OAB, por unanimidade, pede que Moro e Dallagnol se afastem dos cargos

Parece que a Ordem dos Advogados do Brasil pretende  retomar a relevância que sempre teve na vida brasileira.

Em nota ponderada, mas firme, diante das revelações do The Intercept sobre as conversas  entree Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, pede que amobs se afastem dos cargos que ocupam até que tudo seja devida e completamente apurado.

Importante: a psição foi tomada por unanimidade pelos integrantes do Conselho Nacional da Ordem e pelos presidente das sub-seções estaduais.

Leia:

O Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e o Colégio de Presidentes de Seccionais, por deliberação unânime, manifestam perplexidade e preocupação com os fatos recentemente noticiados pela mídia, envolvendo procuradores da república e um ex-magistrado, tanto pelo fato de autoridades públicas supostamente terem sido “hackeadas”, com grave risco à segurança institucional, quanto pelo conteúdo das conversas veiculadas, que ameaçam caros alicerces do Estado Democrático de Direito.

É preciso, antes de tudo, prudência. A íntegra dos documentos deve ser analisada para que, somente após o devido processo legal – com todo o plexo de direitos fundamentais que lhe é inerente –, seja formado juízo definitivo de valor.

Não se pode desconsiderar, contudo, a gravidade dos fatos, o que demanda investigação plena, imparcial e isenta, na medida em que estes envolvem membros do Ministério Público Federal, ex-membro do Poder Judiciário e a possível relação de promiscuidade na condução de ações penais no âmbito da operação lava-jato. Este quadro recomenda que os envolvidos peçam afastamento dos cargos públicos que ocupam, especialmente para que as investigações corram sem qualquer suspeita.

A independência e imparcialidade do Poder Judiciário sempre foram valores defendidos e perseguidos por esta instituição, que, de igual modo, zela pela liberdade de imprensa e sua prerrogativa Constitucional de sigilo da fonte, tudo como forma de garantir a solidez dos pilares democráticos da República.

A Ordem dos Advogados do Brasil, que tem em seu histórico a defesa da Constituição, da ordem jurídica do Estado Democrático e do regular funcionamento das instituições, não se furtará em tomar todas as medidas cabíveis para o regular esclarecimento dos fatos, especialmente junto ao Supremo Tribunal Federal (STF), Procuradoria-Geral da República (PGR), Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e Conselho Nacional de Justiça (CNJ), reafirmando, por fim, sua confiança nas instituições públicas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

12 respostas

  1. Impressionante!
    Qualquer pessoa com um mínimo de conhecimento jurídico e político saberia o que acontecia na VAZA-JATO!
    A OAB foi cúmplice e conivente durante anos com os desmandos e crimes cometidos no âmbito da referida quadrilha!
    Agora, posam de mocinhos…
    Acabou… somo um país sem justiça e sem judiciário críveis!
    É isso daí, OAB … Talquei?

  2. A OAB só está comprovando o ditado que “é fácil bater em bêbado….”.
    Quando a grande imprensa podre, FIESP, rentistas e outros assaltantes do país, desciam a lenha na Dilma e no PT, para tomarem o poder, a OAB ficou quieta. Mesmo com condução coercitiva ilegal, grampos de advogados e outras coisas ilegais.
    Tudo não foi suficiente para que a OAB exigisse o cumprimento da Lei. Relembrou aquela OAB da época do golpe de 64, se bem que, naquela época, algumas vozes dentro da OAB se levantaram contra a ditadura.
    Agora que A GRANDE FARSA A JATO está sendo mostrada, a OAB rapidamente quer que se apure….. Isso é uma grande encenação, pois a OAB até agora, foi conivente com o golpe contra Dilma e contra as ilegalidades contra Lula.
    Ou seja, até agora, a OAB não fez nada em favor do Brasil.

  3. E o TRF-4, o STJ, e até o STF sobre isso?

    Nessa democracia torta, nesse sistema de “pesos e contrapesos” fuleiros – o peso foi todo para um lado e adernou o navio.

    1. E, finalmente, a lamentável, a desprezível OAB tomou uma atitude. Mas, não se deixem levar. Por tudo que essa instituição apresentou nos últimos anos, alinhando-se aos golpistas e vendilhões da pátria, silenciando ante toda sorte de arbitrariedades cometidas contra advogados, inclusive, diante de violência física, soa até estranho que venham agora emitir esse rosnado. Existem, sim, neste país, advogados magníficos, de altíssimo nível moral e técnico, com visão da sociedade brasileira e com inclinações patrióticas e humanas que se colocam, naturalmente, muito acima dessa instituição pequena e conservadora. A manifestação é tão somente oportunista e não deixa de contemplar a eventual volta por cima dos canalhas de Curitiba, de modo quase explícito, no primeiro e segundo parágrafos do documento.

  4. Fica barato atacar e prender e guilhotinar o moro e o delanhol: todos os outros que participaram do crime de condenar o LULA ficarão impunes. Personagens pequenos e banais, milicianos do interior, digamos.
    Os criminosozinhos moro e delanhol são moedas desvalorizadas e descartáveis. E salva, pelo menos provisoriamente, muita gente e muitas instituições.
    A globo deve estar em reunião permanente com a cia para saber como sai dessa, já que as próximas informações mostrarão o diálogo permanente e criminoso moro-globo and others.

    1. Se o Moro e o Dalagnol forem guilhotinados já ficarei felicíssima! Até porque os outros, peixes pequenos, sumirão apavorados e voltarão aos buracos de onde nunca deveriam ter saído.

  5. Uai!!!! exclama o mineiro, essa OAB acordou de seu berço esplendido? Essa maracutáia do Sr Sergio Moro sempre foi clara para os individuos com QI médio, será que por lá só tem alienado?

  6. O Antagolpista disse que o Paulo Guedes estava nessa reunião do conselho federal da oab e deu a senha para a demissão do fala-fino, dizendo que os vazamentos “visam atrapalhar a reforma da previdência”.
    Guedes mandou, oab obedeceu, só isso. Demissão vindo a galope.

  7. Sugiro que mandem por escrito a solicitacao aos envolvidos. Mas, por favor, mandem a carta jah rasgada para poupar o tempo do ilustre procurador e do probo ministro.

  8. OAB hipócrita. Nenhuma palavra sobre o condenado por um processo completamente viciado, conduzido por um juiz diverso do natural: a sede da petrobras é no rio de janeiro, o imóvel em são paulo, a residência do acusado ou em são paulo ou brasília mas o juiz é do paraná.

  9. OAB sendo OAB. Primeiro se faz de quase morta e apoia o empeachment, para depois com vergonha reconhecer a merda que fez…vide 64 e como as coisas se repetem…
    #OAB, por unanimidade, pede que Moro e Dallagnol se afastem dos cargos tijolaco.net/blog/oab-por-u… via @tijolaco

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.