Eleitor de Lula ainda não sabe que Haddad é Lula

Muitos leitores duvidaram aqui quando escrevi que o “Potencial do Candidato do Lula é de 49%‘, informando que, segundo o Datafolha de 11 de setembro.

Espero que acreditem agora, quando é a própria Folha quem, com dados da pesquisa desta madrugada, diz serem 33% os que votariam com certeza no “candidato do Lula” e 16% os que “poderiam votar”. Portanto, 48%  na soma, o mesmo, estatisticamente, que na rodada anterior.

Isso, em matéria de votos válidos, porque há a parcela de quem não vota em nenhum candidato, mesmo, dá maioria absoluta. Mas está longe de ser o teto de Haddad num segundo turno, porque é os anti-Lula que menos ainda dariam o voto ao ex-capitão.

O jornal dá mais detalhes sobre o grau de conhecimento  de que é Fernando Haddad este candidato, fato sobre o qual tenho chamado a atenção dos leitores, como  aqui.

Os 64% de conhecimento geral  que  Haddad é Lula –  eram 59%, na pesquisa anterior – são ainda pouco.

Os dados mais detalhados ainda não foram abertos pelo Datafolha, mas o que publicam já dá para mostrar fatos importantes:

Entre os eleitores de escolaridade  apenas do ensino fundamental, o conhecimento de que Lula indica Haddad é de 51%. No dia 10 este conhecimento era de 23% dos entrevistados, nos dias 13 e 14 chegava a 32%. Neste grupo, o “votaria com certeza” no candidato de Lula chega a 47%, mas Haddad ainda tem 19%.

Entre os que ganham até 2 salários mínimos, 60% sabem que Haddad é Lula. Eram 27% no dia 10, passaram a 40% no dia 13/14 e agora são dois terços. Neste segmento, segundo o Datafolha, 45% votariam “com certeza” no candidato de Lula. Haddad pontua 20%.

Duas coisas ficam patentes.

A primeira é que o foco da campanha de TV e rádio segue sendo Lula é Haddad13 e Haddad13 é Lula.

A segunda é que a história de “empate técnico” é conversa pra boi dormir.

Mo Nordeste, nas mesmas datas, eram 37% e depois 50% os que sabiam do apoio. O jornal não informa a parcela atual, mas diz que neste eleitorado (26% dos brasileiros) a resposta de “votar com certeza” no candidato de Lula é de 53% do total.

Há mais: entre os indecisos, 45% votariam com certeza em um nome indicado por Lula e mais 15% “poderiam votar”. Mas sete entre cada dez deles (68%) não sabem que Haddad é o candidato lulista.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. E os(as) bandidos(as) de togas imundas incrustados(as) no *MPE &$ no TSE nazigolpista não têm o mínimo [o mínimo!] de vergonha na cara!
    *’miniSTÉRIO’ PRIVADA “eleitoral”!
    Entenda mais uma patifaria destes(as) canalhas!

    ***

    MPE pede suspensão de anúncio ‘Haddad é Lula’ e pode pedir ressarcimento

    20/09/2018

    (…)

    https://noticias.uol.com.br/politica/eleicoes/2018/noticias/2018/09/20/mpe-pede-suspensao-de-anuncio-haddad-e-lula-e-pode-pedir-ressarcimento.htm?cmpid=copiaecola

  2. A vitória de Bolsonaro/Mourão é a volta dos militares ao poder central. Só a força popular do Lula pode evitar esse desfecho. Simples assim

  3. Ou não entendi o gráfico ou a manchete está equivocada, me desculpe. Em pouco mais de 1 mês praticamente triplicou o % do eleitorado que sabe que Haddad é o candidato do Lula. Isso é animador.

  4. Getúlio foi Dutra.dutra foi Getúlio em 1945
    Lula e Haddad.haddad e lula em 2018.kkkkkkkkkkk

  5. É AMA TSUNAMI 13 VERMELHA LULA/HADDAD 13 SEMPRE e pra sempre com todos nós eleitores brasileiros

  6. Você está absolutamente correto e, infelizmente, isto só confirma a monumental alienação do povo brasileiro. Não estou dizendo que o povo não saiba o que é bom pra ele, o problema é de INFORMAÇÃO. A fonte principal (talvez única) de informação de mais de 90% dos brasileiros é a Globo.

    1. Pois é. E quando surge uma pesquisa honesta (Vox Populi) que INFORMA isso aos eleitores nossos Blogs Progressistas simplesmente a descartam.

  7. Fernando: respeitosamente, você está se iludindo quanto à transferência de votos. Haddad já herdou os votos de Lula. Se ainda houver transferência, será residual. Tanto é verdade que o PT está cultivando a idéia do Voto Útil já no primeiro turno e apontando um canhão pra nossas consciências: se não votar no Haddad estaremos elegendo um fascista. Ora, mas quem boicotou a formação da Frente Democrática ? Lula deveria ter tido a grandeza de jogar todo o seu enorme peso político a favor da chapa Ciro-Haddad, defendida por Jaques Wagner e Flavio Dino, entre outros… O Centrão está abandonando Alckmin e migrando para o Coiso. E agora ? Quem é o responsável por levar o povo a dançar na beira do precipício ?

  8. Precisamos falar, FALAR !!!! LULA É HADDAD !!!! Então HADDAD É LULÃO Lá !!!
    É 13 !!!!! É 13 !!!!! É 13 !!!!! HADDAD 13 !!!!!

  9. Caro Fernando Brito,

    Considero o papel da mídia alternativa precioso na informação da população em geral, seja fornecendo material inteiramente novo, seja desbancando as versões oficiais da grande mídia.

    Por isso aprecio o seu trabalho e de tantos outros “blogueiros sujos”, que lavam a alma dos que sonhamos e queremos a mudança.

    Mas, permita-me fazer uma crítica.

    Por que não escreve algo sobre as declarações do Haddad a respeito de seu eventual governo?

    O teto de gastos públicos – a maior desgraça do governo Temer, sobretudo para o povo pobre, que depende dos serviços públicos – já cogita ser mantido num eventual governo do PT.

    Na fazenda, Haddad quer um ministro “moderado”. Que tal o Meirelles? Aquele mesmo que Lula nomeou para o Banco Central e depois indicou publicamente para Dilma no segundo mandato…

    E todos nós progressistas nos ferramos pela pauta econômica da ex-presidenta.

    A partir de então, defendeu-se muito que o PT, caso voltasse ao governo, não deveria mais brincar assim com aqueles que votaram esperando um projeto e receberam o oposto…

    Dizia-se muito, e com toda razão, que PT deveria aprender a lição de que não se deve mentir para a população – tampouco para a militância apaixonada que genuinamente sonha com um País melhor e menos desigual.

    Só que agora – em vez de tentar vender o mesmo peixe pela segunda vez -, ao que parece, o candidato já admite na campanha que os interesses daqueles que verdadeiramente mandam no Brasil não serão confrontados.

    O que Brizola diria disso?

    1. O amigo devia estar olhando para o jn enquanto digitou seu comentário. Por outro lado, eu, tendo assistido algumas entrevistas do Haddad, o vi falando exatamente o contrário: revogação do teto de gastos, da venda do pre-sal e da reforma trabalhista. E agora? Qual o verdadeiro Haddad?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.