Apetite sem fim do MP quer desfilar hoje em Brasília

Estarrecedora a matéria da Fábio Fabrini na Folha.

Compensaram a perda do imoral auxílio-moradia indiscriminado com um aumento privé de 16,38% nas suas remunerações – que vão de R$ 33, 7 mil a R$ 39,3 mil – e agora querem mais vantagens.

Aos 76 dias ausentes – 60 de férias anuais e 16 de recesso – querem somar a possibilidade de “trabalhar em casa” durante dez dias por mês, além de pretenderem aumentar as situações onde o acúmulo de funções gera pagamento de gratificações.

Daqui a pouco, suas excelências nem precisarão de muito trabalho para descobrir quem anda lesando os cofres públicos. E nem precisam sair de casa, basta ir ao espelho.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

10 respostas

  1. Você só perde na vida aquilo que já tem. No caso deles, nunca perderão a vergonha………..É a desmoralização total de um poder.

  2. O crime só é organizado quando tem não só a participação, mas a coordenação de instituições do Estado. Mas se enganam aqueles que pensam que essas instituições do Estado, parceiras, coordenadoras ou mesmo “chefes do crime organizado” se restringem aos poderes/sistemas políticos apodrecidos (seja nos executivos, seja nos legislativos). Se fossem apenas esses os poderes e instituições do Estado contaminados pelo crime, bastaria que os eleitores fossem bem informados e as demais instituições estatais encarregadas de investigar e combater o crime (as do sistema judiciário) cumprissem o papel legal e constitucional que lhes cabe. Mas quando é o sistema judiciário – de cabo a rabo, em âmbito federal e estadual – que está tomado pelo crime organizado, aí fica muito mais difícil, pois as castas que compõem esse sistema, que são herdeiras e representantes da casa grandes, protegem umas às outras, como vemos nas máfias, em que apenas os bagrinhos do varejo são envolvidos em escaramuças e confrontos diretos que resultam em violência e mortes.

    Há mais de 5 anos eu afirmo que a Fraude a Jato é uma ORCRIM institucional e que o sistema judiciário brasileiro (polícias, MPS e PJs) está eivados de outras ORCRIMs semelhantes. Esta postagem é apenas mais uma confirmação disso.

    1. É essa turma que acha um “absurdo” a empregada doméstica recusar “trabalho” por casa e comida e preferir o Bolsa Família…

  3. É o roubo oficial. Só Fidel daria jeito. Não adianta autoproclamar-se presidente. É imperioso autoproclamar-nos revolucionários de fato.

  4. Dez dias, com 22 úteis? Poderia até pensar que é uma demanda dos deuses que se encontram lotados longe do Olimpo – grandes capitais. Afinal, a imensa maioria dos nossos municípios não são dignos de vossas majestades. Né não?

  5. Dez dias por mes? quantos dias uteis pode ter um mes? Vinte no maximo, se tiver feriados cai para 18,16……ou seja, não apareceriam quase nunca ao local de trabalho,,,,,,,brincadeira isso? Até quando o povo vai aturar essa turma?

  6. É por essa e outras que sou a favor da extinção do MP. Não disseram até agora a que vieram, a não ser lutar em causa própria.

  7. Que me perdoem os ladrões (comuns) mas esses aí são muito mais(,) uns mestres em descaminhos. “Sobre a nudez forte da verdade – o manto diáfano da fantasia” que é a ilusão como se apresentam à sociedade brasileira. Guilhotina neles/nelas quando o povo verdadeiramente retomar o poder…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.