Moro é baixo demais para cair

Eliane Cantenhêde, no Estadão de hoje, faz a pergunta que toda a mídia tem na boca, mas tem vergonha de fazer, por atingir um ídolo: Sérgio “começa a se arrepender de ter trocado a magistratura pelo governo Bolsonaro? Até quando ele aguenta?”

Ele se refere, claro, à humilhação imposta com a “desnomeação” de uma suplente de Conselheira por rejeição da direita hidrófoba e ordem do prórpio presidente. Tão vergonhosa que o inacreditável Olavo de Carvalho, presidente de honra do Bloco do Cachorro Louco resolveu completar o vexame gravando um vídeo elogiando Moro pela capacidade de recuar, ho Facebook.

Não creio que ele esteja numa situação de arrependimento.

Nem mesmo uma pessoa limitada como o ex-juiz de Curitiba poderia ser ingênua e crer que Bolsonaro também lhe daria inteira liberdade de movimentos ao dar-lhe o posto de Ministro da Justiça. Poderia e poderá dar-lhe o seu “alvo B”, uma cátedra no Supremo Tribunal Federal e, avaliou, permiria manter vivo o que nutre em silêncio, uma eventual candidatura presidencial em 2022 que, paradoxalmente, depende – óbvio – do insucesso do ex-capitão.

Moro já aguentou outras, aguentará essa e fará cara de amuado apenas para garantir, em setembro, que se complete o seu domínio sobre a máquina de perseguição, abocanhando a Procuradoria Geral da República e a possibilidade de contar com toda a linha de acusadores.

Ninguém espere atitudes de indignação ou inconformismo real de Sérgio Moro. Tudo nele é vinculado a um projeto de poder autoritário que suporta chocar por anos a fio, como fez ao “cozinhar” o delator Alberto Yousef para tecer a teia da Lava Jato. Falta-lhe estatura para ser idependente diante dos fortes e respeitoso ante os fracos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

44 respostas

    1. #LulaLivre #LulaNobelDaPaz Não creio que o cargo mais adocicado do Brasil, ministro do stf, seja o plano b do moro. Mas, sim, seu plano a. Óbvio que não vai sair do governo que lhe prometeu a nomeação. moro já cumpriu no governo o que o bozo queria. Agora, como um sobrevivente, se acoelhará enquanto reza (ops, ora em homenagem a damares goiabeira) pela destituição rápida do gilmar ou que morra alguns dos ministros (talvez o celso de melo. Mais velho e que tem mania de ser garantista de vez em quando).

    1. Lixo é melhor do que sejumoro, pois que reciclável.
      Ele está mais pra bosta de gato, que não serve pra nada.

    2. #LulaNobelDaPaz Não creio que o cargo mais adocicado do Brasil, ministro do stf, seja o plano b do moro. Mas, sim, seu plano a. Óbvio que não vai sair do governo que lhe prometeu a nomeação. moro já cumpriu no governo o que o bozo queria. Agora, como um sobrevivente, se acoelhará enquanto reza (ops, ora em homenagem a damares goiabeira) pela destituição rápida do gilmar ou que morra alguns dos ministros (talvez o celso de melo. Mais velho e que tem mania de ser garantista de vez em quando.

    3. #LulaNobelDaPaz Não creio que o cargo mais adocicado do Brasil, ministro do stf, seja o plano b do moro. Mas, sim, seu plano a. Óbvio que não vai sair do governo que lhe prometeu a nomeação. moro já cumpriu no governo o que o bozo queria. Agora, como um sobrevivente, se acoelhará enquanto reza (ops, ora em homenagem a damares goiabeira) pela destituição rápida do gilmar ou que morra alguns dos ministros (talvez o celso de melo. Mais velho e que tem mania de ser garantista de vez em quando.

  1. A estrategista política desse.monstro amoral denominado OROM ..chamasse Rosângela Wolff….prestem atenção nos sinais….

  2. Moro sofre da síndrome dos puxa-sacos: lambe as botas e agrada os poderosos e se vinga nos enfraquecidos.

    1. Moro é um sicário do império.
      Deve sentir-se um herói temido. Cheio de ilusões e ambições confunde momentaridade com protagonismo.
      Assim como os matadores de aluguel do submundo do crime, executa quem lhe é encomendado.
      Como aqueles, tombará quando deixar de ser útil. Queima de arquivos.
      Os sinais são de que o processo de descarte já começou.
      Tal como seu predecessor argentino, Natálio Nizman (quem submetia suas decisões ao crivo do embaixador americano antes de apresentá-las ao tribunal), é candidato a ser suicidado para que seus senhores obtenham um derradeiro benefício político, com a tentativa de imputação do suicídio à esquerda.

  3. Em resumo: é do time dos mediocres e puxa sacos. Já está na página ruim da História de onde poderá fitar bem lá no alto aquele a quem ele persegue por inveja, ciúme e despeito, o presidente mais querido do Brasil: Lula.

  4. Moro aguarda a vaga do STF em novembro do próximo ano. Até lá como carreirista que é irá engolir todo tipo de sapo.

  5. O rábula de Curitiba não tem um, mas dois projetos pessoais. Precedente à ascensão ao posto máximo do Executivo vem o de destruir o PT, que dizem ter sido uma promessa ao pai em seu leito de morte (pai, este, colaborador na ditadura civil-militar e antipetista ideológico e ferrenho). Provavelmente um dependerá do outro, haja vista a incapacidade do governo hidrófobo em realizar até o que deseja. Mas talvez isto seja seu real sustentáculo frente às humilhações engolidas e por vir. Se tem ou não preparo para seus projetos não sabemos, mas vontade e falta de escrúpulos para levá-los adiante já mostrou ter o suficiente. Está à altura da baixeza dos objetivos.

  6. Moro pretende construir o seu reinado nas ruínas do governo de Bozo. Não terá pressa em construir e pavimentar seu caminho. Fará as denúncias e demonstrará sua falsa indignação quando for conveniente. Aguardem!

  7. A estrategista política desse.monstro amoral denominado OROM ..chamasse Rosângela Wolff….prestem atenção nos sinais….

  8. Quem diria que essa facada em Sérgio Moro viria da Deputada Federal de São Paulo, Joice Hasselmann e seu exército de militantes digitais, já podemos ver muitos opositores à Sérgio Moro, com pena desse juiz de fancaria. Não devemos ter pena desse vendido, desse traidor do povo brasileiro, mesmo porque ele já está muito bem preparado para fugir, tendo já formado sua segurança com a S.W.A.T, os mesmos “gorilas” que ele póprio cedeu para “perseguir” LULA até o velório de seu pequeno Artur, em São Bernardo/SP. LULA LIVRE JÁ ! NINGUÉM SOLTA A MÃO DE NINGUÉM !

  9. Eu, como gestor, trabalhando há mais de 20 anos como interim manager – o que em bom português é o cara que as empresas chamam quando deu merda – lido, essencialmente com pessoas. O tipo moro é comum, useiro e vezeiro de se encontrar nas corporações. Em síntese é aquela pessoa que, em cargo onde tenha poder sobre outrem, mostra as seguintes características:
    a. é autoritário, lidera na base do manda quem pode, obedece quem tem juízo
    b. é inseguro, não lida com o controverso, não aceita críticas e não reconhece seus erros, como também, não deixa espaço para o crescimento de outras pessoas, é famoso por não dar sombra para alguém crescer
    c. é covarde, despido do poder não tem força moral para se impor, muito menos se tiver que brigar de baixo para cima
    O moro corporativo não tem substância, joga para a torcida, cresce explorando as fragilidades alheias e não lida bem com crises, aguenta enquanto não tem opção, mas, na primeira oportunidade foge da raia.
    Sérgio Moro parece-me se enquadrar à perfeição. Rezo para que não ganhe uma cadeira no STF, mas não me preocupo com a possibilidade de vir a ser Presidente. Não durará até lá.

  10. Falando em Olavo…ele esta arrecadando dinheiro para pagar alguna impostos que andou sonegando. Isso virou motivo de chacota do Frota, que por sua vez recebeu uma nota de um grupo chamado Direota SP pedindo desculpas por terem feito campanha pra ele. A direita está se despedacando mais rapido do que pensei.

  11. Um medíocre, que vai continuar medíocre em qualquer contexto.
    Também um corrupto, que não tem vergonha de acusar e prender uma pessoa de alta importância para o país, por inveja e orientação política de ultra direita atrasada ,sem argumentos,sem programas, bigotrista e sem pruridos em jeopardizar o futuro do próprio país.

  12. Não li o artigo dela, mas sendo ambos Tucanos… Talvez ela queira meio que limpar a barra dele…

    Pode até tentar… Mas ele já está atolado nesse lamaçal de agora… Fora o que ele mesmo já havia criado… Está tudo na bagagem… Na essência…

    Além disso… o Supremo é a meta pessoal a ser alcançada…

  13. Sem pretender diversionismo (como soem fazer os milicus (e) a direita mais escrota atuando nos meios progressistas) o melhor do texto poderia ser o trecho (adaptado) “o canalhíssimo Olavo de Carvalho, presidente de honra(?) do Bloco do Cachorro Louco”…

  14. Talvez ele não leve um pé na bunda porque sabe demais, mas que é bom vê-lo sofrer derrotas é.

  15. Moro é frio e calculista. Pode errar aqui e ali, mas sabe fazer política.

    A lava jato foi um processo político conduzido com maestria.

    E ele está fortalecendo seu grupo para assumir o poder em 2020.

    E vai usar o aparelho repressivo do estado em seu favor para silenciar todos seus adversários.

  16. Moro é um juiz sem brilho, impulsionado para o estrelato por força de um treinamento no Departamento de Estado. Não se sabe se foi Moro que foi ao Departamento de Estado ou se foi o Departamento de Estado que veio até o Moro.

    1. Alecs, juiz o Moro já não é mais. É apenas um ministro que, ao cair, deverá se inscrever na OAB, pois nem carteira da OAB tem.

  17. O maior bandido da história do Brasil.
    Quando as coisas voltarem ao normal, se voltarem, não espero nada menos que fuzilamento para este porco imundo.
    Crime: alta traição a pátria.
    A lava jato comandada por este verme destruiu o país. Demoraremos décadas para nos recuperar, se recuperar.
    Defendo fuzilamento puro e simples para todos da lava jato.

    Há muitos outros no judiciário que merecem o mesmo tratamento, mas pode ficar para a segunda fase.

  18. O agente Moro tem a dimensão de um Guaidó: um peão de Trump.
    Na Venezuela, o peão foi bloqueado e isolado. Aqui, permitiu-se que ele derrubasse a dama.

  19. Não sei. Pra mim, entre essa gente tudo se ajeita. Ele pode aceitar ficar mais “moderado” um tempo, posando de político e racional (em contraste com o Sr. Bozo). Enquanto isso vai emplacando algumas iniciativas como a lei do abate e a perseguição às universidades e depois pode sair num momento mais adequado para bem mais tarde reaparecer como o candidato de direita à presidência, mais “moderado” que o nazistinha quase assumido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *