O jornalismo de cegos não vê o salto de Haddad

Jair Bolsonaro passou de 22 a 24% no Datafolha. Estatisticamente, como já se disse, nada diante da megaexposição depois da facada recebida em rede nacional de TV.

Ciro Gomes, de 10 para 13%, um resultado por certo expressivo, que muito tem a ver com a guinada de seu discurso para a defesa de Lula.

Mas Fernando Haddad dá um salto espetacular, passando de meros 4% para 9% e empatando estatisticamente com o “bolo” formado em segundo lugar pelo próprio Ciro, Marina Silva e Geraldo Alckmin.

É, sem dúvida, o número mais expressivo e diferente nesta rodada de pesquisas.

Afinal, mais que dobrou as intenções de voto em 15 dias.

Mas procure no noticiário e veja se encontra esta informação antes do quarto ou quinto parágrafo e sem qualquer ênfase.

Isso na véspera de ser oficializado como candidato da coligação do PT, avalie só.

Tudo o que possa tirar o impacto deste avanço – que merece bem o nome de disparada – está sendo feito e, claro, inutilmente.

Daqui a pouco os comentaristas políticos – salvo as raras exceções dos que já falam isso agora – vão reconhecer o crescimento inexorável do “candidato do Lula”.

Agora, porém, seu convencionalismo e, por vezes, suas cumplicidades, não lhes permitem afirmar o que está óbvio.

É virtualmente impossível que o empuxo tomado pela candidatura Haddad, ainda mais com sua oficialização, não o empurre mais acima, talvez já no segundo lugar nas próximas pesquisas.

E fogo de morro acima, água de morro abaixo e candidato que dispara ou despenca seguir na trajetória que se percebe é algo incontrolável.

Mesmo pela mídia e pelos comentaristas que, aqui na internet, procuram deixar em segundo plano o que é o dado mais importante da pesquisa.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

34 respostas

    1. Melhor ainda se for uma avalanche de votos que de a vitória logo no 1° turno. Sempre é bom sonhar, além do que: “Quando se sonha sozinho é apenas um sonho. Quando se sonha juntos é o começo da realidade.”
      ? Cervantes

      1. Bravo, Miriam Lopes. Assino embaixo. À vitória. E uma vitória no segundo turno já seria uma avalanche; imagine no primeiro; vai ser uma hecatombe na Direita doentia, kkkk.

  1. Quem precisa de mídia golpista? Hoje temos os canais progressistas da internet pra nos darmos a análise correta do momento. Caso do Tijolaço, entre outos!

    1. É isso aí, já observaram, como a Grande Mídia Golpista é corrupta, e só trabalha com fake news ? Já é visível, a grane decadência da Grande Mídia Golpista, mesmo em São Paulo, e muito mais, quando se trata do Brasil todo.

  2. Correta sua analise,creio que em dez dias Haddad tome a dianteira, mesmo pra mim a campanha não começou,deixo as restrições de lado e sigo o desejo de LULA militando como sempre.

    1. Espero que se eleito, o Haddad não mais permita os acintes e afrontas da Rede Bobo dos irmãos Marinho. Evidente que ele precisara do Congresso para que seja aprovado uma Lei que coíba os abusos da grande imprensa e dos “assassinatos ” de reputações.

  3. Quando lula passar o bastão pro Haddad muita gente vai surtar pois o mesmo vai decolar pra cima. Vamos deixar os golpistas e a grande mídia manipuladora loucos pois, depois de quatro anos tentando fazer a cabeça do povo e passando por cima de leis e tudo mais fica claro que o povo tá vacinado contra as armações.

  4. Excelente notícia para os democratas, péssima para o PIG.

    O Villas-Boas volta e meia menciona que na constituição tem um artigo que prevê que um dos poderes pode pedir intervenção das FA.

    Aí eu me pegunto se na hermenêutica desesperada do legislador Barroso, digo, juiz Barroso, a Globo é um dos poderes da república previsto na carta magna.

    1. Tenhamos muita calma, tudo a seu tempo, e se estamos com o povo, a direita golpista corrupta, terá muitas surpresas ainda, agora, e durante o governo do “13” ! Nós temos que confiar no povo brasileiro e tenhamos clareza, que já somos maioria desde 2002, os “Demotucanos” que o digam. DEMOCRACIA NELES ! FORA GOLPISTAS !

    2. Pelo que demonstrou até agora, a ala togada do golpe não respeitará a decisão da ONU. Já deram mostras mais do que de sobra de que, mais do que apreço a suas biografias ou amor a suas famílias, têm medo da organização criminosa dos Irmãos Metralha Marinho!

  5. Então, à medida que o tempo passa mais se consolidarão a candidatura e a vitória de Haddad no junto e misturado com Manuela… Haddad no Governo, Lula no Poder e Deus no Comando de nossa Nação!!!! 13, de cabo a rabo…

  6. Diz o ditado que “o pior cego é o que não quer ver”, mas agora tem “cego” pior: é o que vê, fica apavorado com o que viu e finge que aquilo é outra coisa. A ficha do “PIG cheiroso” vai cair já, já!
    Seja em Lula, Haddad, um cachorro ou uma lata de lixo, é 13!

  7. Muito triste ver essa adesão de Fernando Brito ao “plano B”, Fernando Haddad, candidato imposto ao PT pelos golpistas oficiais e pelos de dentro (PT jurídico-judicial). Haddad é o candidato certo para perder a eleição para a direita ou extrema direita; ou, se vencer a eleição, governar dando seqüência ao desmonte, privataria e entreguismo do governo golpista e quadrilheiro de Michel Temer et caterva. Abrir mão da candidatura do Ex-Presidente Lula – em nome de um candidato fraco, comprometido e cooptável, como Fernando Haddad – é LEGITIMAR o golpe de Estado.

    Eleições, PT ou Esquerda, sem Lula, são fraudes.

      1. Pelo contrário; estou enxergando mais à frente, o pós-eleição farsesca e fraudulenta, que será esta, sem a participação do Ex-Presidente Lula como candidato. Ou você acha que se combate um golpe de Estado midiático-policial-judicial-parlamentar (comandado pelo Deep State estadunidense e finança nacional e transnacional), apresentando um candidato dócil, imposto ao PT e à Esquerda pelos golpistas oficiais (os de fora) e pelos de dentro (a ala quinta-coluna da burocracia petista, também conhecida como PT jurídico-judicial), como é o caso de Fernando Haddad? Quem controla o processo eleitoral, as urnas eletrônica e o sistema de totalização dos votos?

        Se aceitar a imposição do candidato apoiado pelos golpistas, o PT legitimará o golpe de Estado e tornará sem efeito TODA e QUALQUER batalha nos comitês da ONU. Participar desse processo eleitoral sem que Lula possa ser o candidato do partido, apenas legitima o golpe de Estado e abrevia a morte não só do PT, mas de toda a Esquerda Brasileira. Olhe para França e para o Equador. No Brasil será ainda pior, pois se derrotado candidato imposto pelos golpistas, o massacre de toda a esquerda será ainda no ano de 2019. Se vencer uma eleição com um candidato imposto pelos adversários golpistas, o governo será fraco, continuará o desmonte e o entreguismo e desmoralizará e arruinará a Esquerda política de modo que ela levará décadas para se reerguer.

        Não tenho dúvidas. Eleições, PT ou Esquerda, sem Lula, são fraudes.

        1. O Lula é um cara muito inteligente. Por quê ele apoiaria Haddad sabendo que tudo isso que vc citou pode ocorrer?
          Se sua leitura do cenário estiver correta, o próprio Lula tb a previu. Diante disso e dessa catástrofe anunciada caso o Haddad seja eleito, pergunto novamente: Por quê Lula apoiaria Fernando Haddad?

    1. Diga isso ao próprio Lula e peça a opiniao dele ! As duas alternativas envolvem prós e contras, ninguém melhor que o próprio Lula para ser o primeiro a escolher !
      Já disse aqui e repito , querer ser mais Lulista que o próprio Lula já é demais ….

    2. Como diz um amigo meu, é melhor uma boa dú ida do que uma péssima certeza.
      E a péssima certeza seria deixar a disputa presidencial inteiramente mercê do Conluio do Golpe!

    3. Se o próprio Lula vai indicar o Haddad em seu lugar essa lógica está errada. Achar que depois de tudo, no último minuto vão liberar a candidadura do Lula é inocência. Lula indicou Haddad para ser seu nome na eleição. Com Ciro Ministro da Justiça pra por o MP e o judiciário de volta na caixinha

  8. Pessoal, euforia a parte … fiquemos sempre preparados para o contra ataque golpista … eles , como venho pontuando em outros comentários, entraram em estado de nervos com o nó tático que estão tomando do metalúrgico, a tendência é agirem por desespero aí ficam ainda mais imprevisíveis na sua sanha golpista!

    1. Sem dúvida! Rede Bobo e Veja sempre estão apostos a soltarem matérias bombásticas e sensacionalistas às vésperas das votações. E o Ministério Público Tucano Paulista provavelmente não dará vida fácil a Haddad.

  9. Vamos ver o Vox Populi de amanhã. A exposição do candidato agredido somente o levou ao limite da margem de erro, além de ter aumentado sua rejeição. Também é claro que a candidata errática e o candidato chuchu minguaram; o Ciro teve ganhos nessa pesquisa e também poderá tirar mais votos do capitão. Como ainda há um mês de campanha há uma possibilidade inclusive de termos Ciro versus Haddad no segundo turno. Lembrar que as mulheres representam mais de 50% do eleitorado e delas o capitão não obterá votação expressiva. Haddad crescerá ainda mais após a oficialização de sua candidatura para levar as ideias e o programa de Lula avante. e apertar o passo pode levar no primeiro turno. O único risco com essa confusão jurídico-midiática que virou o Brasil é alguma interveniência externa como as que apareceram de domingo para cá.

  10. Parece que o segundo turno entre Bolsonaro e Haddad está praticamente pintado…
    Se este for o caso acho que Haddad ganha, dadas as inconsistências do capitão.
    Minha preocupação é depois da vitória. Será que nossos inimigos vão aceitar o PT no Poder outra vez? Será que a Globo (principalmente) não vai armar as condições necessárias para um novo Golpe?

    1. É justamente por esse motivo que eu prefiro a vitória do Ciro. Esse Congresso Nacional pouco irá se renovar na próxima legislatura. E dado o clima de forte polarização e o ódio crescente e interminável que a direita e a ultra direita nutrem pelo PT, e com a chancela do jornalismo de guerra da Veja e Globo, a vida do Haddad como presidente será um inferno pior do que contra a Dilma. Espero que eu esteja errado.

  11. Fernando, que análise você faz de para onde foram os 39% de votos que Lula tinha antes que o retirassem da medição? Não lhe parece estranha a pulverização que “houve”, onde uma parte entorme desses votos teriz ido para o campo da direita? Não lhe parece que essa é uma forma de ir preparando as condições para uma fraude?

  12. Só espero que não haja ataques recorrentes entre os eleitores do Haddad e do Ciro. O importante é vencermos o BOZOnaro. E o Haddad chegando no 2º turno, será importante o apoio do Ciro pra enterrarmos de vez as pretensões da direita raivosa e delirante e unirmos cada vez mais as esquerdas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *