Já são 5 meses – 145 dias – desde a primeira publicação. A página https://www.vazajato.me/ exibe linha do tempo com todas as reportagens da VazaJato. Eis uma estatística com o total de reportagens mês a mês:
        — Junho: 17 — Julho: 27 — Agosto: 29 — Setembro: 22 — Outubro: 5

        A crença, como o desenho, é livre.

  2. A força-tarefa de Curitiba omite informações ao STF e a PGR. Omitiu porque não confiava, Rosa. Simples assim. E toda força-tarefa está como índio, ou seja, inimputável. Grave assim.

  3. “Não tem nada de errado em colocar a ministra Rosa Weber contra a parede para que ela fique do nosso lado”. O que será certo ou errado para o Deltan? Será que o errado para ele seria não estar em tudo de acordo com o Moro? Se o Moro não concordasse com suas iniciativas, ele poderia estar em maus lençóis? Parece que não há para ele outro parâmetro de errado ou certo. E a ministra Rosa está exposta ao desdém público só por ter tido um estagiário pancada.

  4. Concordo com o blogueiro Fernando Horta quando diz: “Ocorre que ela (a Vaza Jato) parece ter perdido o timing da fraqueza atual de Bolsonaro. Nos momentos mais críticos, em que há um esforço conjunto na tentativa de tirar do transe demencial os eleitores da família miliciana que nos governa, o The Intercept não surgiu com a sua contribuição. E não foram apenas uma, mas várias oportunidades perdidas. Tanto Moro, Dallagnol como o próprio Bolsonaro tiveram momentos de estarem “nas cordas” e sempre se dá tempo para que eles reajam. Afinal, o que quer a Vaza a Jato?” https://jornalggn.com.br/artigos/o-que-quer-a-vaza-a-jato/ Para mim e para muitos a Vaza Jato não empolga mais. Caiu na mesmice. E acho que só vai sacudir mesmo a poeira a hora que publicar uma revelação bombástica, capaz de arrasar quarteirões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *