Moro segue o ocaso dos generais

Quando se iniciou o governo, 11 em cada dez analistas políticos previam que, por quantidade e postos, os militares teriam um papel reitor na gestão de Jair Bolsonaro.

Oito meses bastaram para ver que, de fato, se deu o contrário: Bolsonaro transformou os generais em solícitos ajudantes-de-ordens e espirrou para fora do governo o general Santos Cruz, o único que quis resistir aos ensandecidos métodos do ex-capitão.

Dois outros – o ministro da Defesa e o comandante do Exército, Edson Pujol – tentam manter as Forças Armadas o tanto quanto possível distantes das políticas (se é que se pode chamá-las assim) do governo, embora seja difícil dissociarem-se do crescente rechaço ao ex-capitão. O próprio Bolsonaro cuida de dificultá-lo, fazendo questão de manter uma intensa agenda de ida aos quartéis e escolas militares, mantendo a sua “ligação direta” com tropa e oficialidade.

Mas não foi a militar a única corporação que tem hoje lágrimas a verter por sua associação à aventura bolsonarista, decisiva para dar a vitória eleitoral ao desastroso atual chefe de Governo.

A casta judicial (e parajudicial) abandonou, ao longo dos anos, o seu distanciamento prudente da política e atirou-se no projeto semelhante à tentação que tantas vezes caracterizou os fardados, mas não aos togados: tutelar o governo da República.

Construiu, com mais modos e igual vezo autoritário, o seu próprio Bolsonaro: Sergio Moro e imaginou que ele seria, com plenos poderes, seu interventor na República.

Não é preciso descrever o desastre em que isso resultou.

O Ministério Público, antes seu ponta de lança, está desbaratado, não só pelas imundícies reveladas pelos diálogos do Telegram como pela sucessão de Raquel Dodge, na qual não se pode falar sequer em disputa dentro da corporação, mas em prostração diante do poder absoluto de escolha do Presidente.

Afinal, a sabujice ao poder é o único critério relevante para a escolha do Procurador Geral da República.

A Polícia Federal, seu espalhafatoso braço operacional, idem. Ainda tenta fingir que resiste, mas está claro que Moro, fraco, não consegue senão maquiar e reduzir a velocidade da fúria com que Jair Bolsonaro deseja ter o completo controle da instituição.

Não se veja, porém, nestes fatos uma inteligência estratégica de Jair Bolsonaro. É, antes, seu espírito temerário que se impõe sobre a fragilidade intelectual e de princípios de ambas as corporações que, como ocorre tanto com a elite brasileira, desligaram-se de suas naturezas de instituições de uma Nação e passaram a viver um minúsculo jogo de poder e de posições hierárquicas.

Ajudam, prisioneiros de sua cumplicidade, o que vem a ser o projeto bolsonarista: a dissolução do Brasil e sua completa recolonização.

Afinal, ele próprio declarou na capital, Washington:

—O Brasil não é um terreno aberto onde nós pretendemos construir coisas para o nosso povo. Nós temos é que desconstruir muita coisa. Desfazer muita coisa. Para depois nós começarmos a fazer. Que eu sirva para que, pelo menos, eu possa ser um ponto de inflexão, já estou muito feliz”

Tem razões para estar feliz.

 

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

53 respostas

  1. Bostonaro está sendo, sim, um ponto de inflexão. Mas no sentido oposto ao que pretendia.
    Se não as passadas, as próximas gerações não terão mais qualquer falsa ilusão quanto à ética, competência e patriotismo em regimes militares.
    Outra coisa que, se não as passadas, as próximas gerações terão plena consciência, é que é uma completa falácia essa crença preconceituosa de que a direita concentra pessoas direitas, sérias, éticas, honestas, competentes e trabalhadoras e que a esquerda concentra vagabundos porra-loucas que só querem “mamar nas tetas do governo”.
    A ditadura do judiciário nem bem começou a se instalar, foi desmascarada e caiu em desgraça, nesse caso, graças às revelações do Intercept/Glenn Greenwald.
    Existe uma pequena esperança de que, devido às constantes publicações sobre o antipatriotismo das elites brasileiras e do complexo de casa e grande e senzala que a sociedade brasileira alimenta até hoje, talvez as próximas gerações da elite brasileira e do povão aprendam a respeitar seu país.
    E existe ainda uma remota esperança de que coxinhas e pobres de direita superem a lavagem cerebral que sofreram da grande mídia brasileira e percebam o quanto foram otários e manipulados por governantes e veículos de comunicação que sempre só defenderam os interesses dos muuuuuito ricos.

    1. Veja só o arrependimento dos coxinhas pobres e que se achavam de direita. Poleiro de pato é no chão. Quando era Governo Lula e Dilma os idiotas faziam churrasco toda semana e tomavam “Cevas ” quase todos dias. Mas, estes idiotas merecem comer capim e seco.
      Ô dó!

    2. Isso mesmo. Os militares serão totalmente desmoralizados pelo desgoverno bolsonariano, que está sendo confundido com razão com um governo inteiramente militar. Agora, os desgovernantes querem forçar pequenas alterações estatísticas, para quê? Para tentar enganar o povo por mais um tempo, enquanto apertam a destruição de todas as estruturas positivas e arrancam com o butim geral sobre as riquezas que ainda restam ao país. Se tentam publicar falácias sobre crescimento e queda de emprego, é claramente porque a cara feia da realidade do fracasso total do governo está batendo à porta deles.

        1. Justo por aí. Não havendo contraponto, pode-se dizer o que se quiser. Criam-se mapas (coisa que, aliás, o ministro da internação às pressas – sabe o Diabo bem o porquê – pode ser convocado a fazer, eis que é uma das suas especialidades na delinquência), tabelas, conclusões, relatórios, tudo sem mimimi e sem contaminação marxista (sabem lá eles quem é Marx e o que é marxismo, mas, enfim…, para os otários…) e atiram-se os belos resultados, todos hétero e no melhor sentido à rede de tv que finge ser inimiga, enquanto mama. Se os pentecostais e os descerebrados fanáticos acreditam é o que basta. O restante está de saída mesmo… A propósito, poucas vezes um filme foi tão exato na descrição do futuro como Idiocracy. Hoje, ao rever, diante da devastação da floresta, dá uma sensação desagradável de profecia se cumprindo. Até quando?

          1. Há um ditado americano que diz que quem reza mais alto é o maior hipócrita.

      1. Os milicos já, já terão uma desculpa pra abandonar o barco do Bolsomerda
        Motivos eles já tem muitos, mas estão com vergonha de dizerem:erramos e prometemos de pés junto que nunca mais nos meteremos em política.
        Isto será uma lição para estes milicos.

  2. Alguém imagina esse GOLPE de 2016 acontecendo sem a participação FUNDAMENTAL ,CONCRETA E PRECISA das FFAA????
    Por dedução lógica um cara que se dispõe a respeitar a hierarquía e a disciplina por cima da LEI,da LÓGICA,do DIREITO A OPINIÃO PRÓPRIA é o perfeito candidato a IMBECIL,isso é a cultura militar.
    Se a isso lhe somamos as lavagens cerebrais históricamente fornecidas a essa turma pelo império ,temos aí uma situação altamente explosiva e perigosa,a história mostra isso.
    Um dos terríveis erros dos pts ,de Lula principalmente,quando decidiú enfrentar o império com os BRICS,foi não ter descabezado essa organização montada para proteger os interesses yanquees no país.

    1. São apenas forças policiais locais a serviço de Roma, para espancar e supliciar rebeldes e dar mostras internas de força, de tempos em tempos, a fim de reforçar a tutela sobre os bárbaros locais. Esses vermes, talvez com exceção de uns poucos, como Rondon, como Lott, a FEB, foram, sempre, desde que se desenhou aqui uma nação, serviçais do império da hora. Esses desqualificados têm uma ideia torta de nação e um estranho e apodrecido senso de honra. Num país orgulhoso de si essa cúpula de inúteis e traidores estaria na cadeia.

  3. Eu estou surpresa que Bolsonaro use a palavra “inflexão” numa fala. A elite segue protegendo o destruidor e dificilmente é por poder. É simplesmente o mesmo ranço de antes. Essa guerra nunca vai acabar. Com sorte no entanto projetos melhores serão eleitos, afinal se o destino do país dependesse só do poderzão da mídia, petê nenhum teria chegado ao governo.

    1. Inflexão é um negócio que um assessor falou para a senhora que serve o café, num momento em que ele passava pelo corredor, fazendo piada com o pênis de um servidor baixinho e retraído que tem por lá. Ao ouvir a palavra, ele parou com o deboche e correu para o Heleno e, juntos, o Heleno digitando, claro, acessaram a rede e descobriram do que se tratava. Ele chegou a cogitar a demissão e a prisão do assessor e da senhora do café, mas, ao saber o que é inflexão, ele gritou: “Porraaaa! Eu vou usar essa merda daí nuns discurso aí. Esses analfabeto aí desses jornal vão tê que arregá pra mim!”. E desferiu um tapão de contentamento nas costas do caquético general, que quase cuspiu os pulmões. “Aí, Helenão! Tapão hétero!”. O idoso se levantou a custo e foi para o corredor tentar recuperar o fôlego.

  4. Os milicos com saudades do poder apoiaram junto com a Imprensa, Judiciário etc e tal, já começaram ver a burrice que se meteram. É como dizia meu saudoso pai: Militar serve para dar ordens em quartel , mas de administração pública e economia são um zero a esquerda. Basta ver ai os cortes atingindo as Forças Armada e outras Instituições como as Universidades. O Comandante do exército já determinou que os quarteis não funcionem na segunda e nem na sexta feira, sabem porque? Falta de dinheiro, mas isto vai piorar e muito.

  5. Qua,qua,Qua. tou rindo atoa. A coisa vai piorar e muito. Chegará o momento que estes generais que ocupam ministérios não terão dinheiro nem pra comprar pepel higiênicos.
    Ô dor. Tou morrendo de dó.

  6. Olhe, acho que o jornalista faz um resumo perfeito da regência dos problemas por que passamos nesses quase vinte anos. Somente não entendi, porque não disse que também os juízes são parte, os tais que julgam, desde o início dos anos 2000, à margem da Constituição e das Leis, usando a primeira instância, de forma articulada com os Ministérios Públicos e as Polícias Federais, num simulacro de legalidade, para o papel sujo do desrespeito à Democracia, que constitucionalmente é o regime até aqui vigente no país, malgrado os sérios desvios impostos pelo golpe-impeachment de estado de 2016. Ninguém tem dúvidas de que esses movimentos, antes políticos do que qualquer outra coisa, foram para beneficiar o grande capital (brasileiro e internacional) liderado pelos EUA. São negócios para aumentar o lucro de empresas e países, em detrimento do país hospedeiro e de seu povo, no caso o Brasil. A ingenuidade não nos deixa, mesmo assim, admitir que os estamentos burocráticos, civil e militar,do aparelho de estado, de alguma forma não estejam se beneficiando. Para se ter ideia da paga, sem sugerir outras formas mais robustas e diretas de remuneração, basta ver que, apesar das dificuldades econômicas em que mergulharam o país e o povo mais pobre para tocar o recorrente neoliberalismo dos anos 1990, esses aparelhos burocráticos têm sido beneficiados com melhores salários e benefícios indiretos, como agora acontece com os militares das Forças Armadas, que estão tendo suas carreiras reestruturadas, com aumento do soldo, claro, para enfrentar sem as perdas a nova previdência, que está sendo enfiada goela abaixo de toda a população.

  7. Presidente é um cargo de imenso poder. A única exceção em toda a história foi Dilma, a presidente mais frouxa da história da humanidade. Foi o golpe mais fácil da história também.
    Desculpem-me os fãs dela mas eu nunca perdoarei Dilma e repetirei sempre isso que disse O Brasil merecia LUTA, o que estava em jogo é isso que hoje se vê.

    1. Não tenho dúvidas disso.Contrariando seu pasado de lutadora contra a ditadura,entregou-se mansamente.
      O delinquente moro devería ter sido preso,que sua ordem não sería obedecida? é provável,mas as máscaras dos MILICOS GOLPISTAS,tería caído e eles seríam obrigados a mostrar a cara,botar os tanques na rua .Hoje vivemos os resultados dessa COVARDÍA,NÃO O CHAMEM DE PRUDÊNCIA ,ISSO É COVARDÍA.
      O 5° coluna que eles meteram no meio dos pts ainda engana o Lula ,o propôs como candidato ao governo de SP,fazer o qué???

      1. Eis aí uma coisa que só se pode atribuir à burrice ou à senilidade. Quem pensa o Brasil não pode propor uma coisa dessas.

      2. Militar brasileiro… Ameaçaram o Maduro ele pos um tanque na fronteira e o alto comando cagou na calcinha

    2. Concordo com vc, Dilma não soube usar os mecanismos legais que o presidencialismo permite para defender o mandato que lhe confiamos.

      1. Quem aqui esqueceu do medo dos jornaloes por um stf todo nomeado por petistas?
        Parece piada vendo o resultado disso tudo

    3. E um dos líderes entregou-se bovinamente para ser julgado por um judiciário que deu inúmeras mostras que o odeia – mas ele segue acreditando na “justiça” e nas “instituições”.

      Já encontraram o Queiroz – por onde anda o Zé Cardoso?

    4. Não seja tolo. AGORA vemos que estávamos enfrentando apenas o governo dos EUA, seu departamento de Estado, a CIA, a NSA, toda a midia nacional, as forças armadas, todos os partidos de direita, todo judiciário, todos os banqueiros e a imensa maioria dos grandes empresários, só isso…
      E nós contaríamos com o que? Pedras, estilingue, tacapes, arco e flecha e algumas armas? Teríamos um massacre ou estaríamos todos presos.
      Dilma foi profética ao dizer que Não Sobrará Pedra Sobre Pedra.
      Lula foi profético ao dizer A Verdade Vencerá.
      Não é isto que estamos vendo?

      1. Esse Antônio Passos é um JUMENTO ACÉFALO.
        É por isso que não o vejo. Bloqueado há mais de quatro anos.
        Verme !

          1. Repito : não o vejo (seus comentários(dele)) há mais de quatro anos.
            Mas sei que é ELE. E ele é um JUMENTO ACÉFALO !

          2. Caro… lamento, mas o nível do seu comentário tá dizendo outra coisa…que é vc que tem que ler mais e abrir a mente…sou de esquerda, sempre vou ser…mas isso não quer dizer que nao vou ter postura crítica…sei que a coisa tá brava e sei o qto está sendo dificil para a esquerda sair desse atoleiro, ainda assim… não podemos fechar os olhos para as falhas (nossas)

          3. CARA, se você quer saber mais do que eu o que comento , então FODA-SE !
            Não me importo se é de “esquerda” ou de que outra PORRA é sua ideologia, muito menos que MERDA você pensa.

      2. Não seja ingênuo como Dilma…
        A vdd não vencerá…ela virá, como veio…. mas os donos dos meios de produção continuarão a mandar….e desmandar…

      3. E agora? Arrependimento só não basta. O certo seria pegar esta turma de picaretas e pendura-los pelo pescoço.

    5. A Dilma é vítima, assim como todos nós, desse GOLPE. Todas as instituições de estado estavam e estão corrompidas. Se não fosse o impeachment seria a não aprovação das contas de campanha pelo TSE/STF. Ou qquer outra coisa. Como “domínio de fato. Ou outra que inventassem. Desde a eleição de Lula a direita já começou a se organizar e tramar nossa derrocada. Inicialmente achavam que Lula seria um fracasso e deixaram frouxo, esperando que fizesse um monte de cagadas e com isso inviabilizaria a ascensão da esquerda. Lula e PT pegaram o Brasil totalmente destruído e em menos de dois anos arrumaram quase tudo e iriam arrumar muito mais. Porém a direita (corrupta) já se mexeu e inventaram o “mensalão” em 2005. Desde lá era para ficarmos ligado e mudar totalmente nossa postura e educar e politizar nossa população. Vejam que Roberto Jefferson foi cassado por causa da acusação do mensalão que não conseguiu provar. Porém os políticos do PT foram presos e condenados. Só aí já dá pra ver a parcialidade do STF. Queremos construir um país melhor para todos. Com educação, honestidade, distribuição de renda, desenvolvimento, inclusão social e sem violência. Se for para nos comportar como a direita seremos a direita.Porém SOMOS A ESQUERDA. Não se esqueçam disso. Não se deixem contaminar. E repito, a “Dilma é vítima, assim como todos nós desse GOLPE”. Vamos nos unir. Abraços.

    6. Respeito a opinião dos outros, mas discordo das críticas a Dilma e a Haddad.
      Dilma e Haddad, antes de serem petistas, são republicanos.
      A curto prazo, as atitudes deles podem parecer prejudiciais ao PT e às esquerdas, mas a médio e longo prazo serão melhores.
      Um dos motivos da direita alimentar tão facilmente os preconceitos contra a esquerda é justamente a tendência à radicalização de parte dos esquerdistas, o que causa na sociedade um justificado receio das coisas fugirem do controle.
      Atitudes radicais são bem aceitas em situações radicais.
      A radicalização da extrema direita no governo bolsonaro levará em breve o povo a apoiar a radicalização da esquerda, para combate-los.
      Se essa radicalização tivesse acontecido para impedir o golpe, muito provavelmente entre 2014 e 2018 teriam conseguido causar estragos muito maiores ao PT, talvez até destrui-lo de vez, e em 2018 o PSDB teria eleito seu candidato em primeiro turno. Afinal, o PSDB caiu em desgraça justamente por ter sido o responsável pelo golpe, devido ao seu candidato não ter aceito a derrota.
      E aqui chegamos à história do sapo, que se jogado dentro de uma panela com água fervente pula fora e se salva. Mas se posto a ferver aos poucos em uma panela com água fria, vai se acostumando com o calor e morre cozido.
      O governo bolsonaro está jogando o povo na água fervente, a reação virá e não demora.
      O PSDB cozinharia o povo aos poucos e o povo morreria cozido sem nem perceber.
      Ademais, quando existem dois caminhos a seguir, é fácil criticar o caminho escolhido e concluir que a escolha do outro caminho teria feito tudo dar certo. No mais das vezes, o outro caminho teria levado a um destino ainda pior. Para mim, seria o caso do PT, se tivesse escolhido lutar com unhas e dentes para impedir o golpe. Acredito que hoje seria um partido destruído.

    7. Dilma foi ingenua demais…o golpe se desenhando e ela tentando agradar o mercado com Joaquim Levy e falando reforma da previdência….sim, reforma…. Não lembram!!!??? E ainda mantendo um ministro da justiça inepto….. não por acaso, Lula havia se distanciado (embora ele TB tenha sua parcela,
      mas Lula é Lula)….enfim…eram muitas forças poderosas atuando!!!??? Sim, eram…tava na cara que os EUA estavam por trás de tudo, como as instituições TB abraçaram o golpe e tantas outras coisas….não precisava desenhar…Enfim, foi um show de incompetência. Nunca foi tão fácil dar um golpe…aos que preferem tapar os olhos, lamento….mas é um péssimo indício de que estamos longe de sair dessa. Lamentávelmente todos pagaremos por isso.

  8. Tirando as exceções, gente como o general Heleno parece estar bem à vontade com o projeto miliciano de poder.

    Será uma milícia transamazônica, onde – entre outras coisas – haverá contrabando de ouro, deixando alguns muito ricos e os contaminados por mercúrio para o Estado cuidar.

      1. A bomba relógio já anda no avião, desde janeiro, tem apresentado um ventre inchado além do normal, fala “taoquei”, é incendiário, irresponsável, traidor, desqualificado, imoral, covarde e, se o câncer, oculto sob o inchaço da barriga de égua prenhe não fizer o serviço antes, a própria língua o fará. Agora é “cuesta abajo”.

  9. Não fosse, A Cafajestice Intrínseca,do que chamam de PODER JUDICIÁRIO,que é,estranhamente,PODER,sem nenhuma OUTORGA,senão a FAJUTA SAGA DE CONCURSOS VICIADOS,onde somente entra,O FALIDO ROMANISMO,já há tempos,PUTREFATO,serve somente,para o que foi criado,pelas ELITES HISTÓRICAS. Proteger a PROPRIEDADE PRIVADA DE UNS POUCOS.Tirando isso,o que restou e ainda resta,SÃO OS REPRESENTANTES DE MAMADORES ,NAS TETAS DO ESTADO,sem sequer,RUBORIZAREM-SE

    1. Esses concursos para deus e semi-deus são, dependendo do nível, federal ou estadual, mais ou menos viciados nas fases anteriores, sendo decididos, realmente, na prova de tribuna ou prova oral, quando os examinadores já têm o rol dos escolhidos, pelo critério da bem-nascença ou da indicação divina, restando, não raro, alguns dos melhores candidatos, os que, literalmente, “mataram a pau” diante da banca, preteridos pelos “bons nomes de família” e quejandos. Essa situação lastimável é a de sempre, desde a colônia, sendo apenas contornados os eventuais obstáculos, conforme foram sendo criados, a fim de, em tese, tornar o processo de escolha mais, digamos, “isento”. Já vi jovens extraordinários, conscientes, preparados, dotados de ideais elevados serem desclassificados na última fase, diante da banca, a fim de que entrasse uma Fux desqualificada qualquer e respondendo coisas do tipo, guardadas as proporções, “de que cor era a capa vermelha da Chapeuzinho Vermelho, qual animal a perseguiu e devorou e quem a salvou, a ela e à…, à…, à…” E, ainda assim, ela poderia responder, fazendo beicinho e cara de safada: “…à cesta de doces, claro, excelência!”. E a excelência, considerando junto aos colegas:”olhando sob certo ângulo, a candidata, filha do preclaro colega, adotou uma visão sensata. Acolho como correta a explanação.” Não há do que se admirar, diante dos absurdos que se verificam nessas provas. Esse lixo humano empesta as instituições, sobretudo, o judiciário e o mp, submetendo-se a sociedade à sanha desses desqualificados, psicopatas e despreparados, salvo honrosas exceções, que vemos correndo atrás de holofotes e de dinheiro fácil.

  10. ” Quando uma longa sequência de abusos e usurpações, como a tradição nos ensina, perseguindo invariavelmente o mesmo objetivo, evidencia um projeto para submeter essas instituições ao despotismo absoluto, é nosso direito, é nosso dever, livrar-nos desse governo e fornecer novos guardas para nossa segurança futura”. Antonio Negri e Michael Hardt, em DECLARAÇÃO – ISTO NÃO É UM MANIFESTO – N-1 Edições.

    Os novos guardas para nossa segurança deveraõ ser pessoas compromissadas com as liberdades, com a democracia e não esse tiranete entreguista e analfabeto que brinca de ser presidente da República,mas que destroi as nossas instituições que tantos sacrifícios custaram ao povo brasileiro tanto para gerações passadas como para a nossa geração.
    ABAIXO O FASCISMO.

    1. No meio militar parece-nos que não existe este tipo de pessoas. Só se importarmos de outros países.
      Aqui nos parece,que não temos.
      Aqui no Brasil segue aquele ditado:Farinha pouca, meu pirão primeiro.

  11. Depois do GOLPE* de 2016, quem manda neste Hospício é o Tio Samuel (Sam) da CIA + NSA + PQP + U$A …
    Os nossos (?) TRAIDORES da PÁTRIA, corruptos e hipócritas, são meros instrumentos, usados e depois, descartados …
    O U$A não tem amigos; tem interesses !!!
    TáOkey ???

    * foi GOLPE, viu Andrade e PTucanos

  12. O Brasil elegeu um engenheiro para reformar a casa. Só depois de contratado, descobiu que o projeto do engenheiro é demolir a casa e vender o terreno para estrangeiros, mediante módica propina.
    Aos ex-cidadãos resta implorar ao novo proprietário que lhes conceda a graça de deixá-los vivos, mesmo que escravizados e mais pobres do que nunca.

  13. Não aceito uma análise que tenta isentar os militares pelo descalabro em que o Brasil se encontra. Foram os militares entreguistas que deram seu apoio à eleição de Bolsonaro, ameaçando magistrados e outros cidadãos. O general Villas Boas fez chegar ao presidente do Supremo, Toffoli, que ele tinha 300 MIL militares armados. Armados para serem acionados contra os civis brasileiros desarmados. Os militares são cúmplices de Bolsonaro e da subordinação do Brasil aos EUA. Considero todos esses generais, almirantes e demais oficiais que estão no governo como traidores da Pátria. Mal menor causaria ao Brasil se fossem EXTINTAS as Forças Armadas. É o que penso.

  14. Parece absurdo mas há quem garanta que existem militares honestos, patriotas e idealistas que acreditam piamente que o Bolsonaro tem o propósito de fazer o bem para o Brasil, e que seu governo está no caminho certo. É realmente incrível.

  15. Não entendi, porque não foi dito que também os juízes, os tais que julgam, desde o início dos anos 2000, à margem da Constituição e das Leis, usando a primeira instância, de forma articulada com os Ministérios Públicos e as Polícias Federais, num simulacro de legalidade, para o papel sujo do desrespeito à Democracia, que constitucionalmente é regime até aqui vigente no país, malgrado os desvios impostos pelo golpe-impeachment de estado de 2016. Ninguém tem dúvidas de que esses movimentos, antes políticos do que qualquer outra coisa, foram para beneficiar o grande capital (brasileiro e internacional) liderado pelos EUA. São negócios para aumentar o lucro de empresas e países, em detrimento do país hospedeiro e de seu povo, no caso o Brasil. A ingenuidade não nos deixa, mesmo assim, admitir que os estamentos burocráticos, civil e militar,do aparelho de estado, de alguma forma não estejam se beneficiando. Para se ter ideia da paga, basta ver que, apesar das dificuldades econômicas em que mergulharam o país e o povo mais pobre para tocar o recorrente neoliberalismo dos anos 1990, esses aparelhos burocráticos têm sido beneficiados com melhores salários e benefícios indiretos, como agora acontece com os militares das Forças Armadas, que estão tendo suas carreiras reestruturadas, com aumento do soldo, claro, para enfrentar sem perdas da nova previdência que está sendo enfiada goela abaixo de toda a população. hjm.

  16. Altos oficiais das forças armadas que se uniram para apoiar, dar suporte de força e colocar no governo um tenente covarde para dele receberem ordens, merecem ser espezinhados, humilhados cuspidos,
    Os militares deste país são covardes, ignorantes verdadeiros animais que se escudam na força.
    Poucos muito poucos ao longo da história agiram como militares e em defesa da soberania deste país.
    Merecem isso e muito mais!
    As forças armadas deste país só servem para reprimir, bater, prender, torturar e matar gente desarmada.

  17. A impressão que a maioria dos brasileiros está tendo em relação ao governo Bolsomerda é que a canoa tá afundando, pois a arrecadação está menos que nos governos anteriores, de modo que o dinheiro tá acabando e já veremos esta turma de sacripantas pulando fora da canoa deste governo. Querem apostar que é isto que esta turma estão pensando.?Só existe gente se “sacrificarem” em favor do Brasil, será até acabar o dinheiro em caixa.e este dinheiro durará quando muito até o final deste mês. Setembro porra louca.

  18. Qua,qua,qua!!! Estou rindo de orelha a orelha!
    Os Generais estão afim de pular fora deste barco fedorento que é o Bolsomerda.
    Vamos fazer uma análise bem superficial
    Legislativo – podre
    Executivo com um pé na cova, parece um zumbi,
    Judiciário apodreceu, está desmoralizado.
    Legislativo, parece que só tem corruptos.
    Aqui perto da minha casa que na época da Dilma viviam tomando cerveja e fazendo Churrasco, Pelo visto, Churrasco, agora só se for com carne de gato
    Ô dó!!!!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *