Um mês após prisão, apoio a Lula segue intacto

cntmda
Não há alterações minimamente significativas nos resultados da pesquisa de intenção de voto presidencial CNT/MDA divulgada hoje em relação aos índices obtidos por Lula no levantamento anterior, há dois meses.

Ele continua a liderar as menções espontâneas (18,6%), na estimulada (32,4%) e vencendo qualquer adversário num possível segundo turno, com percentuais até ligeiramente maiores que na pesquisa anterior. Seu índice de rejeição só é o maior no bnoticiário dos jornais: na pesquisa, é o menor, ficando nos 46,8%, junto com Ciro Gomes (46,4%) enquanto os principais candidatos ficam acima dos 50%, “liderados” por Geraldo Alckmin e Marina Silva, na casa dos 56%.

Mudanças houve em outras candidaturas.

A de Ciro ganhou força, sobretudo, como possibilidade de voto, na qual passa de 22% para 31,7%, o que, somado à opção inicial de voto (2,9%) o leva a “embolar” a disputa do segundo lugar no potencial positivo de votos tabulado na pesquisa (veja a tabela no post). Lula também mantém seu potencial de voto, 50,6%, 0,5% acima da pesquisa de março.

Geraldo Alckmin, porém, amarga resultado inverso: passa de 38% em março para 31,9% em maio, na soma entre os que dizem que votariam ou poderiam votar. Marina Silva cai também, de 40,2% para 37, 6%, no mesmo critério.
Bolsonaro fica na mesma (35,2%), perda de meros 0,2%, sem significação estatística.

O resto é só o resto, mas talvez, para entender o que se passa no julgamento da população, sejam mais importantes os resultados sobre a percepção popular sobre o Judiciário, tema do próximo post.

A íntegra da pesquisa está aqui.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

4 respostas

  1. Pesquisa pra boi dormir. Lula com certeza tem muito mais do que isso. E Ciro com certeza não tem tanto assim. Manipulação pura e descarada. O POVO está com Lula até o fim. É LULA OU NADA ! ????

  2. Existe uma outra tabela, na página 35, que é a do potencial de voto (e rejeição) quando se descarta os entrevistados que dizem não conhecer o candidato. Nessa só o Lula tem rejeição menor que 50%.

  3. Perca de tempo isso!
    Precisamos é eleger um congresso nacional de esquerda.
    Essa é a única forma capaz de parar o golpe e derrota-lo.
    E a prova maior é vista nas pesquisas onde o povo quer votar em Lula. Isso comprova que até às eleições o povo não sairá as ruas em massa para lutar, ele vai protestar nas urnas votando e precisamos aproveitar a revolta contra o golpe e a condenação injusta de Lula para conquistar votos, eleger deputados e senadores de esquerda e montar um congresso nacional de esquerda e aí sim ir pra cima dos golpistas! Essa é a estratégia que deve ser implantada.
    Precisamos de um congresso nacional de esquerda já!
    Onde estão os blogs para colocar isso em pauta?
    A prisão de Lula causou uma cegueira completa dos blogs e da esquerda que so falam de eleição pra presidente e que esqueceram que as eleições serão para deputado e senador e que o poder de fato até para barrar o golpe, está no congresso, e pra isso é preciso a eleger uma gigantesca bancada com viés de esquerda.
    O presidente pode mandar muito, mas não manda menos que o congresso e sem o congresso não governa e não aprova nada e não fica de pé.
    A esquerda pode apoiar Ciro sem receio, e trabalhar mesmo é pra eleger um congresso de esquerda!, e aí o Ciro ou quem for vai ter que seguir uma agenda de esquerda determinada pelo congresso nacional de esquerda.
    Será a maior ajuda que podemos dar pela liberdade de Lula e para o país. Se o povo não vai pra rua derrotar o golpe que derrote pela via institucional vencendo nas urnas ganhando todos as cadeiras possíveis no congresso.
    Só assim será possível anular todas as medidas e leis golpistas e aprovar toda as leis que quiser e implantar toda a agenda que a esquerda e Lula sempre sonhou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.