Exército reage à fala de Maia: integralidade e paridade para militares ficam

Não demorou: o Exército reagiu falando grosso às declarações de Rodrigo Maia de que não “havia possibilidade” de que os militares que ingressassem a partir de agora nas Forças Armadas deixassem de seguir as mesmas regras dixadas para os trabalhadores em geral, perdendo a paridade de vencimentos com os da ativa e o mesmo regime de reajustes, para ficarem limitados aos mesmos R$ 5.839,45 pagos pelo Regime Geral da Previdência Social.

Nota distribuída às unidades militares pelo general Richard Nunes, “de ordem” do Comandante do Exército,  general Edson Pujol, diz, em termos duros que ” O conjunto das propostas observa as peculiaridades da carreira, corrige distorções da MP 2215 (de 2001), mantém a paridade e a integralidade dos vencimentos“.

Está criado o óbvio impasse e não há dúvidas sobre quem Jair Bolsonaro irá atender amanhã.

E como irá reagir o tutor da reforma, o presidente da Câmara?

Meu palpite é o de que só se cria uma dificuldade – era um tema fora da agenda – quando se quer vender uma facilidade.

Ou criar uma pedra no caminho.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

26 respostas

  1. Sao muito fracos, essa reforma de araque nao é soluçao pra nada assim como a reforma trabalhista nao gerou empregos, é apenas uma bolsa pra banqueiro. Se nao sao capazes de gerar empregos, melhorar a saude, fazer esse pibinho crescer caiam fora…

  2. O que tem de POBRE defendendo essa ABERRAÇÃO de REFORMA PREVIDENCIÁRIA, o povo desse país é uma MERDA.

    1. Eu que o diga.
      Comecei o dia de hoje conseguindo mais um dissabor por divulgar material criticando as aberrações que vêm acontecendo na Era Bozo.

    2. Só os POBREs minions e banqueiros defendem essa ABERRAÇÃO, os ricos, todos mamam na Previdência, e pelo visto, terão mantidos seus privilégios… Como sabemos que não temos tanto banqueiro no país, sabemos de onde vem o apoio dessa merda toda…

  3. mourão disse que contribuiriam com uma redução de 10 bi em dez anos, depois parece que passou para 18. Mas para um buraco de 1 tri, mil bilhões, como queria o idiota do guedes, 18 não vale nada. Zero. Não tem sentido.
    Vejam o tamanho da encrenca. E devemos a eles a dádiva do bolsonaro…

  4. Os militares brasileiros pisoteiam a constituição de 1988 . Só no Brasil que teve lei de anistia de 1979 para os torturadores do golpe de estado de 1964. Ai que inveja da Argentina, Uruguai, Chile etc! Os nossos vizinhos de fronteira não tem STF como o nosso!!

    1. Ao contrário meu amigo…o militares anistiaram vários políticos do PT…e outros… Já no governo do PT quiseram responsabilizar os militares por algo que na época era necessário. E concordo que os militares seja tratados ou de forma igual com todos direitos de um empregado normal, ou então, que continuem com seus “privilégios” se é que pode ser chamado assim. E a respeito de alguns políticos serem contra, e devido a proposta pretender colocar o salários do políticos igual o teto do INSS

  5. Eu tenho dito e escrito, com todas as letras, que o mercenarismo e o carreirismo, para não dizer outros “ismos” e “ices” ainda mais desabonadores, imperam nas FFAA, que hoje estão se reduzindo a milícias de extrema direita, vira-latas, entreguistas, praticando violências contra a esquerda política, as quais em breve usarão dos mesmos expedientes do período 1964-1985.

    O crime organizado ocupa, de fato, os poderes da república bananeira, sobretudo nas hostes do aparelho repressor do Estado, onde se destacam o sistema judiciário – com todas as polícias, MP e PJ – e as três FFAA nacionais.

  6. O Maia quer demarcar território, obrigar o Bolsonaro a escolher um lado ou ficar em situação política difícil, para o assim o presidente da Câmara ter um discurso, que é a favor duma reforma ampla e irrestrita, cortando privilégios de todos, militares, Judiciário, MP e burocratas em geral, trazendo-os para o mundo dos mortais.

    É um calculo político imediato, mas também eleitoral, pensando nas próximas eleições municipais, principalmente por conta da derrota do César Maia, quando era tido como certa uma vaga sua no Senado, perdendo para um político inexpressivo, que surfou nas mentiras do WhatsApp. Ou seja: o maior adversário da direita tradicional no Sul e Sudeste não é a esquerda, muito menos o PT, mas a extrema-direita.

    Objetiva também colocar uma reforma impopular no colo do Planalto. Uma armadilha, uma sinuca de bico que o Bolsonaro, estúpido toda vida, terá dificuldades para sair, pois, se agradar aos militares, mantendo-os longe do Regime Geral, será impossível explicar a todos os demais que terão que trabalhar 40 anos e ter pelo menos 65 anos anos para ter direito à integralidade.

    Um Bolsonaro fraco, aturdido, perdendo seu potencial eleitorado, é o objetivo do DEM, para assim fazer o maior número possível de prefeituras, adubar o solo para uma aliança vitoriosa em 2022, normalizando as coisas e trazendo de volta ao poder a direita tradicional, a que não divulga vídeos pornográficos no Twitter.

  7. É um governo de TRETAS E PICARETAS, cuja única agenda que parece ser verdadeira é a da entrega do país.
    Eu não vejo como a coisa ficar assim por muito tempo. A humilhação nacional dos últimos dias, se não gerou reação imediata, com certeza deixou uma ferida que não vai fechar.

  8. ué? como assim?
    mas não era ótimo por tirar regalias e ser bem mais justo?
    nu dos outro é sempre refresco né?

  9. E os soldados, cabos e tenentes, heim? Que carregam nas costas a carroça das FFAA. Ganham quanto? Será que eles sabem dos soldos e vantagens dos cargos de seus superiores que obedecem sem contestação?

  10. Não precisa de reforma no lombo do pobre, precisa receber os bilhões dos devedores da previdência. Isso sim é justiça social.

  11. Que vergonha dos nossos militares.
    Os caras se aposentam antes dos 50 e ganham em média 12 mil reais por mês de aposentadoria.
    E querem por as mulheres que pegam as 4 da manhã desde os 14 anos de idade na roça pra trabalhar até os 60.
    Ainda tem a cara-de-pau em falar em peculiaridade da carreira…Como se houvesse algum ônus trabalhista em ser militar. A carga de trabalho de quem rala na iniciativa privada ou no próprio negócio é 300 vezes maior. Militar não perde uma noite de sono com a possibilidade de ficar desempregado. Não sabe a angústia e humilhação que é ficar sem trabalhar, mendigando por uma vaga e dependendo do apoio da família.
    Eu fico impressionado como esse pessoal das carreiras de estado se descolou da realidade do restante da população.

  12. O resumo da ópera é o seguinte.
    Concluída a reforma, o cidadão comum terá assegurada aposentadoria de valor entr R$ 400,00 e um salário mínimo, sacrifício “necessário” para “equilibrar as contas públicas”.
    Os outros são os outros, cada um na sua própria casta.
    E, nas castas, ninguém será doido de mexer.

  13. Reforma Tributária

    Estudo de corporações aponta que 75% da economia com reforma recairá sobre renda baixa

    “Ao invés de mudanças no regime de aposentadorias, as entidades entoam o discurso em defesa do que consideram ser uma “reforma tributária solidária”. Elas sugerem que as alíquotas de Imposto de Renda para quem ganha mais de 40 salários mínimos mensais (cerca de R$ 40.000) subam de 27,5% para 35% e para 40% (no caso de rendimento mensal superior a 60 mínimos mensais). As mudanças de ordem tributária atingiriam um universo menor de pessoas (750 mil) e produziriam, segundo os cálculos das entidades, uma economia de R$ 1,570 trilhão em dez anos, mais do que o previsto com a reforma da Previdência.”

    https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2019/03/mudanca-na-previdencia-prejudicara-mais-pobres-dizem-servidores.shtml

    1. eu queria muito entender como que eles pensam que será bom aumentar ainda mais as diferenças salariais, formando uma população de miseráveis e pobres, ou são completos idiotas, ou são psicopatas que vão ficar felizes de ver a desgraça do povo

        1. ou talvez as duas
          coisa inédita, já que psicopatas são pessoas inteligentes

          porque não dá pra ser feliz morando em meio a miséria
          não dá
          um dia ela acaba entrando casa a dentro

        2. ou talvez as duas
          coisa inédita, já que psicopatas são pessoas inteligentes

          porque não dá pra ser feliz morando em meio a miséria
          não dá
          um dia ela acaba entrando casa a dentro

        3. ou talvez as duas
          coisa inédita, já que psicopatas são pessoas inteligentes

          porque não dá pra ser feliz morando em meio a miséria
          não dá
          um dia ela acaba entrando casa a dentro

  14. Não se esqueçam que o Bozo (que foi para a reserva AOS 33 ANOS!!!!), diz que todos, inclusive militares, tem que fazer sacrifícios…… Sacrifício de não ser incluído na reforma, KKKk. A “reforma” dos militares, parece mais um “tapa na pintura” para enganar o trouxa que vai ver a casa para comprar. Só que nesse caso, os trouxas são uma parte dos brasileiros (a outra parte, bem idiota, até que merece sofrer até morrer sem aposentar). COMO É BOM SAIR NA RUA BATER PANELA NA FRENTE DA FIESP!!!!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.