Moro é tosco e deu um tiro no pé

Sérgio Moro é um homem primário, que fundamenta sua estratégia essencialmente na posição de “autoridade” que nao pode ser contestada, mas apenas obedecida.

Sua atitude, ontem, de sair disparando telefonemas aos supostos “hackeados” para dizer que estavam na “lista de Araraquara” arranjou o contrário do que pretendia com as promessas de destruir as provas da invasão.

O primeiro nó: há provas da invasão, diálogos – comprometedores ou não – subtraídos de perto de mil telefones de autoridades do Executivo, parlamentares, juízes e jornalistas.

Os diálogos, por terem sido supostamente hackeados, não podem ser reproduzidos (a não ser que, se existem, sejam vazados). Mas são prova – e legalmente obtidas – do crime de invasão e, como tal, devem ser preservados, ainda que em sigilo.

Sigilo que não valeu para uma das supostas vítimas e para um dos ministros de Jair Bolsonaro: ele próprio, Sérgio Moro.

E que provoca reações cada vez mais violentas, como a do presidente da OAB, ao dizer que Moro “usa o cargo, aniquila a independência da Polícia Federal e ainda banca o chefe de quadrilha ao dizer que sabe das conversas de autoridades que não são investigadas”.

Moro criou uma dúvida contra si próprio: conhece apenas a lista dos hackeados ou o teor do hackeamento?

Isto, se é tudo verdade na operação da PF. Mas se ela embicar para outra direção e não a que está apontando?

Arvorando-se em comandante da operação policial, Moro deu como concluída uma investigação que, aparentemente, está inconclusa.

Falta estabelecer um rol imenso de coisas: se os hackers de Araraquara são golpistas rastaqueras, clonadores de cartões de crédito e estelionatários de pequenos golpes, o que pretendiam? Tinham estrutura para “pilotar” uma invasão em massa, de perto de mil telefones? Era chantagem o que pretendiam? A quem e como?

Recorde-se que não há, até agora, nenhum indício de que o tenham feito e menos ainda quem denuncie ter sito vitima de tentativa de extorsão.

Hoje, na Veja, Gleen Greenwald mostra uma das comunicações que teve com sua fonte – e que não diz, naturalmente, se é o hacker de Araraquara – onde comenta a notícia de uma suposta invasão ao celular de Moro, noticiada no dia 5 de junho. A fonte não apenas nega que tenha sido o autor como diz que não é amadora ao ponto de se expor fazendo isso.

E pergunta é óbvia: e seria ao ponto de fazer isso não com uma pessoa, mas com mil? Quem hackeia um, dois, dez telefones pode ter a esperança de não ser identificado, não quem hackeia mil aparelhos de quase todas as autoridades dos três poderes da República.

Se aparecer algo que mostre que o grupo de Araraquara não é o autor do vazamento de que se valeu o Intercept, com que cara ficará Moro?

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

37 respostas

  1. Ô Brito!

    Por favor, não vá nessa onda; não embarque nessa nau furada. O ex-falcão anti-socialista, Glenn Greenwald, faz parte da trama e produz esse diversionismo, para que o desmonte e entreguismo sejam concluídos. O “interceptador’ prometeu e anunciou “bombas”, mas até agora só entregou traques fracos e fétidos. NADA do que foi revelado até agora por esse veículo controlado pelo bilionário franco-estadundense Pierre Omidyar – ligadíssimo ao Deep State estadunidense – é novidade para os leitores e críticos e para vocês, jornalistas que trabalham em blogs e portais que se auto-declaram progressistas. Basta ver o que GG fez com mais de 98% dos documentos secretos que recebeu de Edward Snowden, ou seja, engavetou-os. Não fossem os russos, Snowden teria tido o mesmo destino que Julian Assange e outras três pessoas que vazaram documentos secretos de agências e departamentos de espionagem dos EUA, ou seja, já estariam presos pelo FBI, sendo submetidos a torturas e mais tarde condenados a prisão perpétua ou à pena de morte.

    1. Em sua teoría ,possível ,tem um detalhe que não consigo entender.Se tomarmos como exemplo ,ou guía, o documentário Citizen Four,quem procurou o Greenwald foi Snowden.E o principal prejudicado com esses vazamentos foi justamente o tal de Deep State ,a tarefa de todas as agencias de espionagem e especialmente a NSA ,que nem sequer o Congresso americano consegue fiscalizar foram expôstas,ao mundo,aos outros governos (espionados) e incluso aos próprios cifdadãos americanos (espionados).
      Sendo assim lhe pergunto,existe um Deep State,mais profundo que O Deep State???? mais profundo que Bohemian Groove ou Bilderberg??? ou que os Rothschild e as outras famílias de banqueiros?

      1. Não concordo com muito do comentário do João de Paiva. Por exemplo, sua afirmação de que GG “só entregou traques fracos e fétidos” não é muito correta, pois em qq democracia, ou até mesmo em Porto Rico, como se viu, os vazamentos até aqui bastariam para botar na cadeia o gangster Moro e sua máfia lavajateira. Não tiveram consequência aqui porque não temos mais uma democracia.

        Agora, sobre o Deep State estadunidense, apesar de monolítico nos objetivos do império, ele tem divisões que se alinham internamente aos republicanos ou aos democratas ou a alas menores (no caso de Snowden, tudo indica que foi puro idealismo dele, sem alinhamentos). Essas divisões batalham pelo poder internamente e podem estar por trás da VazaJato em uma hipótese plausível, no caso uma ala do deepstate anti-Trump tentando enfraquecer os republicanos para a eleição de 2020 por lá, em virtude do alinhamento estúpido do bolsonarismo lavajateiro com Donald Trump, dando-lhe créditos ao entregar enormes pedaços da riqueza brasileira.

      2. Exatamente. Há um ótimo livro, do próprio Glenn Greenwald, “Sem Lugar para se Esconder”, onde o autor narra detalhadamente como Snowden entrou em contato com Greenwald o escolhido para, juntamente com a jornalista-documentarista Laura Poitras e um jornalista do “The Guardian” (não me lembro o nome), divulgar as revelações bombásticas que ele iria fazer. Portanto seu questionamento é procedente, por quê Snowden escolheu Greenwald?

    2. Somente na cabeça de um rastaquera qualquer, o que já foi apresentado pelo The Intercept Brasil, tendo o Jornalista Glenn Greenwald à frente, não é material suficientemente escandaloso capaz de acabar de vez com a carreira de crimes de Sérgio Moro e seus asseclas da Lava Jato, além de anular os processos que resultaram em condenação do ex-Presidente Luís Inácio Lula da Silva!…

  2. No fim da década de 60 ou início de 70, durante o governo do Kennedy, a CIA planejou a invasão da baia dos porcos, em Cuba, para derrubar Fidel Castro. Segredo absoluto, ninguém poderia saber da invasão que ocorreria de madrugada quando, somente ao final da tarde, quando a bandeira americana fosse hasteada em Havana, o mundo saberia da invasão. Os mariners sequer chegaram a botar o pé na areia. Foram recebidos a tiros pelos soldados cubanos e houve muitas baixas e tiveram que voltar aos states com o rabo no meio das pernas. Nunca mais tentaram invadir a ilha. Tenho certeza que o Moro foi consultar a CIA sobre os raqueres nestas suas “férias” nos eua e foi atendido e orientado pelos estrategistas da invasão da baia dos porcos.

    1. Que regressão! Esse Moro em pouco tempo passou de um LEÃO para um Gatinho. Que triste fim terá esse ex-juiz!

      1. Torcendo ardentemente por este fim melancólico deste canalha Moro. Se a justiça brasileira não agir, punindo seus mal feitos, que a lei do retorno do universo seja implacável com ele. Com a sua gangue, idem, começando com a destrambelhada Rosângela Moro, mulher fútil e ambiciosa ( e canalha, como o marido).

    2. Caro Romero. O Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos (USMC pela sigla em inglês) é a unidade militar com maior índice de sucesso em invasões anfíbias da história militar mundial. Deixaram seus mortos na América (marines contra marines na Guerra de Secessão), no Pacífico na 2a Guerra Mundial, no Viet Nam, no Irak… Já foi dito que os marines vencem batalhas e o US Army vence ou perde guerras. Você diz que os “mariners” (errado; são marines) não chegaram a botar o pé na areia e voltaram com o rabo no meio das pernas. Isto não é correto. Nenhuma das 6 divisões do USMC foi empregada na tentativa de invasão da playa Girón ou Baía dos Porcos. O motivo é: na época da guerra fria, a Cuba de F. Castro se tornou um ponto de disputa entre EEUU e URSS. O emprego do USMC para invadir a ilha significaria a ingerência oficial dos EEUU. Kennedy, esperto, optou por usar a CIA para recrutar e treinar exilados cubanos que formaram a Brigada 2506 com assessores militares americanos. Não deu certo. O que quero dizer é: se os americanos tivessem empregado o USMC para invadir Cuba, a Cuba de hoje seria outra. Melhor, pior? Não sei, outra. Admiro a Cuba de hoje mas acho que ela poderia ser melhor dentro de seus ideais. Cuba é um exemplo de dignidade. Empalar vivos juizecos, presidente, milicos depravados e outras porcarias pode ser uma saída para o Brasil. Sem reação à maldade, não ha futuro.

    3. Os gringos foram tão mal informados que para chegarem Havana Baia dos porcos) deveriam transpor um pântano de 150 kms. Imagine o tanto de tanques que ficariam atolados e nunca chegariam lá.
      Os Steites gostam muito de guerra desde que op deles não estejam lá. Observem bem a história. Mandaram para o Veitnam mais de 500 mil soldados e o que tinham de mais moderno (arma) e tiveram de pedir aos Vietcongues pelo amor de Deus:Nos deixem sair daqui. Perderam a guerra tiveram de pagar bilhões de dólares de indenização para o Vietnã

  3. Morro afirmando que MORO é : VENAL ,SALAFRÁRIO, HIPÓCRITA, MENTIROSO, ASQUEROSO, IMUNDO, VIGARISTA ,CANALHA ,ODIOSO Visualizar — uploads.disquscdn.com e um grandessíssimo FDP !

  4. Primário e primata! Com todo alarde feito ele conseguiu chamar mais ainda a atenção pra vaza jato! Agora até a Globo não tem como sonegar o assunto pois entrou na roda! Como diria Chaves ( do seriado! ) : Muito bur……!????????????????

  5. Gostaria de saber se há algum impedimento de compartilhar o link da matéria no Twitter, pois não consigo mais. Obrigado

  6. Sim é primaríssimo, e AUTORITARÍSSIMO.
    Sempre foi um teleguiado da CIA, um sabujo.
    Perdeu a teleguia!

    1. NÃO DEMORA E O FILHO DE KENGA COM PROXENETA,O CAIPIRA DO MISSISSIPPI O FETO INCOMPLETO VAI ACHAR QUE PODE MANDAR CIDADÃO BRASILEIRO AO EXÍLIO.

    2. No dia seguinte, o miliciano-chefe ameaçou botar Glenn Greenwald em cana o que significa que o delinquente será mantido no cargo.

  7. Bateu o desespero. mo(a)rinho publicou a portaria 666 sobre extradição de repórter estrangeiro. pode dar no nome de lei Glenn pra ela. tem destino certo. não para de usar a máquina pública para se defender.

  8. Essa questão da invasão, se real mesmo de ter afetado “milhares” é o que mais me preocupa, se for real. Como nunca que aqueles 4 teriam sido os reais responsáveis, se o conteúdo realmente existir, milhares de conversas comprometedoras de várias autoridades, o processo inteiro cria “provas legais” a partir de uma espionagem ilegal.
    Teoria da conspiração. Moro indo nos EUA, “de licença”, visitando a NSA direto…

  9. Esta gente acredita em maus roteiros saídos de Hollywood, pois só aí se vêem absurdos tecnologicamente fora da realidade, como um endereço IPv4 em que cada um dos quatro números que o forma (conversão para decimal de um número de oito dígitos binários) é superior a 255, como eu já vi num seriado americano. Das duas uma: a história dos hackers é uma farsa (o que penso ser o caso), ou eles não são quem dizem ser. O vazamento havido é coisa de uma agência de espionagem, não de uns pobre coitados como aparentam ser os alegados hackers. E terem hackeado mil celulares? LOL LOL LOL Percebo o suficiente de tecnologia para saber que esta história é uma das duas possibilidades que acima refiro, não aquilo que afirmam ser. Só que nem o papel de entretenimento tem, ao contrário de um mau roteiro de um qualquer seriado ou filme…

  10. Eles já são culpados, são golpistas medíocres que farão um belo acordo com moro e demais quadrilheiros para comprovar essa teoria estapafúrdia.

  11. Sergio Moro é limitado de cérebro e de visão.
    Sua metralhadora disparou pela culatra, deu tiros nos pés, mandou bala perdida prá tudo quanto é lado, mas em Glenn mesmo nem de raspão algum tiro pegou.

  12. Com a mesma cara de CANALHA de sempre……igualzinha a do tosco chefe.

    VAMOS A COISA SÉRIA……..VIVA O 26 DE JULHO, VIVA CUBA, VIVA SEU POVO, VIVA FIDEL, VIVA EL TCHÊ, VIVA A ROVOLUÇÃO !!!!

  13. Um grande problema é a forma como essas forças agem, não esqueçamos os vazamentos seletivos promovidos pela lava jato e mídia. Claro que em meio à tantas pessoas grampeadas também estão pessoas da esquerda ou simplesmente que são contrarias aos desmandos da lava jato, agora vamos imaginar todas essas informações na mão do ministro fanfarrão, se houver maneira de atingir as esquerdas usando esse material, não tenho dúvidas que ele vai utilizar… então, ao mesmo tempo que tenho esperança que surjam mais pilantragens dessa turma, também tenho receio de que esse material seja utilizado por eles para manipular a opinião publica.

  14. José Ricardo, achei ótima sua conclusão, própria da incompetência do Moro já conhecida, mas tenho medo da CIA, e ela não vai jogar a toalha no golpe que deu no Brasil. Tenha certeza disso, o Moro eles jogarào as feras como inútil apartir de agora mas golpe tem que se salvar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *