O que quer Bolsonaro não é o “Velho Oeste”. É muito pior…

Ouço muita gente falar que Jair Bolsonaro quer a volta do “faroeste” como fórmula de “segurança pública”.

Lamento informar, mas não é. É algo muito pior.

Como, talvez, o ex-capitão, em seu ‘vasto’ conhecimento histórico, não saiba, transcrevo trechos de uma reportagem sobre como era o porte de armas nas cidades do chamado “Velho Oeste” que a minha geração conheceu nos filmes.

Em muitas cidades do velho oeste, o controle delas [das armas] era mais rigoroso do que é nos EUA de hoje. Tombstone, Deadwood e Dodge City eram as mais restritivas. Em 1870, quem chegava a Wichita, no Kansas, via placas com avisos do tipo “Deixe seu revólver na delegacia e faça um registro” ou “Você é bem-vindo, suas armas não”. Há imagens que mostram a entrada de Dodge City, em 1879,com um outdoor onde se lê: “O porte de armas de fogo é estritamente proibido”.(…)

Por isso, os homicídios eram raros. Em média, as cidades da fronteira registravam menos de dois por ano. Mesmo nas cidades grandes, a violência não era corriqueira. As cinco maiores cattle towns, vilas formadas em torno da criação de gado, contabilizaram apenas 45 homicídios entre 1870 e 1885. Em Abilene, uma das mais violentas, ninguém foi morto entre 1869 e 1870. Ellsworth e Dodge City foram as únicas a superar cinco homicídios por ano.

É melhor não usar argumentos diante das bárbaras declarações de Jair Bolsonaro ontem, no Pará, dizendo que criminosos ” não merecem lei, não; merecem é bala!”.

Como, ao contrário do que acontece até nos filmes de bangue-bangue, ele não quer oferecer nem mesmo “um julgamento justo” (em outros tempos isso seria quase um pleonasmo no Brasil, hoje é quase um paradoxo), pode-se dizer que, “macho” como é, o seu Jair vai sair por aí “mandando bala” em quem ele achar criminoso.

Como apologia do crime, exercício arbitrário das próprias razões, planejar explodir bombas em quartéis do Exército são atos criminosos, corre-se o risco de, eleito Bolsonaro e implantada a regra de meter bala em criminosos, corre-se o risco de termos o segundo caso de Presidente que se suicida.

Desta vez, por merecimento.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

26 respostas

  1. É triste ver o Brasil a caminho da tragédia sem que nada efetivo seja feito contra. A resistência já deveria estar em outro nível há muito tempo. As forças da democracia deveriam estar organizando o povo numa DESOBEDIÊNCIA CIVIL, isto sim. Não é possível que não haja ações mais consistentes contra a destruição de um país.

    1. O pessoal fica organizando “arraiá julino em prol do Lula Livre”, bazares pitorescos e micro manifestações de grupos sobre as quais quase ninguém fica sabendo, etc. Todo tipo de luta é válido e é preciso arrecadar fundos, entendo. Ok. Mas com o Lula na cadeia? meu espírito festivo, pelo menos, é zero hoje em dia. Em vez de festinha, que tal organizar atos pra valer de desobediência civil, armar barracas e quiosques nas principais praças e avenidas para vender camisetas, jornais, broches, etc,, organizar greves, paralisações, discussões públicas da prisão do Lula, ir às ruas em grande número pedir prisão para o Moro, alguma coisa nessa direção. Mas não dá pra ficar só na festividade, grupinhos pequenos de debate e coleta de abaixo-assinados que a direita simplesmente mastiga e cospe.

      1. Concordo plenamente com sua estratégia. Vamos fazer uma campanha como foi as DIRETAS JÀ. Na época a Globo como sempre boicotou e mesmo assim foi um sucesso, sem o apoio da mídia que na época era mais forte que hoje, não existia internet, foi um dos maiores e mais bem sucedido movimento popular da nossa história. Agora a situação é pior e precisamos nos manifestar. Eu estou longe dos grandes centros , mas apoio financeiramente.

  2. O golpe deu todo errado e o desastre final será que os onze que votarão cassando o voto de 60 milhões do LULA elegerão o bolsonaro.
    Serão condenados pela história, mas é uma história que não virá no futuro, a condenação já se dá desde ontem.
    É a história que começa ontem.
    Os onze votos, devidos aos imprevistos do movimento do povo que não caiu no conto da globo, substituirão os sessenta milhões do enorme LULA para eleger este bolsonaro.
    O desastre até aqui feito será cafezinho pequeno em comparação com o que virá em outubro de 2018.

  3. Pra mim, tudo que Bolsonaro diz é papo furado para agradar a “nova direita” burra.

    Se eleito, Bolsonaro vai ser outro Temer… 100% manipulado pelo esquema PSDB/GLobo que o colocou no poder.

    Bolsonaro não tem plano, não tem ideias, não tem governabilidade… nada! O governo dele vai ser o mesmo que está aí hoje, substituindo Temer por Bolsonaro… 2 inúteis!

    Bolsonaro não seria outro Hitler nem se esforçando muito… até para ser um monstro é necessária alguma inteligência. Isso aí é só um populista que sobrevive das tetas do governo e fala o que tá na moda! Essas ideias idiotas obviamente NUNCA seriam colocadas em prática, o Brasil é signatário de vários acordos internacionais que proíbem… obviamente sofreríamos um isolamento do resto do mundo e seríamos humilhados em todos os encontros do G20. Essas imbecilidades são inaceitáveis atualmente… Basta imaginar um país como a Argentina onde o Estado decide exterminar 30 mil pessoas??? Seria execrado do resto do mundo!

    Bolsonaro presidente ficaria batendo boca com travestis, feministas e negros, enquanto o PSDB e a Globo decidiriam os rumos do país. Isso é mais ou menos o que Temer faz hoje, fica encontrando com Aécio para ver como roubar mais na cara do Moro e do STF… enquanto a cúpula do PSDB/Globo toma as rédeas e nos conduz para o abismo.

    1. É bem isso que eu acho, o Bolsonaro presidente, seria a maior decepção para os Bolsominios.
      E quando ele disse que se fosse presidente, cercaria a Rocinha, mandaria os trabalhadores saírem, e depois ia metralhar tudo de helicóptero! Imagine só, assim ele ia sair direto da cadeira de presidente para aquele que o Slobodan Miloševi? se sentou.
      Nem ele acredita no que fala, só os muito trouxas para levarem um infeliz desse a sério.

  4. O cara vende o que a massa IMBECIL quer ouvir .Ela nas periferias e bairros de classe mérdia está sujeita a violência dos marginais ,a ausência da segurança do Estado e a própria violência estatal quando este se faz presente.
    Um caldo perfeito para um imoral,fascista e criminoso como este sujeito se aproveitar.

  5. Velho Oeste para Bolsonaro é pra principiantes e amadores, ele quer a barbárie com sangue a jorrar.

    Já imaginaram todos os cidadãos armados num jogo Vasco X Flamengo ou num bar lotado nas sextas feiras? Nem imagine, fique em casa.

    O Trump tropical deveria completar a cena retirando a estátua do Cristo Redentor do alto do Corcovado e colocando em seu lugar um imenso Colete à Prova de Balas.

    Como votar numa besta nazifascista dessas? Simples, congele por 20 anos os investimentos públicos em Educação e mande incinerar todos os livros de História encontrados no território nacional, o resto deixa com a Globo e com o Datena.
    #BestaApocalíptica

  6. DA XEPA TEMERÁRIA À BALA

    “…Para um país que aprovou uma Reforma Trabalhista que permite gestantes e lactantes em trabalhos insalubres e dá a empresas o poder de exigir contratos de exclusividade com trabalhadores autônomos, propostas como a que facilita a liberação de agrotóxicos ou a que libera a contratação de parentes de parlamentares em estatais até que fazem sentido.
    Afinal, é tudo passada de mão na bunda alheia sem autorização.
    E o que é uma conta de quase R$ 70 bilhões em novos gastos a ser paga pelo próximo governo diante de um presidente da República que torrou bilhões na compra de votos …”

    Veja mais em https://blogdosakamoto.blogosfera.uol.com.br/2018/07/13/na-xepa-do-governo-temer-o-congresso-liquida-o-que-sobrou-da-republica/?cmpid=copiaecola

  7. Exatamente, Brito. Muito boa essa! Tragicômico: “Como apologia do crime, exercício arbitrário das próprias razões, planejar explodir bombas em quartéis do Exército são atos criminosos, corre-se o risco de, eleito Bolsonaro e implantada a regra de meter bala em criminosos, corre-se o risco de termos o segundo caso de Presidente que se suicida. Desta vez, por merecimento.”

  8. Depois dos 40, desenvolvi autêntico fascínio pelos bang bangs. E o que descobri é que não só o porte de armas era rígido (até nos filmes), mas que o uso de armas era moderado.

    Não se matava por qualquer motivo, nem de qualquer jeito. Havia um código de honra: não se atira em ninguém desarmado, nem pelas costas. Só os bandidos faziam isso. Tanto que o que se lembra dos filmes são os duelos.

    Mesmo o comportamento de um Capitão Nascimento seria considerado criminoso.

    Se estivesse num filme do John Ford, o capitão seria o fascínora a ser morto: mas numa luta justa, de igual para igual, coisa que Jair Bolsonaro não sabe o que é.

    E o nosso John Wayne? Bem, está sequestrado numa delegacia de uma terra sem lei, mas sabemos que não vai durar.

  9. Jair Bolsonaro é o novo Paulo Salim Maluf, que sempre disse ” bandido bom é bandido morto”; “No meu governo é ROTA na rua”. E o canalha do Maluf sempre foi bem votado pelos fascistas paulistas como deputado Federal. Para governador nunca foi eleito, foi nomeado pelos canalhas de 1964 do governo militar. Bolsonaro é um Maluf mais ignorante !

    1. Esse conceito já vinha da República Velha, do presidente Washington Luís que dizia “problema social é caso de polícia”. Maluf é um “progressista” perto do Bolsonaro, era um fascista da modalidade “empresarial”, digamos assim, o negócio era enriquecer cada vez mais a si mesmo, a família e os amigos, o ódio aos pobres era um suplemento. E o discurso de ódio aos bandidos servia como cacife eleitoral junto à classe média paulista. Já Bolsonaro não só é muito mais ignorante do que o Maluf como também parece gostar pessoalmente de sangue. E como neste país só dá pra tirar sangue de pobre, é por aí que ele pretende seguir, talvez reeditando um super mega esquadrão da morte operado dentro do ministério da Justiça…

  10. O que não falta é CANALHA, ENGANADOR, ENTREGUISTA, CAPACHO, TERRORISTA(que explode banheiros em quartel), canditado a presidente de uma republica de bananas!

    O povo brasileiro precisa deixar de ser BANANA!

  11. No faroeste estamos vivendo hoje, desde o golpe, terra sem lei em que vale a vontade dos poderosos e o xerife é sempre amigo do fazendeiro…rs O que o capitão quer é um pesadelo sem precedentes a não ser em alguns regimes autoritários absolutistas. Com o adicional da miséria e fome para uma grande parte do povo, que será o caminho brasileiro a continuar nessa toada. Seja como for, eu comparo um eventual Brasil de bolsonaro (que os deuses nos livrem) com a Uganda de Idi Amin, talvez ou o Haiti do Papa Doc Duvalier.

  12. Cara, não sei porque esse desespero todo com o Bolsonaro, o lance é que o Bolsa arrumou um nicho de eleitores bem específico.
    Tem gente que fala para os evangélicos, outros para os LGBT, para a comunidade negra, da periferia, para a classe média, para os ricaços e por aí vai.
    O Bolsonaro investiu nos “completamente ignorantes”, é essa turma que elege o Bolsa e é para quem ele fala, mas daí ele vencer uma eleição majoritária, eu acho impossível!
    E o Bolsonaro perto do Moro, Gebran, Dallagnon, o da barbicha, o Thompson Flores, Barroso, Joaquim Barbosa, os meganhas da PF, e dos outros concurseiros fura teto, é um democrata!
    E no caso do Bolsa ser eleito, eu tenho a impressão que os Bolsominions ficariam completamente frustados com ele, porque o Bolsa é só gogó, eu acho que nem ele acredita nos absurdos que fala!
    O Bolsa seria outro Temer!

  13. Interessante, todos ficamos chocados com as declarações do Bolsonaro e pouco nos assusta o neoliberalismo que transformou o Brasil numa tragédia e as declarações de vários candidatos de direita, como o Alckmin. Claro, o Bolsonaro tem um dado a mais de nazifascismo, que não é nada desprezível.

  14. Fernando, vc pode me passar de onde pegou esse extrato de texto q vc transcreveu?
    É de algum livro de história americana?
    Abs.

  15. Sr. bolsonaro, até no velho oeste os julgamentos eram justos e os conflitos eram resolvidos em duelo. O sr. teria coragem de duelar com um bandido???
    Cagão!

  16. Só pra irritar esse Bolsossauros, alguém deveria chegar em um desses seus comícios e gritar: você é um bunda-mole, não vai ser homem suficiente para mandar matar! Vamos ver a reação dele!!!!!

  17. O triste e deprimente em tudo isso é que exista em nossa pátria espaço para que um troglodita
    pleiteie ser Presidente. Que tenha seguidores remete-nos a outra esfera,do domínio de FREUD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *