O golpe continua: Moro e sua “justiça eleitoral”

caminmoro

Da “jurisdição suprema” que tem Sérgio Moro, hoje, não falta, é claro, o seu papel de “juiz supremo” das eleições.

E a nota da coluna de Monica Bergamo, na Folha, dizendo que Moro sentenciará o ex-presidente Lula dias antes das eleições de outubro, mostra que o julgamento é, essencialmente, voltado para produzir efeitos eleitorais no campo da propaganda.

Simples assim.

O roteiro será o mesmo do “triplex do Guarujá”.

O sítio não é de Lula, mas “é de Lula”.

Ninguém acusará Lula de ter pedido vantagens e muito menos de que elas tenham ligação – senão genérica –  com os desvios havidos na Petrobras. Mas, será ligado, mesmo que não se possa, como no caso do apartamento, dizer como.

Até porque, não sendo ligado aos eventos da Petrobras não haveria razão para serem analisados no “matadouro do Moro”. Mas isto, claro, não vem ao caso, e é de Moro o “direito divino” de julgar o ex-presidente.

E pouco importa que, mesmo que fossem verdadeiros todos os recebimentos de “vantagens” por parte de Lula, ninguém liga para o fato de que, ainda assim, não dariam um mísero mês de salário de diretor do Itaú ou, para ficar nas ex-estatais, da Vale.

Ou um milésimo dos R$ 2 bilhões que a indicação de Pedro Parente deu aos acionistas da BRF, segundo o Valor Econômico.

Convenhamos, ridículo para quem seria “o chefe do maior esquema de corrupção da história”, nas palavras dos seus perseguidores.

Moro, como faz desde o início, regula atos e prazos dos processos de Lula de acordo com os seus objetivos políticos.

Seu poder vale mais que o de governos, empresas, mídia, partidos.

E, como toda ditadura, poderá tudo, até que caia.

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

26 respostas

  1. E não irá demorar para que esse ridículo caipira de Maringá tenha o seu lugar devido na História: o LIXO.

    1. Irá para o lixo, com certeza, mas sem antes passar pelo STF… o Messias vai entrona-lo e mais 11 igualmente “imparciais”…

      1. Vai nada. Não vai nem ser eleito, daí… Messias vai se foder! Não adiantou a palhaçada de ser batizado no rio dos judeus, kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

        1. Queria tanto ter essa certeza, ou pelo menos esse otimismo… A palhaçada foi uma jogada de marketing sem duvida, mas o apoio dos malafaias, felicianos e maltas é bem relevante para as ovelhas…

  2. O mais dramático no Brasil não é propriamente isto tudo que vc tão bem descreveu. O trágico é que nem 10% dos brasileiros fazem a menor ideia destas barbaridades. Por ignorância, por desinformação, mas também por boa dose de burrice.

    1. Só dez por cento ? acho que têm pelo menos uns cinquenta por cento que, se não apoiaram o golpe, são hipócritas o suficiente pra não reconhecer o abismo, que foi criado, pela mídia e sua ferramenta, a lava jato e no qual o país mergulhou.

  3. O golpe deu errado, a tentativa de reduzir Lula a um número insignificante nas pesquisas eleitorais deu errado, a pretensão de condenar Gleisi deu errado, enfim Lula é ainda maior hoje do que era quando entrou nas masmorras do Morinho. Dirceu está solto, a população sabe porque motivo foi dado o golpe, a Globo está cada vez mais falida, assim como a Editora Abril, o estadão e a folha são lidos por uma minoria absoluta de gente e o PT segue firme e forte, apesar de tudo.

    O que é que resta aos golpistas e a sua mídia amestrada? o abraço de afogados à lava-jato, soltando insultos contra o STF e tentando promover uma campanha tucana a todo custo. Acho que está na hora de pararmos de dar espaço ao “noticiário” terrorista dessa mídia e aos anseios do Moro e sua gangue. No dia em que tudo der errado para as forças progressistas, o golpe conseguir emplacar uma eleição fajuta e colocar Meirelles ou similar num governo eleito, ou no dia em que Bolsonaro conseguir ser eleito, Moro for para o STF junto com Janaína Paschoal e Alexandre Frota virar ministro da educação, aí então poderemos finalmente ter certeza: o Brasil acabou. Antes disso, melhor deixar essa turma no seu lugar de ratos que lutam para não voltar ao esgoto.

    1. Juizeco de Maringá = O bôbo da côrte.
      Faz de tudo pra agradar a “nobreza”, mas jamais será um nobre, sendo descartado assim que perder a graça.

  4. Estao apavorados sem voto, os processos encenados e forjados nao deram certo, lula continua crescendo e cada vez mais isolado nas pesquisas. Isso reflete o descredito da populacao no judiciario, mesmo ” tudo junto com o supremo com tudo”.

  5. O caso do triplex é uma enxurrada de mentiras do início ao fim sustentada de forma patética por um juiz político e inimigo pessoal de Lula. Algo surreal no meio jurídico. Como tudo que vem de Sérgio Moro, o caso do sítio é politicamente agendado para coincidir com as eleições. Foi planejado assim como todas as ações contra Lula. É vergonhosamente explicito, e essa cruzada alucinada contra a esquerda está cometendo diversos deslizes que a desmascaram. A tentativa de destruir qualquer resistência contra o movimento golpista esconde um certo medo e desespero de que o jogo possa virar. E quando virar, será devastador para os golpistas como Sérgio Moro, pois ele já está comprometido demais com o golpismo para voltar a trás e se livrar do destino que o futuro lhe reserva. Não é uma questão de esperança, é a lógica histórica. No século da informação, não se poderá esconder a verdade. Moro pagará caro pelos seus crimes, talvez com cabelos brancos. Hoje ele se agarra a sua fama e apoio de forças moribundas numa vã tentativa de mudar seu destino. Moro tem medo de Lula, que mesmo preso, não para de subir nas pesquisas enquanto a popularidade do herói dos ignorantes vem caindo constantemente. A mentira que será contada sobre o sítio nos próximos meses é uma CAMPANHA ELEITORAL. Mídia e redes sociais precisam ser abastecidas constantemente com factoides contra Lula, porque se esse processo parar, Lula dispara e vence as eleições mesmo preso.

  6. Assim o povo fica sabendo que o jogo contra o presidente Lula é sujo, injusto. O brasileiro tem predileção ao injustiçado. E outra coisa e, que tal atitude do arconte demonstra que o golpe está em queda.

  7. E tomara que a queda desses golpistas lesapátrias seja num buraco sem fundo.. que leve todos pra outra dimensão..

  8. Lembrando, o stf está para cometer seu maior desatino ao referendar uma condenação esdrúxula e infame do LULA e tirar da presidência quem o povo (este que apesar da globo e de sua desinformação sabe que a condenação é injusta e infame) quer.
    Será um crime colossal e está para ser cometido por total falta de senso do stf. Destruirá o que quer que seja chamado de democracia e a negação de “o poder emana do povo e em nome dele será exercido”.
    Estamos na véspera de um desastre destruidor de uma nação.
    Socorro!
    Alarme!
    O erro do golpe e do apoio à justisssa do moro será nada em comparação ao que vem ai com uma eleição roubada de seu dono, o povo.
    Isto é muito maior que toda a desgraça que o stf já fez.

  9. Se disser o que penso e desejo ao “magistrado Mazzaropi” serei no mínimo processado! Então… Que a história mostre a insignificância do Savonarola dos Pinhais!

  10. A multa por lavagem de dinheiro é de dez vezes o “valor lavado”. Ora, ostentar a recuperação de R$2 bilhões com toda a infraestrutura que foi oferecida, em uma situação de “estado de direito” seria a retirada de R$ 200 milhões do patrimônio dos corruptos. Mas Sérgio Moro preferiu tirar R$ 20 bilhões do erário, para salvar a pele dos seus delatores de estimação.

  11. Esse caipira maldito não tem uma fração do poder que pensa ter. Não passa de um imoral vendido, se enchendo de dinheiro fazendo o serviço sujo. É um Fleury atualizado. O fim vai ser igual.

  12. Saudades da JUSTIÇA ´POPULAR dos 60/70.
    Aqueles aos que a “justiça” deles não pegava ,a BALA se encarregava de fazer JUSTIÇA.

  13. Sim , até que caia. Mas nada de anestia para esses canalhas. Aiás, anestiar torturadores foi o nascimento do golpe de 2016. Guilhotina.

  14. Aparentemente a esquerda está se dando conta que o STF não é tribunal, é só uma farsa, Moro não é um julgador, só um condenador, também uma farsa.
    Assim que o próximo governante assumir dá ao Lula uma tornozeleira, posando de magnânimo, enquanto Moro, assim o Batman, se aposenta nos States.
    Esse script está desenhado há muito tempo, mas preferiram acreditar e participar das farsas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.