Ibope sugere que Lula-18 é mais forte que Dilma-14 no 1° turno. Ipsos, também

Evidente que não se pode fazer projeções de resultados nacionais com base, exclusivamente, no levantamento de 12 estados feito pelo Ibope e publicado a noite passada pelo Tijolaço, numa exclusividade devida apenas ao desinteresse da mídia, que pagou por ele, em dar a conhecer seus resultados. Mas pode-se, com toda a segurança inferir tendências.

Em nove dos 12 estados pesquisados o desempenho de Lula vai além do obtido por Dilma Rousseff no primeiro turno das eleições de 2014. E, no mais importante numericamente, o Ceará, onde Dilma teve 68% dos votos válidos e Lula tem 64%, a pequena diferença é explicável pela presença de Ciro Gomes na disputa, onde alcança 17% dos votos válidos.

A rigor, com os ganhos que se projeta no Estado de Pernambuco, onde, pelo apoio do clã Arraes, Marina Silva saiu vencedora, tudo indica que o resultado de Lula no Nordeste, no primeiro turno, será superior ao obtido pela candidata do PT há quatro anos.

São resultados que se alinham com os do grau de aprovação/reprovação divulgado hoje pelo Ipsos/Estadão, onde o ex-presidente aparece disparado em aprovação (47%) muito à frente dos concorrentes Marina Silva (30%), Bolsonaro(24%), Ciro Gomes (18%) e Geraldo Alckmin (17%).

No caso de Lula, pelo grau de polarização, as taxas de aprovação, é correto intuir, aproxima-se do seu potencial de votos, que representa maioria absoluta

Tão importante quanto a pronunciada liderança de Lula é a fraqueza de seus adversários, exceto a de Jair Bolsonaro, que é, nitidamente, o mais expressivo eleitoralmente entre eles. Quanto a este, seu bloqueio não é o de formar um contingente expressivo de apoio, depois de anos de ceva ao ódio, à intolerância e à irracionalidade, mas arrastar para esta monstruosidade a maioria do povo brasileiro.

Observe-se a fraqueza, porém, de Geraldo Alckmin, que nem mesmo consegue repetir – e em boa parte, por conta de Bolsonaro –  o desempenho histórico do tucanato em estados onde sempre venceu ou saiu forte. Mesmo em São Paulo, em pesquisa não simultânea – mas não tão atrasada – ele não chega à metade do que, em 1° turno, de Aécio Neves.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

35 respostas

  1. AS LOROTAS DO SARDENBERG:

    FAKE: “Comitê de Direitos Humanos, um órgão formado por 18 “especialistas” independentes – acadêmicos em geral .”
    FATO: Os 18 membros do Comitê são eleitos pelos países membros do Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos (PIDCP), em eleições convocadas pelo Secretário-Geral da ONU. São “personalidades de alta moralidade e possuidoras de reconhecida competência no domínio dos direitos do homem” (artigos 28 e 40 do PIDCP, que também recomenda experiência jurídica). Não se sabe o que Sardenberg tem contra os “acadêmicos em geral”.
    FAKE: “que não tem (o Comitê) nenhum poder decisório ou mandatório”.
    FATO 1: Na definição da ONU, disponível no site da organização, “o Comitê de Direitos Humanos é o órgão criado com o objetivo de controlar a aplicação, pelos Estados Partes (do Pacto Internacional pelos Direitos Civis e Políticos…). Os Estados Partes (…) reconhecem ao Comitê competência para examinar comunicações de particulares sujeitos à sua jurisdição que aleguem terem sido vítimas de violação dos direitos previstos no Pacto” (que é o caso de Lula).
    FATO 2: A jurista norte-americana Sarah Cleveland, vice-presidente do Comitê, afirmou que “o Brasil é um signatário de tratados, e a posição do comitê é que o Brasil tem obrigação legal de cumprir o pedido do comitê”. E acrescentou: “Em outras palavras, o Brasil é legalmente obrigado a acatar”.
    FAKE: “O comunicado (do Comitê) não foi divulgado oficialmente, mas saiu em matéria da BBC, na última sexta-feira. Um vazamento.”
    FATO: O comunicado foi feito, de maneira oficial e simultaneamente, ao estado brasileiro (via Itamaraty) e à parte requerente (os advogados de Lula). A defesa do ex-presidente e os sites do PT e da campanha de Lula divulgaram a notícia, o comunicado e o documento oficial para o público e a imprensa. O Globo de Sardenberg escondeu a notícia, mas a imprensa mundial publicou. Não houve vazamento, houve censura.
    FAKE: “Não se deve confundir o Comitê com o Conselho de Direitos Humanos – este um órgão de alto nível, formado por representantes (diplomatas) de 47 países e que se reporta à Assembleia Geral da Nações Unidas, o órgão máximo da entidade. E este Conselho não decidiu absolutamente nada sobre esse caso.”
    FATO: Não se deve confundir mesmo. Não há relação de hierarquia ou subordinação entre estes dois organismos de “alto nível”, mas só o Comitê tem poderes sobre a conduta dos países signatários do Pacto de Direitos Civis e Políticos. O Conselho de Direitos Humanos faz recomendações, como fez recentemente ao governo brasileiro sobre a Emenda 95 (a emenda da morte) por ameaçar dos direitos humanos à saúde, educação e políticas sociais.
    FAKE: “Vai daí que são fake todas as notícias do tipo: ONU manda, determina, exige que Lula participe da eleição; decisão do Comitê é obrigatória.”
    FATO: Toda a imprensa internacional noticiou a ONU (ou o Comitê) como sujeito nas manchetes. Porque esta é a notícia, o resto é conversa. Sardenberg, um fracasso como analista econômico, é patético como ombudsman da mídia mundial.
    FAKE: “A própria nota do Comitê tem um jeitão de fake news. Por exemplo: pede que o “Brasil” ou o “Estado brasileiro” garanta os direitos eleitorais de Lula. De que se trata? Do executivo? Do Legislativo? Do Judiciário? Todo mundo sabe, ou deveria saber, que o caso está no Judiciário, que é independente, e que os demais poderes não podem fazer nada. Logo, o Comitê deveria ter se dirigido ao Judiciário. Mas como não pode fazer isso formalmente, sai com esse vago “o Brasil” ou o “Estado”. Mostra que busca repercussão política e não efeitos práticos”.
    FATO: A República Federativa do Brasil (Brasil, ou estado brasileiro) é membro fundador da Organização das Nações Unidas. É com o Brasil, por meio do Itamaraty, que a ONU se relaciona. A ONU nunca se dirige diretamente a nenhuma instituição, mas ao país. Aprenda, Sardenberg: cabe ao estado brasileiro cumprir suas obrigações internacionais por meio das instituições adequadas. Até o Itamaraty informou que estava encaminhando o comunicado ao Poder Judiciário.
    FAKE: “Além disso, o Comitê endossa totalmente a tese da defesa de Lula. Diz que o ex-presidente deve ser candidato com plenos direitos, como uma medida liminar, uma cautela – “até que todos os recursos pendentes de revisão contra sua condenação sejam completados em um procedimento justo e que a condenação seja final”.
    FATO: O Comitê de Direitos Humanos da ONU está, há dois anos, examinando requerimento da defesa de Lula sobre a perseguição por meios jurídicos (lawfare) de que Lula tem sido vítma. O processo não está concluído, mas o Comitê afirma que os direitos políticos de Lula, inclusive o de ser candidato, devem ser garantidos pelo estado brasileiro, até que se conclua um “julgamento justo”.
    FAKE: “Ora, todo mundo sabe que, pela decisão vigente do STF brasileiro, o condenado em segunda instância vai para a cadeia cumprir pena, mesmo que ainda possa recorrer ao STJ e STF.”
    FATO: O STF, em decisão apertada e ainda sujeita a nova apreciação, autorizou a prisão em segunda instância mas não a tornou obrigatória. E o Comitê não está discutindo a Lei da Ficha Limpa, está dizendo que o Brasil deve respeitar os direitos políticos do cidadão Lula, que não se esgotam na segunda instância. Aprende, Sardenberg!
    FAKE: “Resumindo: a nota do Comitê é uma fake news, que originou outras fake news.”
    FATO: Resumindo: Carlos Alberto Sardenberg juntou todas as fake news sobre o comunicado do Comitê de Direitos Humanos da ONU para produzir a notícia mais mentirosa de todas sobre o assunto.

    https://lula.com.br/onu-e-lula-a-maior-fake-news-que-o-sardenberg-ja-escreveu/

    1. Mais interessante, Gurgel, é que a Globo demorou mais de 24h para comentar a notícia e, quando comentou, recorreu a um jornalista da casa. Jornalista, não advogado! Certamente, tentaram contatar vários operadores do Direito, mas nenhum aceitou se rebaixar e endossar essa mentira. Daí tiveram que recorrer a um sabujo da casa mesmo…

      1. excelente observação a sua. Não tinha percebido isso: não acharam alguém da área do Direito que se dispusesse a por sua reputação na lata de lixo.

      2. excelente observação a sua. Não tinha percebido isso: não acharam alguém da área do Direito que se dispusesse a por sua reputação na lata de lixo.

    2. Ainda bem que, com à internet, os blogs, as redes sociais, o facebook, etc: o poder da ex-poderosa gLOBO está, simplesmente, evaporando. Atualmente, esse grupo de mídia, não consegue mais manipular ou enganar o brasileiro como antigamente. Com isto, o Fake News desse jornalista, puxa saco, dos Marinhos não conseguiu enganar ninguém.

    3. Ainda bem que, com à internet, os blogs, as redes sociais, o facebook, etc: o poder da ex-poderosa gLOBO está, simplesmente, evaporando. Atualmente, esse grupo de mídia, não consegue mais manipular ou enganar o brasileiro como antigamente. Com isto, o Fake News desse jornalista, puxa saco, dos Marinhos não conseguiu enganar ninguém.

    4. Sardenberg é um mentiroso sequencial. Um homem que não tem vergonha na cara

      de seguir e obedecer aos patrões. Que figura ridícula e lamentável. Some , FDP

      1. ESTE VAI DIRETO PARA O INFERNO COM OS GOLPISTA E TRAIDORES DA PÁTRIA. A CANOA VAI VIRAR NO ANO QUE VEM.

  2. São Paulo – Capital ………. Presente !…………… Lulão novamente. Chora globogolpista. A hora tá chegando.

  3. “Sem licitação: União e Senado gastam R$12 milhões com coaching da moda”.

    “A empresa brasileira Amana-Key Desenvolvimento e Educação autodeclara-se especialista em cursos de gestão, estratégia e liderança. Em seu site oficial, há depoimentos e elogios de executivos que comandam companhias importantes do país, como Magazine Luiza, Grupo Boticário e TV Globo. Com sede luxuosa em Cotia (SP), o local oferece diversos treinamentos, entre eles um de 50 horas que chega a custar mais de R$ 10 mil.

    Recentemente, a fama da escola de gestão chegou ao Senado Federal. Em março, a Casa desembolsou quase R$ 350 mil para que apenas 30 servidores passassem por um coaching coletivo na cidade paulista. Já órgãos e estatais ligados ao governo federal fecham contratos com Oscar Motomura, fundador da empresa, e sua equipe, desde 2013. O gasto total foi de R$ 12.044.773,87.

    Nenhuma das contratações firmadas entre a União, Senado e a companhia passou por licitação. Ou seja, os órgãos escolheram a Amana-Key e fecharam negócio, todos amparados em dois artigos da Lei nº 8.666/93, a Lei de Licitações. Segundo a Controladoria-Geral da União (CGU), o inciso II do artigo 25, combinado com o inciso VI do artigo 13, permitiu a dispensa de licitação nesses contratos. ‘Por se tratar de curso fechado e prestado por entidade detentora de notória especialização’, explica a CGU.”

    https://www.metropoles.com/brasil/politica-br/sem-licitacao-uniao-e-senado-gastam-r12-milhoes-com-coaching-da-moda

  4. Até na Loteria Federal de sábado último, teve-se: Primeiro prêmio: 13; segundo prêmio: 13. Você ainda tem dúvidas?!

  5. Muito interessante é que, no Rio Grande do Sul — terra da Ana do Rêlho (a “véia” nas planilhas da Odebrecht) — Lula esteja liderando.

    1. A Dilma recebeu 47% dos votos em 2014 no RS em 2° turno.
      Lula é bem possível que faça mais que este percentual.

  6. Mas Lula esta’ preso e vai continuar preso, gente. O illuminate nao vai deixar ele sair da prisao e ser eleito. E Haddad, como minha tia verificou, é um nome muito dificil de ser memorizado, pelo povo simples.

    1. Dê uma olhada nas pesquisas em Pernambuco, por exemplo, onde ele j´está em primeiro lugar sem o Lula. E olhe que predicamente ainda não houve propaganda ou divulgação. Aliás, oficialmente ele nem é candidato.

    2. O nome pode até ser difícil de memorizar (embora eu duvide porque os brasileiros estão acostumadíssimos a pronunciar nomes de origem turca, libanesa ou síria), mas a estampa é fina. Jovem, bonitão, simpático e sorridente. Acho que sua tia vai aderir…rsrs O importante, porém, é que ele é Haddad Lula da Silva!

      1. Haha, minha tia é o maior cabo eleitoral de Lula e haddad, que eu conheço. Ela tem feito pesquisas pelo interior ,para avaliar o poder de transferência de Lula . E é esta conclusão a que ela tem chegando. Dá complexidade do nome do ex-prefeito de sp.

  7. Pesquisa quentinha da CNT/MDA após o registro do Lula, subiu 5 pontos da última realizada em maio. Agora, 37,3% e 48% dos votos válidos. Aguardando ansioso a análise do Brito. Uma coisa é cristalina: a lava-jato perdeu feio pro Lula.

  8. Amigos, hora de louvarmos aqueles que possibilitaram essa situação.
    Não fosse a Blogosfera, LULA hoje não estaria dessa posição.
    A ala da comunicação caracterizada como progressista e formada por blogueiros, jornalistas, comentaristas, enfim…todos que se uniram para mostrar o Brasil e, principalmente desmentir a imprensa fascista comandada pela globo.
    Nos dias de hoje, a globo inventa uma mentira (fake news) e em poucos minutos é desmentida pela blogosfera.
    Só por isso o povo teve a cesso à realidade e à verdade dos fatos.
    Só por causa da Blogosfera o mundo teve acesso ao que está acontecendo no País.
    Parabéns à blogosfera e particularmente ao povo brasileiros que a elegeu como seu canal de comunicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.