O que há por trás da busca na casa e gabinete do Geddel-2?

manos

Não é provável que, 40 dias depois do achado de R$ 51 milhões, em dinheiro, no apartamento emprestado a Geddel Vieira Lima para guardar a “bufunfa” amealhada para si e seus cúmplices, o irmão do deputado tivesse guardado ali algo comprometedor.

Pode ser, nunca se sabe quando está se tratando com pessoas capazes de guardar uma montanha de dinheiro vivo dentro de um apartamento “emprestado”. Emprestado, segundo as declarações do proprietário, a Lúcio, não a Geddel.

Aliás, isso, na ocasião, sim, justificaria uma imediata ação de busca e apreensão do gajo.

Mas tudo indica que o objetivo é colocar pressão sobre Geddel Vieira Lima, preso, para delatar.

E, com isso, recolher material para a terceira denúncia conta Michel Temer, com os métodos que a gente está cansado de conhecer.

As ações policiais-judiciais no Brasil há muito tempo se focam não mais na investigação, mas na confissão.

Quando se trata de escroques como os irmãos Vieira Lima, a gente fica até torcendo.

O problema é que voltamos ao tempo do “pendura até ele confessar”.

Agora, na versão 2.0, “invade e prende até ele dedurar”.

contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

15 respostas

  1. jamais assistimos tanta corrupção mas não só do governo Temer, como principalmente do judiciário, assim como congresso, da Mídia e empresários. A Podridão é tanta que no Brasil o ar se tornou irrespirável mas se age como estivéssemos na maior normalidade, mas um caos moral dessa envergadura não pode terminar bem. Provavelmente entraremos em uma depressão econômica sem precedente, com aumento da criminalidade e da pobreza. Pobre Brasil esse golpe nos jogou no caos.

    1. Sem falar na ração de pobre e no estupro de Cancellier pela policia federal sob pretexto de “vistoria íntima”.

      1. Deveríamos criar um Tribunal Popular e aplicar mesmos métodos e penas com gente como moro, dalagnol, érica , fernando lima et caterva !!

        Mas este país não tem povo e se tem , não devem ter alma…como bem atestavam os primeiros ocupantes.

  2. Leitão e Porcão, os dois irmãos unidos pelo cordão da corrupção.
    Mas bem como você notou, Fernando, nosso desejo de vingança faz a gente torcer pra vê-los sofrendo nas mãos da PF e MP podres e fascistas.

  3. Dois Bacurins papadores de dinheiro alheio. Vamos pensar um pouco; o que não acontece nessas reuniões secretas fora da agenda oficial!!?? Acredito que seja muito sufoco, para discutir o que fazer e o melhor lugar para guardar o que está na casa ou escritório de um ou de outro.

  4. Cancellier se matou porque foi estuprado, sem jogo de palavras, pela própria polícia que o prendeu, dentro da cadeia. Essa tal de “vistoria íntima”, no caso dele, foi uma forma de tortura.

  5. Quanto aos propósitos do midi-poli-judiciário a certeza que temos é de que os interesses por eles defendidos não são republicanos e nacionalistas, mas golpistas e entreguistas. Essa investida extemporânea contra o Geddel-2 se parece com a atuação daqueles zagueiros ‘comprados’, que fingem correr para alcançar os adversários e impedi-los de chegar à pequena área e chutar a gol, mas na verdade ‘correm para não chegar’ a tempo disso. Basta observar que Andrea Neves, Frederico Pacheco, Rodrigo Loures e outros integrantes das quadrilhas políticas aboletadas no governo federal após o golpe de Estado andam desaparecidos do noticiário.

  6. Pelo que foi noticiado antes, a PF ficou monitorando o apartamento durante quase um mês, e durante esse tempo, uma caminhonete ia buscar diariamente “mercadoria” neste local. Daí, se conclui que os 51 milhões, é o que sobrou da grana antes existente. Quanto seria?

  7. Deputados cearenses comprados por Eduardo Cunha, Danillo forte e genecias Noronha, esse o congresso nacional brasileiro, aonde o dinheiro público vale como moeda de troca.

  8. José Serra, tem a filha que poderia ser investigada tal e qual foi a irmã do Aécio que ele falava que ela nunca recebeu um centavo do governo, só que não ela recebia altas propina, a filha do Serra é a maior beneficiadora da propina , em paraísos fiscais.

  9. O cara empresta apartamento para irmão de geddel, que, ao que tudo indica, repassou para geddel, tudo de graça, mas a lavajato quer os recibos do aluguel que Lula paga. Quando recebe a papelada, diz que é falsa. É dose, uma nojenteza dessas.

  10. Brito, eu era um menino de uns 9 anos, a escolinha em que estudava ficava ao lado da delegacia (separa por uma única casa). Do pátio, na hora do recreio, dava pra gente ouvir os gritos dos presos comuns – ali não havia presos políticos – sendo torturados. E já não era novidade naqueles longínquos anos 1960, como haveria de ser hoje?
    A diferença fundamental é que os presos daquele tempo eram PPPs, uma gente com um couro curtido por quatro séculos de escravidão, que não iria se borrar de medo só por ficar numa cela (na verdade, as vezes, “menos pior” do que a miséria absoluta em que viviam), ao passo que, nas operações da Mala Jato, os que são presos são das “zelites”, uma gente acostumada a banhinho morno, toalhas felpudas, lagostas, filés, algodão egípcio, sedas e linhos finos. Feijão com arroz e carne seca com abóbora todo dia ofendem seu apurado paladar, e celas de 2×3 enlouquecem quem está acostumado a só pensar nessas medidas quando se trata dos quartos da criadagem, e mesmo assim para reclamar do excesso de espaço que os empregados têm…
    Nós não voltamos ao tempo do “pendura até confessar”. Nunca saímos dele. A diferença é que agora estão “pendurando” uns riquinhos, que, se não fosse a vergonha pela monstruosidade, eu gostaria de ver sendo tratados como os presos da delegacia ao lado da minha escolinha…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.