Othon, solto, diz que prendê-lo interessa “ao sistema internacional”

othomlivre

Em rápida entrevista à Carta Capital reproduzida no ao Brasil 247,  em tudo justificada  por sua condição de liberdade provisoria, depois de condenado a permanecer na cadeia até que completasse 120 anos, o almirante Othon Pinheiro da Silva foi, compreensivelmente, econômico nas suas declarações

Segundo o almirante, os “brasileiros transnacionais são aqueles que, embora tenham nascido neste belo país, gostariam de ser cidadãos de outros países, em particular dos Estados Unidos. Não dão importância aos grandes problemas e desafios nacionais, não se preocupam em resolvê-los e, às vezes, em proveito próprio, não se importam em agravá- los. Minha condenação interessa ao sistema internacional contrário aos BRICS”, afirma.

Segundo ele, sua condenação interessa sobretudo “ao sistema internacional preocupado com o fortalecimento de um dos países integrantes dos BRICS. Os brasileiros transnacionais, muito provavelmente, ficaram satisfeitos com o meu processo e a minha saída do cenário”.

Othon não tem nada que seja incompatível com as  quatro décadas de vida profissional que teve está condenado a 43 anos de prisão.

Não tem os palacetes na praia de um Cabral nem jóias como as da madame.

Até agora, ninguém provou que ele se locupletou da função.

Mas lhe deram 43 anos de pena, porque, talvez, dar tecnologia nuclear a seu próprio pais seja um crime hediondo.

O alemão Wernher  Von Braun, colaborador do nazismo, foi santificado quando trouxe a boma atômica para os EUA.

Othon desenvolveu métodos de enriquecimento  do urânio que são objeto da cobiça internacional.

Vai pagar com a desmoralização e o resto de sua vida por isso.

 
contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

31 respostas

  1. O trio esperança : chefes vDDas bôas, mourão, etchegoyen não têm o seu Patriotismo, o que mesmo parece que o acertou no alvo: “”” . . brasileiros transnacionais são aqueles que, embora tenham nascido neste belo país, gostariam de ser cidadãos de outros países, em particular dos Estados Unidos. Não dão importância aos grandes problemas e desafios nacionais, não se preocupam em resolvê-los e, às vezes, em proveito próprio, não se importam em agravá- los. Minha condenação interessa ao sistema internacional contrário aos BRICS” . . . “”” . O chefe mourão falando em nome do CIRCO militar já entregou: AMAZÔNIA / PETROBRAxxx / ELETROBRAxxxx / BCO. do BRASIL / CAIXA ECONÔMICA / NIÓBIO / . . . etc. Enfim não sobram nada para Nossa Pátria, pois provavelmente vão morara em MIAMI ao lado do Joaquim Barbosa, qdo aqui não nascer nem capim!!!

  2. Me senti envergonhada como brasileira pela condenação do almirante Othon.mais chamar esses fdp de transnacionais émuito elogioso pra eles .que se mudem se quiserem nada os impede de serem os sabujos dos americanos,mas vão carregar sempre o que Nelson Rodrigues descreveu como complexo de vira-latas ,sem uma pátria pra chamar de sua.

  3. Muito interessante e elucidativa a entrevista, pena que os comedores de alfafa transgênica vão continuar sem entender nada, além de repetirem o que lhes foi implantado no que sobrou do cérebro – “nossa bandeira , nunca será vermelha”…

    Muita burrice pra uma nação somente.

    Avante Almirante Othon…..vamos colocar a turminha da vaza jato na masmorra da história, paredón pra eles..

  4. Sugiro ao Clube de Engenharia a realização de uma Homenagem Pública ao Almirante Othon e que convide especialmente estudantes da área para mirarem-se em seu claro exemplo. Quem sabe assim, informados, engajem-se na luta contra a perspectiva sombria de dirigir carros para o Uber. E quem sabe ainda se jovens cadetes da Escola Naval ou do IME, mais arejados pelos elísios na Guanabara, possam participar. Saúde e força, almirante! Pelo Referendum Revogatório! Abaixo o golpe.

  5. Sugiro ao Clube de Engenharia prestar uma Homenagem Pública ao almirante Othon , e convide especialmente estudantes da área, para que eles possam mirar-se em claros exemplos de que hoje é possível fazer mais do que dirigir carros do Uber. Que também sejam convidados cadetes da Escola Naval e do IME, pois mais arejados pelos elísios da Guanabara, talvez possam se abrir a novas perspectivas. Saúde e força, almirante, Pelo Referendum Revogatório! Abaixo o golpe.

  6. Sou solidário a todos os brasileiros que trabalham por um Brasil soberano, como o Almirante Othon. A sua prisão foi claramente uma decisão política.

  7. A ESCOLA QUE ELE SE FORMOU TRANSMITE HARMONIA, EQUILÍBRIO, SABEDORIA, PODER E HUMILDADE. O VELHO E O MAR

  8. Destruir Othon e o PROJETO NUCLEAR brasileiro faz parte do desmonte ..assim como retardar os caças ..abrir a PRÉ SAL ..adiar os satélites e submarinos ..cancelar os mísseis balísticos ..E NÃO se iludam, esmagar as “recentes” multinacionais brasileiras e seus barões tb tava no esquema (apesar dos seus pecados, como Eike, Andre Esteves, Empreiteiros e os Joesley).
    .
    Interessante ver que até bem pouco o país, com LULA, conseguiu-se em definitivo a AMAZONIA AZUL ..antes, conseguimos fatia da Antartida ..e antes ainda, até do ACRE ..agora o mundo fala em partilhar a LULA e suas ABUNDANTES reservas minerais ..ali, pelo NOSSO ATRASO tecnológico, ficaremos de fora ..que pena, que pena sermos governados por pessoas tão medíocres e sem visão de futuro

    1. ..partilhar a LUA ..entre EUA, RU, CH, JP, CEE e IN ..visto que foram encontradas cavernas de até 500 km de comprimento por 100 mt de largura pelos JAPONESES ..um abrigo NATURAL que protegerá a quem lá se instalar

  9. Essa é mais uma patranha jurídica do “judge” moro, aquele que cita as leis americanas para deferir seus pareceres sem as mesmas estarem incorporadas á legislação brasileira e que ao condenar, afirma ter provas contundentes e cabais, mas que quando revista a sua sentença pelo TRF réus já foram inocentado pela ausência delas…

    Parece ser um juiz que esta a serviço das classes política e econômica dominante da direita conservadora e a mercê ddoos interesses do imperialismo americano para entregar as indústrias e as riquezas nacionais como terras, minérios e principalmente o petróleo do Pré-sal!

  10. Bom dia,

    Sem dúvida Almirante Otho, sem duvida! Só que o brasileiro é burro, se o Sr quisesse roubar, não faria por 4,5 milhões, pois já tem na cabeça 3bi de dólares.

  11. O Japão descobriu cavernas na Lua? Que viagem é essa? E o Brics + Inglaterra partilhar alguma coisa com EUA? Só a Inglaterra, meu caro, que está deixando a CCE para manter-se aliada aos americanos. O BRICS faz o sentido inverso, preparando-se para consolidar um mercado de países que, juntos, tem a metade da população da Terra. E nesse mercado não entram os EUA.

  12. Atualizando: Africa, Ásia e mais o Brasil totalizam cerca de 5,8 bilhões de habitantes.
    São 3/4 da população mundial. Um mercado excelente. Por isso os EUA atacam tudo e todos, contra essa ameaça à sua hegemonia econômica. E usam a política para justificar um assunto econômico. Usam a tática nazista, via mídia, para destruirem governos e pessoas. No Brasil encontraram um campo fértil, em pessoas que vestem camisetas verde e amarelo. Os tais que “sabem votar” e tem “inteligência acima da média”. PQP.

  13. Os Tais “brasileiros ” da “justiça que EUA fazer palestras . especialização , cursos , etc .Convidados por universidade EUA , Departamento de Estado , Departamento de Justica e outros ., são cooptados a entregar o pais por um passaporte de livre transito e permanência. .

  14. CERTOS HERÓIS SÃO OBRIGADOS A PASSAR A SUA VIDA SENDO PERSEGUIDOS E CONDENADOS , APESAR DE TODO O BEM QUE FIZERAM ! AS PALAVRAS DO ALMIRANTE OTHON SÃO ESCLARECEDORAS DOS REAIS MOTIVOS DE SUA PRISÃO E ABSURDA CONDENAÇÃO. SÓ A HISTÓRIA LHE FARÁ JUSTIÇA, OU, SE AS FORÇAS POSITIVAS DO UNIVERSO NOS TROUXEREM NOVAMENTE A DEMOCRACIA.
    UM EXEMPLO DE COMO ALGUNS HERÓIS PODEM SER MALTRATADOS, DEU-SE COM O PILOTO CHESLEY “SULLY” SULLENBERGER QUE FEZ UM POUSO INACREDITÁVEL NO RIO HUDSON, SALVANDO TODOS OS PASSAGEIROS E A PRÓPRIA AERONAVE, E TENDO DEPOIS QUE RESPONDER A INQUÉRITOS, BUSCAS DAS CAIXAS PRETAS, ETC. TEVE QUE JUSTIFICAR PORQUE ESCOLHEU POUSAR NO RIO. A ALTERNATIVA, SEGUNDO ELE, ERA ATINGIR ÁREAS HABITADAS, ALÉM DA POSSÍVEL EXPLOSÃO DO AVIÃO. ACHO INCRÍVEL QUE AO INVÉS DO RECONHECIMENTO DO SEU HEROÍSMO, AINDA TEVE SUA DECISÃO E CONDUTAS SOB INVESTIGAÇÃO !

  15. ..ao L.Carlos
    .
    pra desmerecer comentário dos outros ..1o vc precisa saber com quem fala ..2o precisa ser bem informado ..as cavernas da LUA são conhecidas há décadas !!! ..ocorre que a descoberta noticiada agora é ENORME ..500 km ?! ..as riquezas daquele satélite (como H3) podem remodelar TODA a cadeia energética da humanidade e o futuro do BRASIL ..o que afeta até a pré sal e a exploração RACIONAL da Amazônia ..do resto que falou .Ru, In e Ch partilham a Africa e Asia ..America fica pros com EUA e CEE ..esta é a geopolítica atual (e o BRASIL, ainda não se sabe, parece que abdicou do seu quinhão) ..exploração da LULA é outro capítulo ..tal qual como a Antartida
    .
    https://oglobo.globo.com/sociedade/ciencia/descoberta-de-caverna-na-lua-alimenta-esperancas-de-colonizacao-21966240

  16. já temos exemplos de sobra na burocracia estatal, mas, qual é o peso dos brasileiros transnacionais, mais propriamente chamados de quinta coluna, em nossas forças armadas.
    Aí incluídas as nossas diversas forças policiais, também armadas.

  17. O Dr Othon tem a genética libertária de Bolívar e mais ou menos tempo e sem derramar uma gota de sangue brasilis os trairas e vende pátria junto aos norte-americanos ajudados pelos trairas europeus acordarão e Nação Continental chegará a seu sagrado destino assim está escrito pelos ancestrais e devemos passar pelo sofrimento do Dr Othon , Deus os perdoe.

  18. O texto é excelente mas cabe uma correção, não foi a tecnologia da bomba atômica que Wernher Von Braun levou para os EUA e sim a dos mísseis balísticos.

  19. Uma observação e correção: Lembro de um judeu chorando numa entrevista no Discovery Channel, que ao ver Von Braun comemorando a chegada do homem à lua, enxergou uma enorme hipocrisia americana, pois, o sorriso de Von Braun para as câmeras significava ainda, para ele, uma vitória do III Reich, pois, foi ele que desenvolveu as bombas V2 de Hitler, que eram montadas com mão de obra escrava de judeus. Ele, o entrevistado, era um sobrevivente das linhas de montagem da V2. Não tendo mais forças, deixariam-o à mingua e, daí, aos fornos. Ele viu o mesmo sorriso daquele Von Braun, da linha de montagem, décadas depois. Vom Braun não forneceu tecnologia ao desenvolvimento de Bombas Atômicas, mas, é um dos patriarcas do programa espacial americano.

  20. O que o almirante Othon deveria perguntar é PELO SILÊNCIO CÚMPLICE DE SEUS CAMARADAS.
    Não gostaria de vê-los fora dos seus quartéis,MAS AO MENOS ,ERA NECESSÁRIO QUE FOSSEM SOLIDÁRIOS COM SEU COLEGA QUE FOI ESTUPRADO PELOS VENDE-PÁTRIA DE CURITIBA A MANDO DO BANDIDO E PATÉTICO AGENTE AMERICANO.(ainda há tempo,para corrigir o erro)

  21. como se ainda fosse preciso othon é a prova final e definitva do mal que sergio moro representa para o pais

  22. Brito, o Von Braun levou para os EUA os segredos das bombas V2, os primeiros mísseis balísticos reais. A bomba atômica foi desenvolvimento autônomo dos americanos.
    Quando a guerra acabou o Von Braun e sua equipe estavam trabalhando no primeiro ICBM, que os nazistas tencionavam usar para bombardear a Costa Leste dos EUA. Se a guerra tivesse durado mais dois anos os alemães provavelmente também chegariam a uma bomba atômica, mais rudimentar e menos potente que a americana, e teriam os meios para lançá-la diretamente em Nova York, coisa que os americanos não tinham.
    Gostei muito da expressão usada pelo almirante: brasileiros transnacionais. Ele definiu com precisão o que são essas pessoas, coxinhas apátridas.
    Quanto mais eu penso na nossa situação (e de muitos outros países mundo a fora), mais me vem à cabeça o Império Romano. Os romanos, tal como os americanos, usaram a língua e a cultura de Roma (especialmente os espetáculos circenses) para atrair as elites locais. Imbuíram essas elites do espírito romano e muitas vezes lhes davam a cidadania romana. Em Roma, eram uns coitados desprezados pelo patriciado, mas em suas terras posavam como grandes cidadãos romanos, acima da ralé. Assim são os nossos transnacionais: aqui, grandes senhores. Lá, cucarachas endinheirados, gente exótica que se deve quando muito tolerar…

  23. Além de golpistas, os nossos militares são tão PUSILÂNIMES (COVARDES) que não têm brio nem para defender um colega (Alm. Othon) que zela pelo Brasil! Que país precisa de forças armadas assim?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.