Rede de ‘Fakebook’ bolsonarista mostra ação orquestrada

A decisão do Facebook de eliminar a rede de 88 páginas – com perfis bolsonaristas, gerida por auxiliares e filhos de Jair Bolsonaro dá um impulso extra ao inquérito das “fakenews”, que só pode levar ao que é uma realidade: foi montada uma máquina de ataques e mentiras que funciona como o verdadeiro “partido do presidente”.

Ou será que alguém ainda acredita que este podia ser o PSL ou este esquecido “Aliança pelo Brasil” anunciado a cartuchos de 38?

É a utilização descarada da máquina pública, como relata a Folha:

O Facebook e o Instagram identificaram páginas e contas com conteúdo de ataques a adversários políticos feitos por Tércio Arnaud Thomaz, 31, assessor especial da Presidência da República e que faz parte do chamado “gabinete do ódio” ou “gabinete da raiva”. O grupo, tutelado pelo vereador licenciado Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ), é responsável por parte da estratégia digital bolsonarista.

Em O Globo, fica-se sabendo que páginas como a “Bolsonaro Opressor 2.0” eram alimentadas por Tércio de dentro do Palácio do Planalto.

Para a empresa [o Facebook] , o conjunto [de páginas] removido agia para enganar sistematicamente o público, sem informar a verdadeira identidade dos administradores, desde as eleições de 2018. Os dados que constam das investigações da plataforma foram analisadas por pesquisadores americanos do Digital ForensicResearchLab (DRFLab), ligado ao Atlantic Council, especializados no combate à desinformação, às fakenews e violação de direitos humanos em ambientes online. Nos domínios do Facebook, a rede em questão atuava através de 14 páginas, 35 contas pessoais e um grupo. No Instagram, onde também houve remoção de conteúdos, foram identificadas 38 contas envolvidas com irregularidades. Juntas, essas engrenagens mobilizavam uma audiência de mais de 2 milhões de pessoas, de acordo com o DRFLab.

A “Matrix” bolsonarista em que mergulharam as redes sociais, pouco a pouco, vai deixando evidente que tudo foi objeto de um cuidadoso planejamento de manipulação da opinião pública.

Isso foi operado por imbecis, mas não foi formulado, certamente, por eles. Houve cabeças e, claro, bolsos que formularam e sustentaram esta conspiração.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

15 respostas

    1. Excelente análise, quase uma profecia …rs o cara foi a fundo mesmo, que eles “ultra-conservadores” jogam baixo, isso a gente já sabe, porém como levar essas informações pra quem não quer ouvir, hoje 09-07-2020, depois de tudo o que aconteceu, mesmo expondo as entranhas do que é o Bozo e seu governo, muitas e muitas pessoas nem sequer ouvem, parecem não conseguir juntar os pontos, fazer uma simples análise de um fato e discernir o certo do errado, é um fenômeno, pelo menos pra mim é assustador, o que me pergunto é, como trazer essas pessoas a razão? fazer com que elas não sejam manipuladas tão facilmente.

      Quando o cara fala, “me chamam de PTista … “, me vi na pele e senti isso na pele, principalmente quando tentei mostrar as pessoas o que era o Bozo (Traidor, Corrupto, Louco, Homofobico, etc), levei muita bordoada além de ganhar o apelido de “PTista”, pois não podemos falar mal do “mito”, hoje … alguns tem vergonha da m…a que falaram e fizeram.

      Errar todo mundo erra, hoje o foco é abrir os olhos desse povo, pois a guerra continua e tem muitos Bozos para desmascarar.

      1. A eleição do Bozo foi uma fraude e o STF vendo tudo isto não age. Lembram quando Juca disse: Com o Supremo com tudo. UMA VERDADEIRA VERGONHA NACIONAL. Agora ficam nervosinhos quando aparece um gajo que diz:” Pra fechar aquilo lá basta um cabo e um soldado”. E outro que foi Ministro do Governo e saiu com passaporte de Ministro, mas, já não era que falou: Eu mandaria prender todos estes Ministros do STF e xingou de vagabundos. E tai, o STF inerte nada faz. Estamos começando a creditar nestes comportamentos.

        1. Nosso “judiciário” perdeu totalmente a credibilidade, podiam ter matado a eleição da chapa Bozo-Mourão no ninho – Fakenews/Whatsapp – , mas preferiram fazer vistas grossas! Se resolveram se mexer agora é mais por medo do que fazer o que é certo!

          O que revolta é que a decisão monocrática de um Ministro ou alguns têm consequências imensuráveis no futuro do país, hoje TODO MUNDO consegue ver a destruição do governo Bozonaro-Mourão, será que a “forcinha” pro Bozo valeu a pena? O que será que eles ganharam com isso? pois com certeza, foi pela esperança de um desqualificado como o Bozo “levantar” o Brasil! não são tão ingênuos …rs

          É retrocesso atrás de retrocesso, fiasco atrás de fiasco, o que será que esses Ministros, Políticos e as FFAA que têm o poder para derrubar o Bozo querem ganhar ainda com esse desgoverno? esse jogo macabro que essa turma está fazendo com o futuro do Brasil não vai acabar bem, só não vê quem não quer!

  1. O maior erro de bolsonaro foi achar que tinha os EUA pra protegê-lo de tudo. Quando era só um deputado insignificante, o que o protegia e à sua família era exatamente a falta de holofotes. Deveria ter aprendido com o 01, Flavio, a ficar calado e evitar atenção para si.

  2. … desde 2018… dois anos para remover páginas de ódio, de desinformação. Deve ser a pressão da retirada de anunciantes. Pois, afinal, nessas redes, assim como nas nossas tv’s abertas, a audiência é mantida com sangue, acidentes, mentiras macabras. Que humanidade é essa, que se alimenta de material tão nocivo?

  3. Milhares de manifestoches, milhões de seguidores tudo a serviço dos istaduszunidos e dos mi e bilionários do Brasil.
    Para os gringos, desprezo e desconexão ideológica.
    Para os servidores públicos, operadores da lava-jato, cadeia.
    Para os ricaços nacionais, paredón!

  4. A fase bolsonariana da enganação geral parece próxima do fim. O general Ramos abriu uma vaga na vice-liderança da Câmara para enfiar um autêntico profissional da política de bastidores, o deputado Ricardo Barros, do Centrão. E o apavorado Carluxo já está sendo peitado dentro de supermercados, aos gritos de “cadê o gabinete do ódio?”, “onde está o Queiroz?” e “quem matou Marielle?”.

  5. Que surpresa!
    Ninguém sabia que criminosos usavam o palácio de alvorada, na sala ao lado de tantos generais, recebendo polpudos salários do governo para disseminar mentiras, destruir pessoas, calúnias e chantagens em forma de videos fake news nos facebooks da vida. No palácio do governo e na sala ao lado da dos generais…?
    Se o ste, o stf, o congresso, os procuradores, etc, pelo menos tivessem a mais leve suspeita de coisa tão grave…
    Se o tse tivesse a mínima ideia disso, as eleições…
    Se o sni do general heleno pelo menos tivesse sonhado com isso?
    Eu nunca vi, nunca me disseram, nem nunca li sobre isso, nem sei o que é isso. Fiquei assutado.
    Ninguém nunca desconfiou. Está todo mundo embasbacado.
    Fake-news, que é isso?????? Existe???
    Será que não estavam a serviço do PT? Só pode…

  6. Os bolsos, sim. O importante é saber de onde veio o financiamento. A retirada destas páginas acabou com a ração do gado, mas os empresários (o clube dos 200 que apoiaram, financiaram e continuaram a financiar o bozo após a eleição) inventarão outras formas de agir criminosamente para não largar o osso. Essa ralé doente de bolsonaristas (sim, inclusive os que votaram em bozo ou invalidaram o voto por “ódio ao pt”) são apenas massa de manobra dos interesses do neoliberalismo e podem ser descartadas a qualquer momento.
    P.s. Ver a cara de bunda dos jornalistas da globo pela suposta doença do bozo não tem preço. Imaginem quando houver mais evidências de que sua doença é fake.

  7. Bolsonaro foi eleito com fake news.
    E alimenta o seu pequeno grupo de fanáticos com fake news.
    A cassação da chapa é o caminho, a questão seria a coragem política vinda do TSE, a qual eu não acredito.

    1. Eu também não acredito mais, pois vejamos o Comportamento do STJ em relação ao Queiroz.
      Tudo combinado com a turma do Bozó.

  8. Até que enfim o Tofinho monte de …… deu uma dentro, determinando que a Lava jato seja obrigada a compartilhar com a PGR os Conteúdos das investigações da República de Curitiba. Mas, isto é uma notícia boa, mas vamos ver se o Aras da PGR vai dar ao público o teor da maioria das maracutaias. Se não o fizer, com o de costume de nada adiantará. Já imaginaram se o Aras depois de ler o Processo (depois de uns dois anos) declarar que lá só tem Receita de bolo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *