Na ponta do novelo tem um nó cego

Dará trabalho e será inverossímil a “explicação” que surgirá esta semana para a presença de Fabrício Queiroz na casa de campo do advogado de Flávio e de Jair Bolsonaro.

Não será a primeira conversa fiada, pois é preciso recordar que, há ano e meio atrás, as movimentações financeiras do faz-tudo dos Bolsonaro tentaram explicar pelos “rolos” em compra e venda de automóveis usados.

É inevitável que Flávio Bolsonaro torne-se réu pelos favores financeiros que recebeu do esquema de “rachadinhas” operados por Queiroz, a esta altura mais que materializados nas investigações.

Mas é igualmente impossível, também, que o “pós-rachadinha” vá revelando esquemas comprometedores que irão além do “Filho 01”, porque o encobrimento de Queiroz – o financiamento de seu tratamento de saúde, a estruturação de uma rede de ocultação e seus contatos telefônicos especulando sobre vantagens financeiras -era algo que ia além do próprio Flávio, certamente.

Ou alguém pode achar que nas inúmeras conversas privadas entre Jair Bolsonaro e Frederico Wassef, acaso, o advogado fanfarrão iria deixar desconhecido o imenso favor que prestava?

As histórias do advogado e do filho-senador são um emaranhado, mas desmanchá-lo vai levar a um nó cego, impossível de ser desatado: as ligações pessoais entre Queiroz e Jair Bolsonaro.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

11 respostas

  1. As crianças do futuro irão se assustar com tudo nos livros de História desse momento dantesco a começar por essa gente de nomes esquisitos retirados de livros sionistas,,maçônicos e até Boccagianos como Mandetta cuja rima talvez as enrubesçam.
    Assim como nós creio que jamais viram tanta alma podre,tanta gente demente,satírica e satânica reunida.
    Essa turba raivosa,odiosa,irada será sem dúvida o pior capítulo escrito pela imbecilidade dos que os elegeram.

  2. Penso que Bolsonaro e seu advogado já decidiram: o advogado vai continuar jurando, de pés juntos, que Bolsonaro e o filho não sabiam que Queiroz estava escondido na casa dele. E que ele que tomou a iniciativa de escondê-lo lá sozinho, porque como advogado da famílicia, entendeu que Queiroz poderia prejudicar seus clientes. Resta à polícia e aos investigadores irem atrás de evidências que mostrem que o clã sabia de tudo. Com certeza, não será difícil achar provas, desde que seja essa a intenção.

  3. Ligações muito mais perigosas: advogado do zero um, mãe do miliciano morto na Bahia e mulher do laranja.
    Qualquer um dos três, até para atenuar as penas, pode sair da condição de réus para a de testemunhas, no processo contra formação de organização criminosa. Abrir o bico em delações premiadas é uma tentação que vai ser uma delícia… Uma rima e, quem sabe, uma solução.
    https://ogimg.infoglobo.com.br/in/24487570-123-b5e/FT1086A/652/mulherdoqueiroz.jpg

    1. A narrativa geral está composta. As peças todas foram dispostas. Só falta encaixar tudo e dar um polimento geral, para que o país inteiro saiba que foi mais uma vez levado no bico com o velho papo furado de combate à corrupção, dessa vez apimentado também pelo combate a um tal de “comunismo” que não tem definição. – “Mito, Mito…” Que coisa mais vergonhosa…

  4. Uma coisa é clara como o dia, como ex- vereador no Rio de Janeiro e quase 30 anos como deputado Federal de Jair Bolsonaro, não foi o menino Flávio que “descobriu” o esquema corrupto das rachadinhas…
    Esta foi evidentemente uma prática política passada de pai para filhos….
    Só não sabe quem não quer…

  5. Da Série ‘A Tempestade Perfeita’!
    Ou ainda, “o celular do bozomorovírus está sendo terrivelmente refogado (sic) na frigideira do Bebiano”!

    $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

    O celular de Gustavo Bebianno já está no Brasil

    (…)
    Uma pessoa que conhece o teor das conversas afirma não ter identificado nelas indícios de crimes. Mas diz considerar que a revelação dos diálogos seria “destruidora” para o presidente. “Há lá questões morais muito pesadas”

    21/06/2020 11h00

    (…)

    Fonte: https://noticias.uol.com.br/colunas/thais-oyama/2020/06/21/o-celular-de-gustavo-bebianno-ja-esta-no-brasil.htm?cmpid=copiaecola

  6. A explicação é fácil: A casa só está no nome do “adevogado”. O real proprietário é um tal de Zero Dois.

  7. No andar da carruagem vamos chegar nas rachadinhas dos gabinetes do 00, 02 e 03. Ou alguém é tão ingenuo de acreditar que só o 01 tinha como pratica o método da “Rachadinha”.

  8. Olho no Guedes. Ele está a se preparar para vender tudo o que ainda possa e raspar o fundo do tacho, antes de seguir o exemplo do Weintraub.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *