Por que Haddad vai crescer também na classe média?

Acho muito engraçado quando leio análises políticas sobre o tal “voto útil” que tratam o eleitor como uma simples peça de tabuleiro que se transfere daqui  para ali de acordo apenas com o que tocam as trombetas da propaganda dos candidatos e suas declarações aos jornais. E agem loucamente como que, acada instante, aposta neste ou naquele “cavalo” segundo as montarias desfilam no cânter.

Merval Pereira, em sua coluna de hoje em O Globo descreve esta movimentação:

As campanhas dos adversários que ainda nutrem esperanças de bloquear a chegada do PT estão acelerando. Ciro Gomes já está divulgando mensagens contra esquerda e direita, colocando-se como a saída de centro mais viável. Mas a campanha de Marina manda sinais de que continua no jogo, avaliando que eleitores de centro direita não votam em Ciro, e que a esquerda não vai de Alckmin de jeito nenhum. Marina vai aparecer como a transição, recebendo votos dos dois lados, acreditam seus assessores.

Será que acham que o eleitor funciona assim, com este “ideologiômetro” de fina sintonia?

Lamento informar que não.

Ciro teve seu destino traçado quando apostou no tempo de televisão e, à procura de alianças com o Centrão que poderiam ter dado combustível à sua campanha, quis demarcar território diante de um PT paralisado pelo impedimento de Lula.

Tivesse funcionado, sim, a campanha seria outra, com outros bônus e outros ônus. Como seria outra se ele, ao inverso, apresentasse-se ao eleitorado lulista como aquele que melhor poderia suprir a ausência do líder popular. Àquela altura, Haddad era pouco mais que um nada eleitoral.

Só em função de sua origem política nordestina, seu comportamento valente e seu discurso desabrido consegue, por um tempo, conservar-se relevante eleitoralmente ainda. Mas, sim, está fadado a perder protagonismo e apenas conservar um eleitorado que, progressista, tem ressentimentos com o PT e com Lula, mas a quem a figura de Jair Bolsonaro repugna.

Marina Silva, que só existe como um ectoplasma de si mesma, perdeu-se em seu discurso que mescla ódio e autopiedade e, sobretudo, porque não pode ser um instrumento de divisão do eleitorado mais pobre e receptáculo do voto evangélico.

Geraldo Alckmin perdeu para si mesmo, para sua cria Doria e para o seu PSDB. São Paulo, que era sua praça forte, está espatifada numa disputa que  o faz amargar a derrota em seu próprio quintal, que dirá ter forças para avançar em outros territórios. Não tem com o que oferecer-se como candidato da direita e é um nanico perto do monstro fascista que ajudou a criar com o golpe.

É difícil, dificilimo, a qualquer um deles, colocar-se como alguém capaz de unir, conciliar, dar fim ao clima de ódio e barbárie que se viu instalado no país.

É nessa avenida que Fernando Haddad se propõe a caminhar, à medida em que recebe de Lula o capital político para se tornar um player relevante – e, agora, central – no processo eleitoral.

O candidato, sua maneira de agir de falar, o seu programa de TV, os seus apelos de campanha, podem ser um comando e podem ser um convite.

Lula é Haddad, Haddad é Lula é um comando para o eleitor popular, lulista, que reconhece no ex-presidente a defesa de seus interesses, de seus direitos, de sua dignidade.

Porém, já provavelmente a partir, do programa de TV de hoje, vai se mostrar, sem desfocar do “é Lula”, também, como o homem emocional e politicamente preparado para a pacificação, para a retomada  de outro valor perdido com a “Era Lula”: a tranquilidade, a fraternidade, a identificação da classe média com o seu povo.

Este é o convite que se somará ao comando do voto popular e progressista, que Lula conservou intacto com sua resistência estóica à perseguição, à prisão e ao isolamento.

O candidato mais aberto que teremos, paradoxalmente, é o do homem que está fechado numa cela e impedido de falar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

27 respostas

  1. Fernando LULA Haddad “deu mais um show” de competência, coerência, inteligência, discernimento, coragem…
    E no palco da Rádio CBN/Globo!

      1. Se sinalizar qualquer complacência com o “Mercado”, perde voto pela incoerência de querer se associar com o mesmo “Mercado” que conduziu as políticas de Temer que são rejeitadas por mais de 90% da população. Não é atoa que o Recruta Zero cresce sendo associado “anti-sistema”, mesmo sendo fantoche do banqueiro e fundador do Instituto Milenium que representa os que querem ampliar esse sistema que leva à desigualdade.

  2. É o tal do silêncio ensurdecedor, né? #LULA cada vez maior; a voz e a imagem de Lula cada vez mais onipresente e conquistando corações.????

  3. “Sabe de uma coisa”: quem diz que é Lulista e renega o candidato Fernando LULA Haddad, é porque não é este Lulista todo!
    Ainda que, naturalmente, qualquer lulista possa votar em algum candidato não indicado pelo eterno presidente!

  4. Pois é, Brito. Lula nunca foi radical. Sempre foi homem de habilidades sociais, de unir os opostos, homem político no sentido estrito do termo. Mas, por unir, causou ódio daqueles que sempre usufruíram das exclusões.

    1. Problema que o jeito dele de unir opostos era dando cargos para políticos sabidamente desonestes que assaltavam sem dó os cofres públicos! Brasileiro não quer mais o rouba mais faz!

      1. Como governar com um congresso de oposição???Dilma tentou deu no que deu. O corno/uda sabe o que seu parceiro/a apronta ? o povo é inocente ao ponto de lhe permitir votar num congressista de direita fisiológica e num esquerda para presidente? solução?????? EDUCAÇÃO POLÍTICA DESDE A MAIS TEMPRANA IDADE.

        1. Amigo. Brasileiro nunca foi muito bom de voto. E não é de hoje… Esquece que votaram no Jango comunista e o congresso de direita deu o golpe?! Brasileiro votou na Dilma e elegeu 317 deputas da bancada BBB (boi, bala e bíblia). Meu medo é eleger uma extrema direita com o congresso que tem tudo pra ser o mais conservador de todos os tempo! Concordo educação é a chave crianças na escola em período integral das 7 as 18 terminando o ensino médio com pelo menos um curso técnico.

      2. O campo político estava repleto de bandidos contumazes livres, leves e soltos. Por que o Lula tinha que saber que eram bandidos e o judiciário, o MP e a PF podiam não saber de nada? Só descobriram em 2014 que a Petrobras estava contaminada por diretores que negociavam contratos em troca de propinas. O que essas autoridades estavam fazendo nos últimos 40 anos, em que essa prática estava consagrada em todas as grandes contratações públicas e privadas do país? O Temer não é DONO do Porto de Santos desde os anos 80? Por que nunca foi investigado, processado, condenado e preso? O cara diz que se chama McClane e vem falar o que o povo brasileiro quer ou deixa de querer? Quem tem a dar explicações sobre corrupção não apurada e não investigada é quem tem a atribuição constitucional de investigar processar a punir o ato delitivo. Não é o Executivo que tem essa obrigação.

      3. Todos os políticos corruptos do PMDB, PP…. foram eleitos pelos mesmos hipócritas que cobram do PT a não distribuição de cargos para os políticos desses partidos. Tivessem votado em parlamentares do PT não haveria um único ministério cedido e assaltado pelos ladrões eleitos pelos coxinhas.

  5. Quem acha q lula não pensou em tudo isso está mais desorientado que biruta em tornado. Toda a equipe da chapa tem um papel específico e complementar. Diferente das outras chapas que só têm arremedos de improviso. A escolha do perfil de haddad não resta dúvida de q ele é o homem certo para a presidência, assim como manuela é a mulher certa para a vice. A chapa mira com condições de conquistar todo eleitorado não fascista, e esse é o grande trunfo.
    Parabéns pela escolha q ilustra o post, brito. Esse é o plano lula em uma imagem.

  6. O PSDB se enterrou sozinho. E quem eles apoiarem no 2 turno, afunda com eles. O Aecio desconstruiu o Brasil e feriu de morte o próprio partido. O psdb já era. Vai ter que se reinventar.
    E a lava jato foi primordial para essa rejeição ao psdb. Operação toga tucana parte 876. Nunca tem fim e nunca julga e condena o psdb.

    1. Além da associação, ou ainda, direção do parlamentarismo de fato que se instalou no período Temer (que é o mais rejeitado de toda a história do Brasil)

  7. Olha com toda sinceridade, nos eleitores devido ao mau procedimento deste Supreminho de M… nunca botamos fé no tófoli. Tai o resultado. Tofoli, Bolsomerda e os Ministros do Supreminho de M…, são uma coisa só.
    Vamos de Lula e Haddad. Trezena cabeça, povo brasileiro.

  8. SOBRE LULA
    Querem torná-lo invisível
    Num pleito sem precedente,
    Feito Haddad ele é visível,
    Pois tornou-se onipresente!
    Tarcísio Arruda
    17/09/18

  9. Olha pessoal, na reta final, vamos ver o Haddad crescer absurdamente, porque o Ciro está em conchavo com o Haddad, são amigos e acho que ao perceber que não tem pra ele, ainda no primeiro turno vai apoiar o Haddad. Vai ser no primeiro turno.

  10. POIS, GRAÇAS A DEUS!
    O NOSSO JUSTO E BOM DEUS ESTÁ COM O POVO E O POVO DE DEUS ESTÁ COM FERNANDO LULA HADDAD, PARA PRESIDENTE DO BRASIL.

    HADDAD É LULA E LULA É HADDAD. HADDAD É PT, É 13, É LULA, É POVO, É BRASIL LIVRE.

    O POVÃO BRASILEIRO, SOFRIDO E LUTADOR, ESTÁ DEFINITIVAMENTE COM FERNANDO LULA HADDAD ATÉ A VITÓRIA.

  11. Pois graças à DEUS! O NOSSO JUSTO E BOM DEUS está com o POVO E, O POVO DE DEUS, definitivamente está com o nosso FERNANDO LULA HADDAD, para ser o próximo Presidente do Brasil.
    Afinal de contas, HADDAD É LULA E LULA e o Povo estão com HADDAD, pois sabem perfeitamente que HADDAD é PT, é 13, é LULA e é Brasil livre e Povo feliz.
    Então, o povão brasileiro, que é sofrido, lutador, está cheio de esperanças em dias melhores, que certamente virão com a VITÓRIA de FERNANDO LULA HADDAD. Graças a DEUS.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.