Trump testa positivo para Covid

Dois dias depois de debochar de Joe Biden por usar máscaras – e “enormes” – Donald Trump testou positivo para o novo coronavirus.

Vai entrar em quarentena por 14 dias, metade do tempo que resta da campanha presidencial, tanto quanto sua mulher, Melanie e, talvez, o vice, Mike Pence.

Contraíra, provavelmente, da assessora Hope Hicks, que apresentou sintomas logo depois de viajar para Cleveland, onde houve debate entre os candidatos a presidente.

Depois de meses de desprezo pela pandemia, que ontem atingiu, em todo o planeta, uma de seus maiores picos – mais de 300 mil casos e quase 9 mil mortes – Trump se confronta com a sua mera condição humana.

Mas, como aconteceu com o nosso energúmeno tupiniquim, não será o suficiente para que mude de opinião sobre o perigo da doença. Vai ficar curado pela fé em Deus, ou pelo “histórico de atleta” ou pela cloroquina.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Uma resposta

  1. Depois do fiasco da terça-feira, vai usar esta desculpa para fugir dos debates, tal qual o bozo fez com a fakeada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.