Maia debocha e insinua senilidade do general Heleno

O general Augusto Heleno foi à redes sociais – sim, um ministro de “Segurança Institucional batendo boca no Twitter! – dizer que foi vítima de “invasão de privacidade” ao ser flagrado sugerindo um “foda-se” ao que chamou de “chatagem” do Congresso, em conversa com Paulo Guedes e com o general Luiz Eduardo Ramos.

Invasão de privacidade? Como, se a conversa foi no meio de um grupo que assistia o hasteamento da bandeira diante do Planalto, se foi captada pela câmara da emissora do Governo que transmitia o evento e se o operador ainda teve o cuidado de avisar que estava em live, isto é, ao vivo?

E, ainda que sem a extrema grosseria, o que tem um ministro de Segurança de dar palpites nas negociações políticas com o Legislativo.

Heleno tem tido um comportamento de chefe de claque, não de um militar.

Por isso, vai ter de engolir calado as ironias e críticas do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que disse que o general não achou chantagem quando estavam votando o aumento, dele e de seus colegas de farda, e que se comporta como um adolescente ao agredir o Parlamento.

– Geralmente, na vida, quando a gente vai ficando mais velho, a gente vai ganhando equilíbrio, experiência e paciência. O ministro, pelo jeito, está ficando mais velho e está falando como um jovem, um estudante no auge da sua juventude. É uma pena que o ministro com tantos títulos tenha se transformado num radical ideológico contra a democracia, contra o Parlamento. Muito triste. Não vi por parte dele nenhum tipo de ataque quando a gente estava votando o aumento do salário dele como militar da reserva.

Deboche à parte, talvez seja a senilidade a desculpa mais conveniente para o general, que não tem modos, disciplina e nem “simancol”.

Só que sua fala desabrida dá a entender que exprime, também, o pensamento de Paulo Guedes em relação ao parlamento.

Sem falar a papar, é provável que o Congresso trate com o mesmo f… as reformas tributária e a administrativa que Guedes diz serem essenciais para a economia – e não o são, porque uma e outra não têm efeito imediato.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

15 respostas

  1. É pior do que chefe de claque, é um brucutu de uma horda fascista.
    Num exército profissional de fato, um sujeito destes não teria alcançado mais que o posto de major (por antiguidade).
    O critério ideológico de promoção o levou ao generalato.

    1. Mas vale não esquecer, que o tchuchuca, e esse energúmeno, são contra a promoção por antiguidade. Se assim fosse a maioria dos generais de hoje não tinham chegado ao posto de capitão.

  2. É essa a linguagem de milicianos e seus asseclas.

    A proposito: quando é que a milicia vai esclarcer aos brasileiros, como foi transportado para a Espanha, 39Kg de pasta de cocaina em um avião militar brasileiro que serve a Presidencia da Republica?

  3. Ainda acho que, apesar dos surtos autoritários e indecorosos, das figuras mais imbecis deste governo (incluindo, aí, o próprio chefe), as reformas tributária e administrativa, bem ao gosto do mercado, ainda passarão sem um mínimo de esforço de articulação política por parte do governo.

    Afinal, Rodrigo Maia, apesar de insultado, tem como razão de sua própria existência, a tramitação e aprovação de tudo aquilo que represente a implosão dos poucos direitos sociais e trabalhistas que ainda nos restam.

    Além, é claro, da própria soberania nacional.

    São como pontos pacificados, na agenda política desses parlamentares privatistas, mas pretensamente “pró-democracia”.

  4. Um delinquente,imoral,genocida (Cité soleil no Haití ),corrupto do COB ao lado de Nusmann (fazia parte do conselho e nada vía),ainda não explicou a mala de cocaína no avião do miliciano (aplique-se a toría do domínio do fato,a vida e seus boomerangs).
    EM SOMA UM CANALHA ENTREGUISTA,DEFENSOR DE INTERESSES CONTRÁRIOS A NAÇÃO ,GENOCIDA QUE AINDA AGUARDA SUA PUNIÇÃO.
    Existe um fato nessa “operação Haití” que nunca foi totalmente explicado,o general que o reemplazou ,acabou se suicidando.,por qué???
    Estranho ,muito estranho e o governo dos pts abafou o fato do massacre ,hoje paga por não ter cortado a cabeça desse genocida.
    Mais um erro na conta dos pts.

  5. A situação está desesperadora para os bolsonaro, e começam a estourar vesículas secundárias. E o Moro, ao que tudo indica, quer ainda por cima ajudar a afundar seu chefe, ao tentar enquadrar na Lei de Segurança Nacional um importante político que teria, como dezenas de outros, chamado o governo de governo de milicianos. Isso só fará é dar mais holofotes aos pecados de seu chefão, que já se encontra em palpos de aranha justamente por esta onda de laços com milicianos. Parece óbvio que o Moro joga gasolina na fogueira.

  6. Não acho que devemos dar crédito a Lombroso, mas nunca encontrei ninguém confiável, digno, pacífico e inteligente que tivesse os cantos da boca permanentemente caídos para baixo. Creio que é devido ao permanente gosto amargo da bílis que sobe graças ao seu comportamento eternamente atrabiliário (acrescente-se nos militares o uso perene de óculos escuros certamente para esconder o olhar de rapina e desconfiança).

  7. Um dos grandes culpados desses vermes fazerem o que querem é o chileno Maia que faz de tudo para aprovar reformas que só ferram o povo mais pobre do país Heleno é um genocida igualzinho a Maia e sua gangue , um mata com armas o outro com suas articulações.

  8. Bom dia. Os “patriotas” de cantar hino, hastear bandeira e louvar os eua – isso quando não rastejam- têm demostrado q não possuem o minimo para q se considere eles civilizados. Brucutus sem sem qualquer aimbra de refinamento. Meu Deus! como querer cobrar civilidade do nosso povo?

  9. Me perguntam porque um verme desse está aí e eu me pergunto como esse governo de vermes chegou até aí…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.