Governo volta a ‘informar’ sobre Covid. Com os dois patetas

Depois de interromper, ainda na gestão Luiz Mandetta, o governo volta a dar explicações sobre os números da epidemia do novo coronavírus.

Através, claro, do renomado epidemiologista Osmar Terra Plana e do virologista Luciano Hang, aquele empresário que Olavo de Carvalho, depois de mandá-lo preencher certos espaços, chamou de “Zé Carioca”.

Hang, segundo o Valor, é, inclusive, o mentor da”nova forma de contabilizar as mortes”, à qual chamei aqui de Programa Pró-Lazaro, uma revolucionária metodologia capaz de ressuscitar os mortos das estatísticas anteriores.

Os dois farão, às 19 horas, uma “live” que, certamente, vai revolucionar os conhecimentos da comunidade médica de todo o mundo.

O argumento central do Dr. Terra Plana, que ele já adiantou nas redes sociais, é o de que, como muitas das mortes divulgadas no dia X referem-se a pessoas que morreram em datas anteriores mas só agora tiveram o resultado dos testes conhecidos, o pico da epidemia já teria passado e, portanto, é hora de escancarar o comércio e fazer festas nas ruas.

Pequeno detalhe “esquecido” pela folclórica dupla: as pessoas que morrem no dia X e não têm resultado de testes confirmados – a maioria, dada a carência de testes – não entram na conta neste dia. E, portanto, são “mortes futuras”.

É claro que as estatísticas – ao contrário das projeções – mostram o que já aconteceu e, é óbvio, morte só pode ser contada depois que acontece.

Mas se alguém quer ter uma ideia mais precisa do que está por acontecer, basta usar os casos novos registrados a cada dia. Com uma taxa de mortalidade de 5,6%, os mais de 30 mil brasileiros que entram a cada dia na estatística de contaminados representarão, nos dias seguintes, quase 1.700 mortos.

Por isso, o número de novos casos é um indicador do que virá, não do que já foi, como são os óbitos.

Mas, claro, isso é invenção da “mídia comunista”.

Desculpe os leitores por ter a pachorra de explicar como os dois mistificadores farão uma mistificação para o “gado” bolsonarista.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

12 respostas

  1. Fora da pauta mas importante:
    Prezado Bernardo,

    Agradeço o convite para uma entrevista para o jornal O Globo em uma série sobre ex-presidentes da República. Seu convite destoa da censura imposta pelas Organizações Globo. Não confundo as organizações com as diferentes condutas profissionais de cada um dos seus jornalistas.

    O que me impede de atendê-lo é o notório tratamento editorial que as Organizações Globo adotam em relação a mim, meu governo e aos processos judiciais ilegais e arbitrários de que fui alvo, que têm raízes em inverdades divulgadas pelos veículos da Globo e jamais corrigidas, apesar dos fatos e das evidências nítidas, reconhecidas por juristas no Brasil e no exterior.

    As próprias sentenças tão celebradas pela Globo são incapazes de apontar que ato errado eu teria cometido no exercício da presidência da República. Fui condenado por ‘atos indeterminados’.

    Ao invés de ser analisada com isenção jornalística, a perseguição judicial contra mim foi premiada pelo O Globo. As revelações do site The Intercept foram censuradas, escondendo as provas de que fui julgado por um juiz parcial, em conluio com os promotores, que sabiam da fragilidade e falta de provas da sua acusação.

    Enquanto não for reconhecido e corrigido o tratamento editorial difamatório das Organizações Globo não será possível acolher um pedido de entrevista como parte de uma normalidade que não existe, pelos parâmetros do jornalismo e da democracia.

    Luiz Inácio Lula da Silva”

    1. Perfeito, estamos sós, temos que ter clara consciência disso e tirar dela as conclusões óbivas. Marcharemos sempre contra o arbítrio, o autoritarismo e a tirania. Quem quiser nos acompanhar muito bem, mas são eles que tem que atravessar o rio, nós nunca abandonamos esse lado da margem.

  2. Aqui no Rio Grande,esse BOSTONARISTA DE OCASIÃO, é conhecido como OSMAR PRIVADA.Aqueles que quiserem comprovar o que afirmo,cheguem perto dele,e sentirão,o MAU CHEIRO.

  3. “como muitas das mortes divulgadas no dia X referem-se a pessoas que morreram em datas anteriores mas só agora tiveram o resultado dos testes conhecidos,”
    É uma patifaria monumental!
    O canalha ignora as mortes de hoje em função do gargalo do sistema de testagem e não as incluirá nos dias futuros pq não serão dos respectivos dias… e as varre para debaixo do tapete não divulgando o numero total no site do MS.
    Coisa de marginal mesmo!!!
    Hang é grande especialista nessas mágicas contábeis, não é a toa a fama de picareta mega sonegador!
    …e o charlatão Terraplana está merecendo passar uma temporada no xilindró por dar ares de especialista médico ao serviço de desinformação e acobertamento do genocídio.

    Guardem o nome de Osmar Terra, provavelmente esse desgraçado é o que andou soprando no ouvido do energúmeno palaciano… esse sujeito será um dos grandes responsáveis pelo desastre que está se desenhando.
    Até quando será permitida essa patifaria?!
    Até quando?!

    É SEMPRE BOM REPETIR: ENTRE OS GRANDES, O BRASIL É UM DOS QUE MENOS TESTA E MESMO ASSIM É O SEGUNDO EM CONTAMINADOS, O TERCEIRO EM MORTES, E COM O MAIOR AVANÇO PER CAPITA (MANTENDO ESSE RITMO SERÁ PRIMEIRO EM TODOS OS PIORES QUESITOS)

    Esses caras não podem passar impunes!
    https://ourworldindata.org/coronavirus-data-explorer?zoomToSelection=true&casesMetric=true&dailyFreq=true&aligned=true&perCapita=true&smoothing=7&country=GBR+ESP+DEU+FRA+BEL+SWE+NLD+BRA+RUS+USA
    https://uploads.disquscdn.com/images/6d42a8c1ace55df02597540208ad6ac6afe8a6f42e6e77246acfbe294f9bff65.png

  4. Estamos bem próximos de uma versão oficial do “Walking Dead”.
    Quem foi enterrado aguardando o resultado do teste de COVID não poderá ser considerado “totalmente morto”, já que deverá aguardar sua classificação post mortem no Purgatório Contábil dos milicianos.
    A que ponto pode chegar o desatino de um desgoverno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *