Guedes ameaça com desemprego se patrão contribuir para a Previdência

O Ministro da Economia ameaçou os jovens com (mais) desemprego se a Câmara votar para que haja contribuição das empresas para a capitalização previdenciária de seus empregados.

Ao reagir ao relator da reforma da Previdência, deputado Samuel Moreira, que teme que a constribuição isolada do trabalhador não vá cobrir as despesas de sua aposentadoria – o que é uma obviedade – Paulo Guedes disse que ““pode botar [encargo sobre as empresas], mas começa a ter desemprego entre os jovens também”,  segundo a Folha.

Como qualquer novo contrato, por um regime de capitalização sem contribuição patronal é, evidentemente, vantagem para as empresas, vai ser difícil que qualquer emprego dos atuais sobreviva: quem quiser continuar nele terá de aceitar a demissão e recontratação pelo regime de capitalização.

Pior ainda: a taxa de rotatividade no emprego, no Brasil, é estupidamente alta, com a regras atuais. Por mês, são cerca de 1,3 milhão de dispensas e de contratações. Mesmo que se proibisse, por qualquer artifício, a possibilidade de demissão e posterior  recontratação, no “regime novo”, bastaria isso para tirar, em um ano, mais de 20 milhões de contribuintes da “velha Previdência”, tornando mais agudo o déficit.

O que o ministro quer é, sem meias palavras, o genocídio do direito previdenciário dos brasileiros.

Curioso que Guedes fale que “começa a ter desemprego entre jovens também” quando o Brasil tem uma taxa de desemprego de 27,3% na faixa dos 18 a 24 anos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

23 respostas

  1. Este sujeito está debochando de nós,comportamento de delinquente.
    Os jovens já não conseguem emprego hoje,só esse imoral é que não sabe.Para gerar emprego ,tirar a contribuição dos “coitados” empresários brasileiros ,não soluciona nada ,piora ainda mais,porque não serão gerados empregos e aumentará o rombo que ele diz que a Previdência tem.
    Ainda quer usar os jovens como massa de manobra política, a favor de suas pretensões.
    Não é necessário ser um erudito em economía para perceber que este tecago-boy é um enganador.CANALHA !!!!!

  2. Completo idiota.
    Pior que o bolsonaro, se é que algum dia pensei que isso fosse possível.
    É do time da damares, araujo, salles, vaintaub, e generais do cabide de emprego.

  3. Meus amigos, sabem de uma coisa? Não dá mais para aguentar! Que venha o General Mourão, e que venha tão rápido como o raio! Que venha ontem!

    1. De jeito nenhum, meu caro, Alecs, Mourão é um Bolsonaro, “melhorado”, isto é, com muito mais competência para fazer maldades contra o povo brasileiro (pobres e classe média). VADE RETRO ! CASSAÇÃO JÁ DA CHAPA BOLSONARO/MOURÃO, ELEITA EM DESACORDO DA LEGISLAÇÃO ELEITORAL ! LULA INOCENTE JÁ ! NINGUÉM SOLTA A MÃO DE NINGUÉM !

    2. Alecs, vc acha mesmo que o Mourão é diferente do Bolsonaro? Temos sim que brigar pelo Fora Bolsonaro e Fora Mourão, com novas eleições

    3. Viveu os “anos de chumbo”?
      Esses militares ( generais) de agora, são piores ainda que os assassinos de 1964.
      Eles endossam a entrega da Base de Alcântara, a destruição da Amazônia, a venda da Embraer e a entrega da Pré-Sal. Além de destruir grandes empresas nacionais.
      Eles assassinam até os sonhos dos brasileiros.

  4. Quando a Dilma era presidente deste país, não havia desemprego, apesar da economia estar deteriorando, mais em decorrência do bloqueio que Cunha e Aécio faziam à economia do que às suas políticas. E todo empregador pagava os salários e benefícios sem muita reclamação. De repente pagar salários virou um problema sério. Benefícios um crime. Se querem mesmo acabar com os benefícios todos, como nos USA, modelo deste povo, que paguem o salário mínimo de lá. Sem salário ninguém compra. Se ninguém compra, ninguem vende. E se ninguém vende, ninguém fabrica. Simples assim.

    1. Não entendi perfeitamente seu texto.
      Pode ser o mesmo caso que vem ocorrendo com os meus textos.
      Mudança de palavras desfigurando totalmente o que escrevo. Como tudo é dos istaduszunidos, não me surpreende.

  5. Caro Brito:
    Você disse:
    “O que o ministro quer é, sem meias palavras, o genocídio do direito previdenciário dos brasileiros.
    Eu digo:
    Este é um governo FETIDO.
    FASCISTA, ENTREGUISTA, TRAIDOR, INCOMPETENTE, DITADOR e ONAGRO.
    Enquanto o povo ( nós ) não derrubar ( botar prá correr ) essa desgraça, ele e toda a sua gang vai nos matando aos poucos e nos chamando de comunistas e terroristas, quando na realidade quem está fazendo o terrorismo é ele e toda a classe dominante que vem nos oprimindo há muitos e muitos anos.

  6. Até parece que nenhum empresário repassa os encargos para o preço de seus produtos..tadinho deles

  7. O ridículo é a chamada de capa do Valor Econômico de hoje, em que há entrevista do Roberto Campos Neto, presidente do BC.

    Pelo que vi, ele admite que foi subestimada a presença do Estado no crescimento econômico do país, pois acreditava-se que o setor privado sozinho poderia tocar o barco.

    Nessa hora, lembro-me daquele personagem do saudoso Milton Carneiro, no Planeta dos Homens: “Ah, é, é?”.

    Nem nos EUA – aclamada pátria do “liberalismo” – o Estado é tão ausente.

  8. “Como isso* pode acontecer com o Brasil?” (Royalties para Reinaldo Azevedo). Insuspeitíssimo “tio” Rei.
    * “Isso” é Jair Messias Bolsonaro.

  9. O Chicago boy deve ser imediatamente internado na FGV e no IBGE, só saindo de lá depois de 5 anos e comprovado conhecimento da realidade do país para asim poder continuar seu projeto de reforma da previdência.

  10. Fizeram duzentas reuniões para tentar encontrar um meio de acabar com a onda de Lula Livre, que está tomando conta do mundo. E não foram reuniões só no Brasil. Vão tentar trocar a ida do Lula para a prisão domiciliar em seu velho apartamento, em troca dele ficar de bico calado e não dar mais entrevistas para ninguém nem se pronunciar sobre política. Lula em Curitiba está em um verdadeiro bunker inexpugnável, protegido por terra, ar e mar. Em sua casa estará será tão frágil quanto um frango acuado.

    1. Não adianta só prenderam o LULA,o LULISMO está aí nas ruas, e pelo jeito está crescendo e muito vamos aguardar até onde estes canalhas irão aguentar, em algum momento essa porcaria EXPLODE.

      1. Ai ai ai ai, está chegando a hora,…” ÀS RUAS, POVO BRASILEIRO” ! LULA INOCENTE JÁ ! NINGUÉM SOLTA A MÃO DE NINGUÉM !

  11. O Chicago Boy faz e acontece porque sabe que o povo não vai reagir. Já tem gente torcendo para o carro dele furar o pneu à noite na periferia de uma grande cidade ou o avião dele cair.

  12. Todo dinheiro das aposentadorias acabará nas mãos de empresas gringas de previdência.
    Os traidores do Brasil, civis e militares, estão felizes.

  13. Senhores, estamos testemunhando o nazismo em exercício, em sua forma quase pura. Troque-se judeus por negros e mulatos, troque-se campos de extermínio por Ubers, troque-se morte por privação de renda e patrimônio. É isso que temos, seres tão imundos em seus desejos que me recuso a chamar de humanos, com poder – e vontade – para explorar e exterminar centenas de milhões de brasileiros. Reajamos AGORA, ou não haverá amanhã.

  14. Paulo Keds é um IMBECIL, economistazinho de quarta divisão e só um PANACA ANALFABETO como o bozo colocaria esse asno na chefia de uma economia do porte da brasileira.

    Mas não nos iludamos com keds, embora seja economista de quarta ou quinta categoria, como PICARETA é mestre. E o objetivo dele nunca foi o Brasil e sim as finanças privadas de agiotas legais.

  15. o Guedes tá deixando claro que quer dar um golpe nos brasileiros. É claro que no futuro a pessoa que tiver no regime de capitalização não terá dinheiro para se sustentar, pois contribuirá sozinho, sem garantia do governo e sem a parte do patrão, teremos velhos nas praças mendigando e velhos se suicidando e Guedes curtindo o seu uísque nos Estados Unidos. Os deputados e senadores seja de qualquer partido não devem aprovar isto. é um crime contra a nação. O Guedes, a meu ver, está cometendo um crime gravíssimo. Pois deixa claro que somente haverá investimento em qualquer setor da economia se a reforma da previdência ocorrer do seu jeito. Como pode uma pessoa colocar uma nação contra a parede. Onde estão as autoridades, os deputados e senadores que zelam pelo correto, honesto, ético e digno. Se a reforma acontecer no dia seguinte estarão deitando dinheiro na economia, já hoje não tem dinheiro. Isto é ou não é um crime?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *