O erro de Rodrigo Maia: não se acalma cães com carne

Rodrigo Maia aprendeu política na Câmara dos Deputados, onde chegou nas eleições de 1998, com 28 anos de idade.

Natural, portanto, que a entenda como acordos, conchavos, composições e espertezas.

Mas não compreende, talvez, a essência do poder, expressa com perfeição na própria palavra: a relação entre possibilidades e limites.

Forçando a votação, a toque de caixa, da reforma previdenciária com mudanças ligeiras na forma – suficientes para dizer que ela “é do parlamento” – mas mantendo o volume e a crueldade do “trilhão” exigido por Paulo Guedes, realiza as possibilidade e retira limites de Jair Bolsonaro.

No momento em que escrevo, prepara-se para colocar em votação do texto principal. Põe seu cacife numa partida em que ele pretende sair com o vão título de “Senhor Reformas”.

Tolo.

Os donos da reforma, fora das rodas elitista dos meios políticos, são Jair Bolsonaro e suas matilhas que por ela rosnaram nas redes e nas ruas dos domingos.

Os cães não se amansam quando se lhes dá a carne, nem dividem a presa.

Consumada a reforma, terá dado ao Governo o principal. Terá dado também, à sua base de apoio, o caminho de acordar-se diretamente com o governo.

Maia não faz parte do esquema de poder de Jair Bolsonaro e não o fará.

E como Jair Bolsonaro só entende apoio como submissão, ganha força onde não a tinha: a Câmara.

E não será em harmonia com quem se acha vencedor e foi, de fato, vencido.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

28 respostas

  1. APERTA O PEITO DA GENTE,UM NÓ PERSISTENTE NA GARGANTA AO ANTEVER O FUTURO DOS MAIS FRAGILIZADOS.
    PORQUE ACEITAMOS BOVINAMENTE O ARADO NAS COSTAS SE DISSO TEMOS CONSCIÊNCIA?
    TENHO 62 ANOS,PRÓXIMO DOS 63,PASSEI POR DOIS GOLPES DE ESTADO,NADA ESPERO PRA MIM MAS ME APIEDA COM INFINITA TRISTEZA O DESTINO DOS QUE CA ESTÃO E DOS QUE VIRÃO.
    CHEGA! MORTA ESTÁ O ARREMEDO DE DEMOCRACIA,ESTAMOS SOB UMA DITADURA LADINA,MALANDRA E CRUEL,É PRECISO SE REBELAR É PRECISO OCUPAR AS RUAS COM A JUSTA E NECESSÁRIA FÚRIA.

    1. ESTOU PRÓXIMO DOS 62 ,ENTENDO TODO ESSE SOFRIMENTO DA TUA PARTE E FICO ME PERGUNTANDO,CADÊ A VERGONHA DESSAS PESSOAS QUE ACEITAM MANSAMENTE SEREM CARREGADAS AO MATADOURO ????
      PUTA QUE PARIU!!!TANTA GENTE MORREU ,SOFREU NO PASADO PARA ESSES BOSTAS ESTAREM PASSANDO O MESMO FILME E A GENTE ACEITAR ???
      É DURO,MUITO DURO,VER QUE O SACRIFÍCIO DE TANTOS AMIGOS ,PESSOAS SERES HUMANOS,NÃO TEM O MENOR VALOR PARA ESTA GERAÇÃO ATUAL.
      PQP !!!!
      Luiz Alberto Beltrame Vargas

      1. Pense um pouquinho. A fonte de informação das grandes massas é a TV e a grande mídia comercial, mesmo quando acessadas via internet. Quando vc viu o contraditório ser apresentado com relação à reforma trabalhista? E à previdenciária? Com raríssimas exceções no caso do rádio, é sempre a mesma coisa: é preciso fazer a reforma senão o país quebra. Ou seja, nossa mídia é uma versão atualizada do Goebbles. E as grandes massas são fruto disso. A pesquisa Datafolha sobre a lava jato mostra algo parecido: 58% acreditam que Moro manipulou, mas 54% acham que Lula tem de continuar preso? Tem sentido?

      2. Lastimável, por certo! Mas, eu penso que o povo brasileiro em sua maioria merece!
        Depois, com algum aprendizado na carne e nos nervos, deverão aprender a avaliar o caráter das pessoas que lutaram décadas por seus direitos, com mais respeito e amor!
        Então é assim… aqui se planta, aqui se colhe!

      3. Label e Caçador de Passarinhos. Sou um pouco mais velho do que vocês. Vivi minha vida por ideais. Professor da melhor Universidade do Brasil tenho vivência com jovens. Não me considero educador. Sou professor de Bioquímica. Assumo que quando o aluno chega ao meu curso, ele já vem educado. Penso em contribuir para sua educação com o rigor científico da minha disciplina que procuro transmitir em cada aula. Não há tramoias. A verdade é o alicerce da ciência. Na minha experiência, 20% dos alunos são aproveitáveis e serão profissionais de qualidade. No meio acadêmico ou no tal do mercado. Que todos sejam produtivos e felizes. Mas, quantos deles serão capazes de criar conhecimento? Há uma máxima que diz: um professor é bom quando forma alunos melhores que ele. Creio que fiz isso. Mas me considero bom, com um bom currículo. E tenho moral para dizer: não temos governo. Temos bandidos, pilantras, lixo. O tal da arminha que enfie uma calibre 12 na sua cabeça e que puxe o gatilho. Tudo na arminha. Põe uns 50 como eu, e os cabos, sargentos, generais e esse trapo humano, depravado, vão todos pra São Tanás. Estejamos atentos a essa corja.

    2. É lamentável que a grande maioria, por má formação política, não saiba avaliar o tamanho da tragédia que se abateu sobre nós. É como o gado caminhando firme e conformado em direção ao abatedouro.

    3. Entro nos 59, confesso que não esperava, não sei por que alienação maluca, que um novo golpe poderia ocorrer. Também não espero mais nada para mim, mas tenho filhos, netos e amigos. Me dói saber que precisarão remar desde antes do zero para que seus netos, quiçá, resgatem os direitos e a democracia perdida. Me dói observar as pessoas cavando sua própria sepultura bradando gritos de ódio. Pelas últimas manifestações tampouco acredito que as ruas serão ocupadas.

    4. Caro Luis, cresci na luta e no movimento sindical metalúrgico em São Bernardo do Campo. Sou sexagenário e nunca corri de nenhuma disputa no campo democrático e reivindicatório, enquanto trabalhador e enquanto cidadão, porém, nunca vi tamanha apatia como a demonstrada pelos trabalhadores neste momento. Me recordo de um conto de Bertold Brecht, onde ele cita um boi chamado LUX, que questiona a forma mansa e ordeira com que os bois se comportam caminhando na fila para o abate e a sua resignação ao fato.

    5. Tenho 52, mas na minha época de ensino médio, lutávamos por nossos direitos. Cheguei a tomar porrada de meganha nas manifestações que fazíamos aqui em BH. Não tinha esse negócio que essa geração estúpida e bovina faz!

      Fico frustrado também, e não é pouco não. O brasileiro tem se mostrado um verdadeiro povo frouxo.

    6. Concordo 100% com você.
      O Brasil não tem futuro. Está irremediavelmente destruído pela lava jato e por este desgoverno de bandidos.
      Estamos em plena ditadura.
      Só não entendo porque tantos têm vergonha de afirmar o FATO COM TODAS AS LETRAS.

    7. Tá vendo alguém na rua reclamando?
      Tá vendo o povo revoltado por ter de ficar horas numa fila de milhares em busca de uma vaga para ganhar um pouco mais de 1 SM?
      Tá vendo alguém na rua reclamando da venda da soberania do país?
      Não!!!!!
      Então não se iluda o brasileiro é um imbecil e como tal é tratado pela elite.

  2. mais um que será devorado quando não tiver serventía,MAS ELES NÃO ME PREOCUPAM,ESTOU PREOCUPADO É COM NÓS.
    ATÉ QUANDO FICAREMOS OLHANDO O CIRCO PEGAR FOGO SABENDO QUE SEREMOS OS IMOLADOS,OS DESPOSSUÍDOS,OS ROUBADOS ?????
    DE QUE ESTAMOS FEITOS QUE AINDA NÃO DEMOS UM TIRO NA CARA DESTES VAGABUNDOS ???????

  3. mais um que será devorado quando não tiver serventía,MAS ELES NÃO ME PREOCUPAM,ESTOU PREOCUPADO É COM NÓS.
    ATÉ QUANDO FICAREMOS OLHANDO O CIRCO PEGAR FOGO SABENDO QUE SEREMOS OS IMOLADOS,OS DESPOSSUÍDOS,OS ROUBADOS ?????
    DE QUE ESTAMOS FEITOS QUE AINDA NÃO DEMOS UM TIRO NA CARA DESTES VAGABUNDOS ???????

  4. De repente, já prometeram a Maia ser assessor de diretoria de alguma instituição financeira.

    Ganhará um gordo salário, mais bônus, não precisará mais viver de política na terra arrasada que restará.

  5. O PSICOPATA INCOMPETENTE E INCONSEQUENTE EXTINGUE A DEFENSORIA PÚBLICA FEDERAL QUE ATENDE A QUEM NÃO PODE PAGAR.
    O PSICOPATA E O CARRASCO DO POVO PAULO GUEDES NÃO SABEM SEREM OS DEFENSORES CONCURSADOS E EFETIVADOS?
    ORA POIS QUE SERÃO REMANEJADOS A OUTRAS FUNÇÕES POR FORÇA DA LEI.
    O QUE O PSICOPATA FEZ NADA FOI ALEM DE DEIXAR O POBRE SEM DEFESA FRENTE A ÓRGÃOS FEDERAIS PRINCIPALMENTE INSS.
    NADA DE ECONOMIA SOMENTE MALTRATA AINDA MAIS OS DESVALIDOS,OS EXCLUÍDOS,OS ESQUECIDOS.

  6. Tanto Maia quanto Bozo esforçam-se na disputa pela posição de Lacaio Número Um das forças golpistas. Esquecem de que nesse jogo, serviços prestados não valem nada. Se valessem, Cunha não estaria no xadrez. Lacaios são descartáveis, como qualquer serviçal dessa elite canalha.
    Que eles encontrem logo o seu lugar no lixo da história, lugar das figuras podres que infestam esta eterna colônia bananeira.

  7. Tem muito material pra acabar com o Bolsonaro com caixão lacrado. Depois da reforma, vai começar a fritura. A mídia empresarial já conseguiu o que queria: especulou nos últimos meses e ganhou milhões. Até a próxima “reforma”.

    1. A tal reforma tributária, verdadeira cenoura amarrada a alguns centímetros do cavalo, para que este continue a andar.

      Se fosse tão do interesse dos poderosos, esta já teria sido aprovada pelo rolo compressor que FHC tinha no congresso, pois é desde aquela época que já era aventada. Enquanto isso, já tivemos três reformas previdenciárias neste mesmo período.

  8. Vencido? Quero que Rodrigo Maia se exploda. Quem será vencido seremos nós, o povo, se essa reforma passar.

  9. Talvez não, talvez o Maia seja o cara que a elite realmente queira no poder e que esteja apenas cozinhando o Bolsonaro em banho maria para que a fritura seja mais rápida após a aprovação do fim da previdência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *