Estudo afirma que casos reais do Covid-19 são 9 vezes acima do ‘oficial’

O Globo publica hoje, com base num estudo de um grupo de pesquisadores da PUC-Rio, Fiocruz, USP e outras instituições, a estimativa de que os casos reais de infecção por coronavírus no Brasil devem ser hoje perto de 250 mil, em lugar dos 23.430 confirmados pelo Ministério da Saúde, pelo fato que 225 mil não foram notificados ou classificados.

A razão é a falta quase absoluta de testes laboratoriais, critério adotado pelas autoridades para informar à população o quanto a doença já se alastrou pelo país.

Aqui, você pode ver o mapa preparado pelo jornal, com os dados de subnotificação estimados estado por estado e, destaque-se, as baixíssimas percentagens de casos registrados em São Paulo (só 6,5%) e no Rio (7,2%), os dois principais polos de implantação da epidemia. Outra preocupação, o Amazonas, tem apenas 6,1% de taxa de notificação.

Há dias, tem-se criticado aqui o método adotado de só contabilizar casos testados positivos em laboratório, tanto pelo fato de não termos testes para ninguém, a não ser mortos e pacientes graves, na maioria, quanto pela incapacidade de processar grande parte dos testes realizados.

O resultado é não apenas a subnotificação monstruosa, mas também a baixa da guarda nas medidas de isolamento social, sobretudo sabendo que há um bando de energúmenos dizendo que “está passando” a ameaça viral e, com isso, pressionam a que as pessoas voltem às ruas e espalhem a contaminação.

O número encontrado pelos pesquisadores já nos coloca no nível do primeiro grupo em quantidades de infectados, embora não seja possível estabelecer uma correlação mecânica com eles porque, por lá, também a subestimação – em grau bem menor, claro – dos casos existentes.

O número de mortes é, igualmente, irreal, mas em escala menor – não nas 9 vezes a mais das contaminações. É seguro dizer que é três ou quatro vezes, como já se demonstrou aqui ao exibir-se a imensa quantidade de casos de internação que ficam numa classificação de “outros” nos dados oficiais, quando, sabe-se, são de casos de Covid-19.

Some-se a isso a chegada tardia da epidemia aqui, fazendo com que os casos, mesmo severos, sejam “novos” e que só agora comecem a evoluir para a condição de grave , daí, para mortes. E, como não há testes, as mortes “não crescem” apenas porque eles não existem.

Para resumir a questão: está sendo contada uma mentira ao povo brasileiro.

A qual, amanhã, vai se evidenciar em comboios fúnebres e em um escândalo mundial.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. E… ? Isto só prova que a taxa de letalidade é bem menor do que a calculada. Esse fenômeno acontece em todos os países, aqui com certeza muito mais. O foco tem que ser o ISOLAMENTO. Ele tem que ser defendido, divulgado, explicado, orientado, exigido se for o caso.

    1. Sem testar vc sequer sabe a que distancia está do tsunami (o que impossibilita qualquer tipo planejamento, além de dar falsa impressão de segurança para o público geral).
      E mais grave, sem testar vc não interrompe a cadeia de transmissão, alem do custo econômico (imagine o custo de manter dezenas/centenas de milhares de pessoas que eventualmente já foram infectadas e imunizadas e que não são mais vetores , e por desconhecer isso permanecem preventivamente (e inutilmente) quarentenadas… )
      Sobre a subnotificação acontecer em todos os países….
      Vou ser chato/repetitivo…
      https://uploads.disquscdn.com/images/53a84f7a27869c392f445a53de9fa5c2428fbe766e03950485f6b1088d583e08.png

  2. Alemanha, Itália e outros países (até os EUA), convocam seus cidadãos que estão no Brasil a voltarem com urgência a seus países, mesmo estando eles mesmos ainda em curva ascendente de casos e longe do pico. O que significa que eles já preveem que aqui a situação vai ser muito mais catastrófica.

    Enquanto isso, hoje mesmo, na fila do Posto de Saúde, ouvi um cara reclamando da quarentena, dizendo que tinha que voltar tudo ao trabalho (“é só tomar um pouco de cuidado”, dizia ele e outra pessoa que concordava com ele) porque ele tinha que resolver um problema com a TIM e não achava loja aberta e não conseguia resolver pelo telefone. Ou seja, em vez de exigir que a TIM (uma empresa privada concessionária de bem público) prestasse um serviço decente pelo atendimento telefônico, prefere culpar a quarentena. Típico desse tipo de gado.

  3. Alemanha, Itália e outros países (até os EUA), convocam seus cidadãos que estão no Brasil a voltarem com urgência a seus países, mesmo estando eles mesmos ainda em curva ascendente de casos e longe do pico. O que significa que eles já preveem que aqui a situação vai ser muito mais catastrófica.

    Enquanto isso, hoje mesmo, na fila do Posto de Saúde, ouvi um cara reclamando da quarentena, dizendo que tinha que voltar tudo ao trabalho (“é só tomar um pouco de cuidado”, dizia ele e outra pessoa que concordava com ele) porque ele tinha que resolver um problema com a TIM e não achava loja aberta e não conseguia resolver pelo telefone. Ou seja, em vez de exigir que a TIM (uma empresa privada concessionária de bem público) prestasse um serviço decente pelo atendimento telefônico, prefere culpar a quarentena. Típico desse tipo de gado.

  4. O desespero do Charles Marlow em seus comentários diz tudo. Bolsonarista é isso. Coitado do Mandetta, substituiu o Lula. Agora a culpa é do Mandetta. Kkkk esse comunista, kkkkkkk.

      1. Me resulta incrível como os ditos “esquerdistas” embarcam em canoas furadas.
        Não espero nada de políticos que posam de “esquerdistas” ,mas,não passam de burguesses centristas,porém nós não podemos cair em armadilhas da imprensa,sabidamente canalha.
        Atitude crítica e lógica ,não fazem mal a ninguém.
        Parabéns pela teimosía em tirar a máscara desse bosta.

  5. Assistimos imóveis ao críme dos delinquentes .
    Falta CORAGEM em nós cidadãos deste pedaço de planeta,nem dá para chama-lo de país.
    Isso que é sinalizado pelo globo!! logo o globo!!! devería estar sendo a luta diária e constante dos epidemiologistas ,os cientistas do fato,mas ninguém diz nada, e quem diz ,se cuida para não ser trucidado pelas redes de “seres fantasmas” que dominam o BBB em que este coisa chamada Brasil se converteu.
    Ficamos perplexos olhando a briga de duas velhas fofoqueiras .O miliciano e o mandetta “canonizado” pela mídia , um incompetente que diz que Brasil testa mais que Corêia do Sul ,e fica por isso mesmo.
    E (continuarei minha pregação no deserto) fatalmente quem pode mudar isso (os fardados),tem outros interesses que pasam longe do bem-estar da população brasileira .
    Eles sempre estiveram alí ,chegaram lá e agora não querem assumir o filhote ,o filho bastardo fruto de sua cópula imoral com o império .

  6. Isso é RESPONSABILIDADE do pulha Mandetta!
    Inacreditável a mansidão com que esse absurdo da falta de testes é tratado (inclusive entre a esquerda).
    Deveria ser esfregado dia e noite na cara desse sujeito!
    As pessoas aceitam a balela de que não é possível testar 100%, isso é obvio… mas não devemos aceitar a OMISSÃO CRIMINOSA do Ministério da Saúde em não disponibilizar testagem MASSIVA.
    Isso nos coloca na LANTERNA MUNDIAL em testes por milhão…
    Suspeito que ficaremos nessa média de 100 mortos por dia unica e exclusivamente devido ao gargalo no processamento de testes….
    INCOMPETÊNCIA CRIMINOSA!
    https://www.worldometers.info/coronavirus/
    https://uploads.disquscdn.com/images/53a84f7a27869c392f445a53de9fa5c2428fbe766e03950485f6b1088d583e08.png

    1. MANDETTA = BOZOASNO
      Mandetta critica orientação da OMS e diz que Brasil testará apenas pacientes com sintomas
      https://www.terra.com.br/noticias/brasil/mandetta-critica-orientacao-da-oms-e-diz-que-brasil-testara-apenas-pacientes-com-sintomas,f7ad421308c557bb5f0bc75bb96e65a1ce3zzexs.html

      CORONAVÍRUS: MANDETTA PROMETEU 15 MILHÕES DE TESTES, MAS SÓ ENTREGOU 0,5% ATÉ AGORA
      https://theintercept.com/2020/04/02/coronavirus-mandetta-testes/

      Covid-19: Ministério da Saúde não sabe quantos testes foram feitos no país
      https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/04/03/covid-19-ministerio-da-saude-nao-sabe-quantos-testes-foram-feitos-no-pais.htm

      Subnotificação dificulta combate à covid-19 no Brasil
      https://www.dw.com/pt-br/subnotifica%C3%A7%C3%A3o-dificulta-combate-%C3%A0-covid-19-no-brasil/a-52919120

      RESULTADO DE TESTE DE COVID-19, SÓ UM MÊS DEPOIS DO ENTERRO
      https://piaui.folha.uol.com.br/resultado-de-teste-de-covid-19-so-um-mes-depois-do-enterro/

      Cálculo de novas mortes por covid-19 inclui óbitos com 16 dias de atraso..
      https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/04/09/calculo-de-novas-mortes-por-covid-19-inclui-obitos-com-12-dias-de-atraso.htm

      ————————————————————————————————————————————————

      Pessoas sem sintomas são responsáveis por dois terços das infecções de coronavírus
      https://oglobo.globo.com/sociedade/pessoas-sem-sintomas-sao-responsaveis-por-dois-tercos-das-infeccoes-de-coronavirus-24307692

      OMS pede testes em massa e isolamento, e alerta para mortes de crianças por coronavírus
      https://oglobo.globo.com/sociedade/oms-pede-testes-em-massa-isolamento-alerta-para-mortes-de-criancas-por-coronavirus-24307901
      “— Teste, teste, teste. Teste todo caso suspeito. Se for positivo, isole e descubra de quem ele esteve próximo. Não se consegue combater um incêndio com os olhos vendados. Você não consegue parar essa pandemia se não souber quem está infectado”

      1. NÃO TESTAR FOI UMA ESCOLHA!

        TRÊS MESES DE AVISO….
        Com a pandemia já batendo a porta…

        https://www.terra.com.br/noticias/brasil/mandetta-critica-orientacao-da-oms-e-diz-que-brasil-testara-apenas-pacientes-com-sintomas,f7ad421308c557bb5f0bc75bb96e65a1ce3zzexs.html

        “Tudo que é comentado na história das epidemias é fazer as testagens até que você tenha transmissão sustentável. E a partir do momento que você tem transmissão sustentável, fazer por sentinela e amostragem”
        Na visão da sumidade mandetta, a testagem é por amostragem… NÃO ENTENDEU (?!) QUE A TESTAGEM É PARA QUEBRAR A CADEIA DE TRANSMISSÃO! CADA ASSINTOMÁTICO INTERCEPTADO E QUARENTENADO PODEM SER DEZENAS/CENTENAS DE VIDAS SALVAS E MENOS LEITOS/UTI’S NO DECORRER DA CADEIA DE TRANSMISSÃO.
        TESTAGEM NÃO SERVE PARA ESTATÍSTICA!

        PARA A SUMIDADE TESTES SÃO GASTOS DESNECESSÁRIOS/ DESPERDÍCIO..
        CADA ASSINTOMÁTICO TIRADO DE CIRCULAÇÃO SÃO DEZENAS/CENTENAS DE LEITOS/UTI’S A MENOS NO DECORRER DA PANDEMIA!
        “A Organização Mundial da Saúde, o senhor presidente da organização, Thedros, ele coloca ‘todo o planeta deve fazer o teste de 100% das pessoas’. Do ponto de vista sanitário é um grande desperdício de recursos preciosos para as nações. Segundo, há maneiras de se fazer percepção de quadro clínico, isolamento domiciliar, isolamento de famílias.”

        A SUMIDADE SEQUER HAVIA ESTUDADO O CASO DE MAIOR SUCESSO DE CONTROLE DA PANDEMIA, A CORÉIA DO SUL… VEIO COM A SEGUINTE PÉROLA DURANTE A COLETIVA…

        “Teremos os números da nossa epidemia e poderemos dizer no final quais foram as diferenças. Uma coisa é ter um país como a Coreia, que tem 4 milhões de habitantes, concentrados num país que eu não posso dizer as dimensões aqui, mas que talvez não seja muito maior do que Sergipe, Alagoas Bahia. Totalmente diferente de um continente sul-americano como é o Brasil. Vamos lutar discutindo com os nossos especialistas”

        ERROU POR DEZ… CORÉIA DO SUL TEM MAIS DE 50 MILHÕES DE HABITANTES..

        ESSE É MOTIVO PELO QUAL TÍNHAMOS MÍSEROS 30 MIL KITS DE TESTES JÁ COM A DOENÇA CORRENDO PELO PAÍS…

  7. Não se podia esperar coisa diferente do que estamos vendo. O Brasil teve azar. Se contaminou com um vírus de respeito tendo no “governo”, em todos os níveis, quadrilhas de bandidos. O “responsável” é um louco perigoso que tem método e segue um roteiro elaborado pela corja que se apossou do país. Não tenho ilusão. A perspectiva é sinistra. A informação de que o número real de infectados pode ser dez vezes maior que o informado oficialmente, levanta a questão de qual será o real número de falecidos. Me parece que informações relevantes poderiam ser obtidas dentro do Estado de São Paulo (epicentro da pandemia no Brasil) usando alvos como a capital, Campinas, o ABC, Ribeirão Preto, etc. Levante-se nelas o número de óbitos registrado em cartórios, o número de enterros em todos os cemitérios dessas cidades nestes três últimos meses e comparem-se esses dados com os dos mesmos meses de anos anteriores. Façam-se as correções necessárias e uma estimativa mais real deve aparecer. Certamente o número de óbitos será bem maior que o oficial. Teremos ideia da encrenca em que esses criminosos nos meteram.

  8. https://uploads.disquscdn.com/images/6727fe4141017d75cf4ffa93b601f12d33e160fd368227897ad6b9dd0220fd01.jpg

    “Brincando” com os critérios de cálculo de Bommer & Volmmer (2020), obtive outros números mais assustadores. Espero que tanto eu, quanto eles, estejamos errados.

    Covid-19: Tendências Atuais e Ensaio Prospectivo

    De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Saúde no domingo (12), o Brasil registrava 22.169 casos confirmados do coronavírus e 1.223 mortes em decorrência da doença. Em 24 horas foram 1.442 novas confirmações, e com o aumento do número de óbitos, a taxa de letalidade da Covid-19 atingiu 5,5%.

    Considerando estes dados de 12/04/2020 e regredindo-os a 15 dias atrás, até 29/03/2020, quando se utiliza os critérios de Bommer & Volmmer (2020), obtém-se que:

    1. Neste período, a taxa estimada de detecção (TED) que era de 0,95% avançou para 2,05%, considerado aliviante;
    2. O número de mortos que em 31/03 era de 201 vítimas, subiu para 1.223 em 12/04 (aumento de 6,08 vezes).
    3. Já o número de casos confirmados pelo MS passou de 321 em 17/03 para 3.256 casos em 29/03 (aumento de 13,26 vezes), enquanto que aqueles de 31 de março (5.717) passaram para 22.169 em 12 de abril (3,88 vezes); e,
    4. O número estimado de infecções, ou de infectados, que era de 33.848 em 17 de março, alcançou 207.288 (6,12 vezes) no dia 29 do mesmo mês e subiu para 1.081.415 casos prováveis de infectados no Brasil até 12 de abril, um aumento de 5,21 vezes em quinze dias. Mas, este número é apenas 1,79 vezes o número estimado de infecções de 31/04, calculado pelos autores originais do trabalho, quando obtiveram uma taxa estimada de detecção de apenas 0,95% ;

    Considerações: A tendência atual é reveladoras de uma curva ascendente do número de contaminados e de mortes, no entanto irregular, muito provavelmente associada à característica semelhante da fonte dos dados de campo, que é o Ministério da Saúde. Nos próximos 15 dias, ou duas semanas à frente, se mantida esta tendência, o número de casos estimados de infecção poderá atingir a casa dos 5.600.000 de pessoas e o de casos confirmados pelo MS atingirão a casa de 115.500 para contaminados, ao lado de 6.360 vítimas fatais. Entretanto, deve ser ressaltado que o método estatístico leva em conta os dados oficiais divulgados, principalmente aqueles relacionados com os casos letais, exatamente onde, também, persistem muitas dúvidas quanto a consistência dos mesmos. De qualquer modo, uma tendência que parecia extremamente arrasadora um mês atrás, parece estar sendo contida pelo esforço da QUARENTENA.

  9. No Brasil, estão dividindo hospitais para atender os casos normais e os casos de coronavirus… então é fundamental testar quem está se internando para evitar que contaminados sejam internados junto com emergências de outra natureza… Por isso o teste estar focado na entrada, na triagem, de hospitais…para evitar contaminação de hospitais gerais, maternidades, centros de operação, etc que estão atendendo os demais doentes do país. Hospitais de campanha estão sendo montados para facilitar esta separação.

    Testar todos, como Singapura, Coreia, etc exige um mecanismo gigante de espionagem eletrônica que estes países já possuem para segurança interna com imigrantes, terroristas, etc… coisa que nós ainda estamos longe de ter. Por exemplo, Singapura possui uma equipe governamental de 100 hackers, que a partir de um numero de telefone, podem, em 2 horas, montar uma lista de contatos “presenciais” de outras pessoas mantiveram com o proprietário do telefone e intimar por SMS que façam testes ou se apresentem para quarentena total em instalações governamentais. Youtubers estrangeiros nestes países asiáticos “com alta tecnologia” relatam suas experiências debaixo deste controle. Singapura hoje tem 3.252 casos de infectados e apenas 10 mortes.

    Nós seguramente teremos que fazer outro uso dos testes fora de hospitais, pois não temos esta infra tecnológica de espionagem pessoal…mas, como a contaminação vai continuar por meses, até a bendita vacina, talvez possamos adquirir expertise nisto.

  10. O Ministério da Saude, desde o inicio, tem divulgado que cerca de 12% dos casos de contaminados são graves o suficiente para chegar até os hospitais… então 88% se curam sozinhos e ficam contaminando outros circulando em suas ruas e bairros…

    Resumindo: são 7 contaminados circulando para cada 1 internado… logo o numero oficial implicito é 8 vezes o publicado… e hoje, a unica maneira de evitar que estes 7 a mais fiquem contaminando a população é fazer “o fique em casa”… pelo menos só contamina seus parentes e para a circulação do virus. Contaminar os parentes de qualquer maneira é inevitável… basta conhecer minimamente como o virus se propaga.

    O numero de mortes tende a ser o verdadeiro, pois depende dos testes em realização e os parentes precisarão da causa precisa da morte, para efeitos legais. Mas, existe a discussão na área de seguros que vitimas de “pandemias declaradas por órgão oficial” não estariam cobertas pelo seguro de morte… se isto prevalecer, todos vão querer evitar a Covid-19 como a causa mortis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.