Gilmar pede o fim do “ciclo dos falsos heróis” de Curitiba. Veja

A entrevista de Gilmar Mendes a Tales Faria (UOL) e Taís Arbex (Folha) é, fora de dúvida, o maior sinal de que se formou um cenário fortemente adverso à Lava Jato no Supremo Tribunal Federal.

Embora em tom incomumente sereno, as palavras de Mendes são duras e diretas.

Resumo:

  • Moro e Deltan Dallagnol – As pessoas percebem que esse promotor não está atuando de maneira devida. Esse juiz não está atuando de maneira devida.(…)isso é errado, que essas pessoas estavam usando as funções para outra coisa. Isso ficou cada vez mais evidente.
  • A República de Curitiba – Quando se diz que não se pode contrariar a Lava Jato, que não se pode contrariar o espírito da Lava Jato —e muitos de vocês na mídia dão um eco a isso—, nós estamos dizendo que há um poder soberano. Onde? Em Curitiba.(…) Aprendemos, vendo esse submundo, o que eles faziam: delações submetidas a contingência, ironizavam as pessoas, perseguiram os familiares para obter o resultado em relação ao investigado. Vamos imaginar que essa gente estivesse no Executivo. O que eles fariam? Certamente fechariam o Congresso, fechariam o Supremo.
  • Popularidade de Moro – Se um tribunal passar a considerar esse fator, ele que tem que fechar, porque ele perde o seu grau de legitimidade. (…) Do contrário, a nossa missão falece. Se é para sermos assim legitimados, entregamos, na verdade, a função ao Ibope.
  • Cumplicidade do STF e da mídia – Beberam tanto que se embriagaram, com poder e com bebida, talvez. Nós fomos co-responsáveis por isso. Eu, numa sessão, já disse que nós fomos cúmplices, mas de alguma forma a mídia coonestou tudo isso. (…) Vamos encerrar o ciclo de falsos heróis. (…) O Dr. Janot tinha 11 repórteres e seu gabinete para vazar (…) O Janot vazava sistematicamente e com isso construiu uma auréola indevida. Ele foi santificado.
  • Crimes de Moro – Isso tem de ser verificado. Agora, de fato, o conúbio entre juiz, promotor, delegado, gente de Receita Federal é um conúbio espúrio (…)
  • Delações e prisões – Eu sempre disse que nós tínhamos um encontro com as “prisões alongadas de Curitiba. Agora se provou que eles estavam usando as prisões alongadas de maneira indevida, como elemento de tortura: “vamos deixá-lo preso para que ele de fato fale e fale o que queremos que ele fale e delate quem nós queremos que ele delate”.

Selecionei a parte que julguei mais significativa da entrevista, que reproduzo abaixo, enquanto a íntegra pode ser acessada aqui.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

22 respostas

  1. Gilmar sendo Gilmar.
    Faz o trajeto fora da curva para se mostrar diferente e quando de fato deveria limpar a alma, ele simplesmente lava as mãos.
    Tinha que ter honradez suficiente pra dizer: errei, fui parcial com o ex-presidente Lula. Poderia até dizer que foi induzido pela gangue da mídia e lava jato, tentando passar um verniz na desculpa, mas não consegue.
    Poderia dizer agora que pelo DOMÍNIO DO FATO e por ter CONVICÇÃO por tudo que já foi revelado pelo The Intercept que o Lula é Inocente, mas a índole do escorpião não permite.
    Triste ver um homem na idade que tem, no cargo que exerce, com a enorme responsabilidade que deveria ter com o país, ser tão MINÚSCULO.

    1. Perfeito, só um ponto. Intercept, como outras empresas de comunicação publicaram, quem revelou foi quem vazou as conversas para eles. Esse ou essa na minha opinião por hora deveria ser considerado nosso Maine, nosso Snowden!

  2. Gilmar Mendes é um desses falsos heróis. Ele esteve ligado ao golpe, foi um dos canalhas, canalhas, canalhas, que deu corda para o golpe achando que o mesmo faria o poder desembocar nas mãos dos incorruptíveis tucanos. Quando o golpe saiu do controle e caiu no colo dos insano bolsominions e seu mito de merda, ameaçando os ministros do olimpo STF, ele arregalou os olhos e viu que o golpe foi longe demais.

  3. e nós o fim do “ciclo” golpistas, autoritário, antidemocrático, do vale tudo, da destruição da economia, o fim do “ciclo” antinacional, antipopular, antisocial, medieval, regressivo…

  4. Tenho dito e repetido, e levado cada pedrada !, que, ATUALMENTE, Gilmar Mendes é o ministro mais atuante, mais aguerrido, na defesa de Lula e do Estado de Direito. Se isso for uma ação continuada, não me interessam quais sejam seus motivos, bem vindo Gilmar !

    1. Não! Errado! Esse pensamento vai mudar NADA! Gilmar Mendes não acredita NUMA VÍRGULA do que diz! Tudo o que ele quer é uma justiça que garanta a impunidade dos amigos tucanos. Garantindo isso, Lula que apodreça na cadeia. Esquecer tudo o que GM fez é ou ingenuidade ou OPORTUNISMO.

  5. Falou o grande defensor dos tucanos. Não há tucano que não deva sua liberdade ao honorável ativista. Já os pardais comuns……..

  6. Tudo muito bom sr. Gilmar Mendes, tudo muito óbvio desde dos primórdios da farsa-jato. E a consequência direta da que o Sr. disse, vai resultar da soltura e anulação do processo do Lula ou vão continuar enrolando?

  7. Gilmar Herói do PSDB , FHC , Aécio , Serra , Alckim , Beto Richa , entre outros . O supremo está cheio deles . Não deixam rastros , mas quem vai investiga los ? . Indignação de ” crocodilos ” . Gilmar é mais verdadeiro que uma note de R$ 30 reais . .

  8. Quem diria, o Gilmar o único no STF que dava a cara a bofete era a Geni no judiciário simplesmente estava certo, maldita Geni

  9. O dono do Bozonaro, Trump nao sabe se cuida do Irã ou da Venezuela
    A milicolandia com medo de uma guerra com a Venezuela (vai q perde Roraima) sem picadinho submarino e caça as tres forças prejudicadas pelo miliciano.
    Ai vem esse pessoal do blablabla das sentenças de 457 paginas com medo do q pode vir com essa nova guerrinha entre eles mesmos. Quem vai sofrer é a Juju cara e desnecessários p muitos apoiadores do exfaqueado.
    Vaidosos vao continuar se exibindo e vendendo palestrinhas p empresario falido

  10. Vendo que o palanque está desabando, procura se cobrir. Não merece um pingo de credibilidade. É tão pulha quanto Moro/Dallagnol. Talvez até mais, por ser um ministro do STF.

  11. O coroné fala em “ciclo”. Ciclo que destruiu a indústria, empregos, famílias e, no final, as vidas das pessoas. Isso será medido um dia? Saberemos e extensão da destruição causada por estes bandidos? Eles serão colocados na CADEIA?

  12. E o Caiado nessas queimadas lá MT onde ele está nisso ! Ele tem que está por aí , sacudindo faísca de ódio no mato ! Ele criou a mão com quatro dedos melado de petróleo e fez a festa para turma dele a elite podre e já cheirando a enxofre ! Esse canalha deve está por aí !

  13. Maquiavélico é o adjetivo perfeito para definir o personagem que já demonstrou maestria nos malabarismos retóricos, dentre os quais se destaca a inesquecível teoria do domínio do fato, usada para condenar pessoas sem provas.
    O belo discurso em defesa do Estado de Direito é para inglês ver. Aguardemos os atos para conferir o caráter de verdade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.