Quem coloca o país em guerra? A mídia e a direita

brasvaz

Uma hora antes do reinício do julgamento do habeas corpus em favor de Lula, é ridículo o esforço da Globonews para “mostrar” o clima de “guerra” diante do STF.

Mesmo depois da chuva amainar, não há ninguém. Apenas, mais distante, uma concentração de manifestantes favoráveis ao ex-presidente.

É claro que vai chegar gente, mas nada que pareça justificar o cenário de guerra que se tenta desenhar.

Aliás, pelo que se sabe, os grupos de direita pretendem chegar apenas à noitinha e que ninguém duvide que estão dispostos a armar confusão no caso de uma decisão pró-Lula.

Até a “onda” causada pelo tuíte impróprio do comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, foi em parte dissolvida pelo texto, muito mais claro, da nota do comandante de Aeronáutica – certamente discutida com seu colega da força terrestre – e que fala claramente que não se quer fazer uma aventura militar.

Diz o tenente-brigadeiro Nivaldo Rossato:

Nestes dias críticos para o país, nosso povo está polarizado, infl uenciado por diversos fatores. Por isso é muito importante que todos nós, militares da ativa ou da reserva, integrantes das Forças Armadas, sigamos fielmente à Constituição, sem nos empolgarmos a ponto de colocar nossas convicções pessoais acima daquelas das instituições. Os poderes constituídos sabem de suas responsabilidades perante a nação e devemos acreditar neles. Tentar impor nossa vontade ou de outrem é o que menos precisamos neste momento.

Desde o início deste deformado processo contra Lula, quem quer tirar a Justiça de seu leito são a mídia, o MP, os juízes de sentença prévia e os agitadores que querem usar a via judicial para o que não podem fazer pelo caminho eleitoral.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. Também vi a nota do Min. da Aeronáutica como um “calma aí gente”. Foi claro para ambas as metades do Brasil hoje, não metades iguais, claro. Pois a metade que deseja o Brasil que amamos de volta é muito maior do que a metade que quer o Brasil como “bairro” americano. O discurso foi curto e claro. Não haverá aventuras militares em pleno 18 ano do século 21.

  2. “Intervenção” era o que dizia Castelo, ao falar que em 65 as eleições seriam normais e o poder voltaria aos civis. “Aquela intervenção era para salvar a democracia e acabar com a baderna”( tenho horror a essa palavra até hoje, pq quando um general falava nisso, lá vinha mais repressão.). Mas ninguém que usurpou o poder através de um golpe de Estado (Castelo era o Comandante de Estado Maior) e tem os canhões na mão e a certeza de ser o iluminado(Golbery), vai devolvê-lo a quem acha que errou: O POVO! Intervenção não existe sozinha, ela é o primeiro instrumento do golpe que vai garantir a implantação de uma ditadura. Muita gente também achava que a “intervenção cirúrgica” da cassação de Dilma, iria resolver tudo.Mas o golpe veio mais de baixo das sombras e a marcha do fascismo está cada vez mais célere.

  3. O generalíssimo, que havia perdido uma ótima oportunidade de se calar, agora, pelo visto, perdeu uma ótima oportunidade de mostrar grandeza e pedir desculpas diretamente ao Brasil, em vez de – se for este o caso – se desculpar pela boca de outro.

  4. O comandante da Aeronáutica colocou os “pingos nos is” constitucionais. General Vilas Bôas fica devendo essa à turma de azul.

  5. Perfeito, Brito: “Desde o início deste deformado processo contra Lula, quem quer tirar a Justiça de seu leito são a mídia, o MP, os juízes de sentença prévia e os agitadores que querem usar a via judicial para o que não podem fazer pelo caminho eleitoral.”

    1. A MÍDIA FASCISTA TUMULTUA O PAÍS DESDE 2013 POR CAUSA DE VINTE CENTAVOS NA PASSAGEM DE ÔNIBUS. e A DILMA FALAVA QUE ERA DEMOCRACIA. DEMOCRACIA ERA COLOCAR ESTES MANIFESTANTES DE BLACK BLOCS NA CADEIA !

  6. E dizem que o comandante do exercito é um militar sereno, imagine como devem ser os mais exaltados……

  7. Como disse o Erdogan, presidente Turco, quando Dilma estava sendo derrubada . “Dilma você acredita em democracia” A Dilma não respondeu até hoje. por isso que ela caiu !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  8. Todos esses movimentos sincronizados são e sempre foram coordenados pela CIA. Lembram da 4ª Frota na costa Brasileira junto com o Golpe de 64?

  9. A FAB é, dentro das FA, a que menos tem vocação golpista. É a menos elitista também, creio que por sua criação se ter dado fora da monarquia.

  10. Interessante notar que esses milicos-de-meia-pataca trabalham (com alegria e satisfação) para o golpista-temerista-ladrão: a corrupção personalizada. Será que eles também seriam golpistas-ladrões? Custo a crer que, passados mais de 50 anos, os verde-oliva ainda se sintam confortáveis no papel de “vacas fardadas”. Haja saco.

  11. O comando desse golpe é dos endinheirados. Primeiramente dos banqueiros e dos rentistas, que nada produzem e pouco financiam a produção, pelo contrário, a extrangulam. Da grande mídia que para manter privilégios de umas poucas famílias usam seus veiculos de comunicação, especialmente aqueles que são concessões públicas, para uma guerra midiática em que insuflam o ódio e a intolerância a serviço de uma ínfima minoria nacional e especialmente a serviço dos interesses do imperialismo, para destruir um projeto de um país desenvolvido, soberano e com mais justiça social. Do grandes empresarios que querem submeter o povo à absoluta servidão. Daqueles empresários, que incompetentes para desenvolver tecnologias e processos de produção eficiente buscam na exploração escravista do trabalho a contrapartida para manter seus lucros que em grande parte são sugados pelos banqueiros e rentistas.
    Para impor seu golpe lançam mão de tudo. Desde de a violação da constituição, até a chantagem e ameaça aos poderes da república. Por isso a chamada ao golpe militar é prova (mais uma vez) de que no desespero não tem limites para os ataques ao povo, à democracia e à soberania nacional.
    Os golpistas não só são inimigos do povo e da democracia. São inimigos do Brasil.

  12. Aliás, segundo consta, foi um comandante da aeronáutica e seus comandados, no aeroporto, que impediu a prisão ilegal, pela pf, a mando do moro e transferência pra Curitiba, do ex presidente Lula.

  13. Tenente Brigadeiro Nivaldo Rossato , vou guardar esse nome. Um brasileiro nato, brilhante, nacionalista, a gente sente nele a esperança pela democracia. Esperança por um Brasil melhor, corajoso. Parabens

  14. Níválido é da marinha, cabeça no lugar, mas quem está mareados é o Vilas Lobo. Esse perdeu a oportunidade de calar a boca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.