Exército amplia toque de recolher em Santiago e cidades do Chile. Até aqui, em vão

Das oito maiores cidades chilenas, só Antofagasta está fora do toque de recolher decretado hoje pelo general Javier Iturriaga, comandante da administração militar implantada pelo decreto de emergência baixado pelo presidente Sebastian Piñera. Toda a região metropolitana de Santiago, de Valparaíso e a província de Concepcion.

Os protestos não retrocederam com o do toque de recolher decretado ontem na capital e se espalharam por cidades vizinhas. Houve novas depredações e um incêndio numsupermercado que deixou cinco mortos. Há também feridos a bala entre os manifestantes.

Mas não são grupos isolados e a multidão que se reuniu hoje na Plaza Ñuñoa, região metropolitana de Santiago, fazendo um imenso “cacerolazo” , mostra que a insatisfação não é a de grupelhos, como se tenta fazer crer.

Aliás, há 1.500 pessoas presas e uma imensa apreensão quanto ao que ocorrerá amanhã, com o Metrô e os ônibus semiparalisados.

Jamil Chade, no UOL, está certo. A prática do ódio como política está espalhando o odor da fúria no ar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. Impressionante a incompetência da dita direita sulamericana. Vendo que o fim se aproxima a trump-eta toca o chifrudo poe fogo pelas ventas a terra fica plana e globo dependendo da sua vontade China registra mais patentes de 5G os democratas avaçam (e nao é por ocasio????) muitos americanos deixarao de fazer facu pq o fies de la tirou as tropas da Siria e o petroleo se alastra na costa o coiso so pensa nos filhos Uday Qusay e Matay.
    Espero q o povo chileno resista e os bolivianos nao façam merda pq os argentinos tudo indica q estao no caminho certo com a melhor escolha

  2. Não só os que habitam os países sob regime neoliberal da América Latina (Honduras, Equador, Chile, Argentina) estão rebelados, também na França (Coletes Amarelos) Espanha, no Reino Unido, no Líbano há rebeliões porquê a humanidade já não suporta mais a profunda desigualdade provocada por 40 anos do “Consenso de Washington” imposto a ferro e fogo nos países do Ocidente. Qualquer fagulha, seja econômica ou não, está motivando as pessoas a saírem às ruas para protestar contra a situação em que o um por cento dos muito ricos fazem o que querem com a maioria da humanidade com o apoio explícito da mídia ocidental dominante em sua permanente pregação de ódio e medo através de mentiras que seriam impublicáveis num mundo normal. O sistema democrático, por sua vez, está tão corrompido, nos países que se declaram adeptos da democracia, que ninguém mais vê qualquer réstia de esperança em eleições fraudadas por “fake news” onde ganham sempre os que representam os interesses da banca privada internacional, sob a saudação entusiástica de uma mídia que, juntamente com os banqueiros e sob a proteção das forças policiais e militares, tentam lhes dar alguma legitimidade. As pessoas estão descrentes de tudo e estão aderindo aos movimentos populares para exercitar seu inconformismo (ou sua vingança) contra tudo que, de alguma forma, represente a classe opressora.

    1. O neoliberalismo deve ser a pior invenção da humanidade para oprimir os povos. Até a religião está conseguindo superar.

      1. Com o fim da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, os países que implantaram o ” estado de bem estar social ” perderam o medo de que suas populações aderissem ao comunismo, principalmente na Europa. Muitos países reduziram o tamanho do aporte destinado para a proteção de seus habitantes, somado a isso, a retirada de direitos. O neoliberalismo nada mais é que o capitalismo praticado no início do século XX. O próximo passo será o retorno a semi escravidão, dar ao trabalhador somente o suficiente para que possa continuar sobrevivendo e produzindo riqueza.

    2. Ainda fico indignada quando as tais pessoas “descrentes de tudo” pensam que a “classe opressora” é o casal gay, o preto pobre ou o professor, exercitando, contra esses, o inconformismo. Uma salada ilógica, que só traz prejuízos e medo. Temos muito trabalho pela frente, um trabalho político educativo.

    3. Excelente comentário. Muitos países tiveram a sorte de acordar antes de mergulharem em autofagia, a doença que a CIA vem lentamente espalhando pelo mundo há 70 anos (acelerada agora por Steve Bannon) tem o potencial de deixar continentes inteiros em coma. Sim, nossas sociedades estão em anomia, e para termos esse tipo de reação não basta mais a agua bater no umbigo, ela tem que bater no queixo. Infelzmente a lobotomia cognitiva feita no Brasil foi de primeira linha… a oligarquia se garantiu atras de diversas barreiras… imprensa, evangelicos, militares, judiciário, leis, e por último, um povo tornado ignaro e mergulhado em um quotidiano exaustivo e opressor. Resumindo, mesmo que a agua bata em nosso queixo – e isso não vai demorar – só nos mexeremos se a Globo quiser.

  3. No Brasil coisas muito graves, com consequências sinistras, estão acontecendo. Mas o povo não está nem ai. E não adianta culpar a esquerda por não organizar movimentos, pois desde os tempos do golpe eu vou a manifestações na Paulista e cada vez vai menos gente. Inclusive porque a grande mídia não noticia, quase ninguém fica sequer sabendo onde e quando tem manifestações e parece impossível encontrar uma maneira eficaz de contatar e reunir as pessoas.

    1. Para a globo e suas repetidoras, folha, estadão, veja e etc, o que não é notícia, o que não noticiam, não existe, não aconteceu.

  4. Não se enganem vamos chegar lá. O governo Boçalnato ainda está no começo e suas medidas amargas ainda estão em votação no Congresso, enquanto os governos de direita do Equador e Chile estão terminais e o povo já sofre os efeitos nefastos da política neoliberal. Sem esquecer a surra nas urnas que o Macri da Argentina vai levar da Criistina Kirchner.

  5. Es el capitalismo el que engorda a los bancos y a los estadounidenses y la populacion empobrece y muere de hambre. ¡Viva el pueblo chileno!

  6. No Equador tb não adiantou o toque de recolher. No twitter foram postadas cenas de muita, mas muita violência, contra os estudantes no Chile. Fernando Brito, as coisas ainda vão piorar muito por aqui e não sei até quando esse sonífero que estão botando na nossa água ou nos agrotóxicos, vai funcionar. Se passar a PEC da tributação que tramita na câmara, vai ser o caos – para nosotros, não para os bancos nem para fundos de investimento e “fusões e aquisições”. Vejam esta matéria do Poder 360, eu achei assustadora. https://www.poder360.com.br/economia/reforma-tributaria-da-camara-pode-aumentar-taxacao-de-servicos-em-211/

  7. No Equador tb não adiantou o toque de recolher. No twitter foram postadas cenas de muita, mas muita violência, contra os estudantes no Chile. Fernando Brito, as coisas ainda vão piorar muito por aqui e não sei até quando esse sonífero que estão botando na nossa água ou nos agrotóxicos, vai funcionar. Se passar a PEC da tributação que tramita na câmara, vai ser o caos – para nosotros, não para os bancos nem para fundos de investimento e “fusões e aquisições”. Vejam esta matéria do Poder 360, eu achei assustadora. https://www.poder360.com.br/economia/reforma-tributaria-da-camara-pode-aumentar-taxacao-de-servicos-em-211/

  8. A esquerda eleitoreira do Brasil prefere fazer manifestações em favor de pautas parciais, que não mobilizam o povo. Agora é hora de levantar o Fora Bolsonaro!

  9. Tentei colocar protestos assim dentro da realidade brasileira… não dá, meu consciente não deixa… só consigo ver panelaços em varandas gourmet entupidas de churrasco frio e patos amarelos cercados de pitboys… éca…

  10. Ainda que alguns falem em falta de liderança,tamanho de país ,et,etc.,O CERTO O CONCRETO É QUE OS CARAS AÍ AFORA NA A. DO SUL PODEM SER CHAMADOS DE ——-POVO——– .Palavra imensa parauma massa sem culhões como a brasileira.
    Morreu gente no Equador,morreu gente no Chile,na Argentina,no Perú ,mas os caras continú8am indo enfrente.
    A elite b rasileira malandramente enche a boca para falar ” nós somos um povo pacífico” e a massa engole. A culpa é de quém?

  11. Saindo um pouco da discussão politica…
    Será que até o dia da final da Copa Libertadores, 23 de novembro de 2019, disputada entre um time brasileiro e outro argentino, Santiago do Chile, estará em ordem?
    Por quanto tempo, esse governo neoliberal ainda sobreviverá?

  12. a culpa de tudo isso, segundo certa imprensa argentina seria do castrochavismo e do foro de são paulo kkkkkk Aqui, em terra dos walking dead essas coisas talvez não cheguem, mas em outros lugares onde tem sangue quente, se só continuarem a acumular sem dividir, poderão ficar sem nada. Não há exército ou polícia q dê conta (e os nosso já são uma piada). Tem q ser muito burro ou muito mal intencionado para achar q 1.500 pessoas foram parar na cadeia pq estão obedecendo ordens de fora do Chile

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *