Troca de ofensas entre candidatos é sinal de que vão mal

Enquanto a imprensa acha “pouco” o fato de que o TSE tenha negado a Lula o direito de ser candidato e cobra que o PT o faça sumir de seus programas de rádio e televisão, o tom sobe e o nível baixa entre os demais concorrentes.

Ciro Gomes  diz que Alckmin “deixa roubar”.

Alckmin reponde que Ciro é um “aloprado fujão”.

E, para Bolsonaro, solta um vídeo onde ele chama mulheres de idiotas, vagabundas e espalma a mão enquanto diz “dá que eu te dou outra” à deputada Maria do Rosário.

Bolsonaro diz que Alckmin é o “cara acusado de roubar a merenda de nossos filhos”.

E, no Acre, promete, segurando um tripé de câmara de TV, “metralhar a petralhada”.

Como se vê, a campanha vai seguindo em altíssimo nível.

Com quase 40 anos de acompanhamento de campanhas, garanto que isso só sinaliza uma coisa: desespero.

Todos eles têm trackings diários, minipesquisas com que mapeiam o comportamento do eleitorado.

E, quando partem para a agressividade, é sinal de que as coisas não estão indo bem.

Sabem que têm de se engalfinhar para disputar metade do eleitorado, pois a outra metade segue sólida com Lula.

O Ibope sai amanhã, o Datafolha na quinta.

O único que pode esperar para crescer chama-se Fernando Haddad.

 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

18 respostas

  1. É a “política com o fígado”. Excelente para diversionismo e pobreza do debate, assim como serve de base para o discurso hipócrita dos “isentões”.

    E de metralhadora em metralhadora, de merenda em merenda, o Museu Histórico Nacional irremediavelmente perdido.

  2. Eu, paulista e paulistano, sou testemunha de alckmin não é adepto de resolver as coisas na bala. Ele também usa bombas de gás lacrimogênio ou efeito moral e o velho e bom cassetete de madeira. Estudantes e professores que o digam!

    1. Coloca, também, a seu serviço, aquela turma da PM, alto escalão, para ordenar seus subordinados a ameaçarem aqueles meninos heróis, que invadiram a rua tentando evitar com que salas de aulas fossem fechadas!

  3. É a pura verdade Brito. Quero ver os canalhas e golpistas de 1964 e 2016 se engalfinharem no asfalto : O Alckmim posa de bom moço e Bolsonaro posa de mau moço. Deixa eles se matarem . LULA – HADDAD PRESIDENTES PARA O BRASIL SEGUIR MUDANDO PARA MELHOR, SE DEUS QUISER, E ELE QUER ! NÃO HÁ MAL QUE SEMPRE DURE. A MÃO DE DEUS É PODEROSA.

  4. O Ciro é outro que será exterminado por Deus, como aconteceu com Eduardo Campos em 2014 que traiu o Lula e a Dilma . .

  5. Deixem eles (Bolsonaro e Picole de Chuchu) se um enforcarem um na tripo do outro. Só daria um conselho ao nosso futuro Presidente Lula! Não se envolva nisto.
    Deixem esta turma se matarem
    Por falar nisto, cadê será o zé cerrote???
    Lembram do Aeci n Pó e o zé cerrote?

  6. e depois de Lula ter dito que continua sendo candidato mesmo barrado, vamos para esses fraquíssimos candidatos ai falados. vão cassar o PT em poucos dias!

  7. Tbm acho bom Lula não participar dos debates com esses nanicos dementes. Vdd é q frente ao Lula os caras iam suar frio. Vdd é q não tem ninguém mesmo a altura do Lula. Haddad sabe disso e segue leal e firme como possível representante se desgraça maior se confirmar. Contudo, vamos esperar para q Lula decida depois dos recursos q serão apresentados. Ufa.

  8. Cobertos de estrume Alkimim e inominável asno são do mesmo saco. Nem se compara a dignidade de Ciro nem a legitimidade de Lula-Haddad-Manuela. Não misturem.

  9. O argumento obviamente funciona para todos os candidatos com exceção de Bolsonaro. Esse acéfalo é agressividade v em estado natural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *