Huck não volta a ser candidato, nem que queira

dukelata

Alguns amigos e comentaristas políticos tratam a re-renúncia de Luciano Huck como algo que pode ser revertido.

A chance é zero.

Já não havia muitos todos a se pendurarem num pincel do qual já se tirara a escada e, agora, com o repeteco do forfait, não haverá ninguém, a  não ser uma meia dúzia de bobinhos inexpressivos.

A Globo pode lhe ter dado um “contra-vapor” agora, temerosa de se ver envolvida nas espertezas empresariais do sujeito, mas não tinha esta posição.

Será que alguém minimamente lúcido acha que a exibição  do casal dourado, no início de janeiro, no Domingão do Faustão, se deu sem ordem dos “capi” globais?

Seria ser muito ingênuo.

Havia um plano para fazê-lo candidato e é risível a versão de que a Globo o obrigaria a pagar a multa contratual de R$ 150 milhões para se candidatar.

Se a Globo quisesse dizer “não” às pretensões de Huck – e R$150 milhões são um “não mais que sonoro – teria feito antes e de forma muito mais incisiva. Ela queria e  seu séquito midiático também o queria.

As denúncias, feitas aqui, de que ele comprar um jato com crédito subsidiado pelo BNDES e que captara R$ 20 milhões pela Lei Rouanet podem até ter ajudado, mas nem tudo  o que eu pudesse nutrir de vaidade daria margem a que dissesse ser decisivo.

O decisivo foi que, quase nado tendo saído na grande mídia, o assunto viralizou.

O Estadão, um dos jornais que nem uma linha publicou sobre a compra subsidiada do jato, “paga o mico” de publicar um estudo da  Fundação Getúlio Vargas onde se diz que “o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), e o apresentador Luciano Huck foram destaque no debate sobre os atores políticos nas redes sociais na última semana”.

O prefeito, por conta do suposto muxoxo do sambista Zeca Pagodinho em tirar uma foto a seu lado; Huck, pelo jatinho que, exceção feita a uma nota na Folha, reproduzindo informações, não teve destaque algum.

“Huck apresenta expressiva associação a temas econômicos por conta da repercussão do uso de recursos públicos para comprar um avião. O apresentador foi muito criticado por perfis da oposição, que contrastou o posicionamento liberal de Huck com a adesão a práticas antigas da política e a dinheiro público para adquirir um bem privado”, diz o relatório do levantamento da FGV.

E foram apenas quatro dias de exposição, desde que a informação foi publicada aqui, um site de modesto alcance.

A Globo, que tem pesquisas muito anteriores a esta, sabe do potencial explosivo destas questões e não só sobre Huck, mas dela. Huck não estaria no chororô que lhe descreve Monica Bergamo se a decisão tivesse sido dele.

É preciso conservar a serenidade. Ainda nos virão muitas surpresas.

A hidra tem sete cabeças e ninguém ache que elas vão ser enfrentadas com florete. O combate é bruto e desigual. Ao menor vacilo, o Judiciário lhes será meio de nos impor multas pesadas, às quais não temos condições de sobreviver, enquanto a eles tudo é permitido em nome da “liberdade de expressão”.

Foi muito mais difícil equilibrar a forma de divulgação do que apurar as informações que dei. Um erro e uma sentença viria.

Portanto, nada melhor do que o jornalismo de fatos e – peço perdão a uma leitora de boa-fé que se incomodou com a repetição – temos de martelar, espalhar, compartilhar, disseminar.

Não é a vaidade o que toma este blog, neste instante, é o cansaço. Mil vezes melhor se os fatos não tivessem de ser empurrados, exibidos, balançados na frente de todos. Mil vezes melhor que tivéssemos uma imprensa que, mesmo conservadora, os expusesse.

Não temos, enfrentamos máquinas de propaganda, divisões blindadas que investem sobre o processo de formação da consciência coletiva.

E temos de enfrentá-las.

 

contrib1

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

35 respostas

  1. Concordo plenamente com a repetição destes fatos. É a maneira de não os fazer morrerem. E essa lição foi dada pela própria Globo, só que com mentiras que se quer fazer verdade, ao contrário deste blog que fala através dos fatos e não de convicções. Parabéns, Brito.

  2. Está mais que na hora do MPF investigar as peripécias financeiras da dupla Huck -Dória, não acham?

  3. Obrigada,muito obrigada por insistir e não desistir. Por trazer essas notícias e nos permitir compartilhar para que alcancem o maior número de pessoas.

  4. Parabéns a Fernando Brito, general incansável desse exército de um homem só e seu blindado em formato de blog! Não existe Invencible Armada, a não ser pelo ridículo da pretensão. A verdade está em marcha. E os golpistas mais nus que seus manifestoches. Eta povo arretado.

  5. Esta frase é uma trincheira: “É preciso conservar a serenidade, porque ainda nos virão muitas surpresas.”

  6. Casa vez mais esperançosa. A luta será árdua, mas com um time de gente como vc, o pessoal do Duplo Expresso, do 247 e outros, não nos fará falta a velha mídia. Parabéns pelo golaço, Fernando Brito

  7. Valeuuuu, Brito!! Teu nome já está na história por ajudar o país a desmascarar estes falsos moralistas. Vamos martelar sim!

  8. Foto na internet de um folião que escreveu nas costas da camiseta amarelinha:

    FHC + HUCK = FUCK

    Rs rs rs. Mandou super bem!!!

  9. Parabéns Fernando Brito, esta tua revelação foi bombástica! Sou tua fã, todos os dias leio o blog

  10. Pessoal, a todo despeito, é preciso acompanhar e aplaudir o esforço do site Duplo Expresso (Romulus Maya e Wellington Calasans) em desmontar as fraudes e mentiras que se armam na Morolândia para impedir a volta do Presidente Lula.

    Um trabalho obstinado e altamente elogiável!

    Como o é o trabalho exemplar do FB e de muitos companheiros à testa dos blogs sujos!

    Parabéns!

    1. Acorda, sweet heart! Dá uma lida na Lei Complementar 135/2010. Lula já era. Tá inelegível por oito anos. Se não entrar em outras inelegibilidades, só poderá concorrer nas eleições de 2026.

      1. Esses vagabundos só sabem falar do Lula.
        Quando veem o nome do Lula começam a sentir pruridos anogenitais.
        Danilinha !

      2. “Danilo”, um novo nome para o mesmo mais-do-mesmo. Devem ter mandado como reforço para o trio ernesto-warinha-capiau.

        1. Esse é mais outro apelido do babaca do Alisson, que não se sabe se mais burro ou fascista. A concorrência é grande.

          Pra enganar quem o financia e pra fingir o Bolsonazi ter aqui um exército formidável de admiradores, Herr Alisson (já escolheu qual cargo no campo de concentração aí na Bahia?) faz no blog um falso jogral com seus falsos personagens.

          A propósito, nenhum deles brilhante. Pelo contrário, todos hiper medíocres. Pudera: todos avatares do Alisson. Um bosta que nem as moscas frequentam.

  11. Já alertava o poeta sobre o perigo das palavras no pântano enganoso das bocas.

    É falácia o neoliberalismo na boca da Globo quando consta que a Fundação Roberto Marinho se vale de dinheiro público para projetos vários, inclusive sem licitação, e também para o seu questionável domínio de museus no Rio.

  12. Muito bom, Fernando! Não tenho dúvida de que a repercussão do Tijolaço ajudou a sepultar essa abjeta candidatura empurrada pela Globo. Quanto ao jornalismo de fatos, é mesmo desanimador pensar que não temos um único veículo da grande mídia disposto a investigar e divulgar com isenção assuntos essenciais à vida brasileira. Ao contrário, o jornalismo hoje é todo “motivacional”, leia-se a velha imprensa marrom que conhecemos de longuíssima data. É por essas e outras que parei de ler esse monte de porcarias. Televisão, então, não assisto há anos. Como jornalista, isso me dói na alma. Como ser pensante e cidadã brasileira, porém, é o único jeito de sobreviver. E delenda Globo, pra começar a melhorar este país.

    1. Se bem entendi, você é jornalista. Teresinha costa, que comenta no blog do Marcelo Auler também. Sylvia Moretzshon é outra jornalista indignada. Não por acaso essas profissionais escrevem e comentam matérias nos chamados ‘blogs sujos’. E por quais razões renomadas profissionais têm eixado de ler e trabalhar para os veículos do PIG/PPV? As respostas essas jornalistas sabem melhor do que nós, simples leitores, não é mesmo?

      O que os jornalistas que abandonaram o PIG/PPV e se lançaram no trabalho solitário dos blogs progressistas estão esquecendo é que, embora incomodem um pouquinho os golpistas, esse trabalho descoordenado os enfraquece. Há muito tempo os jornalistas progressistas e independentes deveriam ter montado um grande portal, para concorrer e desbancar os do PIG/PPV. Por vaidade injustificável e medo a blogosfera progressistas tem deixado de aprofundar investigações e denúncias trazidas a público por Romulus Maya e Wellington Calasans, do Duplo Expresso. Alguns portais e blogs progressistas, em vez de fustigar o PIG/PPV e as ORCRIMs judiciárias e políticas que deram o golpe, preferem servir de correia de transmissão, reproduzindo notinhas plantadas pela ORCRIM Fraude a Jato.

      A classe dos jornalistas e blogueiros progressistas anda mais desunida que a dos professores da rede pública. A direita golpista, oligárquica, plutocrata, escravocrata, cleptocrata, privatista e entreguista sabe muito bem como desunir e sabotar movimentos sociais e greves; basta explorar a desunião, as divergências e alimentar egos e vaidades. Com os jornalistas e blogueiros ditos ‘progressistas’ o trabalho dos golpistas está sendo ainda mais fácil, como estamos a ver.

  13. Fernando Brito vc é motivo de orgulho para a área de jornalismo e fundamentalmente para o país. Parabéns!!! Enviamos muitas energias de paz saúde e proteção à vc.

  14. :
    : * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra**S**il e postando:

    Poesia contra a distopia (Distopia = Ideia ou descrição de um país ou de uma sociedade imaginários em que tudo está organizado de uma forma opressiva, assustadora ou totalitária, por oposição à utopia. “Distopia”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/distopia [consultado em 13-10-2016].)

    Poema acróstico para o maior e melhor brasileiro de todos os tempos :

    L ouvemos quem bem merece o mais pleno louvor
    U m homem simples como as coisas boas da vida
    Í ntimo camarada, nosso irmão e amigo de valor
    Z elando sempre pelo bem da humanidade querida

    I nimigo dos maus, amigo dos bons, trabalhador
    N ascido do povo que muito o ama e admira
    Á rvore de bons frutos, os de melhor sabor
    C onsciência plena de tudo que no mundo gira
    I magem perfeita do homem de si senhor
    O humano defensor de humana lira

    L uz de nossa gente, lutador incansável
    U m verdadeiro herói do povo brasileiro
    L úcido e consciente do mais admirável
    A mor pelo ser humano e verdadeiro

    D igno e sincero, fraterno e muito humano
    A migo do povo, honesto e sempre lhano

    S eja o meu/nosso canto para te louvar
    I sso que a voz do povo já disse várias vezes
    L ula, o BraSil vive mais feliz só por te amar
    V itória da melhor sorte no número treze
    A fazer do brasileiro a humanidade a se ampliar.

    Autor: Cláudio Carvalho Fernandes ( poeta anarcoexistencialista )

    .:.

    L uz do povo brasileiro
    U m digno e fiel lutador
    L astreando com real valor
    A honra do BraSil inteiro.

    .:.

    L ula livrou 36 milhões da pobreza
    U m feito memorável sem precedentes
    L utando contra a mídia venal, teve a certeza
    A bsoluta de estar ao lado dos brasileiros conscientes

    .:.

    L ivrando da miséria extrema 36 milhões de brasileiros
    U m feito sem igual que por si só já bastaria
    L ula segue sendo no mundo um dos primeiros
    A fazer de seu povo a eterna rima rica de sua poesia

    .:.

    * * * * * * * * * * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *
    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) ! ! ! ! Lul(inh)a Paz e Amor (mas sem contemporizações indevidas) 2018 neles/as (que já PERDERAM, tomaram DE QUATRO nas 4 mais recentes eleições presidenciais no BraSil) ! ! ! ! !
    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * * * * * * * * * * *

  15. Caro Fernando Brito. caros leitores.

    A falsa modéstia, assim como a vaidade excessiva, é o exato oposto da humildade; esta não significa diminuir-se ou inferiorizar-se, mas dar-se o justo valor. No corpo da matéria lê-se:

    “E foram apenas quatro dias de exposição, desde que a informação foi publicada aqui, um site de modesto alcance.”

    A estrutura do blog, sim, é modesta, mas NÃO o alcance dele. O Jornalista Fernando Brito, a Globo e outros veículos do PIG/PPV e da blogosfera progressista sabem disso. Portanto essa essa falsa modéstia soa tão falsa quanto Luciano Huck, que teve as maracutaias apuradas e divulgadas aqui no Blog.

    Mais: mesmo que as informações levantadas e apuradas estejam em páginas oficiais públicas, apenas uma ínfima parcela da população acessa essas páginas. O que o Tijolaço e Marcelo Auler fazem é, grande parte das vezes, reunir e contextualizar essas informações, apresentando-as ao público em forma de matéria jornalísticas de denúncia. É claro que não estou minimizando o trabalho árduo de reportagem feito por Marcelo Auler, mas vasculhando páginas oficiais de instituições públicas, como faz o Tijolaço, já se consegue expor os pés-de-barro dessas nulidades que os golpistas querem nos impor, como João Dória e Luciano Huck.

  16. É preciso ter lado!
    E o lado certo é o da Democracia!

    Temos o dever cívico e moral de continuarmos a levar tais informações passar todos os nossos Grupos relacionais. Invadir as redes sociais e continuar o debate político propositivo. Sabemos o quanto é desgastante. Sigamos em frente e Parabéns aos Guerreiros assíduos do blog!

    Vamos a Luta!

  17. Tem que martelar mesmo, até virar a ponta do prego! Inda mais quando algumas pessoas ainda acham que o cara pode voltar. Por favor, repita e repita!

  18. :
    : * * * * 04:13 * * * * .:. Ouvindo As Vozes do Bra**S**il e postando:

    Poesia contra a distopia (Distopia = Ideia ou descrição de um país ou de uma sociedade imaginários em que tudo está organizado de uma forma opressiva, assustadora ou totalitária, por oposição à utopia. “Distopia”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/distopia [consultado em 13-10-2016].)

    Poema ( acróstico ) para Fernando Brito, do Tijolaço:

    F eliz quem pode te ler
    E spectador do melhor pensamento
    R esgatando o próprio prazer
    N atural de também pensar o momento
    A mpliando a visão sobre a realidade
    N as críticas (e) reflexões
    D e um País em busca da verdade
    O u da própria humanidade, sem ilusões

    B rasileiro com muito orgulho e amor
    R egistro vivo de pia humanidade
    I gual, livre e fraterna, multicor
    T entando sempre de tudo a verdade
    O nde haja a comum-união de vida e labor

    .:.

    * * * * * * * * * * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * *
    Por uma verdadeira e justa Ley de Medios Já pra antonti (anteontem. Eu muito avisei…) ! ! ! ! Lul(inh)a Paz e Amor (mas sem contemporizações indevidas) 2018 neles/as (que já PERDERAM, tomaram DE QUATRO nas 4 mais recentes eleições presidenciais no BraSil) ! ! ! ! !
    * * * *
    * * * * * * * * * * * * *
    * * * * * * * * * * * * *

  19. Parabéns! Os blogs sujos são hoje fundamentais para a salvação de nosso país. Contamos, nosso país, com vocês.

  20. Um velhíssimo ladrão , apresentando um velho novo ladrão . Huck já estava nos palanques dos tucanos há tempos . Em campanhas para Serra e Aécio , não foi atoa que FHC , o boca mole , viu nele potencial principalmente com a globo por trás . Huck é bem novo , mas vez ou outra faz cirurgia do Nariz .

  21. Brito, estamos com você na lita pela democracia. É uma luta árdua que rewuer repetição para espalhar a notícia e enfrentar o pig. Ainda bem que ainda existem jornalistas como você, comprometido com o público, com a verdade, com a democracia.

  22. Blogueiro sujo que detona candidato laranja da demoníaca rede globo tem 100 anos de perdão. Parabéns pelo serviço inestimável que voce prestou ao país. A façanha fez valer toda a sua carreira de jornalística. Que venha agora o Faustão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.