Bolsonaro insinua barganha com quem disser o que ele quer ouvir

Parece não haver limites para a estupidez presidencial.

Agora, no Twitter, ele faz uma oferta pública ao louco – louco, por vários laudos profissionais – Adélio Bispo, que o esfaqueou em Juiz de Fora.

“A defesa do Adélio o induziu a passar por maluco. A pena agora é perpétua num manicômio judicial. Se algum familiar, ou o próprio, quiser abrir o jogo comigo, estou à disposição. Afinal, como o caso Celso Daniel, a história pode se repetir para o Adélio e seus comparsas.”

Se não concordou com os vários diagnósticos médicos, Jair Bolsonaro tinha todo o direito de recorrer da sentença. Não o fez com um argumento que consegue ser pífio e perverso ao mesmo tempo: como louco, Adélio ficará em prisão perpétua (o que não é verdade) e como autor de tentativa de homicídio em dois anos estaria solto. o que também é mentira, por ter se tratado de tentativa duplamente qualificada (motivo fútil e à emboscada).

Agora, o que pretende? Estimular Adélio ou alguém de sua pobre família a produzir uma história que seja valiosa, politicamente, para que o presidente ataque seus opositores? Sabe como é, a turma sempre precisa e aí está a oferta pública…

Mesmo que não aconteça, serve como ração para a matilha continuar insultando partidos e políticos por uma nunca provada relação com o episódio da facada. Ainda mais com a inclusão canalha do assassinato de do ex-prefeito petista Celso Daniel na história.

Tem-se um porco na Presidência e não é referência ao grito da torcida palmeirense.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

34 respostas

    1. Um débil mental que vive constantemente atormentado pelos próprios fantasmas criados pela sua mente doentia. Interdição já e convocação de novas eleições.

  1. Discordo. Adélio não é louco e o boçal nunca tomou facada. Alguém deu uma fakeada no mito, ou seja, a facada era mentira, o mito é uma mentira, logo, a pseudo loucura de adélio (que ‘coincidentemente’ frequentou o mesmo clube de tiro dos filhos de seu alvo, mesmo sendo pobre, mesmo não tendo relações com armas, mesmo não tendo nada que fazer naquela cidade, estado e região) é mentira. Recomendo uma investigação sobre a família de Adélio, antes e depois dos fatos.

    1. Na mosca. Também acho que Adélio é um espertalhão que deve ter recebido um bom dinheiro para participar da trampa. Bolsonaro joga com a plateia na questão do advogado, sabendo de antemão que a OAB não permitirá que o telefone de um advogado seja aberto. Com certeza está preparando uma nova trampa com o ator Adélio. Quem sabe uma denuncia falsa do “louco” que retumbará na mídia corporativa ou uma (abre o olho Bispo) queima de arquivo maqueada de inadvertência de louco.

      1. Há muito tempo eu adverti, aqui, que o Bispo será silenciado por um companheiro “psicótico”, inimputável, como ele. Essa historinha é quase velha como o mundo. ?Aguardem.

  2. A defesa de Adélio o induziu a passar por maluco.
    E como Adélio foi defendido pelos melhores advogados do mundo, conseguiram facilmente convencer todas as partes envolvidas no processo de que Adélio era maluco. Mas, claro, a família de Adélio não tinha como pagar esses advogados. Então, quem pagou foi o PT e o Jean Wyllys. Estavam meio duros, mas fizeram uma vaquinha na internet para arrecadar o valor.

    1. Tenha coragem e assista no YOUTUBE o documentario “A facada no mito” e vc verá que foi tudo armação. Até quando terão defensores de um “doente mental” que, no caso, não é o Adélio mas o próprio Bolsonaro. Ponho aspas porque a falta de sanidade dele é “seletiva”. Tá ferrando todo mundo com arrocho previdenciário e trabalhista, entregando tudo de graça, sem contrapartida, um verdadeiro “lambe botas”…É muita burrice ou baixa estima, falta de amor próprio…

    2. Não fosse isso, as milícias bozonarianas já o teriam despachado para o “além”. Queima de arquivo. Já ouviu falar?

  3. É o esgoto do día,enquanto isso o Brasil sangra e este imbecil fica procurando briguinha pra fazer polémica.
    Este sujeito tem um sério distúrbio mental.
    Quem votou neste verme e já caiu na real,deve fazer a promessa de nunca mais passar nem perto duma urna eleitoral.
    Sobre a falsa facada deste delinquente,é melhor alguém por perto lhe diga pra não mexer com isso,vá que estoure a verdade de seu câncer intestinal.

  4. Quem deveriam estar num manicômio é o BOLSOBOSTA e seus potrinhos, ou TODOS eles acomodados numa estrebaria .

  5. O agro-jornalista (plantador de notinhas) Diogo Mainardi no site antagonista emparedando Bolsonaro em defesa da lava jato.
    O Antagonista
    “Bolsonaro sabe”

    Brasil 31.07.19 09:33

    A Lava Jato rejeita Raquel Dodge e Augusto Aras para a PGR.

    Jair Bolsonaro sabe disso.

    Se ele escolher um desses dois nomes, é sinal de que resolveu se afastar da Lava Jato.

  6. Um troglodita falando com um louco.
    Papo interessante, parece que o louco tem muito mais conteúdo, inteligência e lucidez.
    Louco 7 x Troglodita 1

  7. Bolsonaro, um belo exemplo de Militar!
    Difundindo a boa formação, a ética e compostura de nossas FA.

  8. Pra mim essas barbaridades que esse energúmeno solta todos os dias, tem como objetivo encobrir os escandalos do governo dele e a Vaza Jato.

  9. Manicômio, boa ideia. Basta alguém fazer um teste psicológico e o presidente irá descansar lá.

  10. Ô besta apocalíptica, qual a relação entre os casos? Aproveita e explica também, se puder, qual o crime do jornalista greengo?

  11. Estado policial-araponga tupiniquim à vista: estamos sendo hackeados (agora) pelos militares pelos aplicativos de Redes Sociais exceto o Telegram por isso eles demonizam o Telegram, não têm acesso ao seu código. É necessário fazermos a Verifição em Duas Etapas nos aplicativos. E o que virá pela frente: é o “Patriot Act” Tabajara, PL 2.418/2019 (da Câmara Federal no Congresso Nacional), que LEGALIZA tal arapongagem, que os militares já fazem. O “Patriot Act” Tabajara – Ato Patriótico – é o novo AI-5. Está sendo aprovado em velocidade ultrassônica e ninguém fala nada. O projeto de lei 2418/19, do deputado José Medeiros(Pode-MT), que garante autoridades acompanharem, fiscalizarem e intervirem, com autorização da justiça militar, nas comunicações eletrônicas em geral, atuando em cima de aplicativos, cria, a pretexto de combater terrorismo, a arapongagem estatal tupiniquim bananeira. Tiro na democracia, atentato à liberdade cidadã. Trata-se de conferir direito de bisbilhotar vida alheia em todas as suas dimensões, relações, atos e programações. Constrói-se, assim, perfil do Estado policial, legalmente, autorizado. já vem sendo, rasteiramente, exercida pelos órgãos militares, policiais e judiciais, em larga escala, a pretexto de buscas e investigações em todos os sentidos, inclusive, e principalmente, ferindo intimidades das pessoas.Por aí são construídas as chantagens, que submetem trabalhadores, empresários, políticos e autoridades republicanas à vontade do poder autoritário. É a guerra híbrida e o mecanismo de promulgação de leis de exceção em “Estados (nominalmente) democráticos de direito”.

  12. Pelas palavras de Bolsonaro podemos esperar com certeza uma nova farsa, agora até envolvendo toda a família do Bispo. O Bozo não tem limites. O twitter é uma chamada.

  13. Na realidade, como foi dada uma medida de segurança a Adelio Bispo, em dois anos ele pode ser posto em liberdade, a depender do laude do psiquiatra.

    Bzo é encantador de burros, perverte a lógica para dar argumentos aos seus seguidores de quatro patas.

    Homicídio é crime hediondo, assim como a tentativa. A prisão normalmente se dá em regime fechado. A pena seria de, pelo menos, seis anos de prisão, com a passagem para o semiaberto depois de 2 anos e 5 meses, e teria que cumprir mais 40% do restante no semiaberto e só teria direito à condicional depois de 66% da pena cumprida. Mas como foi dada medida de segurança, não existe pena e, depois do tratamento psiquiátrico, pode ser posto em liberdade como “curado” da loucura. Basta um laudo atestando isso.

  14. Bozzo se elegeu utilizando de jogadas, teatrinhos e mentiras. Até a jogada dos hackers para livrar a cara de Moro pode ter sido bolada pela turma do cara. A jogada de Juiz de Fora doi tão cretina e infantil e mesmo assim teve gente que acreditou e foram muitos. Na encenação que está preparando agora ele dá até um exemplo de script – a dos irmãos de Celso Daniel.

  15. Para um mentiroso contumaz, que se elegeu e vive de mentiras, tudo é mentira: Adélio louco é mentira, o desmatamento da Amazônia é mentira, o indice de desemprego é mentira, tortura e assassinato praticados pela ditadura é mentira, a cadeirinha no automóvel proteger crianças é mentira, radar na estrada auxiliar na redução de acidentes é mentira. Só por deus.

  16. Acho que o Adélio corre risco de vida. Está na mira da (fa)milícia e, se não disser o que a fascistada quer ouvir, vai ser objeto de queima de arquivo logo, logo. A saída? Ele, assim que for solto, procurar asilo na Rússia, China e de lá abrir o bico sobre a farsa toda.

  17. A internação deveria ser dois 2; do que esfaqueou e do esfaqueado. E a interdição também. Os dois lados da loucura. Quem o colocou no Planalto tem o dever moral de tirar. Militares, políticos, mídia golpista, pastores e a legião dos descerebrados que apoiam o mito.

  18. Ele está doente coitado. É um psicopata compulsivo e débil mental. Ele forjou o atentado, sabe melhor que ninguém que não houve facada nenhuma, que a faca era de brinquedo (digitem n Google faca retrátil de brinquedo) vai aparecer um monte de facas retráteis iguais as usada pelo Adélio. Agora ele quer barganhar informações sobre o Adélio que foi indicado pelo filho dele para participar a farsa.

  19. eu sou petista mais faço um pergunta porque envolve o nome do pt celso Daniel e o pt não toma providencia hei???

  20. Adélio nada tem de ‘espertalhão’. É um pobre coitado q vivia mundando de estado, de cidade e de bairro dentro da mesma cidade.Totalmente irrequieto e anormal. Ninguém pagou o advogado. Ele mesmo q enxerido se apresenta para defender pessoas ferradas em casos rumorosos pra ver se fica requisitado. Tinha feito o mesmo no caso do goleiro Bruno. Ou seja, as expectativas tão elevadas de parte a parte (assassino contratado pelo PT, o matador fake do Jair) e no fim deu xabú. Adélio é apenas um louco de M.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.